Como encontrar o seu telemóvel Android perdido ou roubado


Alguma vez perdeu o telemóvel?

Um telemóvel não é barato. Estamos normalmente a falar de uma ou várias centenas de euros. Perdê-lo (por distração ou roubo) é um prejuízo muito grande. Ontem usei uma ferramenta do Google que me ajudou a encontrá-lo quando começava já a ficar desesperado.

Já conhecia esta ferramenta porque o meu colega Lourenço Medeiros (que faz o Futuro Hoje, na SIC) me tinha falado dela e até já fez reportagens sobre o assunto. Mas só ontem vivi a experiência de encontrar o meu próprio telemóvel perdido.

Foi tão simples e rápido que quero partilhar convosco esta dica que vos pode poupar um telemóvel novo ou descobrir onde está o seu telefone roubado ou quem o roubou. Pode não ser uma dica puramente financeira mas acredite que pode representar centenas de euros e não perder dados, contactos, fotos e vídeos extremamente importantes para si.

Como localizar o seu telemóvel

Estava fora de casa, em férias, quando ao deitar-me dei por falta do telemóvel. Corri tudo, fui ao carro, fiz revista às roupas que usei, e não encontrei o telemóvel. Durante a tarde tinha colocado o telemóvel em silêncio e bem ligamos todos para o meu número que não se ouvia nada. Será que o tinha perdido algures no caminho a casa? Teria ficado nos locais que visitámos? Já estava a ver a minha vida a andar para trás.

Lembrei-me então da dica do meu colega Lourenço Medeiros (Obrigado, Lourenço). Através do Google, basta entrar com o meu login, escolher o meu aparelho registado e carregar na opção fazê-lo tocar durante 5 minutos ou localizá-lo no Google Maps, desde que esteja ligado, claro. Em caso de roubo, pode apagar remotamente no seu computador tudo o que tem no telemóvel e inutilizá-lo.

Abri o computador, fiz login na minha conta Google (tem de obviamente autorizar previamente a Google a saber onde está o seu dispositivo), na coluna da esquerda escolhe “Segurança” e cliquei no dispositivo que queria encontrar e localizei-o. Percebi imediatamente que o aparelho estava no mesmo sítio que eu. Só isso já me deixou descansado. Percebi também que estava ligado e que ainda tinha 38% de bateria. Mas como estava em silêncio não o descobria.

Portanto, só me restava a opção de o pôr a tocar durante 5 minutos no som máximo. O Google põe o nosso telemóvel a tocar mesmo que ele esteja em silêncio. Cliquei nessa opção e começo a ouvir ao longe o meu telemóvel. Fui seguindo o som e acabei por descobrir o aparelho no sótão (onde estive durante a tarde a jogar dardos com o meu filho mais velho). Confesso que jamais me lembraria de procurar o telemóvel no sótão. O mais certo era ele ser encontrado, mas o mais provável seria já eu estar em Lisboa e completamente às aranhas sem os meus contactos e fotos. Ou passar umas horas valentes bem aflito.

Isto pode ser muito útil caso não encontre o seu telemóvel em casa, no trabalho, nas férias ou em alguma viagem, até no estrangeiro.

Há quem tenha apanhado o ladrão

Sei de uma história de alguém que se apercebeu de que o seu telemóvel tinha sido roubado no local de trabalho. Correu para o computador e fez tocar o telemóvel pelo computador. Pelo som apanhou a pessoa que ainda não tinha saído edifício. Foi só “obrigar” a pessoa a abrir a mala porque o telemóvel (com o seu toque específico) não parava de tocar. A desculpa do ladrão foi tão esfarrapada que nem vou repeti-la aqui.

No caso do smartphone ter sido roubado, se ele for desligado, a última localização fica registada.

Este serviço da Google pode ser utilizado tanto no browser do computador, como num outro Android com a app “Localizar o meu dispositivo” da Google.

Um dia pode dar jeito

Em resumo, é importante que saiba que caso perca o rasto ao seu telemóvel por distração, esquecimento ou roubo, no caso dos android tem esta opção extraordinária do Google. Mesmo que agora lhe pareça que não é importante, haverá com certeza um dia em que esta dica lhe dará jeito. Ou se se aperceber de alguém com esse problema facilite-lhe a vida ajudando-o com o seu telemóvel. Instale a app e a pessoa colocando a conta Google dela na app do outro telemóvel pode fazer o telemóvel desaparecido tocar à distância ou saber onde ele está ou esteve. Já são dicas muito importantes que vão ajudar. A mim ajudou-me ontem. Pelo menos dormi descansado. Se não o tivesse encontrado teria perdido algumas horas de sono com a preocupação. E se não o encontrasse teria tido um prejuízo bastante grande, a todos os níveis.

A quem já conhecia esta funcionalidade, perdoem a repetição e aproveitem para partilhar com quem ainda não sabe que tem esta possibilidade. Pode evitar um prejuízo de centenas de euros. E dores de cabeça. Aproveite para testar e ver como funciona.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

 



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.


10 comentários em “Como encontrar o seu telemóvel Android perdido ou roubado

  1. Avatar
    Luis Antonio Silva Santos Reply

    Boa ajuda consegui ontem com esta dica, pois tendo deixado por esquecimento o TM na mesa de uma esplanada em Sobral de Monte Agraço, quando dei por falta dele já em casa, em Alverca, o Google ajudou-me a localizá-lo e a saber que estava algures em Sobral e tinha 12% de bateria, e sem esta ajuda ficaria sempre na dúvida se estava perdido no carro ou noutro local qualquer.
    No outro dia bastou ligar para o estabelecimento e confirmar com o dono que o tinham entregue, pois ficou esquecido na esplanada. Ou seja, a ajuda do google é preciosa pois ajuda-nos a controlar a localização do TM. Hoje em dia, e cada vez mais, a maior parte das pessoas ou tem o Wifi ligado ou os Dados, e por isso a comunicação com o TM é mais facilitada, e com mais probabilidade de êxito.
    Muito obrigado ao Sr. Pedro Anderson por esta preciosa dica.

  2. Avatar
    Miguel Leitão Reply

    Boa noite,
    No artigo diz “No caso do smartphone ter sido roubado, se ele for desligado, a última localização fica registada.”. Não estou a conseguir saber a ultima localização? como se consegue saber isso? vejo apenas a hora e diz Portugal. Quando desligado eu depois consigo saber esse ultimo local onde foi desligado?
    Obrigado.

  3. Avatar
    MARIA DE LURDES GONÇALVES Reply

    Informação bastante útil, experimentei mas não deu , pois não tinha os dados ligados, depois experimentei ligar os dados e lá começou ele a tocar…. Mas como desligá-lo depois ???? Obrigado pela informação desconhecia por completo .

  4. Avatar
    Antonio Parreira Reply

    Faltou dizer no artigo que o dispositivo tem de ter os dados ou wi-fi ligados. Sem isso a google não consegue nada.

  5. Avatar
    Nelson Castelôa Reply

    É útil…mas a localização tem uma margem de erro. Acabei de experimentar e, o meu smart. aparece do outro lado da estrada, num edifício, que tem apenas 10 andares e, 3 condóminos por andar.

  6. Avatar
    Maria Luisa Reply

    Gosto muito dos seus comentários . Muito obrigado por estar aí .
    Maria Luisa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *