ERSE lançou hoje novo simulador de eletricidade e gás

Escrito por Pedro Andersson

29.05.18

}
1 min de leitura

Publicidade

Mais um simulador

Tudo o que seja ajudar o consumidor a fazer boas opções é bem-vindo. Neste momento já não pode queixar-se de falta de simuladores para escolher o fornecedor de eletricidade e gás mais baratos para si.

Recentemente, fiz um “Contas-poupança” sobre o Portal “Poupa energia” da ADENE. Pode rever essa reportagem aqui: https://contaspoupanca.pt/2018/03/28/video-o-portal-do-estado-que-o-ajuda-a-poupar-na-luz-e-no-gas/

Hoje a ERSE lançou o simulador renovado, com novas funções e mais intuitivo.

COMO USAR ESTE SIMULADOR?

O simulador permite realizar dois tipos de simulação para o tipo de oferta que procura (eletricidade, gás natural ou eletricidade e gás natural):

> Simulação rápida – escolha entre os três casos pré–preenchidos o que melhor corresponde à sua situação;

> Simulação personalizada – preencha os seus dados de consumo a partir da sua fatura.

Ambas as simulações produzem uma lista de resultados interativa.

Se ainda não mudou de fornecedor de energia, teste e experimente o simulador.

Tem o simulador AQUI: http://simulador.precos.erse.pt/

Não tenha medo de mudar as vezes que entender. A sua carteira agradece.

Acompanhe-nos AQUI

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança. Assim não perde nenhuma dica.

YouTube 

Facebook do Contas-poupança

 Pergunte no Grupo “Contas-poupança – As suas dúvidas”

Instagram

Twitter  

Se quiser mais dicas, pode adquirir o livro “Contas-poupança”, com as principais dicas dos primeiros 5 anos do programa. É só clicar AQUI abaixo. Pode oferecer, se quiser dar uma prenda útil a alguém :).

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PPR | Mês #24 e #25 – Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Outubro e Novembro 2022)

Vale a pena fazer um PPR como investimento? Neste momento, as perdas já estão mais reduzidas. Estive a "perder" 560 euros em Setembro, mas passados estes dois meses, os meus PPR já recuperaram cerca de metade. Ainda tenho a soma dos meus PPR com valores negativos, mas...

Painel solar fotovoltaico – Balanço Outubro de 2022 (Mês #71)

Balanço de Outubro de 2022 Estou a tentar recuperar os meus balanços perdidos. Segue agora o balanço de produção dos meus painéis solares em Outubro e dentro de 15 dias faço o de Novembro. E depois - espero - volto a entrar no ritmo mensal normal. Para os que chegaram...

PODCAST | #142 – Conheça a lei que obriga os bancos a renegociar o crédito à habitação

Conheça os seus direitos se precisar renegociar o seu crédito à habitação A lei que tantos esperavam já está em vigor. Foi publicada em Diário da República e agora os bancos têm até meados de Janeiro de 2023 para fazer a lista dos clientes que preenchem os requisitos...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (5 a 11 de dezembro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

EURIBOR | Prestação da casa sobe entre 108 e 251 euros em Dezembro

Prestação da casa pode subir 250 euros em dezembro A prestação da casa paga pelos clientes bancários no crédito à habitação vai subir acentuadamente este mês nos contratos indexados à Euribor a 3, 6 e 12 meses, face às últimas revisões, segundo a simulação da...

CRIPTOMOEDAS | Estou a ganhar ou a perder dinheiro? (Mês #8 a #11 – Agosto a Novembro 2022)

O meu investimento em Criptomoedas - Balanço #8 a #11 (Agosto a Novembro de 2022) Fui ver há quanto tempo não fazia este balanço de quanto estou a ganhar ou a perder com o meu "investimento" em criptomoedas e apercebi-me que já não fazia este balanço mensal desde...

REFORMAS | Quem se reformar antecipadamente em 2023 vai ter uma corte de “apenas” 13,8%

Corte nas pensões pelo fator de sustentabilidade recua para 13,8% em 2023 O corte das pensões por via do fator de sustentabilidade, aplicado a algumas reformas antecipadas, vai ser de 13,8% em 2023, recuando face aos 14,06% deste ano, segundo cálculos com base em...

EURIBOR | Lei da renegociação do crédito à habitação já está em vigor – Como funciona?

Conheça as regras para a renegociação dos créditos à habitação A lei acaba de ser publicada (na sexta-feira) e entrou em vigor no sábado passado (dia 26 de Novembro). É a famosa lei que vai “obrigar” os bancos a renegociar os créditos à habitação sempre que a taxa de...

EURIBOR | Taxas sobem a 3, 6 e 12 meses para máximos de 14 anos (2009)

Taxas Euribor sobem a 3, 6 e 12 meses para máximos de 14 anos As taxas Euribor subiram hoje para novos máximos desde o início de 2009 a três, seis e 12 meses. A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação avançou hoje para 2,436%,...

PODCAST | #141 – Se baixar o spread, o banco pode subir a minha prestação da casa? (A pergunta do Bruno)

O BANCO PODE AUMENTAR A MINHA PRESTAÇÃO SE EU PEDIR PARA BAIXAR O SPREAD? Esta foi a pergunta do Bruno, à qual respondo neste episódio do podcast. A esta pergunta juntam-se muitas outras, porque os bancos estão a receber uma verdadeira enxurrada de pedidos de...

Publicidade

Publicidade

Artigos relacionados

1 Comentário

  1. JF

    Olá Boa tarde,

    Tudo isto de mudança de comercializador é muito bonito e sempre com facilidades, mas…..

    Deixo-lhe aqui um caso pratico, um cliente que sempre esteve e esteja isento da contribuição áudio visual (CAV) no seu comercializador atual ao fazer a mudança vai começar a pagar essa taxa (2,85 + IVA) e só no final do ano e que lhe devolvem o que pagou, ou seja no limite se a pessoa não tiver dinheiro para pagar essa taxa e mesmo sabendo que está isento, tem que a pagar porque só no final é que fazem as contas para verificar se o consumo é inferior a 400kWh/ano.

    Um do caso real, mudei para a ENDESA, devolveram-me o valor no inicio do ano de 2017, e apesar de ter ficado isento em 2016 continuaram a cobrar e diziam que só me devolviam no próximo ano depois de verificação, isto apesar de estar isento.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.