Este mês é MAU para aderir à tarifa indexada de eletricidade

Escrito por Pedro Andersson

13.05.21

}
4 min de leitura

Publicidade

Este mês é MAU para aderir à tarifa indexada de eletricidade

Este mês de maio está a ser o mês mais caro no mercado OMIE (onde as empresas vão comprar a eletricidade para lhe vender a si) dos últimos 2 anos. É, portanto, um mau mês para começar um contrato de tarifa indexada de eletricidade.

Nesta reportagem do Contas-poupança expliquei-lhe com detalhe como funciona este tarifário que lhe pode trazer poupanças excelentes se estiver disponível para arriscar um pouco.

De uma forma resumida, em vez de pagar o mesmo valor de kWh durante 12 meses (que é o normal), passa a pagar exatamente o mesmo que as empresas pagam quando vão comprar eletricidade ao mercado ibérico de eletricidade (OMIE) mais uma comissão fixa que costuma ser de meio cêntimo. A este valor acrescem os valores fixos que todas as empresas fornecedoras têm de pagar. Assim, paga sempre o preço “justo” e nunca se sentirá enganado.

Nos dois anos anteriores (desde 2019), que este tarifário tem representado poupanças muito significativas. Vários meses chegaram aos 20% de desconto em relação ao mercado regulado. Acontece que nunca sabe qual vai ser o preço do mês seguinte.

Como sei que muitos de vocês gostam de um bom desafio de poupança, mas precisam de informação para decidir, assumi o compromisso de todos os meses vos dizer qual vai ser o preço do mês seguinte (com base na média diária do mês anterior).

Esta informação está disponível na página da OMIE, mas é de muito difícil leitura. Não consegui fazer as contas de uma forma que considero exata, por isso pedi ajuda à Luzboa (onde fiz a reportagem).

Como sabem, faço muita questão de ser completamente transparente e isento nas informações que partilho convosco. Não tenho qualquer relação com nenhuma empresa ou instituição. Não recebo comissões de ninguém, nem tenho nenhum interesse particular.

Por isso quero deixar aqui claro que esta informação é fornecida pela Luzboa, que é uma das empresas que tem o tarifário indexado, e que me garantiu que me dará todos os meses esta informação com “preço final”, seja bom seja mau (para eles). Os preços do gráfico são sem IVA, tal como os que tem na sua fatura. Assim pode comparar melhor.

Naturalmente que se os preços no OMIE forem muito altos, não farão tantos contratos, mas o que me disseram é que não querem clientes que se sintam enganados. O melhor cliente é o cliente informado e satisfeito. Quando baixar o preço no OMIE, será uma boa altura para aderir a este tarifário (se for melhor do que aquele que tem neste momento). Mas isso é você quem decide, pensando pela sua própria cabeça e escolhendo a empresa que entender.

Por exemplo, este mês de maio é um mês péssimo para entrar neste tarifário. Está mais caro do que no mercado regulado. Mas haverá meses no futuro em que compensará. Com esta indicação mensal, poderá aproveitar este tarifário indexado nos meses em que compensar e sair nos meses em que não compensar. É uma grande ginástica? É. Mas compensa. Obviamente, já prevejo que esta sugestão será só para uma minoria, dentro da minoria que está disposta a mudar de comercializador de eletricidade pelo menos uma vez por ano. São uma espécie de heróis. A maior parte das pessoas não quer saber se está a perder dinheiro…

No momento em que fiz a reportagem, havia 3 empresas que tinham o tarifário indexado: A Luzboa, a Audax e a Luzigás. Entretanto podem ter surgido mais ou estas terem desistido. Isso já é trabalho que você terá de ter. Escolha a que quiser, quando quiser.

Mas aqui fica, em resumo, a informação: a eletricidade no OMIE este mês está muito cara. O aumento do consumo por causa dos confinamentos obrigou ao aumento da produção das centrais a gás e a carvão, o que aumentou os custos. Foi a explicação que me deram.

Em junho, direi como está o preço da eletricidade no mercado indexado para uma nova avaliação.


Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a 3 e 6 meses e descem a 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (3 a 9 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PODCAST | #244 -Vale a pena investir em ouro? (A pergunta do Pedro)

Subscreva a nossa Newsletter, para não perder nenhuma dica *Ao subscrever, a informação partilhada será usada de acordo com os nossos Termos e Condições e a nossa Política de...

Jovens vão poder decidir a cada ano que regime de IRS preferem

Opção pelo IRS jovem é anual e poderá ser alterada ou renovada O novo modelo de IRS Jovem aprovado recentemente pelo governo é diferente daquele que ainda vigora atualmente, na medida em que prevê uma redução das taxas do imposto que incidem sobre os escalões de...

Rendas de pessoas deslocadas em trabalho vão poder ser deduzidas

Medida aplica-se a deslocados a mais de 100 quilómetros de casa As pessoas que tenham de ir trabalhar para mais de 100 quilómetros de distância da sua residência habitual e pretendam rentabilizar a sua habitação enquanto estão fora vão poder deduzir a esse rendimento...

Garantia pública extingue-se quando jovens pagarem primeiros 15% do empréstimo

Garantia pública de até 15% aplica-se a casas até 450 mil euros O governo aprovou recentemente uma garantia pública de até 15% para ajudar os jovens até aos 35 anos a conseguir financiamento para comprar casa. Na segunda-feira, ao terminar o Conselho de Ministros...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (27 de maio a 2 de junho)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de retalho de cerca de 10% para as...

Medicamentos grátis a partir de 1 de junho para quem tem CSI

Publicada em Diário da República comparticipação a 100% em medicamentos para idosos com Complemento Solidário O diploma que estabelece que os idosos que recebem complemento solidário passam a partir de 1 de junho a ter direito a medicamentos comparticipados sujeitos a...

Prazo para pedir devolução de propinas termina esta sexta-feira

Mais de 158 mil pessoas já pediram o prémio salarial O prazo para pedir o Prémio Salarial, que prevê a devolução aos jovens do dinheiro que investiram na sua educação superior, termina esta sexta-feira, dia 31 de maio. Os licenciados e mestres que tenham concluído os...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

3 Comentários

  1. Carlos Fernandes

    Sim, confirmo. fiz adesão a Luzboa, há 1 mês. e foi mais caro do que estava a pensar. Melhores dias virão…
    Todos os 6 meses, revejam todos contratos e mudo, sem qualquer problema.

    Responder
  2. sergio manuel rodrigues fernandes dantas

    Desafio aceite. OBRIGADO pelo esforço. Este mês decidi mudar. Vou pesquisar, analisar e decidir por aquela proposta que entender ser a que melhor serve os meus interesses. Bom trabalho.

    Responder
  3. Micael

    Como está este mês a tarifa indexada. Será que vale a pena mudar, já que no mês de Maio não era bom mês para mudar?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.