Que apoios financeiros há para pessoas com 60% ou mais de incapacidade?

Escrito por Pedro Andersson

08.05.19

}
5 min de leitura

Publicidade

Há subsídios (quase) desconhecidos que as pessoas podem pedir

Na semana passada, no Contas-poupança explicamos que qualquer pessoa com 60% de incapacidade ou mais pode pedir gratuitamente vários equipamentos pagos pela Segurança Social. Hoje (porque é quarta-feira), vamos falar não de aparelhos mas de dinheiro.
Há vários subsídios que as pessoas desconhecem e que podem pedir na Segurança Social.
Vou explicar (na medida do possível) – porque a legislação é imensa – como funciona a Prestação Social para a Inclusão (PSI) e o Complemento por Dependência. São ainda algumas centenas de euros que muitas pessoas podiam estar já a receber mensalmente e que não recebem simplesmente porque não sabem que os podem pedir.
Tenho um caso desses. Uma senhora que cuida da sogra com 88 anos (que está numa cadeira de rodas há 30) e que não recebe 110 euros por mês porque nunca pediu um destes apoios. Agora com a reportagem que fizemos com ela já sabe e vai pedir.
Se conhece alguém que esteja a cuidar do marido, mulher, pais ou avós idosos ou incapacitados não perca a reportagem de mais logo à noite. E partilhe para que mais pessoas vejam. É mesmo muito importante.
Sim, as regras são apertadas e é preciso muita papelada. Mas, mais uma vez, se esta reportagem ajudar 1000 pessoas (ou 100, ou 10) já ficaremos contentes aqui na equipa do Contas-poupança e na SIC.
Não estamos a falar de fortunas mas são valores que podem fazer a diferença em milhares de famílias.
E atenção, há subsídios que só pode pedir até fazer 55 anos. Se deixar passar 1 dia já deixa de ter direito. Por isso é tão urgente divulgar mais esta reportagem junto do maior número de pessoas.

E há subsídios que pode acumular com outros e outros que não. É uma espécie de puzzle que os cidadãos têm de montar na pior altura da vida deles. Não seria tão mais fácil tornar estes apoios automáticos? O Estado cruza tanta informação, não poderia cruzar os dados da Saúde com a Segurança Social? Tal como fizeram com a tarifa social na eletricidade e no gás?
Faz sentido o Estado esperar que sejam as pessoas com incapacidades gravíssimas a tratarem elas próprias de pedir apoios a que têm direito a partir do momento em que têm um Certificado (do próprio Estado) de Incapacidade Multiuso? Essas pessoas não têm às vezes capacidade para ler uma bula de um medicamento, quanto mais a legislação para contrapor a informações às vezes erradas de alguns funcionários da Segurança Social. Bom, já me estou a desviar um bocadinho do objectivo da reportagem.
Quero relembrar a quem criticou a reportagem da semana passada – porque as coisas não são assim tão “bonitas” como parecem porque na realidade depois as pessoas não conseguem facilmente os benefícios a que têm direito – que neste momento o nosso objetivo é dizer aos cidadãos que têm direitos e quais são. Só isso já é uma vitória. Temos muito tempo pela frente para mostrar o que está mal. Já estamos a reunir casos que representem esse problema.
Hoje vamos voltar a mostrar mais alguns direitos. E para a semana que vem falarei de outro direito mas desta vez para todos os cidadãos (e não apenas os que têm incapacidade). Destapando um pouco o véu, digo-vos só que descobri que há cerca de 150 mil idosos que podem ter descontos de 50% nos medicamentos, óculos e dentaduras e não fazem ideia. E mais uma vez, está na lei! Mas isso é só para a semana que vem.

Benefícios do Certificado Multiuso

Aproveito também para vos dizer que os cidadãos a quem seja atribuído um grau de incapacidade igual ou superior a 60% podem ter os seguintes benefícios:
•benefícios na aquisição de viatura própria;
•isenção do imposto único de circulação (IUC)
•cartão de estacionamento para pessoas com deficiência com mobilidade condicionada (decreto-lei 307/2003, de 10 de Dezembro);
•benefícios na aquisição ou construção de habitação;
•ajudas técnicas (a reportagem da semana passada);
•isenção do pagamento de taxas moderadoras;
•prioridade no atendimento;
•quota de emprego na Administração Pública;
•contingente especial para o ensino superior;
•incentivos do IEFP à contratação de pessoas com deficiência no sector privado;
•benefícios fiscais em sede de IRS;
•disposições do Código do Trabalho para os trabalhadores com deficiência
Cada um deles quase que dá um Contas-poupança. Mas podem já ir começando a pesquisar por vocês próprios enquanto não fazemos as reportagens.
Conto convosco mais uma vez mais logo, no Jornal da Noite, na SIC. Para falar de como pode pedir o PSI e o Complemento de Dependência. Pode ajudar a sua família, amigos ou vizinhos. Vejam.
Até já!

Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.

Se quiser um resumo claro e prático das dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI abaixo.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a 3 e 6 meses e descem a 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (3 a 9 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PODCAST | #244 -Vale a pena investir em ouro? (A pergunta do Pedro)

Subscreva a nossa Newsletter, para não perder nenhuma dica *Ao subscrever, a informação partilhada será usada de acordo com os nossos Termos e Condições e a nossa Política de...

Jovens vão poder decidir a cada ano que regime de IRS preferem

Opção pelo IRS jovem é anual e poderá ser alterada ou renovada O novo modelo de IRS Jovem aprovado recentemente pelo governo é diferente daquele que ainda vigora atualmente, na medida em que prevê uma redução das taxas do imposto que incidem sobre os escalões de...

Rendas de pessoas deslocadas em trabalho vão poder ser deduzidas

Medida aplica-se a deslocados a mais de 100 quilómetros de casa As pessoas que tenham de ir trabalhar para mais de 100 quilómetros de distância da sua residência habitual e pretendam rentabilizar a sua habitação enquanto estão fora vão poder deduzir a esse rendimento...

Garantia pública extingue-se quando jovens pagarem primeiros 15% do empréstimo

Garantia pública de até 15% aplica-se a casas até 450 mil euros O governo aprovou recentemente uma garantia pública de até 15% para ajudar os jovens até aos 35 anos a conseguir financiamento para comprar casa. Na segunda-feira, ao terminar o Conselho de Ministros...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (27 de maio a 2 de junho)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de retalho de cerca de 10% para as...

Medicamentos grátis a partir de 1 de junho para quem tem CSI

Publicada em Diário da República comparticipação a 100% em medicamentos para idosos com Complemento Solidário O diploma que estabelece que os idosos que recebem complemento solidário passam a partir de 1 de junho a ter direito a medicamentos comparticipados sujeitos a...

Prazo para pedir devolução de propinas termina esta sexta-feira

Mais de 158 mil pessoas já pediram o prémio salarial O prazo para pedir o Prémio Salarial, que prevê a devolução aos jovens do dinheiro que investiram na sua educação superior, termina esta sexta-feira, dia 31 de maio. Os licenciados e mestres que tenham concluído os...

Publicidade

Artigos relacionados

142 Comentários

  1. Janice sena maia

    Bom dia Pedro.Eu fiquei doente e fiz cirurgia ,fiz quimioterapia com 55anos ,fui uma junta medica e tenho uma incapacidade de 60% ,ja dei entrada na seg social ,a resposta que tenho que ja tenho 58anos e nao tenho direito a nenhuma subsidio que acho o cumulo de absurdo.vou de 3em 3meses na rotina nas consultas oncologicas.

    Responder
      • Rita Carvalho

        Olá a minha mãe tem CIT com 80% de incapacidade permanente. Esta agora num Lar. Tem algum direito na redução da mensalidade?!

        Responder
      • Ruben Marques

        Boa tarde, tenho 80% de incapacidade, quero comprar painéis fotovoltaicos para a minha empresa, tenho alguma ajuda do estado na compra dos mesmos?

        Responder
    • Maria Catarina ribeiro

      Olá Dre Pedro eu fui operada em 2012 a um carcinoma dugnal invasivo maligno fiz quimioterapia radioterapia e ainda me encontro de seis em seis meses a fazer exames e consulta de rotinas estou a fazer ainda o letrozol mas não é tudo tenho problemas cardíacos tenho síndrome de raydom tenho artrose e hérnias discais em que muitas vezes não consigo trabalhar tenho depressão crônica etc tenho 70%de incapacidade só me estão a dar uma pensão de 275€ mensal e estou a pagar 300€ de casa quero perguntar pq eu mal consigo trabalhar os médicos já fizeram carta para a firma a dizer o que não posso fazer e a resposta da firma foi se não sou capaz para ir para a baixa o que poderei fazer pedir uma segunda avaliação? É que os 70%e para o resto da vida e terei direito a uma casa de renda social?obrigada

      Responder
      • Isa Martins

        Os meus pais têm ambos atestado de incapacidade superior a 60 por cento.

        Não tem qualquer apoio económico no telefone, bem luz nem água, nem medicação nem no valor do apoio domiciliário. Não encontro na legislação nada que refira que têm direito a apoio social em qualquer destas respostas..pode ajudar?

        Responder
        • Gilberto Antonio Sousa Reis

          Olá boas. Sou o Gilberto tenho 83% de incadecidade já recebe um apoio de 125 euros a reforma tenho 58 anos há mais algum subsidio. Perciso de fazer obras na casa da banho para ter melhor condições eu digo há algum apoio sobre isso. Mensalmente recebo. 650 euros. Obrigado fico a espera que me ajudem

          Responder
          • Alcides Jesus Ribeiro

            Tenho 62 por cento de incapacidade terei direito a receber subsídio de férias e natal? Tenho 52

          • Pedro Andersson

            Olá. Uma coisa nao tem a ver com a outra 🙂

          • Margaret

            Se a esposa ficar viúva do marido que está a receber PSI, terá direito a uma pensão de viuvez, sem ele nunca ter descontado para a segurança social?

        • Paula Teixeira

          Boa tarde Isa, no caso da telecomunicação, dirija se à operadora dos seus pais, com o atestado multiusos, eles aplicam o desconto. Eu tenho esse desconto na NOS, tenho 73% de incapacidade.
          Boa sorte,
          Paula Teixeira

          Responder
      • Sonia Maria Vicente Piçarra Gallego

        Boa noite…. foi me diagnosticado cancro da mama em Setembro do ano passado… fiz quimioterapia , duas cirurgias, vou fazer radioterapia e fisioterapia….. e ainda faltam mais duas cirurgias…. recebo de baixa só 495.00€ …. Fui à segurança socual pedir o PSI , recebi uma carta duzendi qye não tenho direito ao subsidio….como é que vou fazer se de casa vou pagar +- 120.00…. do carro 130.00… e do empréstimo pessoal +-125.00 …..o restante do dinheiro não me dá para pagar água , luz , gaz , meo , seguros ,comida para os meus dois animais e para mim…… será que o doente oncológico tem que passar fome??

        Responder
      • Luís Manuel Oliveira Serodio

        Olá boa noite gostaria de saber se com o certificado multiusos de 60% incapacidade terei desconto no passe social ? Obrigafo

        Responder
    • José Caetano

      Bom dia são dicas muito importantes realmente é de louvar o seu trabalho porque quem o devia fazer esconde o forte abraço

      Responder
      • Carmo Monteiro

        Bom dia Dr. Pedro
        O meu marido tem uma incapacidade definitiva de 84%. Possui o atestado multiusos.
        Requeremos o complemento por dependência à Caixa Geral de Aposentações.
        De lá disseram-nos que eram necessários relatório médicos e que o meu marido teria de se submeter a uma junta médica.
        Ora, depois de ter sido declarada a elevada deficiência pelo Estado, é o próprio Estado que exige nova avaliação médica.
        Li algures que o atestado muitiusos é o bastante para requerer complemento, pelo que solicito se digne esclarecer-nos.
        Muito grata pela atenção
        Respeitosos cumprimentos
        Carmo Monteiro

        Responder
      • Teresa Machado

        Bom dia senhor Doutor! Tenho esquizofrenia com 80% de incapacidade estou areceber o psi vitalício. Mas o que eu queria saber se tenho direito a uma casa social visto que não tenho onde viver ando de casa em casa cada dia fico pior muito angustiada pois nao tenho um sitio próprio onde possa dizer daqui já não saio. Obrigado

        Responder
    • Catarina Maria Velhinho Batalha

      Boa tarde,Sr.Pedro tenho uma incapacidade de 80 por cento e pedi a tarifa social de eletricidade mas foi-me recusada, estou reformada por invalidez (tenho 60 anos)gostaria pff que me informasse se é normal?

      Responder
      • Pedro Andersson

        Olá. A tarifa social não tem a ver com incapacidade mas dificildades economicas. Eu posso ter 80% de incapacidade e ser milionário :). Teve o problema de saude a tes dos 55 anos?

        Responder
  2. Ricardo Ferreira

    Bom dia,
    A Isenção do IUC não é na sua totalidade, tem um valor máximo e o restante tem de se pagar.

    Responder
  3. antonio

    Bom dia SR.Pedraos tive cancro larinje aos 52 anos fui operado no particular nunca tive atestado multiusos.Um ano de baixa continuei a trabalhar como trabalhador independente, aos 62 anos reformei-me com 410 euros reforma ,aos 63 apareceu-me cancro plumão tenho multiusos com 72 incapacidade,não tenho direito a mais nenhum subecidio porque tenho mais 55 anos tenho um credito habitaçao sera que tenho alguns direitos fui pedir oculos a segurança sossial disseram que não tinha direito bom dia obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Os apoios têm de estar relacionados com a razão da incapacidade. Foi o que entendi até ao momento. Se não concordar faça novo pedido. Até conseguir. Até pode pedir de 3 em 3 meses. O não está sempre certo.

      Responder
      • Maria Manuela Costa Moura Carvalho

        Tenho 62%de incapacidade perm
        anente que direitos tenho?? Posso pedir ajuda para os óculos? Vou ter direito a algum subsídio financeiro?? Espero que me possa ajudar, pois estou completamente às cegas. Obrigado e desculpe estar a incomodar.

        Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Pode baixar o spread no banco. Sugiro que marque uma consulta no balcão da inclusão.

      Responder
      • Nair Cavaco

        Bom dia Dr.Pedro precisso de ajuda por causa do meu pai ele e doente oncologico. Em Janeiro 2020 fez o pedido para o atestado de incapacidade multiusos pois ja tinha sintomas do tumor maligno da bexiga mas entretanto surgio em marco o covid 19 e o estado de saude do meu foi se agravando ate k precissou ser operado de urgencia em junho fez a cirurgia e descobrimos k o cancro da bexiga lhe afectou a bacia e o femur deixou de andar, e nunca mais o chamaram para a junta medica do atestado multiusos nos ligamos varias vezes para informar o estado de saude dele a oedir urgencia e a resposta era k nao estavao a fazer juntas medicas devido a epidemia covid em setembro o meu pai fez 55 anos eso em novembro foi chamado para a junta medica deram lhe 98% de incapacidade e isso da direito a um subsidio da seguranca social para cuidados com odoente mas ate agora nao lhe pagaram nada alegando k fez a junta medica depois dos 55 anos por culpa do covid vao prejudicar um doente oncoligo em fase terminal que pais e este nao fizeram a junta medica antes para seguranca deles e prejudicam o doente k vive apenas com 280 euros de pensao de invalidez e ainda tem um filho menor a seu cargo podenos ajudar.
        Cumprimentos Nair Cavaco

        Responder
  4. Bubacar Djassi

    Bom dia Sr. Pedro, tenho 61% de incapacidade, por ter problemas motoras no joelho direito que definitivamente não dobra, no entanto trabalho, mas infelizmente desde mês de Fevereiro do ano corrente estou de baixa médica por causa de depressão. Dei entrada na segurança social duas vezes os papeis exigidos por lei, no sentido de pedir PSI, e completo para inclusão, a resposta foi que não tinha direito, porque recebo do rendimento do trabalho que passa o valor que é exigido por lei. Agradeço muito a sua atenção. Obrigado

    Responder
  5. Alberto Reis

    Tenho 70 anos e 66% de invalidez no certificado Multiusos. Já usufrui de algumas regalias apresentadas. Pergunta com problemas de apneia tenho direito a ter uma máquina Bib-Up com humidificador paga pelo estado ou não.
    Se for sim como obte-la e como ê feita a manutenção.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Um conhecido meu tem apneia. Foi a uma consulta de pneumologia no hospital recrutaram o aparelho e não paga nada. Tem de renovar a receita de 6 em 6 meses.

      Responder
  6. Patrícia Carsane

    Boa tarde. Sou patricia Carsane tenho 45 anos tenho uma doença crônica ( LUPUS).Estou reformada por invalidez ,285 € por mês, tenho 62.4 grau invalidez e um filho menor.Fui a Seg.Social pedir um suplemento até hoje ainda ñ deram resp.. Sou seguida na Reumatologia em Coimbra. Ñ sei se eu tenho direito a transporte para as consultas..?

    Responder
    • ana mar

      Boa tarde Patricia. Eu tb tenho lupus e ando a pesquisar como devo pedir a incapacidade. Não sabia que tb era possível reforma por invalidez. Posso por favor perguntar como fez? Foi o médico que recomendou? Obrigada

      Responder
  7. Margarida Saraiva

    Os meus agradecimentos pelo serviço público que nos presta.
    Tenho um problema oncológico e estou à espera da junta médica.
    Só por curiosidade fiz uma simulação no IRS, relativamente à hipótese de 60% de incapacidade e a diferença é da ordem dos 2000 euros(claro q eu a nosso favor)
    Espero ter sido útil.
    Cumprimentos
    Margarida

    Responder
  8. Humberto Gomes

    Boa tarde!
    Para reflexão dos nossos políticos. Qual o sentido que faz o Estado financiar uma ajuda técnica a 100% e cobrar do seu próprio financiamento o IVA reduzido de 6%? Nunca entendi. Encarece o produto em 6% e em termos de arrecadação de impostos é zero. Não seria mais fácil taxar a zero para produtos financiados pelo Estado a 100%? Esses 6% poderiam aumentar o orçamento anual que é disponibilizado para as ajudas técnicas.
    Nota: Peço desculpa por usar este tema neste espaço.
    Um abraço!

    Responder
  9. Maria Batista

    Boa tarde. O meu pai já está reformado a muitos anos desde muito novo porque falta de visão (não vê) só que nunca pedimos o atestado multiuso só a 1 ano a k fomos pedir e tem um grau de incapacidade de 95% só que metemos os papéis para a prestação social para a inclusão e não foi aceite pk ele já tem 64 anos e era até aos 55 anos. Mas no caso do meu pai era fácil de provar pois já está reformado desde muito cedo.

    Responder
  10. Susana Maçãs

    boa noite, sabem qual o valor limite de rendimento por trabalho que permite ter direito ao PSI?
    grata pela ajuda

    Responder
  11. Juliana Sousa

    Olá boa tarde tenho o meu marido com câncer no estômago e agora apareceu lhe um linfoma no fígado deram lhe uma incapacidade de 84 por cento. Como tenho empréstimo fui ao banco disseram que estando ele a fazer quimioterapia não tem direito nenhum porque se encontra em tratamento só ajudam quando o tratamento terminar . Eu gostaria de saber se o meu marido com 57 anos e 40 de desconto poderá pedir reforma antecipada por invalidez . Por favor se puder ajude-me muito obrigada por tudo

    Responder
  12. Manuela

    Boa noite. A minha mãe tem próteses nas duas ancas. Em 2014 colocou uma e em 2016 colocou a outra. Tem o certificado multiusos com 60% de incapacidade. Uma vez que vive num 3 andar sem elevador, gostaria de saber se a seg. Social comparticipa na cadeira elevatória? Ou seja, cadeira a subir e/ou a descer pelo corrimão? Obrigada e parabéns pela reportagem.

    Responder
  13. Sofia Lopes da Palma

    Tenho 60% (durante 5 anos) de incapacidade devido a um cancro de mama.
    Os benefícios de aquisição de carro serve para mim? É que no stand disseram-me que não tenho qualquer benefício por não ser uma incapacidade física…

    Responder
  14. Lúcia Pereira

    O que eu entendo no Guia da SS, sobre O PSI, foi de que a idade limite (55 anos) é para o pedido do Atestado Multiusos.
    O pedido do subsídio pode ser posterior.
    Excerto do que diz o guia:
    “Nota: O reconhecimento do direito à prestação a partir dos 55 anos depende de a certificação da deficiência (ou o recurso da sua avaliação) ter sido requerida antes dos 55 anos de idade. “

    Responder
  15. Paul Vicente

    Tenho um familiar com 50 anos e com uma incapacidade de 75%. Já fui à Segurança Social de Leiria, e pese embora tenha preenchido e entregue os papéis, o que me dizem é que o complemento base depende dos rendimentos, e que há muita gente que tem estado a receber mas que a Segurança Social está a pedir a devolução dos que já foram pagos indevidamente. Ou seja, è um diz que disse. Eu vou ficar a aguardar a resposta da Seg. Social, mas pelo que ouvi, não se vai receber nada.

    Responder
  16. Ana Santos

    Eu já recebo a psi desde 2017,agora em out 2018 saiu o complemento da prestação social de inclusão (é conforme os rendimentos do agregado familiar) estou à espera de uma resposta desde Outubro 2018 e não á meio de saber se terei direito a algum extra da psi, só tenho a psi como rendimento próprio, outra coisa :a aquisição de carro na %de 60%tem de ter incapacidade motora, e o dístico de estacionamento é igual…

    Responder
  17. Sandra Mendes

    Boa tarde, o mais engraçado sem graça, é que quando recebemos o documento multiusos, dizem agora com este papel vai ao centro de saúde, e finanças, já que dão estas informações podiam dar as outras,

    Responder
  18. Manuela Silva

    Boa tarde Pedro.
    Tenho 53 anos e devido a vários problemas de saúde, em Março deste ano deram me incapacidade definitiva de 67% . Pedi a Prestação Social de Inclusão nesse mesmo dia. A partir deste mês de Maio, já não posso receber nenhuma Prestação Social.
    Será que vou ter direito ao PSI? E demoram muito a responder da S. Social?
    Grata pelo magnífico programa.
    Bem haja

    Responder
  19. Paulo Alexandre

    Boa noite , fiquei com incapacidade de 60% por uma situação oncológica, gostaria de saber se poderei usufruir da compra de viatura própria com os benefícios correspondentes, e como devo proceder, pergunto não sendo uma deficiência motora poderei da mesma forma usufruir deste benefício.

    Responder
  20. jorge matias

    Boa tarde Pedro Andersson
    Gostaria que me informasse onde adquirir o guia de benefícios que mostrou no programa da SIC, para pessoas com atestado de incapacidade multiusos por doença oncológica.
    Com os melhores cumprimentos
    Jorge Matias

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Pode imprimir no artigo do blogue. Tem lá todos. Ou então pesquise no Google. Estão lá todos.

      Responder
  21. Ana

    Boa tarde. Podemos pedir o subsídio até aos 55 anos mas continuamos a receber depois dos 55 ? Agradeço informação. Obrigada.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Sim. Creio que até às reforma. Mas tem de confirmar. Não tenho de cabeça.

      Responder
  22. António Brandão

    Boa tarde Pedro.
    Tenho 59 anos e uma incapacidade de 61% já recorri à segurança Social a pedir apoios de subsídios e
    a resposta que obtive foi que só seria possível se a incapacidade tivesse sido pedida até aos 55 anos, como tenho 59 anos já não tenho direito a nada. No caso de uma das doenças que é esclerose Múltipla e que está contemplada das doenças do SNS que dá direito a pedir invalidez, além de outros males de saúde que tenho, já fui a três juntas médicas e mandaram-me embora.
    Neste caso onde devo recorrer?
    Agradeço, obrigado.

    Responder
  23. Luís Peixoto

    Eu trabalho mas tenho uma incapacidade de 63 % também terei direito.

    Responder
  24. A. R. batista

    SENHOR PEDRO
    EU TENHO UM FAMILIAR COM 72 ANOS INCAPACITADA 85% PARALIZADA E NAO FALA
    USA FRALDAS ETC. COM UMA REFORMA DE 280 EUROS + 182 DE VELHICE SERA QUE TERA
    MAIS ALGUM BENEFICIO EXTRA PELA INCAPACIDADE DELA
    OBRIGADO

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Tem de marcar uma consulta num balcão da inclusão para ver todas as possibilidades. Há de certeza coisas que desconhecemos. É sempre preciso ver caso a caso. Depende muitos fatores. Não saia de lá sem perceber tudo.

      Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Tem de marcar uma consulta num balcão da inclusão. Não desista.

      Responder
  25. Ana dias

    A minha mae teve um AVC que lhe deixou numa cama se não tiver niguem para lhe dar água morre de sede acho umilhante pedir para se apresentar numa junta medica numa maca alegando que não á médicos para ir a casa.

    Responder
    • Pedro Andersson

      A lei prevê essas situações. Leia o artigo que escrevi sobre esse tema. Pode entregar a documentação e eles são obrigados a aceitar. Cite a lei.

      Responder
  26. Ana Costa

    Boa tarde,
    Tenho uma incapacidade de 64% atribuída por uma junta médica do SNS (centro de saúde). Para ter esse complemento terei de pedir uma junta médica junto da SS, correcto?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Marque uma consulta num balcão da inclusão e peça para da erro que direitos tem e o que deve fazer.

      Responder
      • Ana Costa

        Obrigada!
        Farei isso mesmo!

        Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Tem de marcar uma consulta num balcão da inclusão para analisar o seu caso específico. Não desista.

      Responder
  27. Ana Freitas

    boa tarde
    tenho 51 anos e grau incapacidade 60%…. sou funcionaria publica e desconto para Adse, ja me dirigi á segurança social a pedir o PSI, mas foi-me recusado, talvez por ter adse. Posso voltar a pedir ??

    Responder
  28. Fernando Correia

    Boa noite Sr. Pedro Andersson, tenho 55 anos e uma incapacidade de 70%. Terei ajuda para
    comprar oculos de ver e para acrecentar dentes.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Só se lhe atribuírem o complemento solidário para idosos.

      Responder
    • Pedro Andersson

      Pode ter é outro tipo de apoios. Marque uma consulta num balcão da inclusão da segurança social.

      Responder
  29. Francisco Machado Carvalho

    Boa noite SR: Pedro eu tenho 70 anos tenho deficiência do 60%. O meu caso é o seguinte tenho um empréstimo para uma casa de 35.000 euros. Pois sei que o seguro de vida nestes últimos anos seguintes que aumenta consideravelmente… A pergunta objectiva é…. Haverá algum meio para que possa ser beneficiado? caso exista pedia ajuda. obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Pode pedir um desconto no spread. Informe-se no banco.

      Responder
  30. Jorge Barata

    Bom dia, tenho uma incapacidade de 60% por doença oncológica, no entanto quando recebi o atestado dirigi me ao banco e ficaram com copia do documento para analise, essa mesma analise durou 9 meses com várias insistências da minha parte para saber o ponto de situação sempre adiando a resposta chegaram a dizer que estava aprovado. Ao fim dos 9 meses disseram verbalmente que não tinha direitos nenhuns quer sobre o credito a habitação quer por outras coisas.
    Outra questão ao pedir o subsidio de inserção social o mesmo foi deferido não tendo direto a qualquer valor a minha pergunta vai no sentido de ter direito a tarifa social na agua e na luz mesmo sem valor associado o pedido foi deferido.
    obrigado por nos poderem ajudar em tantas questões que infelizmente junto das entidades que nos deviam esclarecer não sabem ou não querem saber.

    Responder
  31. RUI TABORDA

    Ola Pedro. Tenho uma incapacidade de 60% e pedi comparticipação na compra de cuecas pois sou incontinente. O medico receitou o uso das mesma mas o SNS recusa tal comparticipação pois terei de demonstrar que tenho incapacidade financeira. Será necessário?

    Responder
  32. Rosie

    Após uma doença oncológica estive de baixa mais de 36 meses. Não voltei a trabalhar e recebo pensão de invalidez desde dos 52 anos.
    Queria saber se agora com 54 anos e estando a precisar de trocar o meu carro (o actual é de 2002) tenho algum regime especial que alivie a parte dos impostos, pois ao ficar doente os meios rendimentos são 50% do que ganharia se estivesse com saúde.
    Obrigada

    Responder
  33. Maria Noémia de Jesus Simões

    Boa tarde Sr. Pedro Anderson.
    Eu sofro de várias doenças raras e autoimunes, do foro Reumatológico que me foram diagnosticadas umas 2001 e outras em 2003. Contudo, ainda consegui trabalhar até 2004, a partir daí comecei a não aguentar o cansaço, dores sempre acompanhada de desmaios.
    Uma das minha perguntas também se baseiam do porquê de não constar no Atestado Médico Multiusos a data do do Diagnóstico das Doenças…..
    Uma vez que na Junta Médica do Delegado de Saúde tinham todo o acesso aos meus relatórios, pois entreguei tudo o que tinha na minha posse.
    Fiquei com 60% de incapacidade que me foi entregue em Março de 2018, mas, que já tinha dado entrada com os relatórios em 2017.
    Com o seu Programa Contas Poupança que desde já lhe dou os Parabéns a si e à SIC, comecei a tratar de tudo para receber a (PSI), e enviei tudo por e-mail para a Segurança Social de Setúbal.
    A resposta até foi rápida, não demorou 15 dias a receber uma carta onde dizia que não reunia os requisitos devido a, Atestado ter sido passado já depois dos meus 55anos.
    Tenho 59anos vivo só, desde há muitos anos a receber o (RSI) actualmente de quantia 189,68€.
    Já várias vezes com toda uma equipa Multidisciplinar reuni todos os Relatórios para uma Junta Médica para pedir a Pensão de Invalidez a qual me tem sido indeferida.
    A última vez que foi pedida uma outra avaliação já está a fazer 1 ano em junho que vem, desta vez como já tinha em minha posse o Certificado Médico Multiusos também entreguei uma cópia juntamente com os restantes Relatórios e Impressos preenchidos.
    O que posso fazer neste caso?
    Eu não estou a viver… estou a tentar de sobreviver no limiar de uma pobreza escondida.

    Responder
  34. Deolinda Campas

    Tenho60% de incapacidade devido a uma doença oncológico devido a essa doença fiquei com doença profissional tenho direito na compra de carro novo ao desconto obrigado

    Responder
  35. Luis Leite

    Bom dia Sr Andersson
    A minha mae obteve o certificado de incapacidade superior a 60% à cerca de uma semana no qual é referido que a incapacidade data desde o ano de 2018. A minha questão é se a minha mãe tem direito a ser reembolsada do IUC relativamente aos anos de 2018 e 2019 pagos em fevereiro. Coloco esta questão porque na repartição de finanças dizem-me que não.

    Responder
  36. Luis Leite

    Bom dia Sr Andersson
    A minha mãe obeteve à cerca de uma semana o certificado de incapacidade superieur a 60% no qual é referido que esta data desde o ano de 2018. A minha questão é se a minha mãe pode reclamar a devoluão do IUC dos anos 2018 e 2019 pagos em fevereiro.
    Obrigado pelo seu trabalho
    Luís

    Responder
  37. Daniel

    Boa tarde tenho incapacidade 60 % e há desconto dentista?se for sim onde?cumprimentos
    Daniel

    Responder
  38. Ricardina Feio

    Boa tarde Sr. Pedro Anderson parabéns por todas as suas reportagens porque são de grande importância a todos nós.
    A minha filha já recebe todos os subsidios a que tem direito devido a incapacidade que tem 68% mas tenho uma dúvida a qual só me respondem que é uma boa questão mas que ninguem me sabe responder e é o seguinte, fui às finanças com o atestado multiusos e reportaram a doença ao ano de 2017 tal como está escrito no atestado e retificaram o irs de 2017 e reembolsaram lhe todo o valor de irs retido, a minha pergunta é porque e que as finanças reportam ao ano de 2017 e a segurança social não reporta e só paga à data da entrega do pedido do subsidio, e o tempo que estamos à espera da junta médica, porque não pagam à data que a junta médica atribui a doença !!!!pois é uma boa questão mas ninguém sabe responder, as finanças conta a data e ano da doenca e na segurança apenas contam a data que pedi o subsidio.
    Se me conseguir esclarecer eu fico lhe muito grata, porque infelizmente já bati a algumas portas e a resposta é boa questão.
    Cumprimentos,
    Maria.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. A resposta que tenho é: “É o que está na lei. Enquanto não for alterada ê assim…” sugiro que mande cartas a todos os grupos parlamentares com o seu caso.

      Responder
  39. Patricia Peters

    Boa tarde Sr. Anderson!
    Poderia fazer um post falando dos benefícios do Atestado Multiusos (tenho 82%) para comprar terrenos e fazer casa?
    Muito obrigado pela atenção!

    Responder
  40. Altino Pereirinha

    boa tarde, chamo me Altino Pereirinha. Como vocês mencionam as pessoas com uma incapacidade igual ou superior 60% tem direito a uma comparticipação de 50% nos medicamentos. Gostaria de saber qual o procedimento para obter os 50% de desconto nos medicamentos. Pois já fui a segurança social e ao centro de saúde em Aveiro e eles não me souberam dizer qual o procedimento. Boa cont… Sr Pedro

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Tem de ter o complemento solidário para idosos.

      Responder
  41. Altino Pereirinha

    Boa tarde, no seguimento do que mencionei. Com o complemento solidário para idoso dirijo me a segurança social ou ao centro de saúde para obter o desconto nos medicamentos. Boa cont…

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Centro de saúde. Com as faturas. Mas primeiro inscreva-se no centro para esse efeito.

      Responder
  42. Célia alves

    E tudo muito bonito na teoria mas na prática não fui atendida tenho uma incapacidade de 83 por cento requeri o subsídio a terceira pessoa e foi indeferido como e possível se sou uma pessoa depende de outra derivado a um AVC que me deixou com sequelas inreversiveis

    Responder
  43. Catia vanessa brinca mendes

    Tenho 33 anos incapacidade de 60%, recebo uma pensao social de invalidez, fiz o pedido e veio indeferido por nao ter 80%
    Afinal tenho ou nao direito

    Responder
  44. ana mar

    Olá. Sou Ana tenho uma doença crónica, lúpus, já há 12 anos. Sabe indicar-me como devo pedir a incapacidade? Comentei o post de uma senhora que tb tem e é reformada por invalidez, a perguntar como fez, mas acho que não ficou registado. Obrigada

    Responder
  45. Maria Calado

    Pode dizer me se a depressao consta nas doenças em que se pode pedir atestado multiusos obrigafo

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Se for incapacitante sim. É a junta médica a decidir.

      Responder
  46. Celeste

    Bom dia Sr Pedro
    Antes de mais deixo aqui o meu Apreço pelo seu trabalho prestado à sociedade! Gostaria de saber se sendo funcionária pública estando no activo com um ordenado base de 728 euros mensais tendo uma Incapacidade atestada por multiusos de 67%Permanente e Definitiva adquirida antes dos 55 anos fará sentido fazer o pedido de PSI ,se terei direito ao subsídio
    Agradecia esclarecimento
    Cumprimentos

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. É tentar o mais depressa possível. O não está sempre certo.

      Responder
  47. victor castanheira

    …ate que idade se pode receber e usufruir do ´multiusos

    Responder
      • Samuel Amaro

        Bom dia Sr. Pedro,
        Eu sou o Samuel Amaro tive um deslocamento total da retina no meu olho direito,e fui operado duas vezes mas sem muitos bons resultados isto em 2005.
        Eu não vejo nada do meu olho direito simplesmente só vejo vultos,e venho por este meio saber se eu tenho direito a receber alguma coisa por ter esta incapacidade pois eu continuo a exercer a minha profissão de electricista de construção civil.
        Aguardo um esclarecimento da vossa parte,quero dar os parabéns ao vosso programa pois é muito bom realmente e ajuda as pessoas,pois o nosso estado não mostra realmente como funciona as coisas infelizmente.
        Atenciosamente,
        Samuel Amaro

        Responder
        • Pedro Andersson

          Olá Samuel, vai ter de marcar uma junta de incapacidade no seu centro de saúde. Duvido que chegue aos 60 por cento, nas acho que deve tentar.

          Responder
  48. Maria José

    Bom dia Sr. Pedro,
    Tenho a minha mãe com 92 anos hospitalizada, deu-lhe AVC, encontrando-se totalmente dependente para as atividades da vida diária, Era autónoma no seu dia-a-dia e eu quero a levar e cuidar dela em minha casa. Tem alta clínica do hospital. Médicos e assistente da Seg. Social pressionam para as seguintes opções: lares, serviços continuados, centros de reabilitação etc. Querem e pressionam: “leve a sua mãe para casa, depois pede o apoio domiciliário”, “Há instituições que alugam os bens necessários e disponibilizam as ajudas técnicas por um preço simbólico”!!!
    A minha questão é: se é verdade que existem apoios por direito que passam por uma junta médica para obter o atestado de incapacidade para conseguir multiusos, porque não obtenho o atestado antes de a levar para casa e criar as condições humanas.
    Agradecendo antecipadamente a atenção de V. Ex.a, apresento os meus melhores cumprimentos,
    MARIA JOSÉ 24.09.2019

    Responder
  49. Elsa Ribeiro

    Olá,
    Tenho lupús (lES), só tenho um rim e funciona a 60%. Devo pedir junta médica?
    Desde já agradeço a atenção.
    Elsa Ribeiro

    Responder
  50. Joana

    Boa noite,
    Caro Pedro Andersson,
    Tenho um valor de 60% de incapacidade, estou desempregada e o rendimento mensal do meu marido é de dois salários mínimos, como não chega para tudo, gostaria de saber se tenho direito a PSI?
    Obrigado pelo trabalho prestado,
    Cumprimentos.

    Responder
    • Aníbal

      Boas Sr. Pedro sou um seu seguidor, e estive a ver o último programa, na Quinta-feira, mas não tive oportunidade de por a minha questão, estando lá o presidente do INR. Era sobre a compra de carros ao abrigo da lei para deficientes com multiusos e incapacidade motora, pelo menos de 60% até 90%. E alguns sem carta de condução. Não falaram sobre este tema que vai prejudicar todos nestas condições, e que têm baixos rendimentos, e pensionistas. Porque com a evolução para os carros eléctricos devido à combustão dos carros a gasóleo, por causa do ambiente. Vai ser difícil comprar carros novos, mesmo sendo híbridos, porque o IA, é diminuito. Fico à espera que este tema, venha a surgir num novo episódio. Bom trabalho

      Responder
  51. David Ferreira

    Boa tarde Sr. Andersson.
    Por favor pode dizer se eu com 70% de incapacidade motora tenho direito a algum subsidio para além da minha reforma da caixa geral de aposentações? Nasci a 2 de dezembro de 1954. Muito obrigado pela atenção dispensada.

    Responder
  52. David Pereira Alves Ferreira

    Boa tarde Sr. Andersson.
    Por favor pode dizer se eu com 70% de incapacidade motora tenho direito a algum subsidio para além da minha reforma da caixa geral de aposentações? Nasci a 2 de dezembro de 1954. Muito obrigado pela atenção dispensada.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Deve marcar urgentemente uma consulta num balcão da inclusão da segurança social. Não vá a um balcão normal. Pergunte quais direitos tem.

      Responder
  53. PAULO JORGE CORREIA MENDES

    Boa tarde
    Gostaria de ver o programa conta poupança que passou na sic, acerca de uma pessoa que cuida tambem poder receber, pois o meu pai pai tem Parkinson com mais de 60% de incapacidade e eu tenho de andar com ele para todo o lado e estou desempregado, por isso gostaria de ver o programa, não sei em que dia deu, gostaria que me informasse se fizer favor, ou neste caso houver alguma alternativa para o meu problema, um muito obrigada, ficando a espera.

    Responder
  54. ARTUR

    Boa tarde gostaria de saber eu tive um acidente de viacao. E gostaria de saber se tenho direito a parque estacionamento ja que me fixaram -me o pe direito apos cinco operacoes.

    Responder
  55. fernanda ferreira

    bom dia sr pedro andersson
    71 anos, aposentada por anos serviço, (adse), 81% incapacidade definitiva,
    não desconto p/ IRS.
    porem, as despesas de medicamentos, e outras, bem como juros da habitação propria por pagar, não contam para qualquer reembolso.
    mas houve anos atras que recebi, pouco, mas recebia o correspondente.
    nas finanças, dizem: não paga, nao recebe,
    será?
    agradeço muito resposta

    Responder
    • Pedro Andersson

      Sim. Mas pode baixar o spread com o atestado. Já tentou?

      Responder
    • Filipe Pinto

      Boa tarde, eu tenho uma incapacidade de 60%, mas para ter desconto na aquisição de um carro o stand diz que tenho de ter uma nota na parte de locomoção. Não é assim tão fácil pois tenho de ir novamente minha médica para passar uma declaração e esperar cerca de 6 a 9 meses para uma nova junta médica. Assim é complicado.

      Responder
      • Pedro Andersson

        Olá. Nas é assim mesmo… Tem de dar esses passos.

        Responder
  56. Alice Martinho

    Bom dia
    Tenho uma incapacidade de 60% e o certificado multiusos. Não faço descontos para a segurança social. Queria saber se tenho direito a algum apoio e em relação à viatura estando em nome do meu marido.
    Obrigada

    Responder
  57. Sílvia Matos

    Boa tarde,
    O meu marido tem um atestado multiusos com incapacidade 60%. Queremos comprar outro carro mas as informações que nos dão são incoerentes. No stand dizem que o testado dele é vitalício e que não necessita de um novo atestado, fomos ao centro de saúde mas também não tem a certeza e o meu marido decidiu inscrever-se novamente pra fazer todos os testes numa junta médica. O documento tem data de 05/2013, uns dizem que é vitalício até mesmo para nova aquisição automóvel, outros dizem que o documento tem validade 6 anos, por isso, é necessário fazer os exames novamente e que pode correr o risco de lhe ser atribuído uma incapacidade inferior. Pode-me ajudar a esclarecer estas dúvidas por favor?

    Responder
  58. Paula Quitério

    Bom dia Pedro Andersson ,ontem vi no jornal da noite o contas poupança,soube o tema da pensão para pessoas com problemas mentais.Ora bem então vou falar o que se passa comigo.Tenho uma filha com 28 anos,mãe solteira de uma menina com 8 anos,que até hoje nunca teve direito a nada ,à poucos anos foi lhe diagnosticado esquizofrenia afetiva não consegue,arranjar emprego,se arranja é por pouco tempo.Sendo mãe solteira com uma filha e com mora com os pais,foi lhe dito na segurança social que não tem direito a nada .Ai eu pergunto ao Pedro isso é possível? Ela entretanto com a ajuda da médica tem um atestado médico a confirmar o estado dela onde é que me posso dirigir ou o que fazer ? Muito obrigado

    Responder
  59. Maria Eugenia Pereira Pais Borges

    muito obrigada pela informacao

    Responder
    • Ana Lucena

      Boa tarde
      A minha irmã foi hoje a uma junta médica para obter o Multiusos, ao que teve 65%
      Disseram lhe que tinha vários descontos como: no passe social, na luz, na água, no gás e no tlm, não pagar mais no crédito habitação
      Eu tenho 70% de invalidez e desconheço esse da casa que tratei na altura e a taxa é mais baixa, mas na luz, água e gás não fazia ideia
      Será nova lei deste ano?
      Obrigada
      Ana Lucena

      Responder
      • Pedro Andersson

        Olá. Pesquise “atestado” no motor de busca aqui no blogue. Tem essas respostas todas.

        Responder
      • Sara

        Uma pessoa que foi trabalhador do estado onde pode requer a incapacidade e ver se tem direito a algum apoio obrigado

        Responder
  60. Paulo Alexandre

    Tenho incapacidade de 25% mas no atestado informa que tinha 60% e não perdi todos os direitos infelizmente a doença voltou vou ter uma nova junta que já estou há espera quase 6 meses o que é necessário para avançar com o PSI?

    Responder
  61. Paulo Alexandre

    Boa noite para avançar com PSI o que é necessário tenho uma incapacidade de 25% mas no atestado informa que tinha 60% e que não perdi os direitos mas infelizmente a doença voltou e estou á espera de 6 meses de nova junta que há partida vai ser atribuído os 60% ou mais porque também tive uma trombose é possível já entregar o requerimento?
    Paulo Alexandre

    Responder
  62. Conceicao pereira

    Boa noite meu filho tem uma incapacidade de 60%definitivo eu não levei a declaração da asma, posso recorrer sem perder os 60% ou terei de esperar 5 anos. Obrigada

    Responder
  63. Constantino .fernandes

    Boa noite , tenho 58 anos, e esgotei os tres anos de baixa, ja tenho multiusos e tenho uma incapacidade de 88.3% posso pedir a reforma por invalidez .
    Desde ja agradeco

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Claro que pode pedir. Mas é a junta médica que decide se dá ou não.

      Responder
  64. José Augusto Ramos Meixedo

    Boa noite.
    Tive em 2016 um cancro no esófago. Fiz tratamentos com radioterapia e quimioterapia.
    Foi-me atribuído 60% de incapacidade e emitido o respectivo atestado de incapacidade multiusos, cuja validade termina em 2021.
    Entretanto, como na altura em que me foi diagnosticado o cancro, estava desempregado.
    Ia pedir a reforma por desemprego de longa duração, mas com penalização.
    então requeri a reforma por invalidez, face à doença, que me foi concedida pela Junta Médica a que fui sujeito e sem qualquer penalização, mas é “por invalidez relativa”.
    Felizmente, soube hoje no IPO que o cancro estará “curado” e que provavelmente no próximo ano (2021) terei alta.
    Tenho nesta altura 62 anos e aí terei 63.
    Deixarei de ter a reforma por invalidez e terei depois que requerer a reforma antecipada? com as penalizações dai decorrentes (factor de sustentabilidade e penalização por cada mês de antecipação até à data que está legalmente estabelecida, ou será feita a convulação nessa altura?
    Tenho lido muita coisa sobre isto e não consigo tirar conclusões definitivas.
    Agradeço ajuda a esclarecer estas dúvidas porque é uma situação que me está a provocar problemas do foro psíquico pela ansiedade com que lido com esta questão.
    Agradeço a melhor atenção ao assunto.
    Cps
    José Meixedo

    Responder
    • Maria Lucinda de Jesus Teixeira

      Estou aposentada pela cga agora tenho uma incapacidade visual de mais de 60% como posso requerer uma nova junta médica

      Responder
      • Pedro Andersson

        Olá. Porquê uma nova junta médica? Já tem 60%.

        Responder
  65. Ana Margarida

    Bom dia Pedro.
    Tenho uma prima minha com 42 anos, já lá vão uns anitos (ainda era uma adolescente) que ela colocou um ferro na coluna devido a um grave problema de saúde. Desde então que a vida não lhe tem sorrido e são problemas atras de problemas de saúde. Ela tem um atestado multiusos com 82% de incapacidade, mas sempre que vai a uma junta médica dizem-lhe que ela ainda é nova, e deve arranjar um trabalho. Até a bem pouco tempo nem sabíamos que ela podia ter isenção de taxas moderadoras, selo do carro isento entre outras situações. Ela não tem direito a nenhum tipo de subsidio?? Vive com os pais que também têm muitos problemas de saúde.
    Será que me pode ajudar? Sinto-me um triste por ver a situação em que ela se encontra, e muitas vezes os dias de sofrimento que ela passa com as dores.
    Será que no nosso país nem ajuda os que precisam?
    Obrigada

    Responder
    • Pedro Andersson

      Ola. Quase de certez ade que quem diretio à PSI. Já pediu?

      Responder
  66. Maria da Graça

    Bom dia Pedro,
    Acabou em Março o prazo dos 5 anos do atestado de 60% de incapacidade por ter tido em 2015 um carcinoma. Fiz quimioterapia, cirurgia com esvaziamento de gânglios e radioterapia. Já fiz três ou quatro pacotes de 20 sessões de fisioterapia devido ao braço sem gânglios inchar.
    Posso agora renovar o atestado de incapacidade? Com a situação da pandemia acabei por não o pedir.
    É difícil obtê-lo? O que preciso de fazer?
    Aflorei o assunto à minha médica de família que me disse que ia ser complicado.
    Aguardo o seu parecer,
    Obrigada.

    Responder
  67. Vanessa Amado

    Boa tarde,
    Antes de mais, parabéns pelo excelente trabalho neste tópico, como é apanágio.
    Sabe onde e como poderei realizar o cálculo da incapacidade? Como poderei obter o atestado médico multiuso?
    E onde me devo dirigir para solicitar os demais benefícios?
    Obrigado.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Deve informar-se no seu Centro de Saúde. Depois tratamos do resto 🙂

      Responder
  68. Joel Neves

    Bom dia
    Tenho um Tio Padrinho a viver na minha Garagem,
    sem condições mas eu também não tenho ninguém para ficar a tomar conta dele para o ter no apartamento
    Tem passado de depressão e tentativas de suicídio
    Ficou alterado mentalmente depões de ser operado a uma vista, tendo recusado a operação no outro olho
    Começou a beber Muito com o que recebe da segurança social e recusou mudar-se para uma casa da segurança social
    O que posso fazer para resolver esta situação?
    Obrigado

    Responder
  69. Elísio Mendes Lopes Mota

    É tudo muito giro, passo a publicidade. Minha mulher está reformada desde Setembro de 2018 e continuamos a pagar o empréstimo que fizemos, há mais de 20 anos, para acabar a construção da “Nossa Alegre Casinha”. Foi tudo fácil e pacífico. O que já estava feito, à custa de muitos sacrifícios (incluindo salários em atraso – nunca recebidos), serviu como garantia de pagamento do empréstimo (até nos perguntaram se… chegava!!!). Por maiores que fossem, e foram, as dificuldades por que passámos, nunca houve uma prestação em atraso (com o seguro e “Associados & C.ª”). Quando apresentámos, ao banco, atestados, relatórios, etc, etc, etc, foi-nos dito que tais documentos não serviam para nada. O que deveríamos apresentar era um documento onde constasse o “Grau de Incapacidade” (é… só… de 97%!!!) que lhe foi atribuído passados mais de dois anos. Não chega!!!, diz a seguradora que agora (Ontem, 21 de Maio de 2021) pede o que não “quiseram” aceitar em 2019. Se não fosse não triste até dava para rir. “Por este andar”, quando acabarmos de pagar a casa (Só já faltam 4 anos!!!), está o empréstimo pago.

    Responder
  70. Guilhermina Costinha

    Boa noite Sr Pedro, Fui operada a um tumor maligno no rim ao qual foi extraído, tenho já a incapacidade de 60% passada pelo Hospital onde fui operada com a Lei que saiu em Abril os doentes oncológicos não necessitam de ir a junta medica, só que o papel da incapacidade é um folha com timbre do Hospital e claro assinado pelo medico, será que essa folha equivale ao cartão multiusos que tanto falam? Já fui ao Centro de Saúde e nada me sabem informar. Obrigada

    Responder
  71. Maria Madalena de Sousa Baptista

    Muito bom dia DR. Pedro… Tenho algumas questões, tenho uma filha surda/ouvinte, não verbal, porque usa implantes cocleares. Fui a segurança social pedir o PSI e não me quiseram facultar o papel, também tenho outras duas filhas que usam óculos e perguntei se havia ajudas para tal disseram-me que não, mas depois de falar com aquele e o outro, disseram que tinha de ter um atestado multiusos para a minha filha com 6 anos. Fui ao médico de família pedir ele disse que agora era impossível por causa da situação pandémica. Como posso fazer para resolver a situação? Muito Obrigado.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Para ter direitos a sua filha precisa de um atestado multiuso com pó menos 60% de incapacidade. Para isso deve pedir uma junta médica no seu centro de saúde. Mesmo que fique emista de espera. Só depois de ter o atestado pode pedir a psi e deve fazer isso online.

      Responder
  72. Anália de Jesus Quadros Silva

    Boa tarde senhor Pedro Anderson. Infelizmente é mentira em relação a benefícios fiscais na compra de um carro.
    Gostaria de poder mostrar ao país e do a minha disponibilidade para contar o meu caso. Tenho atestado multiusos com mais de 80 por cento com inaptidão de condução e com indicação de não me poder deslocar sem auxílio de outros, e foi-me negado. Continuação de bom trabalho.

    Responder
  73. Luís Alberto Silva Santos Medeiros

    Boa tarde Dr. Pedro Anderson,
    É a segunda vez que lhe estou a escrever. Agora só quero abordar dois pontos (o primeiro que já lho descrevi há algum tempo), ambos relacionados com o facto da minha mulhre ter mobilidade reduzida, pelo que tem 62% de incapacidade (Atestado Médico Multiuso).
    1.Pedimos o “Complemento por Dependência”- rejeitado pela SS; penso que por não ter reforma (trabalhou sete anos no Estado entre 1962 e 1969, mas só pediu a reforma à CGA em Outubro passado, que aceitou o processo para decisão, mas o mesmo está parado desde a data do pedido – o portal da CGA mostra desde aquele mês (há mais de 9 meses) que faltam cerca de 60 dias para a decisão final(!) – sem comentários.
    2.Pedimos à Autoridade Rodoviária lugar de estacionamento para o carro (a minha mulher anda de andarilho ou de cadeira de rodas) – resultado: sem direito à satifação do pedido.
    3. Apenas tem o benefício relativo ao IRS.
    Com os meus agradecimentos pelo atenção prestada, subscrevo-me atentamente,

    a) Luís Alberto Medeiros

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá Luís. Já fez uma reclamação junto da Provedoria de justiça? Pode fazer online.

      Responder
  74. Manuel Arantes

    Bom dia Dr. Pedro,

    No passado recente, tive uma incapacidade de 62%, entretanto fui reavaliado e fiquei com 56,4% de incapacidade permanente.
    Em termos de finanças, vigora a incapacidade mais alta, ou seja, os 62%, nos restantes casos vigora na mesma a mais alta?
    Neste caso de que benefícios posso usufruir além da isenção de IUC, IRS e taxas moderadoras?
    Agradeço a sua atenção e disponibilidade.
    Aguardo os seus comentários e a sua tão preciosa ajuda.
    Muito obrigado.

    Responder
  75. jose pereira

    Boa noite minha tem 68 anos á dois meses foi operada a um kancro no ipo de lisboa aos intestinos e vagina,ou seja ficou sem intestino que agora esta junto ao inbigo .ficou sem vagina simplesmente só para unrinar.o intestino desapareceu eu todos os dias faço o tratamento,tem que usar saco o resto da vida dela
    não a posso deixar sozinha,tem uma incapacidade de 60%.ficou com a perna esquerda inxada ,não se pode baixar.ou seja tenho que tratar dela até ao fim da minha vida ou dela..será que tenho direito a alguma ajuda? agradecia uma informação
    o meu muito obrigada

    Responder
  76. maria eckhardt

    Boa tarde
    tenho uma incapacidade de 72% definitiva, mas estou a trabalhar, pontualmente estou de baixa médica 3 meses por ano aproximadamente.O pagamento da minha baixa é que percentagem do meu vencimento?

    Responder
  77. C. SILVA

    Viva Dr Pedro!
    A minha filha, com 7 anos, foi a junta médica e atribuiram-lhe 62% de incapacidade.
    O que devo fazer, quais os direitos/benefícios que temos (pais)?
    Regra geral toda a informação que encontro refere-se à própria pessoa e não a descendentes 🙁
    Grata pela atenção e possível esclarecimento.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.