IRS 2022 | Página COMPLETA das deduções ao seu IRS já está online para consulta

Escrito por Pedro Andersson

15.03.23

}
5 min de leitura

Publicidade

ÚLTIMA HORA | Já está online!

Agora sim, já pode verificar se está TUDO bem. Como avisei em vários artigos ao longo dos últimos meses, todas as faturas que faltavam no e-fatura iriam (se estiver tudo bem) surgir numa página que só iria aparecer em Março. Pois bem, acaba de ficar online. É quase sempre a 15 de Março. Tal como no ano passado. E há 2 anos. E antes disso. Já devia estar na nossa rotina. Mas há sempre gente nova a entrar no sistema. Por isso não me importo de alertar todos os anos para a importância de irem ver assim que possível esta NOVA página que terá de ter tudo o que não aparecia no e-fatura quando lá foi até 25 de fevereiro.

NOTA: A página pode estar ainda instável. Se não conseguir agora, é tentar mais tarde :). Eu já consegui ver as minhas deduções.

Neste momento já pode consultar se todas as suas deduções estão nas categorias certas, independentemente dos “erros” de categorias no e-fatura. ESTAS É QUE CONTAM, porque são as mais representativas em termos de deduções (saúde, educação, rendas, etc). Isto é o que vai encontrar a partir deste momento quando for ao seu Portal das Finanças. E tem de verificar as páginas de todos os elementos do seu agregado familiar (você, o seu cônjuge e os seus filhos). Se notal algum erro ou omissão, rejeite o IRS Automático (se preencher os requisitos) e entregue manualmente o IRS com as correções respectivas. No fundo, o que deve fazer é apagar o valor pré-preenchido e colocar o valor correto. Mas isso é só a partir de 1 de Abril. Neste momento, não tem de fazer nada. É só verificar se está tudo MESMO bem.

Tem de ver as páginas de cada um aí em casa

Não se esqueçam que têm de ir ao Portal das Finanças com a senha de cada um dos elementos do agregado familiar. Primeiro têm de ver as vossas deduções, depois do cônjuge, e depois de cada um dos filhos. Não aparece tudo junto na mesma página. Mas antes de ir já a correr para lá leia isto primeiro:

Passo-a-passo

Opção 1: Vai ao e-Fatura e cá em cima, onde aparece o ano, anda com a seta para trás para ver o ano de 2022. (Quando testei esta opção ainda não estava disponível, mas deverá ficar online nos próximos minutos ou horas. A opção 2 – que descrevo a seguir – já está disponível).

Aparece isto:

Opção 2: Vai ao Portal das Finanças e escreve “Deduções” no motor de busca.

Depois nestes resultados escolhe a opção “Deduções à coleta” (no meu Portal é a primeira opção):

E agora SIM, tem aqui TODAS as despesas que fez em Saúde, Educação, Bancos, Seguradoras. No privado e no público. Taxas moderadoras, consultas no Centro de Saúde, despesas de educação nas escolas, etc. O que não estiver aqui é que é grave. Terá de acrescentar quando preencher o IRS. Não é aqui que altera. Aqui é só o que a AT sabe sobre si e os seus. É SÓ PARA VER.

Carrega em detalhes para ver tudo ao pormenor.

Aqui nesta página aparecem todos os valores que as várias entidades transmitiram à Autoridade Tributária com o vosso NIF (e de cada membro da família) durante 2022.

No caso da Educação, é nos detalhes que vão aparecer as propinas, as mensalidades, a alimentação (se aplicável), os manuais escolares, etc. O mesmo com os juros do banco (se comprou casa até 2011) e as rendas de casa. E os seguros de vida, se aplicável.

Agora é que tem de ver se está tudo no IRS

Em resumo, a partir deste momento, têm TODOS os dados disponíveis para verificarem se todas as faturas que esperam encontrar estão MESMO lá. É com estes valores que o vosso IRS vai ser pré-preenchido.

Se notarem alguma ausência de faturas importantes ou erros nos valores, é altura de tomar nota e guardar bem guardadas essas faturas originais na vossa posse.

Atenção aos prazos de reclamação

MUITO IMPORTANTE: se quer corrigir alguma fatura das Despesas Gerais Familiares e dos 15% de IVA (Restaurantes, Hotéis, Oficinas, Cabeleireiros e Veterinários, etc.) deve fazê-lo até 31 de Março. Depois no IRS, a partir de 1 de Abril já não pode.

Se descobrir erros nas outras categorias (Saúde, Educação, Lares, Imóveis) não vai corrigir nada previamente. Vai ter de RECUSAR o IRS Automático e vai ter de colocar os valores corretos nas linhas correspondentes apenas quando preencher o Modelo 3 do IRS entre 1 de abril e 30 de junho. A AT confia nos valores que lá colocar, desde que guarde as faturas durante 4 anos, caso seja chamado para uma inspeção.

Posto isto, vamos lá aumentar ao máximo o nosso reembolso do IRS ou pagar o menos possível.

Olhem que isto é sério. Há casos em que estamos a falar de centenas ou milhares de euros de diferença no reembolso.

No Contas-poupança vamos acompanhar todo o processo ao detalhe, como fizemos no ano passado. Conto convosco para não deixar escapar nenhuma falha. E no que puder ajudar (dentro do meu conhecimento – sou jornalista, não contabilista), cá estamos.

A entrega do IRS este ano começa a 1 de Abril e vai até ao último dia de Junho (tem 3 meses).


 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (15 a 21 de abril)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #231 – Como vai usar de forma (mais) inteligente o seu reembolso do IRS?

Como posso rentabilizar o reembolso do IRS Milhares de famílias contam com o reembolso do IRS como fonte de rendimento extra todos os anos. Quase como se fosse um décimo quinto mês. Mas, como é um dinheiro que aparentemente não nos sai do esforço diário, é visto quase...

PPR | Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Março de 2024)

Vale a pena fazer um PPR como investimento? (Mês #41) Em Março atingi o máximo de valorização histórica com o conjunto dos meus 10 PPR.  A minha "história" com Planos Poupança Reforma como forma de investimento tem cerca de 3 anos. Comecei em finais de 2020, e durante...

PodTEXT Vamos a Contas | Onde invisto 100€ todos os meses para os meus filhos?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (15 a 21 de abril)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PodTEXT | 5 sinais de alerta de que as suas finanças não estão bem

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

Quer fazer um Workshop gratuito de finanças pessoais? (Inscrições abertas)

Aprenda finanças pessoais gratuitamente Estão abertas as inscrições para a próxima edição do Finanças para Todos, da universidade NOVA SBE. O curso tanto pode online, como presencial (em Carcavelos) ou na área metropolitana do Porto. O curso terá lugar entre Outubro...

Publicidade

Artigos relacionados

29 Comentários

  1. Ana

    Bom dia, aparecem uns valores em branco nas despesas gerais que são de saúde e depois na saúde o valor aparece e está correto.. isto é possível!?!? Obrigada pela ajuda

    Responder
    • Virgílio Freitas

      Bom dia, aparece o valor dos , como dizer, os impostos dos valores que a minha filha tem a render nos certificados do estado e que o estado fica com elas?
      Certamente não.
      Obrigado.

      Responder
      • JRJordao

        Não, porque esses valores (os juros e respetiva retenção) são de declaração opcional. Se interessar ao contribuinte, pode declará-los no anexo E quadro 4B. Geralmente só interessa quando os rendimentos são baixos, mas pode-se sempre simular os dois cenários.

        Responder
        • Fernando Silva

          Bom dia.
          Onde são dedutíveis as comissões bancárias ?

          Responder
          • Pedro Andersson

            Olá. Em lado nenhum:)

  2. marta costa

    Se as despesas gerais familiares nao correspondem entre o portal da fatura e o portal do IRS , como devemos proceder?

    Responder
  3. Maria Ferreira

    olá, no caso do meu marido, apesar de no efatura aparecer tudo direito, aqui nesta página aparecem valores muito menores! Por exemplo só pouco mais de 200 eur de total de despesas gerais, menos também na saúde, nada das atividades veterinárias, mas aparece no efatura… O que poderá ser?? Obrigada.

    Responder
    • Pedro Duarte

      Bom dia, de acordo com a AT, houve um erro de comunicação entre plataformas e-fatura e deduções à coleta da AT, pelo que consegui apurar a AT vai proceder às diligências necessárias no sentido de considerar o valor correto das deduções à coleta na liquidação de IRS.

      Responder
      • Maria Ferreira

        Bom dia, obrigada. Mas será que devemos expor a situação por escrito à AT. O meu receio é que depois não dê para corrigir… E são 250 eur de dedução que estão em causa. Obrigada.

        Responder
      • Jorge Pinto

        Bom dia, não consigo visualizar a declaração de rendimentos da minha entidade patronal!! Como fazer??
        Obrigado

        Responder
      • Rita

        As minhas deduções à coleta estão uma confusão! O valor da minha renda não está correto, logo a dedução também não. As despesas de saúde não estão na totalidade e a dedução está a 0.00€, despesas com restauração estão em despesas gerais, etc. A AT primeiro informou-me que devia rectificar manualmente, mas como são tantos erros, reportei novamente o erro. Aguardo novamente resposta

        Responder
  4. Leonor Oliveira

    Boa tarde, gostaria de saber como alterar a actividade de uma factura referente a Despesas Gerais. Já tentei mas informam que não é possível.

    Responder
  5. Albertino santos

    Ao verificar as despesas afetas aos meus filhos estam das despesas gerais as propinas. Altero quando for fazer irs ou reclamo? As mensalidades do ginasii tambem estao nas despesas gerais, como corrijo

    Responder
  6. Hugo Rodrigues

    Verifiquei que algumas faturas que se referem a importâncias suportadas com alojamento e restauração foram incluídas nas Despesas Gerais Familiares e não no grupo de Exigência de Fatura. Porque é que isto sucede? Está relacionado com o CAE dos emitentes?

    Responder
  7. sandra

    No IRS da minha mãe 1 fatura do lar está nos LARES mas a outra está em DESPESAS GERAIS E FAMILIARES. Como posso alterar ? Obrigada

    Responder
  8. Cassiano Silva

    Boa noite,

    Não deviam estar na página do Portal das Finanças também as outras categorias do E-fatura (como Ginásios ou Manutenções Automóveis)?

    Cumprimentos

    Responder
      • Cassiano Silva

        A mim não me apareceram, sabe por que não?

        Responder
  9. Henriqueta

    Nas deduções à colecta não são indicados quaisquer donativos efectuados a diversas entidades, sem qualquer contrapartida. Como saber se os mesmos foram declarados?

    Responder
      • Henriqueta

        Sim, tenho-os todos.

        Responder
  10. cristiana

    Bom dia! Nas deduções à coleta não aparece as taxas moderadoras de hospitais públicos. agora não entrem para IRS. Tive a preencher manualmente e aí nem aparece código para importância com taxas moderadoras. Aconteceu com mais alguém? Houve alteração? No ano passado entravam.

    Responder
  11. Anabelina

    Já entreguei o IRS AUTOMÁTICO conjunto recebi o comprovativo.
    Após isso voltei a fazê-lo e o comprovativo aoarece recepcionada-aguarda valid.
    Na primeira vez dizia em processamento.
    E o Compravativo diz “prova de entrega, não serve de comprovativo.
    Que fazer?

    Responder
  12. Rosa Maria Neto Pacheco

    Bom dia ,
    Tenho uma duvida a esclarecer e que está relacionada com as despesas.
    Todos os valores a deduzir estão correto . No entanto, Quando peça faço ” Ver declaração ” só aparecem os valores correspondentes aos donativos.
    Todas as restantes não estão listadas no Anexo H .
    Gostaria de saber se isto está correto.

    Grata pela atençao,

    Responder
  13. Pedro Fernandes

    O meu banco não me enviou a declaração dos juros de divida de encargos contraidas com imóveis, informando que não era obrigatório a sua apresentação. Mas se eu identificar sobre o meu imóbel, não me deixa proseguir na declaração por não constar um valor de juros. O que fazer?
    Obrigado

    Responder
  14. Maria Gaspar

    Boa tarde,
    Se uma fatura não der para alterar para despesas de educação porque a entidade emitente não tem CAE para isso, posso alterar manualmente essa fatura para o campo certo quando fizer o IRS ou nestes casos tem de ficar obrigatoriamente em despesas gerais?
    Obrigado.

    Responder
  15. Maria 1 Gaspar

    Boa tarde,
    Se uma fatura não der para alterar para despesas de educação porque a entidade emitente não tem CAE para isso, posso alterar manualmente essa fatura para o campo certo quando fizer o IRS ou nestes casos tem de ficar obrigatoriamente em despesas gerais?
    Obrigado.

    Responder
  16. JRJordao

    Já disponíveis as despesas de 2023

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.