ELETRICIDADE | Compensa o tarifário indexado da EDP?

Escrito por Pedro Andersson

09.04.24

}
6 min de leitura

Publicidade

Compensa mudar para o tarifário indexado da EDP?

Dezenas de milhares de portugueses estão a poupar muito dinheiro nos últimos dois anos na fatura de eletricidade porque tiveram a “coragem” de mudar para um tarifário indexado. Tem dezenas de testemunhos nesta página e nas redes sociais do Contas-poupança.

Este artigo talvez vos surpreenda porque normalmente não é este o ângulo que utilizo quando escrevo os meus artigos e comparativos. Costumo dar-vos os mais baratos em comparação com os mais caros. Mas este artigo é diferente e é especificamente para os mais “medrosos”.

Hoje quero falar-vos da empresa que tem o provavelmente o tarifário indexado mais barato entre as empresas mais conhecidas (e mais caras). Isto não quer dizer que seja a mais barata. Portanto – mudar por mudar – a minha sugestão é que mude para a mais barata de todas, que preste o mesmo serviço. Mas, se tem medo de mudar para um tarifário indexado de uma empresa pequena e pouco conhecida, já tem várias alternativas no mercado.

Todas as empresas grandes (EDP. GALP, Iberdrola, Endesa, etc.), são obrigadas por lei a ter também tarifários indexados. E já estão acessíveis a qualquer pessoa.

Hoje vou falar-vos especificamente do tarifário indexado da EDP.

A EDP também tem tarifário indexado

Talvez seja uma novidade para muitos de vocês, mas esse tarifário já existe há vários meses. Contudo, por um problema técnico, não aparecia no simulador da ERSE. Isso já está resolvido.

Vou relatar-vos o caso de uma pessoa que estava a pagar 19 cêntimos por kWh na EDP. Tal como ela, centenas de milhares de portugueses recusam-se a sair da EDP (e continuam a pagar um dos preços mais altos do mercado) porque acham que é a única empresa que não falha e que é a mais segura e que se tiver algum problema ela resolve e as outras não. Nada contra. Não saem, mesmo que saibam que há empresas a cobrar cerca de metade pelo mesmo produto. Tem aqui o comparativo mais recente.

ELETRICIDADE | Qual é a empresa mais barata neste momento? (Abril 2024)

Acontece que ela ouviu falar tanto do indexado que resolveu experimentar esse tipo de tarifário, mas sem sair da EDP. E mandou-me um print screen da fatura dela.

Reparem como na mesma EDP, passou de pagar 19 cêntimos/kWh para pagar, em Fevereiro, 9,7 cêntimos/kWh. Quase menos 10 cêntimos. É uma redução de quase metade para o mesmo consumo e dentro da mesma empresa.

Estou com isto a dizer-vos que devem ponderar todas as alternativas no mercado. Há claramente indexados mais baratos em empresas mais pequenas (Plenitude, Ibelectra, Coopérnico, Luzboa, Repsol, Luzigás, etc.) mas se não quer arriscar por medo, então que não seja por isso. É mais cara, mas é a EDP. 

Estou apenas a partilhar esta informação porque sei que a marca é muito importante para milhares de vocês. E o meu objetivo é que vocês poupem. Podiam poupar 40 euros, mas assim poupam 25? Fico contente na mesma, se contribuí para alguém quebrar mais uma barreira psicológica no que diz respeito à forma como lida com a fatura de eletricidade. Aos poucos, vamos derrubando muros.

Atenção que os preços de fevereiro desta fatura não são uma garantia para março, nem para abril nem para os restantes meses do ano. Tem de estar sempre atento aos preços em omie.es. Mas eu diria que é praticamente garantido que nos próximos meses, o tarifário indexado da EDP será mais barato do que o tarifário fixo da EDP. 

E se deixar de ser, muda outra vez para o tarifário fixo da EDP. Se isto for confortável para si, experimente esta oportunidade de poupança. Eu direi aqui em contaspoupanca.pt quando for altura de sair do indexado, seja qual for a sua empresa.

O que são os tarifários indexados

Para perceber do que estamos a falar, os tarifários indexados são um tipo de preço em que você paga o valor a que a “EDP” (ou outra empresa qualquer) pagou para lhe vender a eletricidade a si, e depois acrescentam uma margem de lucro.

Cada empresa coloca em cima do valor do mercado grossista uma margem de lucro diferente. Depois, as fórmulas variam bastante: algumas empresas fazem a média do período de faturação, outras é ao dia, outras é à hora. Tem de perguntar. 

Por exemplo, a Luzboa acrescenta 0,5 cêntimo de lucro, à média mensal do período que tem na sua fatura (de 1 a 30, de 17 a 17, ou de 20 a 20). 

Eu tenho a fórmula exata deles e assim consigo saber sempre quanto vai pagar ao fim do mês.

Pedi à EDP que me dissesse o valor da margem que colocam no tarifário indexado deles e responderam-me que isso é uma informação confidencial por questões de mercado. Compreendo. 

Por isso, fiz as minhas contas a olho e – a menos que me desmintam – estimo a margem de lucro da EDP em 1,3 cêntimos/kWh.

As contas que fiz foram as seguintes. Como a fatura que me chegou tem o período de faturação de 6 a 29 de fevereiro, fiz a conta a quanto pagaria no indexado da Luzboa.

Depois, com o mesmo período de análise, bastou-me ir aumentando o valor da margem (em princípio, os custos, taxas e impostos serão mais ou menos iguais para todas as empresas) até dar o valor da EDP entre essas datas. No caso da EDP, pelo que me informaram, o preço indexado é calculado com base na média aritmética de cada dia no OMIE no período de faturação do cliente aplicado ao consumo no mesmo período. Esta não é a fórmula da EDP, OK? Como a EDP não me cedeu os dados exatos deles, adaptei à fórmula que tenho, para fins “educativos”.

Foi assim que cheguei à margem de lucro da EDP de 1,3 cêntimos/kWh. Naturalmente posso estar errado, mas nesse caso aguardo que a EDP diga o valor correto e exato. É uma questão de transparência que seria útil, na minha opinião. Em todo o caso, compreendo a estratégia comercial. Não apenas da EDP, mas de todas. Tem sido extremamente difícil para mim descobrir esses valores “mágicos”. 

Se me mandarem fotos das vossas faturas com preços indexados de outras empresas, posso fazer o mesmo para tentar descobrir a margem de lucro delas. O objetivo será escolher aquela que for a mais barata e mais transparente.

Em resumo, se quiser arriscar mudar para um tarifário indexado não tem apenas as empresas pequenas e desconhecidas. Tente as “grandes”, se isso o deixa menos desconfortável. Tem pelo menos a EDP, a GALP, a Iberdrola e a Endesa também com tarifários indexados ao OMIE.

Não ligue aos preços que estão no simulador da ERSE porque se baseiam no preço dos futuros da eletricidade a 12 meses e não nos preços do mês passado ou mesmo do mês atual. É fazer o contrato e esperar pelo resultado. Exige alguma coragem, mas quem já experimentou, até agora está satisfeito. No futuro, não sei. Veremos.


Um livro com 5 passos simples que vão mudar a sua vida

Finalmente, um livro que ensina tudo o que a Escola, o Estado e as famílias não ensinam sobre Dinheiro. Em apenas 5 passos, tem o caminho com a estratégia mais eficaz para criar riqueza com o seu salário.

   

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

Já sabe o que vai fazer sábado à noite? Há atividades gratuitas

Dia Internacional e Noite dos Museus promovem atividades grátis Se ainda não tem planos para sábado à noite, o Contas-poupança dá-lhe uma sugestão gratuita de atividades que pode fazer sozinho, em família ou com amigos, um pouco por todo o país. Amanhã, dia 18 de...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a 3 meses e baixam a 6 e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (20 a 26 de maio)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PodTEXT| Truques para conseguir o melhor crédito à habitação possível ou transferi-lo

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a 3 meses e baixam a 6 e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

TOP 10 dos COMBUSTÍVEIS | Qual a marca de combustíveis mais barata esta semana? (13 a 19 de maio)

Quem subiu e quem desceu os preços esta semana A ERSE definiu para esta semana como preço eficiente (que traduzo livremente por preço "justo") uma descida de 1,7 cêntimos/l no gasóleo simples e de 2,1 cêntimos na gasolina simples. Será que as várias marcas seguiram...

Eletricidade | Tarifa de acesso às redes sobe 2,6 cêntimos/kWh a partir de junho (ERSE)

A eletricidade vai subir ou vai descer em Junho? A pergunta é interessante e vai ter de ter alguma paciência para compreender a resposta. É que a resposta depende da empresa em que estiver. E se descobrir que a sua fatura vai aumentar em Junho, pode mudar para uma...

PODCAST | #240 – Vamos a Contas | Devo amortizar o meu crédito à habitação agora ou devo esperar?

Subscreva a nossa Newsletter, para não perder nenhuma dica *Ao subscrever, a informação partilhada será usada de acordo com os nossos Termos e Condições e a nossa Política de...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a 3 e 6 meses e sobem a 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

IRS | Milhares de pessoas com incapacidade estão a ser chamadas pelas Finanças

Sindicato alerta para "caos" no atendimento após milhares de notificações do fisco Subscreva a nossa Newsletter, para não perder nenhuma dica *Ao subscrever, a informação...

Publicidade

Artigos relacionados

17 Comentários

  1. Ana

    Já existem mais baratos do que a Golfenenergy/acp certo ? Devo mudar para a luzboa , aconselha ? Obrigada

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Sim já tem mais baratos. Em relação a aconselhar, não aconselho nenhuma. Ajudo a fazer as contas e depois cada pessoa decide por si.
      Use o simulador da erse ou ligue para eles e pergunte os preços :).

      Responder
      • Pedro

        Não percebi. Primeiro aconselhou a não usar o simulador da ERSE, agora a esta utilizadora já aconselha… Não entendo

        Responder
        • Pedro Andersson

          Olá. Aconselho sempre a usar o simulador da ERSE como referência. Não tome os valores como certos. Deve sempre confirmar junto das empresas respectivas que lhe interessam.

          Responder
  2. João A

    Finalmente consegui convencer o meu pai a sair da EDP para a Repsol (Plano Leve). Uma poupança de 13€ mensais! Pedi a mudança há 1 semana e sei que este processo pode ser demoroso, estou a apontar para pelo menos 1 mês. Não é um problema, pelo menos para já.

    No entanto, fui ver os preços futuros previstos pela OMI para o resto do ano (4º trimestre de 2024 no valor de 71,75€/MWh).

    Embora a mudança da Repsol ainda não está completa, pondero já mudar do plano fixo deles e ir para o indexado deles. Sendo uma mudança feita no mesmo comercializador, quanto tempo teria de esperar para a mudança de um plano para outro, alguém sabe? Quanto mais poder poupar até este plano estiver ao mesmo valor do fixo, melhor!

    Responder
    • Machado

      Boa tarde Paulo,

      Onde consultou os preços futuros previstos pela OMI?

      Responder
    • Manuel

      Cálculo do preço indexado:
      Preço = (POMIE x K1 + K2 + TAREnergia) x Consumo + (K3 + TARPotência) x Nº de
      dias

      Em que:
      POMIE: Valor em €/kWh, correspondente ao preço médio do mercado
      ibérico de eletricidade em Portugal (OMIE PT) no período de consumo.
      Preços disponíveis para consulta em http://www.omie.es/pt.

      K1 = 1,28. Inclui custos relacionados com o fornecimento físico de energia
      adquirida em mercado (nomeadamente o fator de correção para perdas
      na rede e o perfil de preço), assim como custos variáveis da operativa
      retalhista diretamente relacionados com a evolução dos preços de
      mercado.

      K2 = 0,01720 €/kWh. Inclui outros custos relacionados com o
      fornecimento de energia adquirida em mercado (nomeadamente serviços
      de sistema e garantias de origem) e custos variáveis da operativa
      retalhista não diretamente relacionados com a evolução dos preços de
      mercado.

      K3 = 0,09410 €/dia. Inclui custos fixos da operativa retalhista.
      TAREnergia e TARPotência: Tarifas de Acesso às Redes, definidas pela ERSE e
      revistas periodicamente, disponíveis para consulta em http://www.erse.pt.
      Consumo: Volume de consumo em kWh, no período de consumo.

      Nº de dias: Total de dias do período de consumo.

      A isto falta acrescentar os IVAs corretos e as taxas.

      Responder
  3. Mariana

    Boa tarde,
    Pedi adesão à ibelectra mas uma vez que estão a demorar a responder e é muito difícil o contacto telefónico, estou a comparar preços de novos fornecedores. Usei a fórmula da EDP depois de ligar para saber os valores reais que utilizam das variáveis K, no entanto surgiu-me uma dúvida. Quando falam em TAR energia é o valor publicado na Erse e, neste momento 0,0365. No entanto, quando na fórmula entra TAR Potência, este valor também é definido pela Erse ou tem a ver com o valor de potência (€/dia) cobrado por cada fornecedor e variável? Alguns fornecedores também aplicam valor de custos de mercado (CS) publicados pela REN que também não sei do que se trata.

    Obrigada.

    Responder
    • António Alves

      Faça uma queixa da Ibelectra no Portal da Queixa, que eles contactam-na logo e o processo torna-se muito rápido.

      É a que vale mais a pena.

      Responder
      • Mariana

        Obrigada António pela sugestão.

        Responder
      • Hugo Barata

        Boa tarde. Começar uma relação comercial com uma empresa, sendo obrigado a fazer uma reclamação no portal da queixa, para ser “atendido”, diz muito sobre algumas destas empresas que existem no mercado!
        Aliás passei pelo mesmo e obviamente desisti do processo de adesão. Provavelmente já será uma empresa com uma estrutura sub-dimensionada para a quantidade de clientes que tem.
        Aderi à Meo Energia com a nova tarifa dinâmica e em 5 dias, tinha o tarifário a funcionar.

        Responder
        • Mariana

          Concordo Hugo. Se ainda não sou cliente e já me é difícil o contacto com a empresa, tenho receio de como será no futuro se ocorrer algum problema que necessite de resolução urgente. Isto é algo que me faz procurar logo outro fornecedor. No entanto, apresentei na mesma a reclamação no Portal da Queixa e em 2 dias eles enviaram-me o contrato para assinar.

          Responder
          • Hugo Barata

            Muito bom! Transformam o portal da queixa, num canal comercial eficiente da empresa. Sem comentários! 😊

  4. David

    Olá,

    Não sei se estou míope, mas, no site da EDP não encontro forma de aderir ao tarifário indexado.
    Alguém sabe como aderir?

    Aproveito para colocar outra questão. Na factura da EDP, neste último mês, na nota “Diferença entre o preço do seu contrato e a tarifa regulada” indicam que pagaria pelo mesmo consumo de eletricidade desta fatura +2,49 € (não incluindo taxas e impostos). Esta nota corresponderá mesmo à realidade? Assim a mudar só valerá a pena para um tarifário indexado certo?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Ola. Nesse caso sim. Para mudar, deve ligar para o apoio da EDP.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.