Subsídio de desemprego com aumento a partir de março e uma solução para quem perdeu o subsídio social

Escrito por Pedro Andersson

10.02.21

}
5 min de leitura

Publicidade

Novidades no subsídio de desemprego e no Subsídio SOCIAL de desemprego

Sim, são dois tipos diferentes de subsídio de desemprego. Espero que nunca tenha de perceber qual é a diferença (tem a ver com o tempo que está desempregado).

Aumento processado a partir de março

O aumento do valor mínimo do subsídio de desemprego para 504,6 euros, previsto no Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), será processado este mês e pago em março, com retroativos, disse hoje no parlamento a ministra do Trabalho.

“A informação que tenho é de que o processamento será feito em fevereiro com retroativos a janeiro e o pagamento em março”, afirmou a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, numa audição na Comissão de Trabalho e Segurança Social.

A governante respondia ao deputado do CDS João Almeida que questionou a ministra sobre o atraso na atualização do valor mínimo do subsídio de desemprego em 65,8 euros, medida que entrou em vigor em janeiro, com o OE2021.

O OE2021 prevê que “nas situações em que as remunerações que serviram de base ao cálculo do subsídio de desemprego correspondam, pelo menos, ao salário mínimo nacional, a prestação de desemprego é majorada de forma a atingir o valor mínimo correspondente a 1,15 do IAS [Indexante de Apoios Sociais] , sem prejuízo dos limites dos montantes do subsídio de desemprego”.

Ana Mendes Godinho argumentou que o atual contexto devido à pandemia de covid-19 levou “à priorização de implementação das medidas” consideradas “críticas para as pessoas que estão sem rendimentos”, como os trabalhadores independentes que ficaram com atividade suspensa, o que não é o caso dos beneficiários do subsídio de desemprego.

E quem perdeu o subsídio social de desemprego em dezembro?

Por sua vez, os deputados do BE e do PCP questionaram a ministra sobre as situações de pessoas que estavam a receber o subsídio social de desemprego e cuja prestação terminou em dezembro.

Ana Mendes Godinho garantiu que quem perdeu subsídio social de desemprego em 31 de dezembro de 2020 (e não apenas a partir de janeiro de 2021 como se previa) terá direito ao novo apoio extraordinário ao rendimento dos trabalhadores, previsto no OE2021, tal como já tinha adiantado à Lusa, na segunda-feira, fonte oficial do Instituto da Segurança Social (ISS).

“O apoio extraordinário ao rendimento dos trabalhadores está disponível para os beneficiários que terminaram a partir de janeiro de 2021, ou seja, inclui beneficiários cujo período de concessão do subsídio social de desemprego tenha sido atribuído até 31 de dezembro”, disse à Lusa fonte oficial do ISS.

O instituto lembrou que os beneficiários de subsídio social de desemprego beneficiaram de prorrogação automática desta prestação até 31 de dezembro de 2020.

Segundo o ISS, “não existe condição de recursos nos primeiros seis meses, aplicando-se essa condição a partir do 7.º mês”.

O deputado do BE José Soeiro disse que há cerca de 22 mil pessoas que perderam o subsídio social em dezembro e que estão “no segundo mês sem rendimentos e não sabem quando vão receber” o apoio, lembrando que o seu partido apresentou ao parlamento uma solução “mais simples”, isto é, a prorrogação da prestação social, como aconteceu em 2020.

“Estas pessoas que estão desde dezembro sem nenhum rendimento são 22 mil, há muitas em situação de desespero, a passar fome”, afirmou o deputado, instando a ministra a pronunciar-se sobre a iniciativa apresentada em janeiro pelo BE, mas não obteve resposta.

Espero que estas informações ajudem as pessoas que me têm contactado nas últimas semanas com exatamente estas duas perguntas. No primeiro caso é aguardar. No segundo, é ir à Segurança Social Direta e fazer o pedido deste apoio (que não é o prolongamento do subsídio social de desemprego). Esse acabou, aparentemente.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” – Dezenas de dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2021. Estes 3 livros vão ajudá-lo a vencer qualquer crise financeira na sua vida. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três e seis meses, mas sobem a 12

Euribor desce a três e seis meses, mas aumenta no prazo de 12 meses Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (26 de fevereiro a 03 de março)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

PODCAST | #218 – Vamos a contas | Tenho de declarar os Certificados de Aforro (e outros) no IRS?

Os Certificados de Aforro continuam a suscitar muitas dúvidas. Uma delas é se somos obrigados a declará-los no IRS e como se faz. Essa dúvida é também muito comum quando alguém começa a pensar em investir em produtos relacionados com as bolsas, como Fundos PPR, Fundos...

ÚLTIMO DIA | Prazo para validar faturas para IRS 2023 termina hoje

Já validou TODAS as suas faturas e do seu agregado familiar? Os contribuintes têm até ao final do dia de hoje (quarta-feira, dia 28 de fevereiro) para validar e confirmar as faturas relevantes para o IRS de 2023, após o Ministério das Finanças ter decidido prolongar o...

Arrendamentos | Burlas estão a aumentar. Conheça os sinais e como evitar

Burlas com falsos arrendamentos têm estado a aumentar nos últimos dois anos Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes De acordo com a PSP, as burlas com falsos arrendamentos têm vindo a agravar-se desde 2022, quer nos arrendamentos de casas de férias, quer no...

ÚLTIMA HORA | Prazo para validar faturas de 2023 prolongado até quarta-feira

Faturas pendentes - Prazo prolongado até quarta-feira A Autoridade Tributária (AT) prolongou por dois dias, até quarta-feira, o prazo para a validação de faturas relativas a 2023 no portal e-fatura, depois de constrangimentos no último dia do prazo inicial. Em...

Quer inscrever-se no regime do Residente não Habitual? Pode fazê-lo até 2025

Autoridade Tributária informou que os contribuintes elegíveis podem inscrever-se até 31 de março de 2025 Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Se está interessado em inscrever-se no regime do Residente não Habitual (RNH), que permite aos seus beneficiários...

EURIBOR HOJE | Taxa a três meses mantém-se, mas sobe a seis e 12 meses

Euribor mantém-se a três meses, mas aumenta nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

ELETRICIDADE | O indexado em Fevereiro vai baixar bastante – Vale a pena mudar?

O preço da eletricidade no OMIE está quase de graça É impressionante o que está a acontecer nesta última semana. O preço da eletricidade no mercado grossista está praticamente a zero. Os valores a que a eletricidade vai ser vendida e comprada amanhã, pelas empresas...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a três meses e descem a seis e 12 meses

Euribor sobe a três meses, mas desce nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

4 Comentários

  1. Octavio gomed

    Estou no subsídio de desemprego quase há 1 ano a empresa onde estava enganou se nos descontos e a segurança social como tal calculou sobre esse descontos o valor, depois de regularizado o mesmo há cerca de 10 meses ainda não foi atualizado o mesmo onde ja escrevi cartas e dirigi me a segurança a fim de resolver o mesmo, estou a ser penalizado +- eem 130 € e nunca mais mme resolvem o mesmo

    Responder
  2. Octavio gomes

    Estou no subsídio de desemprego quase há 1 ano a empresa onde estava enganou se nos descontos e a segurança social como tal calculou sobre esse descontos o valor, depois de regularizado o mesmo há cerca de 10 meses ainda não foi atualizado o mesmo onde ja escrevi cartas e dirigi me a segurança a fim de resolver o mesmo, estou a ser penalizado +- eem 130 € e nunca mais mme resolvem o mesmo

    Responder
  3. Maria João

    Olá Dr. Pedro

    Esta majoração no subsídio de Desemprego SÓ se aplica a subsidios que não atingem o salário mínimo nacional ?
    Os que ultrapassam os valores de ” quinhentos e tal euros ” já não são contemplados, correto?

    Um abraço
    Continuação de uma boa semana !!

    Responder
  4. maria victoria

    Bom dia, começo por lhe dizer obrigada pelo contributo que nos dá, ensinando-nos a poupar. Estive com uma amiga, que infelizmente perdeu o emprego e vai estar no desemprego até conseguir arranjar outro, que devido a idade será difícil. Dr. Pedro ela poderá pedir as tarifas sociais de àgua e luz? Sabe me informar se Só tem direito quem tem o subs. social ou se o normal também tem. Agradeço que se puder me informe. Já agora éra um bom tema para um programa seu. muita gente não tem essas informações. obrigada e continue prestando esse expetacular serviço público.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.