Ganhou 2.155 euros porque leu um artigo do Contas-poupança

Escrito por Pedro Andersson

11.04.18

}
1 min de leitura

Publicidade

Mais um cliente satisfeito!

Um espectador/leitor do blogue Contas-poupança acaba de entregar o IRS com uma agradável surpresa e mandou-me uma mensagem privada que partilho convosco, com autorização dele. Acabou de saber que vai receber mais 2 mil euros do que estava à espera porque acompanha o blogue regularmente e apanhou uma dica que se aplicava a ele.

Bom dia.

Antes de mais informo que sigo tanto o Blogue como as reportagens SIC com frequência. Estão de Parabéns.

Fizemos simulações em conjunto e em separado. Vamos ter um reembolso de 2.155.74€ a mais do que se fizéssemos em separado. Explicando, eu como estive de baixa e a receber pelo seguro durante todo o ano de 2017, não tive rendimentos, logo achava que não poderia entregar a declaração de IRS e tive muitas despesas de saúde, visto ter sido operado, rendas, etc, todas estas despesas não teriam dedução.

Mas por ter lido sobre isso no blogue, optamos então por fazer o IRS em conjunto, mesmo tendo as moradas fiscais diferentes, fomos à Junta de Freguesia e passaram-nos o atestado em como vivemos em união de facto há mais de 2 anos. Resumindo, se a minha namorada fizesse o IRS sozinha teria um reembolso de apenas 457.26€ e eu não poderia fazer. Deste modo ao fazermos em conjunto ela foi automaticamente buscar todas as minhas despesas.

Partilho o meu caso, pois não sabia que podia entregar o IRS mesmo sem ter qualquer tipo de rendimentos. Uma vez mais, muito obrigado por todas as dicas que são dadas com tanta regularidade neste blogue!

A dica é esta:

VÍDEO – IRS – Como sei se devo entregar em separado ou em conjunto?

 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PODCAST | #216 – Vamos a contas | Quase não fiz descontos para a Segurança Social, qual vai ser a minha reforma?

Esta ouvinte do podcast (que quer ficar anónima) tem apenas 29 anos de descontos para a Segurança Social. Trabalha muito e recebe o seu salário, mas os "patrões" recusam-se a fazer descontos para a Segurança Social. Ela tem 64 anos e está muito preocupada com a...

Arrendamento | Rendas acessíveis alargadas a quem tem rendimentos mais altos

Limite de rendimentos máximos anuais para aceder a apoios ao arrendamento foi alargado para abranger mais cidadãos O valor máximo de rendimento anual para aceder ao Programa de Apoio ao Arrendamento foi aumentado, de acordo com uma portaria publicada em Diário da...

EURIBOR | Taxas sobem a três e 12 meses, mas baixam a seis

Euribor subiram hoje a três e 12 meses, mas recuaram no prazo de seis meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (19 a 25 de fevereiro)

Qual deveria ser o preço "certo"? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

EURIBOR | Taxas Euribor sobem em todos os prazos

Euribor subiram hoje a três, seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua...

Segurança Social | Atribuição do Abono de Família já é automática

Segurança Social passa a atribuir automaticamente o Abono de Família, logo após registo do bebé na maternidade Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Desde a passada sexta-feira, 16 de Fevereiro, o Abono de Família passou a ser atribuído automaticamente pela...

BURLAS | Não atenda telefonemas do “Banco de Portugal”

Banco de Portugal alerta para telefonemas fraudulentos que imitam o seu número telefónico O Banco de Portugal emitiu um alerta sobre chamadas telefónicas feitas por indivíduos que dizem ser seus colaboradores, usando um sistema que imita o número de telefone do BdP,...

Remuneração | Aumento real dos salários em 2023 foi de 2,3%

Salários subiram 6,6% em 2023, mas os ganhos reais para os trabalhadores foram apenas de mais 2,3% Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes O Instituto Nacional de Estatística (INE), revelou recentemente que o valor dos salários em 2023 aumentou 6,6% em termos...

EURIBOR | Taxas Euribor descem a três meses e sobem nos prazos de seis e 12

Euribor desceu hoje a três meses, mas subiram a seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto...

PODCAST | #215 – Como receber 750 € “grátis” para fazer um curso de formação na área digital

Qualquer trabalhador em Portugal pode receber 750 euros para fazer um curso de formação na área do digital. E se fizer a candidatura já, pode repetir mais 750 € no ano que vem. Chama-se Cheque Formação + Digital e no episódio desta semana explico-lhe quem tem direito,...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

7 Comentários

  1. lucia de jesus rodrigues

    Boa Tarde, adoro o seu programa e sigo as dicas. Mas gostaria de uma dica sua para o meu caso, trabalho num onde o ordenado é o normal de muitos de 635 e como vivo só com o meu filho que o criei sempre só e sem ajudas do pai. Tive que procurar um part time de fim de semana onde são mais 345€ e o meu filho que tem uma doença grave temporária onde pouco ou nada vê chamada que rato cone. Não tenho ajudas, é ele com 23 anos trabalha à part time também com 350. O que eu gostaria de saber já que fazemos IRS juntos e com a vida que temos tenho, porquê que tenho que pagar IRS de 609€. Será que faço algo mal ou trabalho para aquecer? Peço a sua ajuda, onde estarei a errar. Obrigado pela atenção bjs

    Responder
    • Pedro Andersson

      A Lúcia tem Facebook? Coloque a sua questão em “Contas-poupança – As suas dúvidas” talvez um contabilista lá a possa ajudar a resolver isso. Tente por favor.

      Responder
  2. Ines

    Boa tarde,
    A minha mãe é viúva há 3 anos e é reformada.
    Recebe a sua pensão e a pensão referente ao meu pai.
    É possível que em vez de receber reembolso do irs, tem de pagar 1500€ de irs?! Como é possível inverter isto?! Ha forma de receber reembolso?!
    Obrigada

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá Inês. Sugiro que contacte um contabilista. É muito dinheiro.

      Responder
  3. Manuela Dias

    Bom dia, vivo em união de facto desde 2001 e já entrego a declaração de IRS como união de facto á muitos anos.
    Este ano simulei em conjunto (UF) e separado (solteira e divorciado). E este ano em separado é mais vantajoso.

    Posso num ano entregar em conjunto e no ano seguinte em separado? mesmo tendo atualizado o agregado familiar?
    Obrigada
    Manuela Dias

    Responder
  4. Manuela Dias

    Quando tento preencher a declaração de IRS como solteira (ano anterior UF) dá sempre erro:

    osto > Quadro 4
    Sendo o estado civil solteiro, divorciado ou separado judicialmente ou separado de facto o preenchimento dos quadros 5A, 5B e 6A é inválido. (017R)
    O Preenchimento dos campos 01 ou 02 do quadro 5A implica que o estado civil seja casado ou unidos de facto. (020R)

    Rosto > Quadro 5
    Por favor, preencha o NIF no quadro 6A campo 01. (025R)

    Cumprimentos

    Manuela Dias

    Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1. Como fazer para corrigir os IRS 4 anos para trás e receber o que devia ter recebido (VÍDEO) - […] casais descobriram que podiam entregar o IRS em conjunto apesar de não estarem casados, e assim receber mais alguns…

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.