O Banco CTT já não é um banco ZERO



Banco CTT passa a cobrar anuidade do cartão Multibanco

Foi das surpresas mais desagradáveis que recebi nos últimos tempos. Demorei a digerir a notícia. Recebi uma mensagem de um espectador simplesmente a informar que o banco CTT ia passar a cobrar comissões. Inicialmente pensei que seria algum engano, mas ele encaminhou-me para o preçário. Nenhuma dúvida. É verdade.

Banco CTT já não é um banco ZERO

Como sabem, desde o início do Banco CTT que o dou como exemplo de um banco em que é possível ter uma conta completamente grátis, sem ter de recorrer a uma conta de serviços mínimos bancários. Não cobravam nada: nem comissão de manutenção de conta, nem pelo cartão de débito (multibanco) nem pelo cartão de crédito. Tudo grátis. E, se bem se lembram, era justamente essa a estratégia de comunicação do banco desde o primeiro dia. Tudo ZERO. Isso acabou ontem (dia 24 de Fevereiro de 2020). Depois de ler o artigo até ao fim, pode voltar aqui e confirmar no preçário com os seus próprios olhos Preçário Banco CTT 2020.

O Multibanco passa a ser pago

Devo dizer-vos antes de mais que, tal como já disse várias vezes, tenho contas em vários bancos (oito) e não pago comissões de manutenção de conta em nenhum. E anuidades de cartões só pago se for do meu interesse.

Por exemplo, no Millennium BCP não pago comissões de manutenção mas no ano passado paguei quase 40 euros só pelos dois cartões multibanco (por lapso no artigo original tinha escrito 48 euros. Fica aqui a correção, após alerta de um espectador atento). Veja este artigo onde expliquei como pode saber quanto anda a pagar sem saber. Portanto já estou em processo de fecho de todas as minhas contas no BCP. É uma despesa desnecessária para mim.

Durante todos estes anos contei com a conta do Banco CTT como uma das alternativas para ter algumas contas específicas (no meu caso usava-a para colocar o dinheiro para os impostos –  quando chegava um imposto para pagar saía dessa conta porque ponho lá todos os meses o valor necessário para os pagar quando chega a notificação).

Portanto é com uma enorme desilusão que vou fechar imediatamente a minha conta no Banco CTT. Uma das contas que sempre aconselhei para quem queria deixar de pagar comissões bancárias. Já não é opção para mim.

Agora terão de decidir por vocês o que farão e quando, caso sejam clientes do Banco CTT. Também continuam com a opção de transformar a conta no Banco CTT numa conta de serviços Mínimos Bancários. Pagam cerca de 5 euros por ano e não pagam os 15 euros da anuidade. Mesmo assim continua a ser uma das anuidades mais baixas do mercado. Mas eu tenho alternativas gratuitas.

Os levantamentos ao balcão também passam a ser pagos a partir do segundo levantamento (inclusivé).

As alternativas grátis

Com a passagem do Banco CTT para o campeonato dos bancos que cobram anuidades, resta-me como primeira opção o Activobank. Continuo ao longo de todos estes anos a não pagar rigorosamente nada quer pela conta, quer pelos cartões.

Também já tenho o Moey, do Crédito Agrícola que é exclusivamente online. Também não pago nada pelo cartão multibanco. Tenho igualmente conta e cartão Revolut e o N26 (funcionam no mundo inteiro e com enormes vantagens para quem viaja no estrangeiro). Em nenhum destes bancos pago o que quer que seja.

Há outros bancos em Portugal que não cobram comissões de manutenção de conta mas cobram pelos cartões de débito.

Sugiro que pensem seriamente em abrir conta nestes bancos completamente zero (e outros que encontrem) porque o cerco das comissões e das anuidades vai continuar. Assim, quando decidirem fechar contas por estarem fartos de comissões já têm alternativas, já as testaram e sabem que funcionam.

Estou mesmo aborrecido com o Banco CTT. Revoltado mesmo. Enquanto cliente, sinto-me traído.

Estão a cumprir a lei

Mas eles estão a cumprir a lei. Basta avisarem com 60 dias de antecedência que qualquer aumento passa a ser legal. Nada contra. Estão no direito deles. E eu também estou no meu direito de fechar a conta.

No meu caso, no contacto que fiz com o apoio ao cliente, disseram-me que só passaria a pagar em Maio de 2021 (acho estranho). Mas foi o que me disseram. Não me interessa. Perdi a confiança. Vou fechar a conta. Confirmem quando vão passar a pagar.

Tudo isto que vos estou a dizer é exclusivamente enquanto cidadão e consumidor. Não tem nada a ver com a minha vertente jornalística. Como sabem, partilho as minhas experiências enquanto consumidor para perceberem como podemos gerir melhor as nossas finanças pessoais. Nada me move a favor ou contra qualquer banco em Portugal ou no mundo.

Portanto, a partir de hoje deixarei de sugerir o Banco CTT como uma das melhores alternativas bancárias em Portugal. Com balcões abertos ao público (embora poucos) resta-me o ActivoBank. No dia em que o ActivoBank me cobrar uma comissão que seja, digo-lhe também adeus e viro-me exclusivamente para os bancos completamente digitais e internacionais como o Revolut por exemplo. Já o ando a testar no dia-a-dia. É o futuro a chegar.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

81 comentários em “O Banco CTT já não é um banco ZERO

  1. Avatar
    márcio marreiros Reply

    Sou cliente do banco ctt e fiquei desagradado por deixarem de ter o cartão de débito gratuito. Disseram-me para continuar a usufruir dessa situação teria de fazer 20 ou mais pagamentos nso últimos 5 meses antes do aniversário do cartão, está correta esta afirmação? Ajudem-me a esclarecer pois cada pessoa do banco com quem falo diz de forma diferente.

    obrigado pela atenção

    cpmts
    Márcio Marreiros

  2. Avatar
    Mara Reply

    Fui ao banco CTT pedir para converter a minha conta à ordem para conta de serviços mínimos bancários, ao que me responderam que teria de fechar a conta actual e abrir uma nova, implicando alteração de todos os débitos (directos) e créditos (ordenado) que estão a cair na conta.
    Mostrei-lhes a FIN do BANCO CTT, onde se lê claramente que que já tem uma conta à ordem pode CONVERTER para serviços mínimos bancários. Também mostrei a informação constante do site do banco de portugal, que diz exactamente o mesmo. E após mais esclarecimentos telefónicos do banco de portugal, aconselharam-me a fazer reclamação quer no livro de reclamações, quer directamente ao banco de Portugal (pelo site por exemplo), uma vez que esta imposição se trata de uma ilegalidade.
    Fica a dica a todos os que se deparem com esta situação. Se vos obrigam a fechar conta e abrir outra por causa da “conversão” em serviços mínimos, então porque não fechar definitivamente no banco CTT e abrir noutro banco?

    • Avatar
      Rodrigues Reply

      Cara senhora Mara eu também me deparei com essa infeliz situação.
      O meu conselho é que feche a conta e abra uma conta noutro banco, felizmente existem mais opções de contas realmente ZERO no mercado.

      Cumprimentos

      • Avatar
        Mara Reply

        Certo, concordo!
        Mas sou também apologista de que devemos sempre reclamar e exigir que a lei e os nossos direitos sejam cumpridos.
        Se mais pessoas o fizessem todas estas (grandes) empresas não abusavam tanto, sejam bancos, operadores de telecomunicações (estes então uma vergonha), etc.

  3. Avatar
    Manuel Santos Reply

    Em 28 de Fevereiro corrente dirigi-me a uma dependência de BCCT a fim de passar a minha conta conjunta com minha esposa como 2º. titular, SMB a resposta que me deram nesse balcão foi “depois de muitas consultas entre os colaboradores informaram-me que não o podia fazer” por ser 2º. titular de uma outra conta conjunta da minha esposa. Tendo somente um cartão cada 1º titular e que o sistema do BCCT não estava preparado para resolver a situação, iriam tentar resolver o problema e para tal ficaram com o meu contacto.
    No dia 3 do corrente dirigi-me a outra dependência, depois de muitos salamaleques do colaborador que me atendeu e mais outra pessoa que penso ser seu superior com a mesma ladainha, diziam que não eram comissões que iriam cobrar mas sim anuidades do cartão de débito, porque me enviaram por correio com data de 7 de Fevereiro corrente mas recebida a 25 do mesmo mês, que não era possível passar as contas para SMB teria-mos de cancelar ambas e abrir novas e que nos poderia causar alguns transtornos anui e disse que sim mas então a segunda pessoa vem de novo para junto de nós, diz-nos que o sistema do banco por enquanto não estava preparado para fazer essa operação. Passei-me dos carretos e peço o livro de reclamações, a muito custo lá mo forneceram onde descrevi na integra estes factos e vou enviar cópias para Banco de portugal, Presidente da Republica, Primeiro Ministro, Ministro das Finanças, e dos lideres dos principais partidos com acento na Assembleia da Republica.
    Estão entrando no meu bolso.

  4. Avatar
    Nelson Branquinho Reply

    Sr. Pedro Anderson antes de mais, permita-me felicitar o seu trabalho e uma vez mais afirmar o excelente trabalho que tem feito. Ao contrario de certos comentários que são produzidos, o meu voto de confiança continua e vai continuar pois eu sei que é uma pessoa que através do seu trabalho procura ajudar os outros!
    Permita-me só fazer um pequeno alerta que ainda pode ser importante relativamente aos CTT. No ponto 3.2 , nota 3 onde se lê “A comissão de disponibilização de cartão é aplicável a cartões Visa Debit solicitados a partir de 24/02/2020. Para cartões solicitados antes desta data, a comissão será aplicada após comunicação individual com pré-aviso de 60 dias face à data de entrada em vigor.”
    Para quem o cartão de débito antes desta data ainda terá algum tempo para ponderar outras possíveis soluções!
    Eu também tenho conta no Banco CTT e confesso que desde o inicio o banco tem evoluído bastante a nível de estabilidade mas já era de esperar que as comissões não seriam 0 para toda a vida. Começam com o cartão de débito e para a conta à ordem “Base”. Daqui a algum tempo, mais comissões serão aplicadas!

    Já agora, continue com o excelente trabalho!

  5. Avatar
    Rodrigues Reply

    Caro senhor PEDRO ANDERSSON estive a ponderar bastante e após as tristes respostas que obtive por parte do Banco CTT tanto pessoalmente como através de e-mail decidi que vou fechar a minha conta a ordem o mais rapidamente possível.
    Diga-me se eu abrir conta no Activobank poderei estar descansado com os meus depósitos?
    Estou assegurado?

    Obrigado pela atenção

  6. Avatar
    Maria Reply

    Boa noite, Pedro. Pelo que estive a ver, no banco CTT, ainda não se paga nada pela conta de serviços mínimos bancários, nem os 4,38€. E disponibilizam um cartão de débito grátis por CADA titular.
    Como neste artigo diz que se pagam 5€ anuais, será que pode confirmar pf?

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. Uns cobram outros não. Os preçários estão sempre a mudar. Na CGD era grátis e este mês passaram a cobrar. Basta verificar no preçário deles mais atual e estará confirmado.

      • Avatar
        Maria Reply

        Muito obrigado pela sua resposta. Quando comecei a escrever o comentário anterior, ainda não tinha visto a sua resposta!
        Cumprimentos!

      • Avatar
        Rodrigues Reply

        Caro senhor PEDRO ANDERSSON estive a ponderar bastante e após as tristes respostas que obtive por parte do Banco CTT tanto pessoalmente como através de e-mail decidi que vou fechar a minha conta a ordem o mais rapidamente possível.
        Diga-me se eu abrir conta no Activobank poderei estar descansado com os meus depósitos?
        Estou assegurado?

        Obrigado pela atenção

        • Pedro Andersson
          Pedro Andersson Post authorReply

          Olá. Não me ponha essa responsabilidade nos ombros :).
          É um banco igual aos outros. No melhor e no pior. Tenho lá conta há vários anos sempre sem problemas nem comissões. No futuro não sei… Tem de fazer a sua avaliação. Todos têm garantia dos 100 mil euros e nunca foi usado por nenhum.

          • Avatar
            Rodrigues

            Obrigado pela resposta rápida e sincera 🙂

            Cheguei à conclusão que com nível de atendimento quase nulo e o “chico-espertismo” usado pelos administradores dos bancos.

            Até nós e quando digo nós TODOS OS CIDADÃOS insatisfeitos com a banca) conseguiríamos se minimamente organizados criar o nosso próprio Banco virtual sem não precisar de lidar mais com estes “Ácaros” que só nos provocam “Alergia” ás Carteiras todos os meses/anos.

    • Avatar
      Maria Reply

      Até na CGD já se paga 4,08€ + 4% de imposto de selo (excepto em contas com crédito de salário, pensão ou prestação social inferior ao Salário Minimo Nacional), mas no banco CTT a conta SMB diz estar isenta de comissões

    • Avatar
      Marco Lopes Reply

      BANKINTER, 5% até 5.000 euros no primeiro ano, obriga a transferências mensais de 800 euros.
      Conta SEM COMISSÕES. Cartão de CRÉDITO gratuito (não precisa de cartão de débito)

      • Avatar
        Maria Reply

        Sim, também sei dessa, mas acabei de fazer uma certificado e não tenho os 5000€ à ordem. Queria esperar até ter, para poder tirar o maior lucro possível dessa conta

    • Avatar
      Maria Reply

      Sim, porque só dois cartões que custam 24€ cada perfazem 48€… Não pode ser um que custe 30€ e outro que custe 18€?! Existem cartões com essas anuidades. E, de salientar, que ele disse ano passado e esse precário entrou em vigor no final do ano.
      E porque está em defesa do MBCP?
      Não se pode sequer classificar como fake news: cada cliente tem que se informar acerca das comissões daquilo que pretende contratar. Há variadíssimas opções por onde escolher dentro do mesmo banco

      • Pedro Andersson
        Pedro Andersson Post authorReply

        Obrigado Maria, até podia ser como está a dizer, mas neste caso o senhor tem razão. Escrevi 48 mas eram 39. Foi lapso da minha parte. Errei, já pedi desculpa e vou corrigir. Seja como for para mim entre 39 ou 48 não vai mudar nada. Vou fechar as 3 contas que lá tenho.

      • Avatar
        TOMAS AQUINO Reply

        Cara Senhora,

        não estou em defesa de nenhuma instituição, nem de ninguém (se viesse em defesa de alguém seria do meu próprio banco, se o tivesse). Pouco me interessa se pagam 48, 38, ou zero euros em comissões.

        Num blog/programa com óbvios interesses comerciais aquilo que se pede é rigor na informação prestada. Com isto não digo que seja pecado a vertente comercial, já que o serviço prestado à comunidade supera de longe esta questão. Aquilo que muitos de vós, com as constantes lamúrias de não querer pagar isto e aquilo, não conseguem – ou não querem – compreender é que os bancos são, como qualquer empresa, negócios que têm de apresentar lucros. E o lucro só existe à base dos clientes e dos funcionários: aumentando as receitas nos primeiros, reduzindo os custos nos segundos (leia-se, comissões/vendas e despedimentos/baixos ordenados).

        Existem grandes diferenças entre bancos. Não é por acaso que estas “banquetas”, que vão surgindo aqui e ali, sendo depois compradas por grandes bancos espanhóis, numa fase inicial, oferecem quase tudo de forma gratuita. O que vocês deveriam perguntar é PORQUE razão o serviço é gratuito, e não SE o serviço é gratuito. Se a comissão é 5 ou 20 é um debate estéril.

        Como em todos os serviços que nos são prestados, devemos *sempre* aferir se a qualidade dos mesmos justifica o preço que estamos a pagar. Se não justificar, mude-se. E nunca se esqueçam que se não pagam em euros estão a pagar com algum direito (liberdade, privacidade, etc).

    • Avatar
      Marco Lopes Reply

      Bancos que cobram 20 euros por um cartão de DÉBITO (cartões que eram de borla há uns anos atrás!!) e NÃO cobram por cartões de crédito que TAMBÉM são cartões de DÉBITO, para mim estão a enganar os clientes.

      O BCP é daqueles bancos que ainda faz o seguinte: ALTERA PREÇÁRIOS do MESMO PRODUTO, mas não o aplica aos clientes antigos!!!! Com isto quero dizer que já tive em diversas ocasiões de CANCELAR um cartão para subscrever o MESMO CARTÃO, apenas porque o preçário DISTINGUE os clientes mais antigos com o MESMO PRODUTO, mantendo o PREÇÁRIO GRAVOSO!!!!!!

      Estratagemas destes são muito utilizados por cabecinhas pensadoras (como as operadoras de comunicações), mas esses pelo menos criam NOVOS PACKS para atirar areia para os olhos dos clientes!

      NOTA: No BCP qualquer pessoa está melhor servida SEM CARTÃO DE DÉBITO, e apenas com um cartão de CRÉDITO + DEBITO BCP Classic, que para além de ter uma anuidade de 10 EUROS, ainda oferece bilhetes de cinema e permite isentar os clientes de anuidades (caso façam 10 compras por ano) – pelo menos o meu cartão mantém estas condições…

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Tem razão. Peço desculpa. São 38,94 € e não 48. Fui induzido em erro (por mim próprio) pelo total das comissões que paguei e não a soma apenas dos cartões de débito. Mesmo assim para ser exato paguei 40,56 € e não 48. Fiz mal em citar de memória. No meu polígrafo dei um número errado, logo lamento e corrigirei. Obrigado pelo alerta. Só espero que reconheça que não o fiz com segundas intenções. Abraço.

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Obrigado. Já corrigi. Respondi mais pormenorizadamente num comentário mais abaixo. Fico feliz por ter leitores atentos como o Tomás. É assim mesmo. Não estou aqui para enganar ninguém :). Quando virem que me enganei em alguma coisa, corrijam-me. Agradeço.

      • Avatar
        Maria Reply

        Foi só num pormenor, pouco importante para nós, na minha opinião. Era uma despesa sua pessoal. Mas parabéns pela sua humildade!
        Para mim, a informação quanto à isenção do custo da conta SMB é mais relevante, uma vez que até estas noutros bancos têm comissão (por mais baixa q seja). Vou optar por convertê-la, espero q não alterem também isto…
        Para mais, no BCTT, os cartões são grátis por cada titular. São vários pontos a favor.
        Muitos parabéns pela sua reação, por estar a responder a um sábado à noite e por todo o seu trabalho tão útil!! Mais uma vez, obrigada!

  7. Avatar
    Rodrigues Reply

    Resposta do Banco CTT ao meu pedido para transformar a minha conta actual numa conta de serviços mínimos bancários

    “Caro Sr. Rodrigues,

    Agradecemos desde já o interesse manifestado pelos produtos e serviços Banco CTT.

    Relativamente à questão que nos coloca, cumpre informar que a Conta de serviços mínimos bancários é destinada a particulares não titulares de contas de Depósito à Ordem, ou titulares de uma única conta de Depósito à Ordem a converter em conta de Serviços Mínimos Bancários e que tenham subscrito a Declaração de Acesso aos Serviços Mínimos Bancários.

    Para abertura de conta deverá deslocar-se a uma das nossas lojas com a seguinte documentação:

    • Cartão de Cidadão ou B.I. e Cartão Contribuinte;

    • Comprovativo de Morada* (ex: carta de despesas domésticas ou declaração da Junta de Freguesia);

    • Comprovativo de Profissão e Entidade Patronal* (Recibo de Vencimento ou declaração da Entidade Patronal).

    * Existem outras opções, no que respeita à entrega de documentação, adaptáveis às particularidades dos clientes, designadamente da sua situação profissional.

    * Os comprovativos não poderão ter data superior a 3 meses.

    A Conta Serviços Mínimos Bancários está isenta de comissões e inclui os seguintes produtos/ serviços:

    • Manutenção de conta de serviços mínimos bancários;

    • Disponibilização de um Cartão de Débito gratuito por titular;

    • Acesso ao serviço homebanking (em linha) e mobile (dispositivo móvel);

    • Transferências a crédito intrabancárias e transferências a crédito SEPA+ exclusivamente em euros;

    • Depósitos de numerário, levantamentos de numerário, pagamentos de bens e serviços, débitos diretos.”

    • Avatar
      Marco Lopes Reply

      Dá vontade de rir!!!!!!

      Não querem mais nada? Uma declaração sob compromisso de honra ou algo do género?

      Isto é a burocracia para ABRIR uma conta… não converter a mesma em SMB!

      Claramente uma forma de DISSUADIR as pessoas a converter as contas… uma tristeza!!!!!!

      Se o cliente tem os dados todos actualizados no banco, PODE o banco exigir novamente TODA a papelada? Eu fechava a conta num ápice… é o que tenho feito… tinha contas em todo o lado e a custo fechei-as todas VIA FAX!!!!!

      Os bancos bem reclamaram, mas as condições de abertura são claras: a conta pode ser fechada desde que a comunicação seja feita em suporte DURADOURO! Não aceitam email? FAX!!!!

      Fechei assim contas na CAIXA GERAL (até de pessoas falecidas) e banco BEST.

  8. Avatar
    Valério Reply

    Pedro Anderson
    Considerando o fim a que se destina a sua conta, se cancelar o cartão multibanco e fizer pagamentos/transferências online não fica com o problema resolvido? Isto é, continua sem pagar nada 😉

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Sim. Estou a ponderar essa situação. Mas fiquei decepcionado com o banco CTT. Estava sempre a da-lo como opção. Agora para mim é um banco igual aos outros em que tenho de andar a fugir às comissões. Tipo gato e rato. Para ter mais um banco só online já tenho contas no ActivoBank, no Best, no BNI Europa, no Big, no moey, no revolut e no n26. Não preciso do CTT que online é pior que todos estes. É a minha avaliação. Aceito outras opiniões.

      • Avatar
        Valério Reply

        Compreendo. Sinto-me na mesma situação. Estou a equacionar a opção que referi, apenas porque tenho depósitos a prazo (vale o que vale). Estou a pensar no ActivoBank e no Moey/Crédito Agricula. O que é que aconselha para pequenas poupanças incluídas, mas que tenham de estar disponíveis em qualquer altura? Isto, para além de não pagar comissões e ter a plena consciência de que os juros são a miséria que conhecemos.

        • Pedro Andersson
          Pedro Andersson Post authorReply

          Honestamente, nenhum. Tente os promocionais a 6 meses de vários bancos 1,5 e 2%. E saltite entre eles até os correr todos. Talvez um do BNI. Ou do bankinter. Mas está tudo sempre a mudar. Porque não tenta um PPR mobilizável a qualquer momento sem o colocar no IRS. Mas demora sempre 3 ou 4 dias até estar na conta…

      • Avatar
        Alves Reply

        Boa tarde, Pedro!

        …”conta e cartão Revolut e o N26 (funcionam no mundo inteiro e com enormes vantagens para quem viaja no estrangeiro)”…

        Pode explicar isto melhor?
        Obrigado.

  9. Avatar
    JRJordao Reply

    O BNI Europa também continua a ser totalmente gratuito em termos de manutenção, transferências e cartão de débito. Além disso tem das melhores (ou menos más) taxas de depósito a prazo.

  10. Avatar
    Rodrigues Reply

    Boa Noite,

    Caros amigos foi-me informado hoje se eu quiser converter a minha conta no Banco CTT numa conta de serviços Mínimos Bancários eu teria que estar desempregado para tal.. Isto é verdadeiro ou estão a tentar enganar-me?

    • Avatar
      JRJordao Reply

      Não é verdade. A sua situação profissional ou rendimentos não têm nada a ver.
      O principal requisito é não ter outra conta bancária e mesmo aí há exceções se tiver mais de 65 anos.

    • Avatar
      Rodrigues Reply

      Resposta do Banco CTT:

      Agradecemos desde já o interesse manifestado pelos produtos e serviços Banco CTT.

      Relativamente à questão que nos coloca, cumpre informar que a Conta de serviços mínimos bancários é destinada a particulares não titulares de contas de Depósito à Ordem, ou titulares de uma única conta de Depósito à Ordem a converter em conta de Serviços Mínimos Bancários e que tenham subscrito a Declaração de Acesso aos Serviços Mínimos Bancários.

      Para abertura de conta deverá deslocar-se a uma das nossas lojas com a seguinte documentação:

      • Cartão de Cidadão ou B.I. e Cartão Contribuinte;

      • Comprovativo de Morada* (ex: carta de despesas domésticas ou declaração da Junta de Freguesia);

      • Comprovativo de Profissão e Entidade Patronal* (Recibo de Vencimento ou declaração da Entidade Patronal).

      * Existem outras opções, no que respeita à entrega de documentação, adaptáveis às particularidades dos clientes, designadamente da sua situação profissional.

      * Os comprovativos não poderão ter data superior a 3 meses.

      A Conta Serviços Mínimos Bancários está isenta de comissões e inclui os seguintes produtos/ serviços:

      • Manutenção de conta de serviços mínimos bancários;

      • Disponibilização de um Cartão de Débito gratuito por titular;

      • Acesso ao serviço homebanking (em linha) e mobile (dispositivo móvel);

      • Transferências a crédito intrabancárias e transferências a crédito SEPA+ exclusivamente em euros;

      • Depósitos de numerário, levantamentos de numerário, pagamentos de bens e serviços, débitos diretos.

  11. Avatar
    Paulo Sabrosa Reply

    O que vai acontecer num futuro, mais próximo do que desejamos, vai ser o fim de bancos com zero€ de comissões. É só terem o primeiro “problema” e passam a cobrar comissões.
    Os bancos estão a usar este método, para cobrir as taxas de juro negativas. Mas quando estas taxas voltarem a subir, vão manter as comissões e aumentar, ainda mais, os lucros. No meu caso particular, tenho de ter os cartões e seguros etc, etc, devido ao CH. E pago 120€ por ano de comissões.

    • Avatar
      Marco Lopes Reply

      Desaparece um, aparece outro! E o BancoCTT ainda não está sujeito a COMISSÕES de manutenção de conta!! É apenas o cartão de DÉBITO!

      Tem uma série de bancos com tudo gratuito…

  12. Avatar
    António José Osório de Castro Vilhena de Freitas Reply

    Segunda tentativa:
    O “Bankinter” cobra pelos cartões de débito? …
    Obrigado!

    • Avatar
      Marco Lopes Reply

      É PAGO! file:///C:/Users/marcolopes/Downloads/p_fcd_cartoes_credito_debito.pdf

      Mas para que precisa de um cartão de DÉBITO??? Isso é um MAIOR ENGODO que os bancos proporcionam aos clientes!!!! Acho que 99% das pessoas pensam que precisam de cartão de DÉBITO para viver! Eu não uso cartão de DÉBITO há anos! Aliás, nem cartão do banco uso… uso um cartão de CRÉDITO que me dá 2% de volta…

      Opte por um CARTÃO DE CRÉDITO GRATUITO (no bankinter não paga o cartão de crédito – não tem anuidades), e também serve de MULTIBANCO (se quiser activar VIA VERDE, por exemplo)

  13. Avatar
    PAULO SIMÃO Reply

    Sr. Pedro Anderson, venho pela presente mensagem expor uma situação que se passou relativamente a uma conta que os meus pais, ambos reformados, têm no BPI, na qual começaram a cobrar há mais de um ano comissão de gestão de conta no valor de 3,50 € mais imposto de selo, além de cobrarem o valor do cartão de débito desde sempre. Nessa conta a minha mãe recebe a baixa reforma que tem. Assim que começaram a cobrar comissão de gestão, e no intuito de fechar a conta no BPI, tentei logo de seguida junto do Centro Nacional de Pensões alterar o IBAN para a minha mãe começar a receber a reforma por outro banco que não cobrava comissões, neste caso o Banco Invest. A resposta que obtive do CNP foi que não trabalhavam com o Banco Invest. Isto aconteceu igualmente com o Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, onde é cobrada a renda de casa dos meus pais e que também tentei alterar o IBAN e também me disseram que não conseguiam alterar o IBAN da conta.
    Quero com isto dizer que nem sempre é fácil mudar de banco, uma vez que, nestes casos, as instituições públicas que devem servir condignamente os cidadão dificultam essa mudança. Agora pergunto: Será que o CNP e o IGFSS têm um conjunto restrito de bancos com os quais trabalha com algum interesse, impedido os cidadãos de poderem optar por outro ? Dá que pensar !!!
    Penso que esta seria uma boa matéria para se investigar.
    Muito obrigado pelo trabalho que tem desenvolvido e que eu muito aprecio.
    Com os melhores cumprimentos,
    Paulo Simão

    • Avatar
      Marco Lopes Reply

      É interessante saber que em 2020 existem instituições que estão a violar a LEI da livre concorrência!! A mim nunca me aconteceu receber uma resposta dessas, e daria direito IMEDIATO a livro de reclamações…

      Merece uma reportagem!!! Essa agora… há muitas décadas atrás o estado só trabalhava com a CAIXA GERAL! Toda a gente tinha de ter conta no banco do estado para receber de determinadas instituições…

  14. Avatar
    Nuno Reply

    BERNARDO FERNANDES, por acaso tambem tenho conta no MillenniumBCP, com um cartão de debito em que pago uma taxa do cartão de 18 Euros mais uns centimos de imposto, no total são 20 euros anuais. Não quer dizer que no futuro não cobrem taxas de manutenção da conta. Mas até hoje é o que tem sido cobrado anualmente. O banco CTT é que me trocou agora as voltas, no inicio é uma coisa, depois mudam as regras do jogo…

  15. Avatar
    Alves Reply

    Marco Lopes,
    Esse COFIDIS + também não aplica taxa nos abastecimentos de combustível?
    Obrigado.

    • Avatar
      Marco Lopes Reply

      Repito… ÚNICO cartão que conheço está isento de TODAS AS TAXAS e COMISSÕES sobre TODAS as operações em TODO o PLANETA TERRA, seja elas quais forem!

      NOTA: O cartão tem um custo de 12 euros por ano, MAS… tem 2% de CASH-BACK sobre TODAS as compras (e 1% sobre os pagamentos de serviços)!!! Ou seja… recupera quase de certeza os 12 euros logo no primeiro mês, o resto é LUCRO garantido!!! Com a certeza que, use-o onde usar, ou COMO USAR, NUNCA NUNCA terá uma taxa ou comissão! Isso é garantido: https://www.cofidis.pt/produtos/cartao-de-credito

      NOTA: não ganho nada com isto… tenho o cartão há mais de 2 anos e foi a melhor decisão que tomei.

  16. Avatar
    Liliana Venâncio Reply

    Boa noite.
    Também me sinto enganada.
    Não recebi informação alguma, mas mesmo assim fui ao balcão informar-me.
    A mim disseram começar a pagar a partir de dia 25/02/2020.
    Já procuro alternativas válidas cá para casa.
    Obrigado pelo serviço público que presta a todos nós.

  17. Avatar
    Alves Reply

    Boa tarde, Pedro!

    …”conta e cartão Revolut e o N26 (funcionam no mundo inteiro e com enormes vantagens para quem viaja no estrangeiro)”…

    Pode explicar isto melhor?
    Obrigado.

    • Avatar
      Marco Lopes Reply

      O MELHOR cartão para quem viaja é o COFIDIS + por 1 euro. Ponto!

      Não há cartão melhor!

      2% de cash-back sobre todas as compras

      ISENÇÃO TOTAL de TAXAS e COMISSÕES sobre TODAS as operações em TODO O MUNDO!!!!!

      Repito… o cartão tem ZERO TAXAS e comissões em todo o mundo, sejam elas quais forem!

      Qual é o outro cartão que tem estas condições? Fora da UE aplicam logo taxas até nos pagamentos! Nos levantamentos? Nem comento!!!! E Cash-Advance para a conta bancária? Até dói…

  18. Avatar
    João Guilherme Reply

    Eu adorava deixar o Millennium BCP e usar só Revolut / Moey!, ou até mesmo o ActivoBank, mas infelizmente com crédito habitação no Millennium estou trancado devido às condições de cross-selling…

    • Avatar
      Marco Lopes Reply

      Eu tenho o crédito habitação no BCP e não posso mudar (não compensa mudar), ainda assim, há anos que uso estratagemas para fugir às comissões de manutenção.

      1) Estou isento de acordo com as condições de isenção de conta constantes no preçário
      2) Não tenho cartão de DÉBITO (cancelei há anos) e fiquei apenas com o BCP Classic (Crédito) para interacção com o banco (10 compras de uns cêntimos todos os anos isenção a anuidade do cartão)
      3) Uso o cartão COFIDIS + por 1 euro para TODAS AS TRANSACÇÕES, com retorno de 2% de tudo o que pago (e com isenção de todas as comissões e taxas em todas as operações em todo o mundo). Este cartão também suporta MBWay, pelo que estou isento de comissões no uso do MBWay.

      A única taxa que o BCP me cobra é o valor de processamento mensal do crédito, que as cabecinhas pensadores dos bancos arranjam sempre para nos tramar…

      • Avatar
        Raquel F. Reply

        Sr. Marcos Lopes,

        Relativamente à sua exposição e peço desde já desculpa quanto à minha iliteracia financeira, o cartão de crédito da Cofidis +1 euro tem de ter associada a uma conta à ordem, certo? Eu tenho conta no Banco dos CTT e estaria a pensar cancelar o cartão de débito, mantendo-a e usar o Cofidis + para pagamentos correntes.

        • Avatar
          Marco Lopes Reply

          Sim, É uma excelente opção!
          No entanto, lembro que a sua interacção com o BCTT ficaria limitada ao “balcão” e ao HOME BANKING. Não me parece um problema… eu uso o mesmo sistema no BCP e “nunca” uso o cartão de crédito sem anuidade que tenho nesse banco.

          EM resumo: SIM, o COFIDIS +por 1 euro é um cartão que fica associado à CONTA à ordem que escolher, no banco que desejar. Pode usar o cartão para operações de levantamento (sem taxas!!!!) ou até cash-advance, MBWAY (sem taxas), levantamentos e pagamentos no estrangeiro dentro e fora da UE (SEM TAXAS!!!!) VIA VERDE, etc… TUDO sem taxas. O cartão custa 1 euro por mês, mas devolve-lhe 2% sobre TODAS AS COMPRAS! Consulte o SITE para mais informação: https://www.cofidis.pt/produtos/cartao-de-credito

          NOTA: Aconselho SEMPRE a opção + por 1 euro, porque tem PAZ de espírito! Desde que opte pelo PAGAMENTO A 100% no final do período de utilização (o pagamento do valor acumulado do mês é debitado de UMA vez) NUNCA INCORRERÁ EM TAXAS, COMISSÕES e DESPESAS de qualquer espécie!!!!! NUNCA! E tem 2% de volta!

  19. Avatar
    António José Osório de Castro Vilhena de Freitas Reply

    O “Bankinter” cobra pelos cartões de débito? …

    Obrigado!

  20. Avatar
    Bernardo Fernandes Reply

    O seu artigo demonstra total desconhecimento de causa. Um conselho, primeiro averigue e só depois produza algum artigo jornalistico.
    Quando indica que no MillenniumBCP não paga manutenção da conta… lamento informar mas essa informação é falsa. Eu tenho conta no MillenniumBCP e pago 5.20 € por mês ou então posso pagar 8 € més e o cartão gratuito.
    Faça primeiro o seu trabalho de casa e só depois torne publico e de preferencia com ifnormações verdadeiras.
    No meu ponto de vista, com este artigo perdeu a credibilidade que eu tinha pelo seu trabalho.
    Muitas felicidades.

    • Avatar
      Filipe José Almeida Reply

      Está a ser indelicado com o Pedro. Ele não disse que toda a gente que tem conta no Millenium BCP não paga comissão. O que ele disse é que a conta que ele tem, não paga comissão. São coisas diferentes.
      É o mesmo que dizer que há pessoas burras. Mas isso não quer dizer que sejam todas as pessoas burras.
      Vá… peça desculpa ao Pedro que ele aceita de certeza.
      Paz e amor!

    • Avatar
      Pedro M. Reply

      Diria que as condições podem não ser as mesmas para todas as pessoas. Ou pagamos todos os mesmo de Luz? de Telecomunicações? de combustível? etc…

      • Avatar
        Bernardo Ferreira Reply

        Caro Pedro,

        Peço então que confirme. No BCP pode efetuar a isenção da comissão de manutenção de conta com uma Solução Integrada que se chama “Cliente frequente” que tem o montante de 8 € mais IS.
        Acredite se quiser, o BCP ser o banco que não cobrava a comissão de manutenção de conta???
        No seu artigo consta informações que não espelham a realidade do Banco CTT. Reforço que primeiro verifique todos os pontos do preçário e depois espelhe essa informação.
        É sempre interessante saber que o que conta é poupar mas tambem é muito mau para a economia portuguesa as pessoas começarem a usar produtos e serviços internacionais. Empresas que não dão qualquer tipo de contributo, ou o que dão é irrisório.
        Saliento que quem use muito o MBWAY, que ´é o meu caso, no BCTT o serviço +e gratuito enquanto nos outros pagasse.
        Quando queremos comparar bancos, ou outro tipo de produtos/serviços, temos que usar uma medida igual. Não compare o Banco CTT com o ActivoBank. O BCTT é um banco 100% nacional, enquanto o ActivoBank é um apêndice do BCP que não é totalmente nacional.
        O banco CTT continua com todas as condições iguais. Não quer pagar o cartão??? Desista do cartão e ai sim fica com uma conta ZERO, se só usa a conta para pagar impostos pode fazê-lo online.

        • Pedro Andersson
          Pedro Andersson Post authorReply

          Caro Bernardo. Não tenho de confirmar porque está confirmado no meu extrato de comissões de 2019.nao pago comissão de manutenção de conta no BCP porque me mexi e preencho as condições para não pagar. Quem quer pagar ou não se importa de pagar tudo bem. Nada contra. Se é nacional ou internacional para mim enquanto cliente é irrelevante. Vivemos todos no mesmo planeta. Não vou ficar chateado consigo se quiser ver a CNN em vez da SIC. É o mundo em que vivemos. Podemos escolher. Quem me prestar o melhor serviço pelo preço que estou disposto a pagar eu aceito. Cada um tem de fazer as contas ao seu caso. Eu uso o mbway 10 vezes por dia com o cartão do ActivoBank e não pago nada. Zero. Porque pagaria com outro cartão?

        • Avatar
          Marco Lopes Reply

          Não precisa da “treta” dos planos de CLIENTE FREQUENTE para ficar isento.

          Eu estou isento e não tenho plano nenhum.

          Comissões anuais = ZERO!!! (nem mesmo pago cartão de DÉBITO, porque não o tenho!!! Optei por um cartão CLASSIC com CASH-BACK da anuidade, para além de que só o uso com uma dúzia de compras para ter a anuidade paga, o resto uso um cartão que me dá 2% DE VOLTA sobre todas as compras…)

    • Avatar
      Marco Lopes Reply

      Indelicado, para além de não saber o que está a dizer…

      Eu tenho conta no BCP e NÃO PAGO DESPESAS DE MANUTENÇÃO!!!!

      Primeiro veja os PREÇÁRIOS e entenda que existem condições de ISENÇÃO de despesas, sem ser necessário PAGAR o que quer que seja, e muito menos cair na ESPARRELA de aderir aos planos de “cliente frequente”…

  21. Avatar
    Diogo Reply

    Atenção à nota 3 do ponto 3.2 do Preçário: cartões solicitados apenas a partir de 24/02/2020 é aplicada de imediato a comissão de disponibilização; para cartões solicitados antes desta data, a comissão só é aplicada após comunicação individual (normalmente por email) com pré-aviso de 60 dias face à data de entrada em vigor.

    Portanto, para quem quiser mudar, tem muito tempo para o fazer.

  22. Avatar
    Margarida Reply

    Se o uso da conta é apenas o pagamento de impostos, então não me parece que a comissão pelo cartão de débito, por si só, seja é motivo para encerrar a conta. Os pagamentos ao Estado / impostos podem ser facilmente feitos via online. Não é necessário ter um cartão.

  23. Avatar
    Filipe Lourenço Reply

    Então já averiguei o caso com a minha gestora de conta. Ao que indica o cartão só vai ser pago se não se fizer uso dele, mais concretamente 20 utilizações por trimestre

  24. Avatar
    Manuel Reply

    A questao que se coloca ‘e ate quando podemos cancelar o cartao de forma a evitar o pagamento da comissao. Se o cancelamento for feito este mes ou no proximo, evitamos essa pagamento? ou o banco arranja forma de nos cobrar de qualquer forma? E ja agora, sera’ a introducao de uma comissao legal sem o aviso previo a todos os clientes afectados?

    • Avatar
      JRJordao Reply

      Os clientes já com cartão serão avisados 60 dias antes da cobrança da nova comissão.

  25. Avatar
    Filipe Lourenço Reply

    Tenho o meu crédito a habitação lá. Sabem se por acaso nessas condições também é pago ?

    • Avatar
      JRJordao Reply

      Creio que sim. Só a conta de serviços mínimos bancários isenta do pagamento da nova comissão.

    • Avatar
      Marco Lopes Reply

      Fiz exactamente o mesmo há uns anos no BCP (a anuidade estava a caminho dos 20 euros!)

      Veja a minha outra resposta.

    • Avatar
      Bruno Reply

      Moey!, Revolut, N26, Monese (tenho-os todos) ou até o curve (para juntar todos estes cartões num só). São todos MasterCard e não visa. E por incrível que pareça, em pleno 2020, ainda encontro locais (no centro do Porto) onde não consigo pagar por o cartão ser MasterCard (não sei bem como funciona mas aparentemente há empresas que não tem contrato para pagamentos no TPA com esses cartões) e lá tenho de ir buscar o Visa à carteira…

      • Avatar
        João Guilherme Reply

        Isso tem a ver com os TPA não terem contrato com Visa / MasterCard e só terem com sistema Multibanco da SIBS (que coloca comissões mais baixas).
        Mas esse problema não se coloca com o Moey!, que é um cartão do sistema Multibanco (independentemente de ser Visa ou MasterCard)

  26. Avatar
    Cristiano Correia Reply

    Sabem se é possível cancelar o cartão de débito e continuar com tudo o resto gratuito? Não esquecendo que se perde também o MBWay.

    • Avatar
      Marco Lopes Reply

      Sabe o que é que eu fiz no BCP? Cancelei o meu cartão de DÉBITO há anos (estava quase a custar 20 euros!) e fiquei com um cartão de CRÉDITO que não tem anuidade (BCP Classic – adesão feita há uns anos atrás) e tem vertente MB para qualquer eventualidade (de qualquer forma, não precisava de um cartão MB para interagir com o banco, bastaria um cartão apenas de crédito)

      Para compras do DIA a DIA uso o COFIDIS +por 1 EURO, que me dá ISENÇÃO de taxas e comissões em TODO O MUNDO sobre TODAS AS OPERAÇÕES, incluindo CASH-ADVANCE (único, não conheço outro cartão que esteja livre de taxas e comissões sobre TODAS as operações!), e ainda me dá 2% de volta sobre TODAS as compras!!!

      Em resumo: não preciso de um cartão de débito para nada!

    • Avatar
      Pedro Reply

      Boa tarde,

      Já liguei para a linha de apoio e eles informaram que mantém tudo sem comissões. Só o cartão tem esse valor e que podem cancelar caso pretendam.
      Perdem o MBWAY gratuito. Esse serviço dá um grande jeito.

  27. Avatar
    Marco Lopes Reply

    O homebanking é PÉSSIMO e já tinha as contas a zero prontas para fechar…

    Toca a converter em SMB ou mudar para ActivoBank, Banco BEST, Open Bank (novo!!!!) ou Bankinter (que dá 5% à ORDEM até 5000 euros durante 1 ano!)

    • Avatar
      JRJordao Reply

      Marco, no Banco Best há cartão sem anuidade em contas “normais”? Tinha a ideia que só em contas ordenado.

  28. Avatar
    José António Correia Reply

    Ainda assim, percebendo a angustia de passar a pagar, prefiro pagar um euro e pouco por mês, e ter um banco de confiança, que pagar 50 ou mais euros, por outras entidades que me possam sugerir “dúvidas” num futuro próximo. A ver vamos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *