Painel solar fotovoltaico – Balanço Agosto de 2023 (Mês #81)

Escrito por Pedro Andersson

09.09.23

}
8 min de leitura

Publicidade

Balanço de Agosto de 2023

Parece que foi ontem que arranjei coragem (e dinheiro) para comprar o meu primeiro painel solar fotovoltaico. Já passaram quase 7 anos. Gastei na altura 620 euros por esse painel e lembro-me de pensar se não seria um investimento perdido. Seriam precisos, pelas minhas contas, mais de 8 anos para simplesmente recuperar o investimento e começar a ter alguma poupança real.

Como tinha a dúvida (tal como muitos de vocês) sobre se era um investimento/despesa que valia a pena, decidi simplesmente avançar e ver no que dava. Falei com alguns especialistas no assunto, pedi ajuda para fazer a melhor escolha possível na relação qualidade/preço e fui em frente. Valeu a pena?

Sete anos depois, instalei mais 4 painéis, recorri ao Fundo Ambiental e devolveram-me 85% do que paguei e estou absolutamente convencido de que foi uma decisão acertada. Ainda não recuperei o investimento, mas veja a poupança na fatura de eletricidade desde o primeiro dia. Entre as 8 da manhã e as 6 da tarde praticamente não vou buscar nada à rede elétrica. Menos nos dias de nuvens e chuva, claro.

Vamos ao balanço de Agosto. Foi bom, mas já a descer, com a aproximação do Outono. Como não estivemos em casa devido às férias, o desperdício de energia ultrapassou os 60%. Felizmente, já estou a vender o meu excedente (fiz contrato com a Luzboa, mas há mais empresas que compram a sua eletricidade), portanto já estou a ganhar com o meu excedente. Contava receber o meu primeiro rendimento no final de Agosto, mas isso ainda não aconteceu. Continuo muito curioso com o que ganharei com a venda de eletricidade não consumida dos painéis.

O valor é pago a cada 3 meses desde que o valor seja superior a 20 euros. Devo avisar desde já que não é fácil vender o excedente, sobretudo devido à inscrição nas Finanças como produtor. Arrisca ter de pagar (em situações excecionais, como, por exemplo, não ter nenhuma outra fonte de rendimento) 20 euros por mês de Segurança Social, porque é considerado trabalhador independente. Ou seja, numa situação extrema pode ter prejuízo em vez de lucro. Veja isso bem, antes de assinar qualquer contrato, seja com que empresa for. No meu caso isso não se aplica porque sou trabalhador por conta de outrem, por isso estou isento.

Para os que só chegarem agora a esta página quero recordar que instalei o meu primeiro painel solar em dezembro de 2016. Partilho mensalmente (há 82 meses) as minhas contas. A minha previsão era ter o investimento pago em 8 anos. Se assim fosse, no próximo ano (em Dezembro de 2024) estaria já pago e a partir daí já teria apenas lucro.

Não estou a vender painéis nem a sugerir marcas, nem sequer o tento convencer a instalar painéis solares fotovoltaicos. É apenas para entender como isto funciona.

Há dois anos decidi aproveitar a “promoção” do Fundo ambiental para instalar mais 4 painéis (reembolsaram 85%) e recomecei a fazer contas a partir de Novembro de 2021. Pela minha previsão, terei os 5 painéis pagos em Novembro de 2026. Se gastasse tudo o que os painéis produzem, teria uma poupança mensal média de cerca de 30 euros por mês na minha fatura de eletricidade (360 euros por ano).

Entretanto, o Governo reabriu o Fundo Ambiental para casas mais eficientes. Tem este episódio do podcast onde explico tudo com o detalhe possível, porque o Regulamento tem mais de 30 páginas. APROVEITE!

PODCAST | #179 – Como receber centenas ou milhares de euros do Fundo Ambiental?

Com estes artigos mensais tem informação verídica, exata e totalmente isenta. Não o quero convencer a comprar painéis, nem o quero convencer a não comprar. Você decide o que fazer com esta informação.

Sem mais demoras, vamos ao que interessa.

Em Agosto, os meus painéis produziram 240 kWh.

O retorno do meu investimento (com o reembolso do Fundo Ambiental incluído) continua nos 6 anos. O desperdício médio este ano está nos 59%. Se consumisse tudo o que eles produzem, a minha poupança na fatura de eletricidade seria, em Agosto, de 25,91 euros. Subiu porque a Endesa, tal como as outras empresas, aplicou os novos preços das Tarifas de acesso às redes da ERSE e aumentou o preço do kWh de 8 para 11 cêntimos o kWh (no meu caso).

Leia também: Quanto custa um painel solar?

NOTA PERMANENTE: Comprar baterias (com 6 painéis para ser suficiente para carregar as baterias) custar-me-ia vários milhares de euros. Tenho recebido mensagens de alguns leitores que dizem que já encontram baterias a preços muito razoáveis. Para já não me interessa porque demoraria décadas a recuperar o investimento. Optei por vender o excedente. O tarifário que escolhi foi o do preço SPOT menos 20% (que é o lucro da empresa que me compra a eletricidade).

O atual Fundo Ambiental comparticipa baterias. Veja isso. Parece-me ser uma boa oportunidade.

Os números de Agosto de 2023

Em Julho, os 5 painéis produziram o total de 239,945 kWh, com um desperdício de 62%.
A sua casa, por uma lei da física, consome sempre primeiro a energia dos painéis (porque são a fonte de energia mais próxima). Portanto, se eles produzirem o suficiente para o que a minha casa estiver a gastar naquele segundo específico (ou conjuntos de 15 minutos se tiver net metering), não vou buscar nada à “EDP” (no meu caso Endesa). É eletricidade de “graça”. Só tem de considerar o investimento.

As contas

Os meus 5 painéis fotovoltaicos têm um potencial de produção imediata de 1.370 W no pico do sol.
O que produziram em Julho representaria cerca de 25,91 € de poupança imediata na minha fatura da luz, se tivesse consumido tudo o que o painel produziu. O meu aparelho (www.eot.pt) mede tudo minuto a minuto, por isso consigo saber ao detalhe. Assim, sei que poupei realmente 9,83 € na minha fatura da luz (valores reais com IVA incluído).

Leia também: Como os vendedores podem tentar fazer com que compre mais painéis do que aqueles que precisa

Entre 2016 e Novembro de 2021, tive apenas um painel instalado com o qual poupei 376 € em eletricidade. O retorno do investimento (ROI – Return of Investment) estava nos 8 anos.
Portanto, a partir de Novembro de 2021, com a instalação de mais 4 painéis, “zerei” o meu investimento e apresento-vos mensalmente as minhas contas em relação ao que investi a mais e ao que poupo desde esse momento (subtraindo o que já tinha amortizado do primeiro painel).
Nestes 22 meses, já produzi 584 euros de eletricidade, mas só aproveitei, na realidade, 272 euros, ou seja, uma média de 12,37 euros de desconto “verdadeiro” na fatura mensal. Com o reembolso do fundo Ambiental efetuado, as minhas contas ficam nos 6 anos, menos 2 anos do que o que calculei desde o início, em 2016.

Esta é a minha situação atual, que atualizarei todos os meses. Assim que começar a receber da venda dos painéis, a amortização será mais rápida.

No gráfico abaixo tem a produção total dos painéis em kWh. Não é influenciado pelo preço que pago pela eletricidade.

Este gráfico acima é importante porque a poupança em dinheiro é uma coisa, mas a eletricidade que ele produz é outra. Posso produzir mais eletricidade, mas se o preço da eletricidade baixar, a minha poupança vai ser igual ou inferior. Por outro lado, se o preço da eletricidade aumentar (como está a acontecer), a minha poupança vai ser maior. Assim consigo comparar as duas coisas e – ao mesmo tempo – avalio a eficiência do painel para saber se devo acionar a garantia ou não. Se a eficiência baixar para os 80% antes de 20 anos, posso reclamar. Como vê, nestes 7 anos não identifiquei ainda nenhuma perda de eficiência.

Não gasto 1 cêntimo em manutenção. Vou ao telhado duas ou 3 vezes por ano passar um pano para tirar a poeira.

Compensa comprar um painel solar?

Para receber em juros todos os meses o valor líquido de 13 euros, teria de ter 8 mil euros em Certificados do tesouro a 2,5% de juros. Consigo esse resultado limpo com cerca de 1.000 euros gastos em painéis solares. Faça as suas contas.

Deve avaliar bem se precisa mesmo mais do que um painel solar. Um, pode e deve ter de certeza, diria. Dois ou mais, só os deve instalar se tiver a certeza de que tem gente ou equipamentos elétricos suficientes para gastarem a energia que vai estar a produzir em tempo real (nas horas de mais sol), ou então se os conseguir verdadeiramente a preço de saldo. Também tem a hipótese de vender o excedente. Assim ganha duas vezes.


5 passos simples para GANHAR DINHEIRO

Finalmente, um livro que ensina tudo o que a Escola, o Estado e as famílias não ensinam sobre Dinheiro. Em apenas 5 passos, tem o caminho com a estratégia mais eficaz para criar riqueza com o seu salário, e não com o salário dos outros ou com o que gostava de ter. Pode comprar aqui o livro que vai mudar a sua vida financeira (Já na 3ª Edição):

https://bit.ly/GanharDinheiro_ComoCriarRiquezaComUmSalárioNormal


 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #231 – Como vai usar de forma (mais) inteligente o seu reembolso do IRS?

Como posso rentabilizar o reembolso do IRS Milhares de famílias contam com o reembolso do IRS como fonte de rendimento extra todos os anos. Quase como se fosse um décimo quinto mês. Mas, como é um dinheiro que aparentemente não nos sai do esforço diário, é visto quase...

PPR | Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Março de 2024)

Vale a pena fazer um PPR como investimento? (Mês #41) Em Março atingi o máximo de valorização histórica com o conjunto dos meus 10 PPR.  A minha "história" com Planos Poupança Reforma como forma de investimento tem cerca de 3 anos. Comecei em finais de 2020, e durante...

PodTEXT Vamos a Contas | Onde invisto 100€ todos os meses para os meus filhos?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (15 a 21 de abril)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PodTEXT | 5 sinais de alerta de que as suas finanças não estão bem

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

Quer fazer um Workshop gratuito de finanças pessoais? (Inscrições abertas)

Aprenda finanças pessoais gratuitamente Estão abertas as inscrições para a próxima edição do Finanças para Todos, da universidade NOVA SBE. O curso tanto pode online, como presencial (em Carcavelos) ou na área metropolitana do Porto. O curso terá lugar entre Outubro...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três meses, mas sobem a seis e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

VÍDEO | Como está a educação financeira nas escolas em Portugal? (Um bom exemplo)

Um bom exemplo de educação financeira nas escolas em Portugal Portugal está nos últimos lugares da Europa em literacia financeira. Isso quer dizer que, para além de ganharmos pouco, ainda por cima temos muita dificuldade em gerir bem o pouco dinheiro que temos. A...

Publicidade

Artigos relacionados

11 Comentários

  1. armandino taborda

    Boa tarde Pedro.
    Seria interessante falar um pouco sobre aquele dispositivo de medição de energia EOT
    Obrigado pelos podcasts

    Responder
  2. Luis

    Boa tarde Sr. Pedro,
    Relativamente ao rendimento do parágrafo:
    “Para receber em juros todos os meses o valor líquido de 13 euros, teria de ter 8 mil euros em Certificados do tesouro a 2,5% de juros. Consigo esse resultado limpo com cerca de 1.000 euros gastos em painéis solares. Faça as suas contas.”
    É importante mencionar que no final os 1000 euros gastos em painéis ao final de dias décadas (ou menos) não valem 1000 euros e o investimento de 8 mil em certificados do tesouro valem sempre 8 mil, mais rendimento.
    Não me interprete mal, eu percebi o seu raciocínio, sou seu seguidor, tenho 8 painéis, e também recomendo, eu próprio recomendo a qualquer pessoa, que tenha consumo durante o dia. Só tenho dúvidas em recomendar a pessoas que tenham um consumo inferior muito baixo, por exemplo, inferior a 150 kWh. Achei que devia fazer o reparo, e como nota final, cada pessoa deve fazer as suas contas e avaliar se lhe compensa, tal como o Sr. Pedro sempre recomenda. Um abraço e continue o seu excelente trabalho.

    Responder
  3. João Tiago Costa

    Boa noite, Pedro Anderson

    Gostaria de confirmar se a Isenção de IRS para microprodutores com vendas de excedente abaixo dos 1000€/ano se verifica.
    É que já efectuei simulações no portal das finanças que ditava que por cada 250€ de vendas de excedente mencionados no anexo B, reduzia o meu reembolso de IRS em 100€.
    Será que o portal ainda não aplica as novas regras?
    Abraço

    Responder
  4. Jorge Paulo de Oliveira Soares

    Olá boa tarde
    Gosto muito do que escreve mas tenho algumas duvidas sobre os calculos que faz.
    Por exemplo dizer que teria uma poupança em Julho de 25,91 € com 1,367 kW instalados, só pode ser mal calculado.
    O cálculo terá sempre de ser feito entre a situação como se não tivesse painéis e a situação com painéis.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Nao percebi a sua dúvida… a potencia instalada quer dizer que no maximo posso ter uma poupança de 1,37 kwh x horas de sol x 30 dias/mês… Se nunca houvesse nuvens, e a 10 centimos o kwh daria uma poupança potencial de 41 eurospor mês.

      Responder
      • Jorge Paulo de Oliveira Soares

        Viva
        A forma como estou a calcular é a seguinte:
        1º Diferença entre a potencia produzida e a potencia injectada na rede, ou seja os kwh que uso no consumo e que não gasto da rede, isto vezes o custo do kWh da fornecedora de energia;
        2º O valor do que vendo do excedente.
        A soma destas duas parcelas é que é o meu ganho, ou seja, é por este valor que tenho de dividir o investimento para saber o tempo de amortização.

        Responder
    • Sandra Pinheiro

      Bom dia Sr Pedro Anderson
      Gostaria de saber se posso recorrer novamente ao fundo ambiental para isolamento das janelas ( ja coloquei os paineis solares ) aguardarei o seu contacto
      Muito obrigada
      Atenciosamente
      Sandra Pinheiro

      Responder
  5. maria goreti ferreira FERREIRA

    boa tarde, gostaria de saber qual a empresa que contratou para os seus paineis solares.
    Solicitei instalação na Galp solar mas demoraram 6 semanas para fazer a marcação da instalação, entretanto ficou para 17 Outubro, ou seja a 1 semana de terminar o prazo, tenho receio de já não conseguir enviar a tempo dos fundos, no caso de abrir novamente será que consigo enviar a documentação destes apesar de ainda estar em vigor o 1º aviso? é só o pedido de aconselhamento não sei o que fazer, se cancelo e volto a pedir se porventura voltar a abrir.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Ola. O prazo desta fase termina a 16 xe outubro…

      Responder
      • maria goreti ferreira FERREIRA

        não, é ate 31/10/2023

        Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.