Painel solar fotovoltaico – Balanço dos primeiros 6 meses

Mês 6 – Maio 2017

Parece que foi ontem. Chegámos a Maio. Passaram 6 meses desde que instalei no telhado do meu condomínio (para experimentar) um painel solar que produz eletricidade para consumir em casa. Pequena desilusão. Estava à espera que a partir de Abril fosse todos os meses a subir de produção até Agosto. Mas não. Em Maio, por causa de uns reles dias de chuva e céu muito nublado, a eletricidade gerada pelo painel de 250 W baixou um pouco em relação a Abril.

Como podem ver no gráfico abaixo, quase metade dos dias do mês de Maio foram (muito) abaixo dos 1,5 kWh diários.

E quanto produziu este mês?

Em Maio produziu (como podem ver abaixo) 43,412 kWh em comparação com os quase 46 kWh do mês anterior. Ou seja, se tivesse gasto tudo o que o painel produziu (que não foi o caso) teria tido uma poupança de 8,64 € (a cerca de 0,20 €/kWh) na fatura da luz.

Quanto tempo para amortizar o painel solar?

(Repito isto em todos os posts) Como sei que estão sempre a fazer esta crítica, relembro mais uma vez que sei muito bem que não estou a poupar tudo o que o painel solar produz. Como não tenho baterias, tudo o que não consumo instantaneamente é oferecido à rede sem qualquer retorno. Mas faço as contas com este total para que cada um possa usar estes valores para adaptarem ao vosso caso. Eu não sei se gastam ou não o mesmo que eu. Sempre que saio de casa desligo tudinho, pelo que durante o dia sobra sempre muita energia produzida pelo painel. (Fim da nota)

As contas de Maio

Dos 11 anos de retorno iniciais (dados de Dezembro 2016) para pagar os 620 euros que investi, desceu para 9,6 anos em Março e para uma média de 8,4 anos em Abril. E agora em Maio, voltou a descer para os 7,9 anos. Espero que continue a baixar. Vamos ver.

Podem ver aqui os artigos anteriores (mês 1, mês 2, mês 3, mês 4, mês 5a instalação).

Acompanhem aqui no Blogue e no Facebook esta pequena aventura fotovoltaica. A ideia é ajudar os curiosos a perceber se no vosso caso é um investimento útil ou não e como funciona. Eu acredito que sim. Mas estou a fazer as contas para confirmar. Cá estarei para dizer se estou enganado ou não. Mas se por ventura estiver certo, e nessa altura decidirem avançar, já irão com 10 anos de atraso… ;). Se estiver errado, “pouparam” 620 euros por não terem avançado.

NOTA: Fui ao telhado fotografar o efeito da sombra da chaminé no painel (é a foto do artigo). Reduz a produção do painel para metade a partir das 6 da tarde. Tenham em atenção as sombras ao longo do ano quando instalarem um painel solar.

Quer ganhar um livro “Contas-poupança”? Só com uma dica do livro um espectador poupou 35 mil euros (Seguros de vida).



16 comentários em “Painel solar fotovoltaico – Balanço dos primeiros 6 meses

  1. Paulo Rodrigues Reply

    Boa tarde sr Pedro
    Comprei um painel de 250w da Boa Energia fiz a comunicação à DGEG e fiquei a aguardar contacto da EDP.
    Entretanto recebi indicação da EDP que iriam mudar o contador instalado por um mais recente mas o instalador disse não ser aquele o contador indicado pelo que estou na duvida visto ter contactado a EDP e ainda aguardo a resposta que demora a vir sobre as especificações do contador instalado.
    O contador que tinha instalado era o Janz M16 digital e Bi-horário
    O contador que instalaram é o Landis+Gyr ZCXe110CRUOL3D2.03 S3.
    Pergunto a quem tem paineis de autoconsumo instalados qual o tipo e modelo de contadores que a EDP instalou e se têm tido problemas com o sistema.
    Cumprimentos

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. Até ao momento não fui contactado por ninguém e continuo com o mesmo contador.

  2. Ernesto-Augusto E. Pollmann Reply

    Boa tarde,
    Diz no seu post (e repete sempre) que desliga tudo em sua casa quando a deixa. A minha pergunta é se não tem realmente um electrodoméstico (frigorífico ou arca) em casa que lhe consome alguma energia.

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. Tudo excepto o frigorífico a arca e o router, bem entendido. O que quero dizer é que desligo sempre os standby dos vários aparelhos.

  3. Jorge Reply

    Boa noite,
    Estou a poderar um sistema hibrido com acumulação por baterias no entanto ainda tenho algumas duvidas da sua rentabilidade.
    Alguem tem alguma experiencia do mesmo?

    Melhores cumprimentos

  4. Sofia Ribeiro Reply

    Boa tarde.

    Estou a colocar a hipótese de instalar painéis solares na minha casa, já disponho de painel para aquecimento das águas.
    Entrei em contacto com a EDP que diz enviar orçamento, de acordo com os consumos registados e mediante resposta a um determinado conjunto de perguntas.
    Alguém conhece outro método, (empresa), ou seja, um técnico que se desloque a casa e diga, mediante os aparelhos e necessidades que tenho, quais os painéis aconselhados?
    Obrigada.

  5. José Jesus Reply

    Hoje recebi a fatura da luz do mês de Junho, e fui comparar com a do ano passado, ( também do mês de Junho) e há uma diferença muito grande entre uma e outra.
    A do ano 2016, é de 235,51€, e a deste ano é de 168,61€.
    É faturação de 2 meses, tanto uma como outra, mas já se nota a diferença na poupança.
    A faturação é do período de 26 de Março a 25 de Maio, e eu coloquei os paineis a funcionar a 15 de Abril.
    Concluo que a poupança ainda poderia ser maior.
    Vamos ver nos próximos meses!

  6. Vitor Costa Reply

    Boa tarde,

    Gostaria de saber uma questão, pois hoje até temos painéis para nós abaixo dos 500€.
    O valor de energia tem em conta as taxa de IVA? A meu ver é um valor que ao diminuir na FT mensal também se poupa.
    Caso seja sem IVA a poupança sobe para 48.35€.

    Cumprimentos,
    Vitor

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. As minhas contas já contemplam o IVA.

  7. Jorge Q Reply

    Boa tarde.
    Tenho um painel a funcionar há cerca de um ano , moro em Gondomar e o local onde instalei o painel de 250w , principalmente de inverno recebe sol mais tarde. No entanto verifico que a produção de 250w é suficiente para fazer face aos gastos minimos que todos nos temos nas nossas casas.
    Verifico ainda que cerca de 20% da energia produzida é injectada na rede.
    De qualquer forma considero um investimento para futuro, apesar do retorno se situar nos 8 anos, pois sao essas as minhas estimativas.
    Para o pessoal que investe no conjunto de 1500w , façam primeiro contas.
    Se nao gastar essa energia vai para a rede. O António Mexia fica contente mas não agradece.

  8. Antonio Vieira Reply

    Boa tarde
    Penso que, esta a rentabilizar muito bem o seu painel, pois, eu tenho, quatro paineis (1000W) e, em Maio, apenas, produziram 123 kw.

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Depende da zona do país, da inclinação e orientação a sul. Varia muito.

  9. Abílio Fernandes Reply

    Pois eu instalei um sistema solar híbrido de 1500 w e estou super satisfeito com ele de 11 kw em 24 horas baixou para 3/4 kw mas nos dias com pouco sol produz menos mas mesmo assim o dia que gastei mais da rede foi 7kw, por isso estou satisfeito.

  10. Manuel Dias Reply

    Olá Pedro,

    Já conhece solução REACT da ABB?

    Muito interessante.

    Trata-se de um sistema fotovoltaico com acumulação de energia e que em breve podera ser integrado no sistema de Domótica ABB-free@home que permitirá de uma forma automática usar a energia acumulada nos equipamentos que desejar em vez de a estar a oferecer à rede elétrica. Por exemplo, quando a bateria estiver cheia ligar a bomba da piscina e desta forma a bateria volta a carregar e disponibilizar mais kwh quando chegar a casa e já não houver sol.

    Ver link:

    http://www.voltimum.pt/artigos/artigos-sobre-produtos/react-inversor-fotovoltaico-com-armazenamento-de-energia-integrado

  11. José Jesus Reply

    Boa tarde, Sr. Pedro.
    Realmente este ano tem sido pouco famoso em termos de sol, e a produção tem sido inferior ao esperado.
    No sistema que instalei cá em casa, (1400W em paineis) desde o dia 15 de Abril , tenho uma produção total de cerca de 247 KWh.

    Para aproveitar o máximo da energia produzida, instalei um relógio acoplado ao cilindro de aquecimento de água, e programei-o para ligar só durante as horas de maior produção dos paineis.

    Durante a manhã liga por volta das 10H30, desliga ás 12H15, ( hora em que se ligam outros aparelhos cá em casa, micro-ondas etc.) e volta a ligar por volta das 14H30, ficando ligado até ás 19H00, para só voltar a ligar ás 10H30 do dia seguinte.
    Como tem uma capacidade de 90 litros, consigo ter água quente durante todo o tempo que fica desligado.

    No entanto esperemos maior produção nos próximos meses!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *