Painel solar fotovoltaico – Balanço do segundo mês

Escrito por Pedro Andersson

02.02.17

}
2 min de leitura

Publicidade

Melhorou ou piorou?

A produção piorou. Janeiro foi um mês pior que Dezembro quanto à produção de eletricidade.

Janeiro foi um mês cheio de nuvens e teve alguns dias de chuva, em que a produção de eletricidade em minha casa foi quase nula.

Podem ver o gráfico de produção diária aqui na foto abaixo.

Máximo por dia

A produção máxima foi no dia 18 de Janeiro em que produziu 0,196 € + IVA, ou seja 25 cêntimos. Se fosse sempre assim, no máximo, o meu painel solar fotovoltaico produziria 91,25 € por ano. Obviamente isso é impossível. Basta ver pelo exemplo de Janeiro.

Quanto produziu em Janeiro

Vamos à média mensal. Janeiro produziu um total de 3,74 € em eletricidade que não paguei à EDP. Para quem chegou agora ao blogue, com estes painéis de autoconsumo, enquanto houver sol a minha casa gasta primeiro o que o painel produz e só depois (se não chegar) é que vai buscar à rede do fornecedor.

Em Dezembro, o painel produziu 25 kWh ou seja 3,99 €.

Em Janeiro, o painel produziu 23,61 kWh, ou seja, 3,74 €.

A média dos dois primeiros meses dá 3,87 € /mês.

Como gastei com o painel e a instalação 620 euros, neste momento preciso de 13 anos para recuperar o investimento.

Estas contas vão precisar ser corrigidas a partir de agora (fevereiro)  porque a eletricidade aumentou em janeiro mas a barra ainda está com o valor do preço da eletricidade “antigo”. Vou tratar disso agora.

Também é preciso ter em conta que tudo o que não gastar, é “oferecido” à REN portanto não é poupança minha. No meu caso isso acontece porque quando saio de casa não deixo os standby ligados, portanto a casa fica só a consumir mesmo o mínimo dos mínimos. Quem não tenha esse cuidado, vai consumir na totalidade a produção do painel.

13 anos é muito tempo

Para quem já está a achar que 13 anos é muito, concordo. Mas não se esqueçam que estamos em pleno Inverno. Os meses de produção em pleno do painel ainda estão para chegar. Só ao fim do ano é que vou ter uma noção plena de quanto produz um painel solar. Se for um assunto que vos interesse, continuem a consultar aqui o blogue em www.contaspoupanca.pt. No motor de busca do blogue escrevam “painel”.

Leia também:

A instalação do meu primeiro painel fotovoltaico

Painel fotovoltaico – Quanto está a produzir?

Painel fotovoltaico – Balanço do primeiro mês

 

 

 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três e seis meses, mas sobem a 12

Euribor desce a três e seis meses, mas aumenta no prazo de 12 meses Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (26 de fevereiro a 03 de março)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

PODCAST | #218 – Vamos a contas | Tenho de declarar os Certificados de Aforro (e outros) no IRS?

Os Certificados de Aforro continuam a suscitar muitas dúvidas. Uma delas é se somos obrigados a declará-los no IRS e como se faz. Essa dúvida é também muito comum quando alguém começa a pensar em investir em produtos relacionados com as bolsas, como Fundos PPR, Fundos...

ÚLTIMO DIA | Prazo para validar faturas para IRS 2023 termina hoje

Já validou TODAS as suas faturas e do seu agregado familiar? Os contribuintes têm até ao final do dia de hoje (quarta-feira, dia 28 de fevereiro) para validar e confirmar as faturas relevantes para o IRS de 2023, após o Ministério das Finanças ter decidido prolongar o...

Arrendamentos | Burlas estão a aumentar. Conheça os sinais e como evitar

Burlas com falsos arrendamentos têm estado a aumentar nos últimos dois anos Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes De acordo com a PSP, as burlas com falsos arrendamentos têm vindo a agravar-se desde 2022, quer nos arrendamentos de casas de férias, quer no...

ÚLTIMA HORA | Prazo para validar faturas de 2023 prolongado até quarta-feira

Faturas pendentes - Prazo prolongado até quarta-feira A Autoridade Tributária (AT) prolongou por dois dias, até quarta-feira, o prazo para a validação de faturas relativas a 2023 no portal e-fatura, depois de constrangimentos no último dia do prazo inicial. Em...

Quer inscrever-se no regime do Residente não Habitual? Pode fazê-lo até 2025

Autoridade Tributária informou que os contribuintes elegíveis podem inscrever-se até 31 de março de 2025 Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Se está interessado em inscrever-se no regime do Residente não Habitual (RNH), que permite aos seus beneficiários...

EURIBOR HOJE | Taxa a três meses mantém-se, mas sobe a seis e 12 meses

Euribor mantém-se a três meses, mas aumenta nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

ELETRICIDADE | O indexado em Fevereiro vai baixar bastante – Vale a pena mudar?

O preço da eletricidade no OMIE está quase de graça É impressionante o que está a acontecer nesta última semana. O preço da eletricidade no mercado grossista está praticamente a zero. Os valores a que a eletricidade vai ser vendida e comprada amanhã, pelas empresas...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a três meses e descem a seis e 12 meses

Euribor sobe a três meses, mas desce nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

Publicidade

Artigos relacionados

11 Comentários

  1. Cláudio Franco

    E 13 anos se o painel não se avariar nesse espaço… é muito na minha opinião.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Pois. Cá estarei para dar conta disso. Estou muito curioso para ver o resultado.

      Responder
      • Jorge de Castro

        13 anos de retorno é muito tempo, elo que a opcao de autoconsumo é pouco intersante .
        Podem-me dar umas dicas sobre a instalação de vários paineis configurando uma central fotovoltaica a instalar num terreno que tenho disponivel .

        Responder
  2. Filipe Oliveira

    Não se pode desanimar, esses valores irão subir mal chegue o sol mais alto!

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Estou tudo menos desanimado!

      Responder
  3. João Vitorino Costa

    Pedro, obrigado pelas informações
    estou em vias de instalar, um conjunto de paineis.
    A unica questão que falta esclarecer, é o os passos que são necessários quer a nivel do registo na direção geral de energia e a comunicação ao fornecedor da rede eletrica. Por pouco que seja, o consumo em casa vai diminuir e a “EDP” vai-se questionar.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Não tenho nada que comunicar ao fornecedor de rede. Onde está isso escrito na lei?

      Responder
      • João Vitorino Costa

        Viva, certamente haverá lei ou decreto lei, ou outro similar.
        Quem vende este tipo de equipamento refere que é necessário efetuar o registo da unidade de produção na DGEG (http://www.dgeg.pt) através do link SERUP. A minha duvida eram os passos seguintes?
        Agora já sei que após o registo é emitido um certificado de produção e que esses dados são enviados semanalmente ou mensalmente ao fornecedor da energia eletrica. Posteriormente esse fornecedor irá avaliar se é ou não necessário alterar o contador da energia que tem em casa.
        Espero ter ajudado, sendo certo que é isto que deve ser feito para este tipo de instalação entre os 200W (1 painel) e os 1500w (6 paineis)

        Cmps

        Responder
  4. Filipe Oliveira

    Deixo aqui também informação útil relativamente á necessidade, ou não de registo/comunicação prévia relativamente a este assunto.Passo a publicidade a alguma marca, foi apenas o resultado de pesquisa na net e se necessário podem apagar/editar este post.

    FAQ’s emitidas por parte da DGEG:
    https://goo.gl/XfrvOy

    Um prospecto com as diferenças entre Unidade de Autoconsumo (UPAC), como a do Sr. Pedro e Unidade de Pequena Produção (UPP), em que na ultima página abordam a temática das taxas e registos.

    Responder
  5. Ana Domingos

    O mês passado gastei 176khw. Quantos painéis seriam necessários para produzir essa energia? É qual o custo mensal desse valor?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.