Aproveitem para baixar o IMI RAPIDAMENTE antes que seja tarde demais

Escrito por Pedro Andersson

01.12.18

}
4 min de leitura

Publicidade

A “poupança” no IMI está quase a acabar

A oportunidade para baixar o seu IMI pode estar a terminar durante uns anos valentes. Tem até ao fim deste ano, portanto, só mais este mês.
Deve avaliar com urgência se o deve fazer JÁ por dois motivos: primeiro, porque se simular e verificar que consegue baixar o valor patrimonial da sua casa (ou casas) tem de o fazer este mês (Dezembro) para poder ter efeito no IMI a pagar em 2019. É que, caso não saiba, o IMI anda sempre 1 ano atrasado; Segundo – de acordo com vários jornais desta manhã – o grupo de peritos que aconselha o Ministério das Finanças a propósito do IMI deixou duas recomendações para 2019 que podem fazer subir o seu IMI se pedir a reavaliação no ano que vem.

As recomendações dos peritos

O grupo de especialistas quer atualizar o preço do metro quadrado de 603 para 615 euros, valor em que estava antes da crise em 2008. Ora, basta isso para aumentar bastante o valor patrimonial de todas as casas do país. Logo, se isso acontecer, todos os que comprarem casa ou que peçam a reavaliação em 2019 irão ver subir com enorme probabilidade o valor patrimonial e, por causa disso, pagar mais IMI.

Por outro lado, o grupo de peritos aconselhou também o Ministério das finanças a reavaliar o valor da localização das casas. Há uma obrigação legal para que isso seja feito de 3 em 3 anos. Ou seja, com a alegada bolha imobiliária as casas em zonas mais valorizadas vão passar a valer mais para a Autoridade Tributária. Antevejo um aumento muito grande do nosso IMI se estas propostas forem aceites.

Veja NESTE ARTIGO como pode baixar o seu IMI.
https://contaspoupanca.pt/2018/06/19/baixei-o-meu-imi-em-2157-e-voce/

E este outro ARTIGO sobre como se fazem as contas para calcular o seu IMI.
https://contaspoupanca.pt/2017/05/02/pagar-menos-60-imi/

Como ver o seu fator de localização e de conforto
https://contaspoupanca.pt/2016/08/04/saiba-ja-esta-a-pagar-sol-no-imi/

Em resumo, tem todos os motivos para fazer o mais rápido possível a simulação para ver se pode poupar alguma coisa por pedir já este mês a reavaliação do IMI. Se esperar por 2019, pode perder esta oportunidade.

Em 2019 deve ser hora de ficar “quietinho”

Há vários anos que várias pessoas e instituições exigem que o Governo passe a fazer com que o valor patrimonial das casas seja atualizado automaticamente sem a intervenção do contribuinte. Há de certeza milhares e milhares de proprietários que estão a pagar IMI a mais porque o valor do metro quadrado desceu de 615 euros para 603 e as casas ficam todos os anos mais velhas e para as finanças elas continuam sempre a ser novas se o contribuinte não reclamar. Reclamando, poupa bastante.
Agora a situação poderá ser inversa. Como não é automática, quem nunca se queixou agora ficará mais ou menos na mesma (mas não aproveitou para baixar o IMI durante estes anos todos e vão continuar com o IMI muito alto). E quem conseguiu baixar o IMI ao longo destes anos mantém o IMI baixo e não deve mexer uma palha porque se mexer pode aumentar o valor patrimonial e, por consequência, o IMI.

As taxas do IMI

As taxas do IMI são fixadas por cada Câmara Municipal e podem variar entre 0,3% e 0,45% para os prédios urbanos (casas para habitação e terrenos para construção), enquanto no caso dos prédios rústicos (terrenos com fins agrícolas) a taxa aplicável é de 0,8%.

Aveiro, Évora, Santarém e Setúbal são as capitais de distrito que aplicaram a taxa máxima de 0,45% de IMI e optaram por não dar desconto familiar aos seus munícipes. Lisboa aplicou a taxa mínima de 0,3% e reduz o IMI às famílias consoante o número de filhos e o Porto aplica uma taxa de 0,3240%, sem direito a redução para os agregados familiares. Vila Nova de Poiares (Coimbra) e Alandroal (Évora) vão aplicar a taxa de 0,5% de IMI por estarem ainda abrangidos por programas de apoio à economia local. As taxas correspondentes a cada concelho podem ser consultadas em https://www.portaldasfinancas.gov.pt/pt/main.jsp?body=/imi/consultarTaxasIMIForm.jsp

Para saber quanto vai pagar de IMI, um contribuinte terá de multiplicar o Valor Patrimonial Tributário do imóvel de que é proprietário pela taxa aplicada no respetivo concelho e deduzir o desconto familiar, caso tenha direito e essa ajuda seja aplicada no seu município. O IMI a pagar em 2019 terá por base o valor patrimonial das casas do contribuinte a 31 de dezembro de 2018.

Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA”

34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018.

É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

Se quiser um resumo claro e prático das dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”.

É só clicar AQUI abaixo.

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (26 de fevereiro a 03 de março)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

PODCAST | #218 – Vamos a contas | Tenho de declarar os Certificados de Aforro (e outros) no IRS?

Os Certificados de Aforro continuam a suscitar muitas dúvidas. Uma delas é se somos obrigados a declará-los no IRS e como se faz. Essa dúvida é também muito comum quando alguém começa a pensar em investir em produtos relacionados com as bolsas, como Fundos PPR, Fundos...

ÚLTIMO DIA | Prazo para validar faturas para IRS 2023 termina hoje

Já validou TODAS as suas faturas e do seu agregado familiar? Os contribuintes têm até ao final do dia de hoje (quarta-feira, dia 28 de fevereiro) para validar e confirmar as faturas relevantes para o IRS de 2023, após o Ministério das Finanças ter decidido prolongar o...

Arrendamentos | Burlas estão a aumentar. Conheça os sinais e como evitar

Burlas com falsos arrendamentos têm estado a aumentar nos últimos dois anos Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes De acordo com a PSP, as burlas com falsos arrendamentos têm vindo a agravar-se desde 2022, quer nos arrendamentos de casas de férias, quer no...

ÚLTIMA HORA | Prazo para validar faturas de 2023 prolongado até quarta-feira

Faturas pendentes - Prazo prolongado até quarta-feira A Autoridade Tributária (AT) prolongou por dois dias, até quarta-feira, o prazo para a validação de faturas relativas a 2023 no portal e-fatura, depois de constrangimentos no último dia do prazo inicial. Em...

Quer inscrever-se no regime do Residente não Habitual? Pode fazê-lo até 2025

Autoridade Tributária informou que os contribuintes elegíveis podem inscrever-se até 31 de março de 2025 Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Se está interessado em inscrever-se no regime do Residente não Habitual (RNH), que permite aos seus beneficiários...

EURIBOR HOJE | Taxa a três meses mantém-se, mas sobe a seis e 12 meses

Euribor mantém-se a três meses, mas aumenta nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

ELETRICIDADE | O indexado em Fevereiro vai baixar bastante – Vale a pena mudar?

O preço da eletricidade no OMIE está quase de graça É impressionante o que está a acontecer nesta última semana. O preço da eletricidade no mercado grossista está praticamente a zero. Os valores a que a eletricidade vai ser vendida e comprada amanhã, pelas empresas...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a três meses e descem a seis e 12 meses

Euribor sobe a três meses, mas desce nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

PODCAST | #217 – Qual é a forma mais simples de poupar na eletricidade?

A ouvinte Ana nunca mudou de empresa de eletricidade em toda a sua vida. Faz-lhe confusão mudar e acha que dá muito trabalho e sente que as outras empresas não lhe inspiram confiança. Este é um perfil muito típico dos consumidores portugueses. No episódio desta...

Publicidade

Artigos relacionados

20 Comentários

  1. Fábio

    Olá Pedro,

    Estando ainda vigente uma isenção de IMI (finda em 2019), pedir uma reavaliação para que quando começar a pagar em 2020, vai fazer com que cancele a isenção?

    Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Não. Mas confirme junto das Finanças 217 206 707

      Responder
  2. Orlando Gomes

    Olá Pedro. Como construi casa, tive isenção até este ano. No mês passado fui às finanças para pedir a reavaliação e foi-me dito que ainda não ia pagar imi no próximo ano, visto aindar ter isenção em 2018, estava a pensar pedir a reavaliação em Janeiro para começar a pagar em 2020, será que faço bem? Ou será melhor ser agora em Dezembro? Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Pela lógica seria no ano que vem. Mas se aumentarem em 2019 o preço do m2 vai perder esta “oportunidade”. Pedirá a reavaliação e ficará na mesma. Se não mudarem nada poderá aproveitar mais um ano na vetustez. É quase uma aposta. Avalie.

      Responder
  3. RM

    Boa noite!!
    De acordo com a sua informação , fui verificar a C. predial dum imóvel situado na Sra Da Hora
    Este imóvel esteve isento,mas em 2017 passou a pagar IMI, pelo que na C Predial consta o seguinte:

    Ano de inscrição na matriz: 2002 Valor patrimonial actual (CIMI): €111.608,48 Determinado no ano: 2017
    Tipo de coeficiente de localização: Habitação Coordenada X: 155.404,00 Coordenada Y: 468.817,00 Mod 1
    do IMI nº: 1725154 Entregue em : 2008/03/04 Ficha de avaliação nº: 2169257 Avaliada em : 2008/06/16

    Vt* = Vc x A x Ca x Cl x Cq x Cv
    108.340,00 = 615,00 x 131,0513 x 1,00 x 1,45 x 1,030 x 0,90

    Assim constato que o VC já é 615€!!!?? Então não deveria ser 603€ ?? O tal valor que poderá estar na iminência de passar de 603€ para 615€?
    Agradeço o seu esclarecimento!

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Provavelmente o senhor(a) está a pagar a mais do que devia. Já devia ter pedido a reavaliação no ano passado. Faça a simulação e confirme que está a pagar a mais e aja em conformidade se for o caso.

      Responder
  4. Isabel

    Boa tarde Pedro!

    E quem comprou este ano casa e está isento nos próximos 3 anos? Eu fiz um calculo (através do site PaguemenosIMI) e supostamente com a nova avalização, o valor desce 45€. Já é bom! Mas se estou isenta nos proximos anos, posso/devo pedir novo cálculo?

    Obrigada!

    Responder
  5. Sofia

    Olá Pedro,
    O pedido dá para fazer no portal das finanças?
    É necessário o envio de alguma documentação?
    Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Dá mas não recomendo. Presencialmente funciona sempre.

      Responder
      • Sofia

        E que documentos é necessário levar ?

        Obrigado

        Responder
        • Pedro Andersson

          A caderneta predial e os seus documentos pessoais.

          Responder
  6. António

    Olá Pedro,

    Existem alguns custos associados a este pedido de reavaliação?

    Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Se subir sim, se descer não. Daí a importância de simular primeiro.

      Responder
  7. Tiago

    Olá Pedro, eu comprei a minha 1ª casa em Junho deste ano, estou um pouco perdido nisto do IMI, vi que tenho que mudar a minha morada nas finanças para a nova casa para ficar isento de IMI (nao sei quanto tempo). é verdade? Ou qual a melhor opção?
    Obrigado
    Grande trabalho!

    Responder
  8. Ana

    Boa tarde Sr. Pedro,

    Como é possível o simulador ser só para associados DECO?
    Assim é impossível perceber se o me IMI irá descer ou não…
    Se me obrigam a ser sócio DECO deixo de pagar um IMI mais elevado, para pagar quota de associado DECO… que coisa tão feia.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Onde é que leu que tinha de ser sócio da Deco? É para todos…

      Responder
  9. Pinto

    Bom dia

    Agora para pedir reavaliçao de imi pedem a planta da casa. Desde quando é que é necessario este requerimento, é que eu fiz o pedido online em 2017 e só foi recusado com resposta em 2018 e que necessitava de entregar a planta da casa, no entanto ajudei a prencher no trabalho a dois colegas que que vieram actualizados sem necessidade de plantas, finanças funcionam de maneira diferente?

    Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Sim. Depende da repartição e dos dados que têm ou não.

      Responder
  10. E M Antunes

    Boa tarde, apresentei o pedido de reavaliação do VPT às finanças em Dezembro de 2018 para poder usufruir da redução do IMI em 2019, conforme noticiado no Contas Poupança. E o VPT baixou, mas agora recebi a notificação da AT para pagar o IMI e o VPT que lá consta é o anterior e não o actualizado e, assim, sem poupança no IMI a pagar.

    O que recomenda que faça ?

    Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Primeiro lugar para as Finanças para perceber se é erro. Se for diga, para avisar aqui.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.