Painel solar fotovoltaico – Balanço fevereiro de 2024 (Mês #87)

Escrito por Pedro Andersson

19.03.24

}
7 min de leitura

Publicidade

Balanço de fevereiro de 2024

Fevereiro marcou o regresso a produções maiores de eletricidade. É o normal e deverá ser assim até ao Verão. Quero também referir que há uma alteração de padrão no valor das minhas poupanças cm os painéis porque a Endesa aumentou o preço da eletricidade. Com IVA, passei a pagar 16 cêntimos por kWh. É bastante. Assim, a mesma produção representa uma poupança maior porque é eletricidade mais cara que deixo de pagar porque uso o autoconsumo.

Então, Pedro, se há preços mais baratos do que esse, porque é que não mudas, como estás sempre a dizer para fazer?

Porque tenho dezenas de códigos amigo (1 euro de desconto por cada um) e apesar do preço alto, continua a compensar-me continuar nesta empresa. Durante quase dois anos só paguei cerca de 2 euros por mês de eletricidade (apenas a contribuição audiovisual) e no mês passado paguei apenas 18 euros, com um consumo de 300 kWh por mês.

Tenho painéis solares desde 2016. Ao longo destes 8 anos tenho aprendido muito pela minha experiência. Partilho mensalmente (há 87 meses) as minhas contas. A minha previsão era ter o investimento do meu primeiro e único painel pago em 8 anos. Se assim fosse, este ano (em Dezembro de 2024) estaria já pago e a partir daí teria apenas lucro.

Não estou a vender painéis nem a sugerir marcas, nem sequer o tento convencer a instalar painéis solares fotovoltaicos. É apenas para entender como isto funciona.

Há três anos decidi aproveitar a “promoção” do Fundo ambiental para instalar mais 4 painéis (reembolsaram 85%) e recomecei a fazer contas a partir de Novembro de 2021. Pela minha previsão, terei os 5 painéis pagos em Maio de 2027. Se gastasse tudo o que os painéis produzem, teria uma poupança mensal média de cerca de 30 euros por mês na minha fatura de eletricidade (360 euros por ano). Mas não consigo consumir tudo. Estou a vender o excedente, mas são valores muito pequenos. Estava à espera de mais.

Entretanto, o Governo reabriu o Vale Eficiência a 20 de Novembro de 2023, para quem tem tarifa social de energia. Pode usar até quase 5 mil euros de “graça” também para instalar painéis solares, embora a prioridade sejam as janelas eficientes. Tem este episódio do podcast onde explico tudo com o detalhe possível. APROVEITE! Neste momento, quem se inscreveu ainda aguarda o contacto do fundo ambiental para fazer o pedido dos vales. Entretanto, já recebi um contacto do Fundo Ambiental para acrescentar dois dados que faltavam. Por isso, o processo está a andar.

PODCAST | #193 – Como receber quase 5.000 euros de graça para fazer obras em casa (Vale Eficiência II)

Com estes artigos mensais tem informação verídica, exata e totalmente isenta. Você decide o que fazer com esta informação.

Sem mais demoras, vamos ao que interessa.

Em fevereiro, os meus painéis produziram 127 kWh. São 127 horas a engomar “de graça” com um ferro que consuma 1.000 W.

O retorno do meu investimento (com o reembolso do Fundo Ambiental incluído) está em 7 anos. O desperdício médio continua superior a 50%. Se consumisse tudo o que eles produzem, a minha poupança na fatura de eletricidade seria, em fevereiro, de 20,38 €.

Leia também: Quanto custa um painel solar?

NOTA PERMANENTE: Comprar baterias (com 6 painéis para ser suficiente para carregar as baterias) custar-me-ia vários milhares de euros. Tenho recebido mensagens de alguns leitores que dizem que já encontram baterias a preços muito razoáveis. Para já não me interessa porque demoraria décadas a recuperar o investimento. Optei por vender o excedente. O tarifário que escolhi foi o do preço SPOT menos 20% (que é o lucro da empresa que me compra a eletricidade). Como esse preço está quase de graça, o valor que estou a receber é quase ridículo. Estou a ponderar mudar de tarifário ou de empresa.

Os números de fevereiro de 2024

A sua casa, por uma lei da física, consome sempre primeiro a energia dos painéis (porque são a fonte de energia mais próxima). Portanto, se eles produzirem o suficiente para o que a minha casa estiver a gastar naquele segundo específico (ou conjuntos de 15 minutos se tiver net metering), não vou buscar nada à “EDP” (no meu caso Endesa). É eletricidade de “graça”. Só tem de considerar o investimento.

As contas

Os meus 5 painéis fotovoltaicos têm um potencial de produção imediata de 1.370 W no pico do sol.
O que produziram em fevereiro representou uma poupança real (descontado o desperdício) de 8,33 € (valores reais com IVA incluído). O meu aparelho (www.eot.pt) mede tudo minuto a minuto, por isso consigo saber ao detalhe.

Leia também: Como os vendedores podem tentar fazer com que compre mais painéis do que aqueles que precisa

Entre 2016 e Novembro de 2021, tive apenas um painel instalado com o qual poupei 376 € em eletricidade. O retorno do investimento (ROI – Return of Investment) estava nos 8 anos.
Portanto, a partir de Novembro de 2021, com a instalação de mais 4 painéis, “zerei” o meu investimento e apresento-vos mensalmente as minhas contas em relação ao que investi a mais e ao que poupo desde esse momento (subtraindo o que já tinha amortizado do primeiro painel).

Nestes 28 meses, já produzi 675,30 euros de eletricidade, mas só aproveitei, na realidade, 313,12 euros, ou seja, uma média de 11,18 euros de desconto “verdadeiro” na fatura mensal. Com o reembolso do Fundo Ambiental efetuado, as minhas contas ficam nos 7 anos, menos 1 ano do que o que calculei desde o início, em 2016.

Esta é a minha situação atual, que atualizo todos os meses. Pela primeira vez, coloquei o valor a receber da venda de eletricidade dos painéis. A amortização será mais rápida a partir de agora. Estes valores são no pressuposto de que consumia tudo o que os painéis produzem.

A poupança voltou a subir, infelizmente, porque o tarifário da minha empresa aumentou bastante em janeiro de 2024.

No gráfico abaixo tem a produção total dos painéis em kWh. Não é influenciado pelo preço que pago pela eletricidade.

Este gráfico acima é importante porque a poupança em dinheiro é uma coisa, mas a eletricidade que ele produz é outra. Posso produzir mais eletricidade, mas se o preço da eletricidade baixar, a minha poupança vai ser igual ou inferior. Por outro lado, se o preço da eletricidade aumentar, a minha poupança vai ser maior. Assim consigo comparar as duas coisas e – ao mesmo tempo – avalio a eficiência do painel para saber se devo acionar a garantia ou não. Se a eficiência baixar para os 80% antes de 20 anos, posso reclamar. Como vê, nestes 7 anos não identifiquei ainda nenhuma perda de eficiência.

Não gasto 1 cêntimo em manutenção. Vou ao telhado duas ou 3 vezes por ano passar um pano para tirar a poeira.

Compensa comprar um painel solar?

Para receber em juros todos os meses o valor líquido de 20 euros, teria de ter cerca de 14 mil euros em Certificados do tesouro a 2,5% de juros. Consigo esse resultado limpo com cerca de 1.000 euros gastos em painéis solares. Faça as suas contas.

Deve avaliar bem se precisa mesmo mais do que um painel solar. Um, pode e deve ter de certeza, diria. Dois ou mais, só os deve instalar se tiver a certeza de que tem gente ou equipamentos elétricos suficientes para gastarem a energia que vai estar a produzir em tempo real (nas horas de mais sol), ou então se os conseguir verdadeiramente a preço de saldo. Também tem a hipótese de vender o excedente. Assim ganha duas vezes.


5 passos simples para GANHAR DINHEIRO

Finalmente, um livro que ensina tudo o que a Escola, o Estado e as famílias não ensinam sobre Dinheiro. Em apenas 5 passos, tem o caminho com a estratégia mais eficaz para criar riqueza com o seu salário, e não com o salário dos outros ou com o que gostava de ter. Pode comprar aqui o livro que vai mudar a sua vida financeira (Já na 7ª Edição):

https://bit.ly/GanharDinheiro_ComoCriarRiquezaComUmSalárioNormal


 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PODCAST | #233 – Quanto é que vou poupar com os novos escalões do IRS?

Conheça a nova tabela dos escalões do IRS O Conselho de Ministros da passada sexta-feira decidiu reduzir as taxas de todos os escalões de rendimento até ao 8.º escalão. Só o 9.º escalão (quem ganha mais de 81 mil euros por ano) fica de fora. Quanto é que isso vai...

Acrescente uma linha no IRS e receba mais 10% de dedução em educação (Interior e ilhas)

SABIA QUE se vive no interior do país (ou ilhas) tem mais 10% de dedução nas suas despesas de Educação? Isto é muito importante para TODAS as famílias com filhos na escola, nos distritos do interior e nos Açores e na Madeira. Eu não sabia disto. Quando menos...

PodTEXT Vamos a contas | Fiz retenção na fonte, mas tenho de pagar IRS. Porquê?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

O Governo vai baixar o IRS – O que muda no meu salário?

O meu salário vai subir quanto? O Governo aprovou hoje o famoso “alívio fiscal” de que tanto se tem falado nas últimas semanas. Vou tentar traduzir para “dinheirês” o que acaba de ser decidido. Conheça a nova tabela dos escalões do IRS O Conselho de Ministros desta...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três meses e sobem a seis e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (22 a 28 de abril)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

Se quiser investir é melhor um PPR ou um ETF? (Mês #31- Março 24)

PPR vs. ETF: Qual é melhor para investir a longo prazo? Nos últimos anos, com o aumento da literacia financeira (e aqui no Contas-poupança orgulhamo-nos de fazer paret desse percurso), milhares de portugueses descobriram que os PPR podiam servir para ganhar dinheiro e...

PodTEXT| Como vai usar de forma (mais) inteligente o seu reembolso do IRS?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

VÍDEO | Como funciona o IRS Jovem e quem tem direito?

Aproveita o IRS Jovem Os jovens que acabaram os estudos e começaram a trabalhar desde 2020, têm direito a descontos muito grandes no IRS. Na reportagem esta semana do Contas-poupança explicámos-lhe quem tem direito ao IRS Jovem e como funciona. Quem tem direito Se...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.