Eletricidade – Tarifa simples ou Bi-horário?

Escrito por Pedro Andersson

03.11.19

}
4 min de leitura

Publicidade

Tarifa Simples ou Bi-horário?

Muitas pessoas perguntam-me como é que sabem o que é melhor para elas para pouparem na eletricidade: Tarifa Simples, ou Bi-horário? É verdade que tem vários simuladores na internet, mas neste vídeo mostro-lhe uma fórmula “infalível” para saber sempre qual é o melhor tarifário para si. Basta imprimir (ou ter em PDF) a sua fatura mais recente de eletricidade e acompanhe o vídeo. E é tão simples como 2 + 2 serem 4. Não acredita? Veja o vídeo.

Uma aviso: Fiz este vídeo para QUEM NÃO PERCEBE NADA DE ELETRICIDADE. Os que percebem encontrarão muito por onde pegar e dizer que “atenção a isto e aquilo e há mais esta e aquela excepção e que as contas não são exatamente assim”. Tenho plena consciência disso. Ao simplificar corremos sempre riscos. Portanto, aceitarei todas as críticas que quiserem fazer, mas quero deixar isto claro.

O meu objetivo é que as pessoas tenham um critério simples e fácil de usar para decidirem se andam enganadas por terem o bi-horário ou se podiam poupar mais se tivessem tarifa simples. Tem o link para o vídeo mais abaixo. Pelo menos percebem o raciocínio.

Há muitas opções de bi-horário

O bi-horário não é um tarifário simples (perceberam a piada?). Varia conforme a estação do ano e ainda dentro desse tarifário pode escolher ciclo diário ou semanal e ainda tem o tri-horário para quem quiser complicar ainda mais. Não vou falar disso neste vídeo.

Se quiser saber quais são os horários exatos a cada altura do ano tem na descrição do vídeo no YouTube a página da EDP Serviço Universal com as opções Inverno e Verão e a opção com mais descontos ao fim-de-semana e a opção durante a semana. São muitas variáveis. Tem de ver o que se aplica mais ao seu caso. Há muita gente “enganada” com o bi-horário.

Tem aqui a “minha fórmula” para decidir já se deve ter bi-horário ou não. Depois faça as suas contas.

E qual é a empresa mais barata?

Perguntam-me muitas vezes qual é a melhor (no sentido de mais barata) empresa fornecedora de eletricidade. Eu sei que se sentem perdidos no meio de tantas empresas e ainda por cima todas elas dizem que dão descontos fantásticos. Felizmente, ainda há quem faça contas e verifique que esses descontos “maravilhosos” são muitas vezes uma falácia e só uma manobra de marketing.

Neste outro vídeo vou mostrar-lhe um método para saber sempre qual é a melhor empresa de eletricidade para si. Pegue na sua fatura da luz e acompanhe o vídeo. Tenho a certeza de que finalmente vai perceber como se fazem as contas para saber se vale a pena ou não mudar de empresa.

Na descrição do vídeo no YouTube tem o link para a página da ERSE (Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos) com a lista de todas as empresas a operar em Portugal. Muitas nunca ouviu falar sequer. E há algumas que até têm bons preços. Disponibilize alguns minutos para ver os preçários delas. Pode ter uma agradável surpresa, no sentido de poupar algum dinheiro nos próximos meses.

Num próximo vídeo desta “trilogia” explicarei como pode saber qual é a melhor potência contratada para si. Não fique é de braços cruzados a achar que paga muito de eletricidade sem fazer contas e sem fazer rigorosamente nada. É como se estivesse todos os meses a abrir a janela de sua casa e a atirar dinheiro para a rua.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três e seis meses, mas sobem a 12

Euribor desce a três e seis meses, mas aumenta no prazo de 12 meses Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (26 de fevereiro a 03 de março)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

PODCAST | #218 – Vamos a contas | Tenho de declarar os Certificados de Aforro (e outros) no IRS?

Os Certificados de Aforro continuam a suscitar muitas dúvidas. Uma delas é se somos obrigados a declará-los no IRS e como se faz. Essa dúvida é também muito comum quando alguém começa a pensar em investir em produtos relacionados com as bolsas, como Fundos PPR, Fundos...

ÚLTIMO DIA | Prazo para validar faturas para IRS 2023 termina hoje

Já validou TODAS as suas faturas e do seu agregado familiar? Os contribuintes têm até ao final do dia de hoje (quarta-feira, dia 28 de fevereiro) para validar e confirmar as faturas relevantes para o IRS de 2023, após o Ministério das Finanças ter decidido prolongar o...

Arrendamentos | Burlas estão a aumentar. Conheça os sinais e como evitar

Burlas com falsos arrendamentos têm estado a aumentar nos últimos dois anos Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes De acordo com a PSP, as burlas com falsos arrendamentos têm vindo a agravar-se desde 2022, quer nos arrendamentos de casas de férias, quer no...

ÚLTIMA HORA | Prazo para validar faturas de 2023 prolongado até quarta-feira

Faturas pendentes - Prazo prolongado até quarta-feira A Autoridade Tributária (AT) prolongou por dois dias, até quarta-feira, o prazo para a validação de faturas relativas a 2023 no portal e-fatura, depois de constrangimentos no último dia do prazo inicial. Em...

Quer inscrever-se no regime do Residente não Habitual? Pode fazê-lo até 2025

Autoridade Tributária informou que os contribuintes elegíveis podem inscrever-se até 31 de março de 2025 Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Se está interessado em inscrever-se no regime do Residente não Habitual (RNH), que permite aos seus beneficiários...

EURIBOR HOJE | Taxa a três meses mantém-se, mas sobe a seis e 12 meses

Euribor mantém-se a três meses, mas aumenta nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

ELETRICIDADE | O indexado em Fevereiro vai baixar bastante – Vale a pena mudar?

O preço da eletricidade no OMIE está quase de graça É impressionante o que está a acontecer nesta última semana. O preço da eletricidade no mercado grossista está praticamente a zero. Os valores a que a eletricidade vai ser vendida e comprada amanhã, pelas empresas...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a três meses e descem a seis e 12 meses

Euribor sobe a três meses, mas desce nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

Publicidade

Artigos relacionados

20 Comentários

  1. Sandro Carvalho

    Gostaria de saber uma informação sobre as tarifas horaria e bi-horaria porque a informação está incompleta.
    Segundo a fatura do Pedro o consumo mensal entre Julho e Agosto de 2019 foi de Cheia – 51 Kwh, Ponta – 18 e Vazio – 40.
    Seguindo o raciocinio exposto temos 2xVazio= 2×40 = 80 ==> Cheia+Ponta 51+18=69 sendo o resultado 80>69, logo compensa ou não ???

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Agora tem de ver os preços que está a pagar. Multiplica 40x o preço kWh hora do vazio e 69 x preço do kWh do fora do vazio. Pergunte qual o preço da tarifa simples e veja quanto daria a soma de vazio e fora do vazio por esse preço e compara.

      Responder
    • João d'Agorreta

      Caro Sandro Carvalho,

      Efectivamente, a análise depende da quantidade consumida (por diferença da última com a penúltima leituras fornecidas) e respectivamente facturada, e NUNCA os números constantes do contador. O seu apuramento está correcto.

      No entanto, o consumo de 40 kWh em Vazio representa apenas 36,7% do consumo total (109 kWh) nesse período. Conforme sugere a EDP, o tarifário bi-horário justifica-se nos consumos em Vazio superiores a 40%. Neste vídeo, sugere-se o consumo mínimo de 50%. Pelas duas informações, o consumo em análise deve manter-se como está: tarifário simples.

      Dever-se-ia corrigir a informação do vídeo, pois a fonte de informação está errada.

      Obrigado

      Responder
  2. Ana Paula Manteigas

    Olá Pedro.
    Agradeço mais uma vez os seus conselhos e, se possível, gostaria de saber qual é a empresa que considera o período vazio a partir das 22h00. Tenho o bi-horário da EDP e o mesmo, com excepção dos sábados, só começa às 24h.
    Obrigada e continuação do bom trabalho prestado.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Basta ligar para a sua empresa e trocar :). Pela sua descrição tem o ciclo semanal. Pode pedir o ciclo diário. São horários diferentes.

      Responder
    • Francisco Duarte

      Os horários do bi-horario diário ou semanal não mudam, independentemente do seu comercializador de energia.

      Responder
  3. Ana Paula Manteigas

    Obrigada de novo.
    Estive a ver e não me compensa fazer a mudança porque o ciclo semanal tem mais 6 horas de vazio do que o ciclo diário!
    Até à próxima.

    Responder
  4. Francisco Duarte

    Os horários do bi-horario diário ou semanal não mudam, independentemente do seu comercializador de energia.

    Responder
  5. Pedro Marques

    Contas fáceis:
    €_simples > %_fora_de_vazio*€_fora_de_vazio + (1- %_fora_de_vazio)* €_vazio

    Legenda e referência Galp:
    €_simples -> preço do Kw/h na tarifa simples, Galp: 0.1598€
    %_fora_de_vazio -> percentagem do cosnumo fora do vazio
    €_fora_do_vazio -> preço do Kw/h fora de vazio para tarifa bi-horária, Galp: 0.1996€
    €_vazio -> preço do Kw/h fora de vazio para tarifa bi-horária, Galp: 0.0929€

    resultado:
    %_fora_de_vazio < 62.8%

    Assim, para este caso específico, desde que o consumo fora de fazio não represente mais que 62.8% do cosnumo total, compensa a tarifa bi-horária.

    Se alguém se quiser dar ao trabalho, facilmente se cria um excel com este cálculo.

    Obrigado pelo bom serviço publio.

    Responder
    • Pedro

      Só falta aqui uma coisa, que é o custo diário da potência contratada que pelo menos na EDP varia consoante a opção horária.

      Responder
  6. Rui Santos

    Boa tarde caro Pedro Andersson

    Vi a sua explicação sobre o tema da tarifa bi-horária versus tarifa simples e achei-a muito interessante e de simples compreensão. No entanto quero chamar a sua atenção para o último exemplo da factura da EDP de um amigo seu. Neste exemplo, está a a considerar a leitura para o cálculo quando deveria considerar o consumo.
    Abraço
    Rui Santos

    Responder
  7. Rui Correia

    Boa tarde, Pedro.
    Tenho tarifa simples e sou cliente GoldEnergy.
    Estive a ver as facturas dos últimos 3 meses e não encontro nenhum campo que fale em vazio, pontas ou cheio.
    Suponho que seja porque o meu contador é dos antigos, dos que têm rodinha e que não medem vários consumos para a tarifa bi/tri-horária, será por isso?
    Então no meu caso eu deveria tomar nota do consumo todos os dias, às 22h e às 08h, é isso?
    Obrigado.
    Cumps

    Responder
    • Pedro Matias

      Olá,

      Se optar por uma tarifa bi-horária a EDP Distribuição (independentemente do comercializador) iria instalar um contador compatível com esse tarifário.

      Cumprimentos.

      Responder
  8. Pedro Matias

    Olá,

    Na minha opinião é difícil o bi-horário compensar.

    Depende ligeiramente de cada tarifário, mas olhando para o E-Luz da Endesa (simples e bi-horário) com 4,6 kVA de potência contratada e 200 kWh/mês o bi-horário fica mais caro se o consumo no vazio for inferior a 45%. E se se consumir 50% de energia no vazio a poupança não chega a 1€/mês. (A poupança é inferior se o consumo for inferior a 200kWh/mês)

    É preciso alterar muitos comportamentos para o bi-horário compensar e mesmo assim estamos a falar de valores baixos. Com o tarifário em cima num exemplo que conheço em que o consumo no vazio é +/- 60% essa pessoa poupa 2.6€ por mês com bi-horário (já com IVA), e só usa o termoacumulador, a grande maioria de maquinas de roupa e loiça no vazio.

    Valerá o esforço? Cada um tem a sua resposta.

    Cumprimentos.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Correto. O importante é fazer as contas com os seus valores e não teoricamente.

      Responder
  9. António Jordan

    Como descrever uma solução mais económica no consumo de energia ? … Não existe propriamente quem o saiba ! … apenas existe formas de opinião e esclarecimento, apenas isso, de resto as empresas de energia dentro do mercado Livre , todas elas tem como regra cobrar um certo valor calculado em função do contratado regulado pela entidade reguladora de energia , neste caso o Estado Português ( NÓS ) os consumidores estamos impedidos de fazer consumos abaixo dos valores regulados por essas empresas ,por exemplo : se as empresas têm como objectivo fornecer ao cliente um consumo mais baixo , então veja-se por que razão , essas empresas solicitão ao seu cliente o envio da contagem da energia consumida mensalmente por SMS ou por site ( conta cliente ) neste seguimento o que as empresas fazem é imitirem as facturas além da data do envio do cliente , ora isso apenas significa que as empresas são livres de cobrar sempre a mais acima dos valores reais de consumo , ou seja , nem consumimos a mais nem a menos , pagamos de acordo com as regras impostas pelas empresas e nada mais ! tenho dito .

    Responder
    • Ana Manteigas

      A minha experiência é completamente diferente. Quando comunicava as leituras, a fatura vem com a data da minha comunicação e só são faturados os valores transmitidos. Presentemente a leitura é efetuada à distância e a fatura só inclui os valores realmente consumidos.

      Responder
  10. Emanuel Azevedo

    Boa tarde,
    estou aqui com um dilema em qual tarifario escolher. Neste momento tenho paineis solares a produzir 2KW e durante o dia não estamos em casa a não ser ao fim de semana. Penso que o bi-horario é o indicado uma vez que durante o dia tenho o apoio dos paines e durante a noite o consumo é mais barato.
    Gostaria de uma opnião para saber se estou a pensar bem ou não.

    Responder
  11. Artur Batista

    Boa tarde.
    Mudei de fornecedor de eletricidade recentemente, ainda não recebi qualquer fatura desta empresa.
    Antes de mudar comecei diariamente a tirar a contagem às 22.00 h e 08.00 h, dado que vou mudar para bi-horário, constatei que o meu contador nas horas de vazio contava como se fossem horas de cheia e vice -versa, isto é, a continuar assim não vou ter algum beneficio.
    Onde poderei reclamar desta situação?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.