Contas-poupança… obrigado mais uma vez por verem



Obrigado!

Sim, o Contas-poupança foi novamente o programa mais visto na televisão portuguesa nos minutos em que foi emitido. Obrigado por continuarem a seguir-nos na televisão. A reportagem sobre se compensa ou não comprar painéis solares teve cerca de 1,2 milhões de espectadores.

Mais de 1 em cada 5 portugueses que estavam a ver televisão ontem ficaram (espero eu) a perceber melhor como funcionam os painéis solares e de que forma podem – com um relativamente pequeno investimento – poupar imediatamente na fatura da eletricidade.

Pode ver ou rever aqui a reportagem desta semana do Contas-poupança.

Mas compro a quem e que marcas?

Como devem imaginar, comecei logo nos minutos seguintes a receber dezenas de mensagens de pessoas a perguntar a que empresa devem comprar e quantos e de que marcas. Amigos, eu sou jornalista. Não dou conselhos desse tipo. Tenho as minhas opiniões, mas não me peçam isso.

Aliás, nem faz sentido pedirem-me essas indicações porque nem faço ideia de onde mora. Os conselhos que posso dar, se está interessado em investigar mais sobre o tema, são os seguintes:

  1. Ler bastante antes de avançar. Tem aqui no blogue “Contas-poupança” dezenas de artigos sobre painéis solares e o balanço mensal que faço sobre o meu painel solar com contas reais para perceber se é uma opção para si. (Este é o de Maio, escolhido ao acaso)
  2. Se concluir que tem 500 euros para investir (que não lhe façam falta para outras coisas, para além do seu fundo de emergência) deve ir a 4 ou 5 empresas instaladoras de painéis solares na cidade onde vive e pedir informações e orçamentos para o que é ideal para si. Não fique pela primeira que lhe disserem.
  3. Hoje em dia, a instalação dos painéis por grandes empresas ou pequenas não é relevante desde que sejam certificados. Pergunte se são.
  4. Veja se quer pagar a pronto ou financiar-se ou pagar a prestações durante alguns anos. Isso vai RETIRAR MUITA RENTABILIDADE ao seu painel.
  5. Tenha a CERTEZA de que não compra mais painéis do que aqueles que produzem a eletricidade que consome em tempo real durante as horas de sol. Use um medidor de consumos de eletricidade ou peça ao instalador que lhe meça isso.
  6. Estes conselhos são SÓ para particulares e pequenas empresas/comerciantes. Para vender à rede as regras são diferentes e só compensam com investimentos muito grandes.
  7. Opte por comprar o painel ou painéis a uma empresa perto de si e com contactos fáceis para o caso de haver algum problema ou dúvida
  8. A minha sugestão para chegar mais rapidamente a uma empresa ideal é bater à porta de uma casa onde veja um painel solar fotovoltaico e perguntar se está satisfeito e qual foi a empresa que o instalou. As referências geralmente não falham e são honestas e mais isentas. Se for um vizinho, não deve haver o problema da vergonha.
  9. Consulte foruns na internet sobre painéis solares e coloque todas as suas dúvidas.
  10. Atenção que há empresas que lhe vão querer vender 6 painéis de uma vez. Pode ser verdade e ser o ideal para si, mas também pode não ser. Às vezes é o argumento da instalação. Tanto paga “x” para instalar 1 como para instalar 6. O que vai poupar na instalação vai (muito provavelmente) perder no desperdício do que vai oferecer à rede sem nenhum benefício para si.

“Parece uma reportagem encomendada…”

Todas estas dicas são as que eu entendo que são as principais para os consumidores “normais” e são baseadas também na minha própria experiência. Vale o que vale. Já tenho críticas no blogue e no Facebook de algumas pessoas ligadas a grandes empresas que vendem painéis solares a dizer que isto não é nada assim e que a reportagem está cheia de incorreções. Investigue e pense por si. Não tenha medo da burocracia porque ela não existe (para pequenos consumidores) além da tal página que refiro na reportagem. Eu diria que quase qualquer pessoa pode ter um painel e não é preciso pagar muito por isso. É possível democratizar mais a energia solar. Não é só um “luxo” para os ricos e grandes empresas. O instalador da sua terra pode ser uma boa opção, mas compare também com as grandes empresas. COMPARE.

Eu não ganho nada com isto, nem com nenhuma reportagem. Um senhor dizia no Facebook que esta reportagem foi “encomendada”. Sim, foi encomendada por mim porque acho que pode ser útil para si. Se o assunto lhe interessa, investigue. Só quero chamar a sua atenção para mais uma oportunidade de poupança.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

2 comentários em “Contas-poupança… obrigado mais uma vez por verem

  1. Avatar
    CÉSAR Reply

    NÃO CONHEÇO A SITUAÇÃO DA SENHORA ESTELA FERREIRA E POR ISSO, COM TODO O RESPEITO VOU GENERALIZAR.
    SÃO ESTES COMENTÁRIOS QUE FAZEM A HISTÓRIA…. LINDOS DISCURSOS…
    PRIMEIRO A ECONOMIA É GRITANTE E DEPOIS NO FIM, LÁ SE REMATA COM A FRASE DAS MELHORES PESSOAS E UM PLANETA MAIS SUSTENTÁVEL…
    _SERÁ QUE VÃO PARA A PROPRIEDADE NUM RANGE ROVER A GASTAR DEZENAS AOS 100 OU TODOS OS ANOS DE FÉRIAS PARA O ESTRANGEIRO DE AVIÃO OU AQUELES FIM DE SEMANA COM PASSAGEM LOW COST A PARIS… A NOSSA QUERIDA PISCINA… POIS É… LÁ SE VAI A PARTE… PARA UM PLANETA MAIS SUSTENTÁVEL!!!
    SABE QUEM PAGA A ENERGIA PRODUZIDA NOS FOTOVOLTAICOS LIGADOS À REDE?

  2. Avatar
    Estela Ferreira Reply

    Li com atenção o artigo sobre painéis fotovoltaicos. E subscrevo com razão de causa tudo quanto diz!
    Sou portadora na moradia onde já vivo no Sotavento Algarvio de
    Painel solar para aquecimento de águas desde 2008
    Painéis fotovoltaicos(5) para produção de energia eléctrica para a habitação e envolvente. Desde 2017
    A economia é gritante!!!
    Se temos no Algarve tantas horas de sol, por que motivo não as aproveitar??
    Piscina, sistema de rega da propriedade, máquinas de lavar roupa e louça e alguns aparelhos domésticos já são escravos do sol e a trabalhar a custo zero ou 80% do seu consumo.
    Façam contas contacte empresas certificadas e no final sentir se ão muito melhores pessoas pois sabem que contribuímos para um planeta mais sustentável…e o sol está aqui à mão…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *