Aceito os termos e condições.

Email Marketing by E-goi

A MEO também já dá a possibilidade de rescisão sem penalizações

Escrito por Pedro Andersson

06.08.17

}
3 min de leitura

A MEO também já está a contactar os clientes

As operadoras de telecomunicações já estão a fazer o que a ANACOM as obrigou: A contatar os clientes “elegíveis” anunciando que vão reverter os aumentos ou dar a possibilidade de rescisão sem penalizações.

Pelos vistos, a NOS e a MEO tomaram a mesma decisão: dar só a possibilidade de rescindir se não concordou com os aumentos. No caso da NOS, como pode ler no caso abaixo depois da foto, até estão dispostos a baixar para os preços antigos mas fica fidelizado novamente. Ora, a ser assim, as operadoras saem a ganhar deste filme todo! Pelo menos, daquilo que eu compreendo do que está a acontecer. Já lá vamos. Vejam  a seguir como a carta da MEO é muito semelhante à da NOS. A da NOS está AQUI.

“Sim, baixamos mas fica fidelizado mais um ano”

Voltemos à NOS para saberem o que vos espera, se forem clientes.

Diz a Carla Encarnação no Facebook do Contas-poupança:

Estive ao telefone com a NOS e depois de quase 1 hora cheguei à conclusão de que esta decisão da Anacom até foi boa para eles. Então é assim, não restituem valor nenhum e para voltarem ao preço antigo, que se traduz em 2 € a mais pagos durante 9 meses isso leva a uma alteração no meu contrato, como tal a minha fidelização avança mais 12 meses. Fantástica esta decisão da Anacom que mais uma vez não resolveu nada. Resta-me reclamar para a Provedoria da NOS, aqui deixo o contacto dado a muito custo e depois de passar de sector em sector. Façam as vossas reclamações bem fundamentadas para Apartado 52111 EC Campo Grande 1721-501 Lisboa ou então no site, contactos, área institucional e enviar reclamação por mail. A NOS não devolve o dinheiro pago a mais e pior vai continuar a fazê-lo sem impunidade e justiça.

Como podem ver, isto ainda vai fazer correr muita tinta (ou dados nas redes sociais).

Mas era isto que se pretendia?!

Inicialmente neste artigo, escrevi que a NOS dava a escolher entre rescindir sem penalizações ou voltar aos preços antigos. Ora, de facto, não é isso que está textualmente na carta. Para já, enquanto não tirar esta dúvida com a ANACOM na segunda-feira, vou retirar essa informação do artigo. De acordo com as conversas que mantive ao longo dos últimos meses com a ANACOM, a ideia que tenho (ainda) é que as empresas podiam escolher entre duas opções: ou baixavam os preços para os antigos sem perguntar nada aos clientes ou as empresas consultavam os clientes se queriam rescindir sem penalizações ou se queriam baixar para os preços antigos. Foi nesse pressuposto que escrevi que como a carta refere que podem rescindir sem pagar nada mesmo que estejam fidelizados, logo a outra opção também se põe. Pelos vistos ou eu percebi mal, ou há aqui qualquer coisa que não joga. Agora estou na dúvida.

Se for de facto assim só como diz a carta então aconteceu aqui o quê?

Em 2016, as empresas não cumpriram a lei e aumentaram o que quiseram. 8 meses depois (obrigadas pela ANACOM) fazem o que deviam ter feito na altura, entretanto lucraram 50 milhões de euros (contas da DECO) e não acontece mais nada?!?!?!?! Fica assim? Os que não quiserem rescindir não voltam aos preços antigos para corrigir o que pagaram a mais durante este tempo todo e ensinar uma lição às operadoras que se “esqueceram” de cumprir a lei? Como?!

Alguns comentários referem que ao ligar para a NOS, baixaram para os preços antigos mas ficaram fidelizados mais um ano. Também não era isto que se pretendia…

Então, fazem aumentos ilegais, ganham 50 milhões, e no fim acabam com clientes fidelizados mais um ano? A sério?!

Vou contactar as minhas fontes na ANACOM depois do fim-de-semana para perceber se era mesmo isto que o regulador queria e assim que tiver novidades digo.

 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

Prazo para pós-pagamento das portagens das ex-SCUT passa para 15 dias

Prazo para pós-pagamento de portagens eletrónicas alargado de 5 para 15 dias O Governo alargou o prazo de pós-pagamento de portagens eletrónicas dos atuais 5 para 15 dias úteis, de forma a facilitar “a realização atempada dos pagamentos pelos utentes”, segundo uma...

Reformas que baixaram com os aumentos vão ser corrigidas com retroativos

As tabelas de retenção na fonte foram corrigidas As tabelas de retenção na fonte do IRS vão ser retificadas para salvaguardar que a atualização das pensões, que começou a ser processada em janeiro, não é absorvida pelo imposto, garantindo um aumento líquido do...

PODCAST | #90 – Como ajudar alguém a gerir melhor o dinheiro? (Pergunta da Paula)

- "Quero ajudar os meus amigos a gerir melhor o dinheiro, mas eles não querem saber..." O que pode fazer se algum amigo ou familiar seu está sempre a queixar-se de que não tem dinheiro, tenta ajudá-lo mas eles não só recusam a sua ajuda como ainda pensam que está a...

A resposta do Banco CTT à minha reclamação sobre a app id.gov.pt

A resposta do Banco CTT à minha reclamação Como expliquei neste artigo (é só clicar AQUI), encerrei a minha conta no banco CTT porque não é do meu interesse (financeiro) pagar comissões de manutenção de conta sem necessidade. Recordo que quem já paga a anuidade do...

PPR | Mês #15 – Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Janeiro 2022)

Vale a pena fazer um PPR como investimento? Janeiro está a ser um mês péssimo para os meus PPR. Num deles, o que desvalorizou só nas primeiras 3 semanas deste ano, fê-lo regressar aos valores de abril do ano passado.  Apesar disso, ainda mantenho um lucro razoável....

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (24 a 30 de janeiro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

A minha aventura com o fecho da conta do Banco CTT

Banco CTT - Capítulo encerrado (com pena minha) Como expliquei neste artigo AQUI, o banco CTT decidiu deixar de ser um banco ZERO e vai começar a cobrar comissões de manutenção de conta a partir de março. Há exceções, mas apenas para quem pagar de outra maneira (por...

O que acontece à minha prestação se a Euribor subir 1%? (Simulação)

Muitas famílias vão ficar aflitas se a Euribor subir 1% Eu sei que provavelmente só pensa nisto lá muito ao longe, mas convém estar preparado para a subida da Euribor daqui a algum tempo. Não será para já, mas é importante saber o que o espera porque não é uma questão...

PODCAST | #89 – Como posso combater a inflação em 2022? (Pergunta II do André)

Como posso evitar que a inflação "coma" o meu orçamento mensal e as minhas poupanças? A inflação está a 5% na europa e atingiu os 1,3% em Portugal. É um avanço galopante e que está a gerar uma enorme preocupação. Há várias razões para o crescimento da inflação, mas o...

Banco CTT vai passar a cobrar comissão de manutenção de conta 

Banco CTT vai passar a cobrar comissão de manutenção de conta - O fim do banco ZERO E assim acabou mais uma boa ideia.  Foi bom enquanto durou. Quando o Banco CTT surgiu, foi uma lufada de ar fresco na banca nacional. Prometia ser um banco  ZERO (nenhuma comissão). Um...

Publicidade

Publicidade

Artigos relacionados

14 Comentários

  1. Pedro Carvalho

    Boa tarde, eu em relação ao valor pago a mais abri queixa num centro arbitral de consumo. Estou a espera de resposta a ver o que acontece. São só 30,6 €, não é pelo valor, é pelo princípio. Irei optar pela rescisão por não quiseram negociar e consegui melhor proposta neste caso na Vodafone que estão com uma promoção extra.

    Responder
    • Jorge

      Boa tarde Pedro Carvalho.
      Pode postar as condições da Vodafone que conseguiu? Eu também vou abrir queixa no centro arbitral e ver no que dá. Estou na Meo e ainda tenho mais 12 meses de fidelização mas assim que me conseguir livrar destes vou para a Vodafone pois parecem-me os menos “malandros”.

      Responder
      • Pedro Carvalho

        Boa tarde, com 180 canais, box, net 200,telefone fixo e 2 telemóveis com 3Gb cada 67€ é qq coisa

        Responder
        • Vitor

          74€ na meo, 150canais, box, net 24 megas (que nunca chega a ser 10 megas nem no primeiro dia da instalação!) telefone fixo e 2 telemóveis com 500Megas (faz pouco tempo porque só eram 200megas até um mês antes do fim do periodo de fidelização!) grande roubalheira por um serviço de porcaria!
          Nunca mais chega a vodafone à minha zona, porque quando chegar mudo logo!

          Para onde se deve reclamar, já que tudo que é chamada de apoio ao cliente é tudo a pagar!

          Já usei o Livro de Reclamações Online, para quem não saiba, aproveite e repasse:
          https://www.livroreclamacoes.pt/inicio

          Responder
  2. Paulo Baptista

    É a selva. Em qualquer mercado, se o Estado não regula nem garante a prestação com ética e sentido integrador, do serviço fundamental, como é o caso das telecomunicações, o interesse privado responde apenas perante os investidores, accionistas. E estes, respondem apenas pelo proveito financeiro. Logo, a falha é do Estado e do regulador, como já foi no caso dos bancos. Estas empresas deviam ser colocadas em contexto de relação com o Estado, na qualidade de “não gratas” e impedidas de estabelecer qualquer acordo que lhes traga benefícios públicos ou de imagem, à custa do Estado, seja central seja local.

    Responder
  3. Rui Marques

    Pedro Carvalho, as condições e o valor que refere é o que estou a usufrir da NOS.

    Responder
  4. Agostinho Calção

    sou cliente meo ,tenho fidelizacao por mais um ano, tenho que contactar a operadora, ou a operadora entra em contacto com os clientes?

    Responder
  5. João Silva

    Bom Dia,
    Da mesma maneira que a NOS me envia uma carta propondo um novo preço com fidelização, também eu posso contra-propor que o actual contrato se mantenha, deduzindo a NOS nas próximas faturas o valor cobrado em excesso. No meu entender, para o contrato não ter características leoninas, a fidelização deve funcionar para os dois lados. Eu sou obrigado a pagar o serviço e a NOS a fornecê-lo sem falhas. Só ao fim dos dois anos é que a NOS ou o cliente poderão rescindir/renovar o contrato. Aquilo que a MEO e a NOS parecem querer fazer é mandar para as urtigas o actual contrato e prender o cliente para mais dois anos…

    Responder
  6. Susana Sampaio

    Boa tarde,
    Acabei de receber a carta da MEO a informar sobre a possibilidade de rescisão de contrato, no entanto, no segundo parágrafo é feita menção a “que sejam cobradas contrapartidas pelo desbloqueio do equipamento”. Será que me poderiam esclarecer sobre isto?

    Responder
  7. NM

    Boa tarde,
    Usei o https://www.livroreclamacoes.pt/inicio para reclamar da alteração de preços… na resposta veio um crédito do valor pago a mais até ao dia de hoje mais outro crédito do aumento até ao final do contrato, isto porque o valor vai prevalecer o atual, mas já recebi o crédito até ao final dos 24 meses…

    Responder
  8. Carlos filipe

    No MEO Pago 28.80 por
    200 canais com box
    100/100mbps net fibra
    Fixo ilimitado

    E mais 12.99 pelo telemóvel com
    2000min 2000sms e

    total: 41.79€ por mes..

    As pessoas andam a dormir e gostam!

    Responder
  9. Renata Soeiro

    Também vou aproveitar para mudar da Meo, pois não estou nada satisfeita com eles qual recomendam Nós ou Vodafone?
    Internet, televisão e 3 telemóveis e estou a pensar na hipótese de fazer telemóveis separados
    Obrigada

    Responder
  10. Helena Alfacinha

    Boa tarde,
    Em Outubro de 2017, separei-me do meu marido e mudei de casa,tive que aderir aos serviços da Meo fibra, tv+int+telm e telf fixo este ultimo nunca cheguei a instalar porque não me era útil , mas como pertencia ao pacote não me foi permitido retira-lo do pacote ,a fidelização de dois anos era obrigatória ..Acontece que no mês de Junho de 2018 refiz a relação com o meu marido,o mesmo já é cliente da Meo, liguei para a operadora, fui atendida por um Sr. Diogo Pais, expus o meu caso, pois não é compatível nem a nível monetário, nem temos condições para ter dois contratos da Meo na mesma residencial, pedindo assim a rescisão do meu contrato …este senhor que foi bastante Grosseiro ..chegando ao ponto de me dizer que o faco de viver com o meu marido e sendo este cliente também da Meo nada tinha a ver com a minha situação …ou eu arranjava um cliente para ficar com o meu contrato , ou tinha que pagar uma penalização de 490 euro e tenho que me deslocar a uma loja Meo que a mais perto fica a 45k e a outra 100k para entregar o equipamento ,nem se preocuparam se tenho transporte ou não … pergunto eu existe alguém , que me possa ajudar nesta questão ..ou tenho que pagar ser quase agredida verbalmente por alguém que nem conheço …

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.