VÍDEO – MTIC – A sigla que o pode ajudar a poupar dezenas de milhares de euros no Crédito à Habitação

Escrito por Pedro Andersson

01.02.18

}
3 min de leitura

Publicidade

TAEG e MTIC – Sabe o que são?

TAEG – Taxa Anual Efetiva Global

MTIC – Montante Total Imputado ao Consumidor

Da próxima vez que for a um banco ou financeira, pedir um crédito para uma casa, um carro, obras ou seja para o que for tenha em atenção estas duas siglas. São as siglas que o vão ajudar a poupar muito dinheiro, sim, muitas dezenas de milhares de euros conforme o valor do empréstimo.

Esqueça o spread

Isso já foi um critério de escolha entre propostas de bancos. Quando pedi o meu crédito para a casa, foi com base do spread que escolhi. Sabia lá eu o que era a TAER (era assim que se chamava na altura, se é que existia em 2007). Só quis saber do spread e esqueci-me de comparar o que pago todos os meses em seguro de vida, de seguro multirriscos, de anuidades de cartões, etc, etc. Dão de um lado, tiram do outro.

Agora, o Banco de Portugal (como todos os bancos centrais europeus) obriga todos os bancos e financeiras a entregar ao prospectivo cliente a FINE (Ficha de Informação Normalizada Europeia) com esses valores todos juntos, numa taxa total em percentagem e em montante total. Esta informação é preciosíssima para os consumidores.

Finalmente é possível comparar os mesmos montantes e os mesmos prazos e condições e saber quem está a levar mais e quem está a levar menos, independentemente do spread que estão a fazer. Basta saber que linhas procurar na tal FINE.

Veja a reportagem desta semana do Contas-poupança

Neste link pode ver ou rever a reportagem onde mostro onde estão as tais linhas mais importantes a que deve prestar mais atenção e dou alguns exemplos para demonstrar a importância de ler este documento com olhos de ler antes de fazer a sua escolha final. Neste momento temos tanta informação que só somos “enganados” se quisermos.

https://sicnoticias.pt/programas/contaspoupanca/2018-01-31-MTIC-a-sigla-que-o-pode-ajudar-a-poupar-milhares-de-euros

Há mais alterações em 2018

As propostas dos bancos são válidas durante 30 dias e depois de dizer que sim só pode assinar depois de 7 dias para pensar. São prazos novos para “obrigar” os clientes a parar um pouco e a não decidirem sob pressão.

E todas as lojas e empresas que aconselham fazer créditos através de um determinado banco ou financeira vão ser obrigados, a partir deste ano, a ter um cartaz visível com os bancos com os quais trabalham e dos quais recebem comissões.

Por exemplo, já me disseram que há stands de automóveis que ganham mais nas comissões de crédito do que propriamente na venda do carro. Isso é algo em que muitos de nós não pensamos. Porque nos dizem que têm conhecimentos numa determinada financeira e que o crédito é logo aprovado e que é o melhor crédito, e quem não anda nisto há algum tempo aceita logo. Meus amigos, quem escolhe o vosso crédito são vocês. Se alguém escolhe por si, pode não ser pelos seus lindos olhos…

Com este cartaz visível fica logo a saber com quem trabalha um stand, uma imobiliária, uma loja de eletrodomésticos, um ginásio, uma escola de condução, uma escola de línguas, etc, etc, etc. Ao sabermos isso, percebemos logo que devemos pedir “orçamentos” a outros bancos ou financeiras. Até pode acontecer que o crédito que lhe estão a propor seja o melhor de todos, mas que deve comparar primeiro, deve.

Subscreva AQUI o meu canal do YouTube. Brevemente haverá novidades :). Carregue no sininho para ser alertado sempre que tiver uma nova dica de poupança

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança. Assim não perde nenhuma dica.

 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #251 – Qual é a diferença entre os PPR normais e os Fundos PPR?

Há PPR "normais" e "não normais"? Os PPR são o tema que mais entusiasma os ouvintes deste podcast. Parece que alguém descobriu uma "pólvora" financeira, mas os PPR existem há mais de 20 anos. Porquê só agora este interesse? Porque são uma excelente ferramenta para...

Como compro lombos de salmão mais baratos do que fiambre

Como comprar lombos de salmão com 65% de "desconto" As saudades que eu tinha de escrever um artigo sobre as minhas poupanças diárias… Como sabem, a minha estratégia de poupança é ter sempre o melhor possível pelo preço mais baixo. Nunca é a poupança dos “coitadinhos”....

ATENÇÃO – Já só tem uma semana para entregar o IRS (ou para o corrigir)

Prazo acaba a 30 de junho - Evite as multas O prazo para entrega do IRS termina no dia 30 de junho. Falta uma semana. De acordo com o Portal das Finanças, até este domingo já foram entregues cerca de 5 milhões e 600 mil declarações (5 615 814). Em comparação com o...

Oficial – Parlamento aprovou o fim de portagens nas ex-SCUT

Abolição das portagens nas ex-SCUT a 1 de janeiro de 2025 É oficial. O Parlamento aprovou em votação final global a proposta do PS para eliminar as portagens nas ex-SCUT e nos troços "onde não existam vias alternativas que permitam um uso em qualidade e segurança". O...

PodTEXT Vamos a Contas | Onde devo investir se já estou perto da reforma?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

PodTEXT | O que é o movimento FIRE – É possível refomar-se mais cedo?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a 3 meses e sobem a 6 e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (24 a 30 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

Isenção de IMT e Imposto de selo para jovens até aos 35 anos – O que já se sabe?

Lei já foi publicada em Diário da República Foi publicada esta quinta-feira em Diário da República a Lei (está aqui) que autoriza o Governo a avançar com a isenção do IMT e do respetivo Imposto de selo para jovens com idade igual ou inferior a 35 anos, na compra da...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

5 Comentários

  1. Rui Brito

    Boa noite Sr. Pedro,
    Tenho um empréstimo bancário há cerca de dois anos, posso pedir a FINE desse empréstimo para comparar as condições que actualmente outro Banco está a oferecer-me?
    Obrigado e parabéns pelo excelente programa e informação útil e pertinente que apresenta.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Tem a resposta num artigo a seguir a este 🙂

      Responder
  2. Ruben

    Olá.
    Sei que já passou bastante tempo desde este artigo, mas como já naquela altura estava a pensar recorrer ao crédito habitação para a construção de casa ficou-me na memória a importância do MTIC.
    Agora surgiu-me uma duvida e por isso volto aqui na esperança de a dissipar.
    Se a MTIC já inclui tudo o que tenho de pagar, não deveria ser igual ao valor total apresentado no quadro de reembolso?
    Em simulações que tenho feito o MTIC é sempre superior ao valor total que aparece no quadro de reembolso, normalmente uma diferença de largos milhares de euros? De onde vem essa discrepância?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Como cada banco faz as contas como lhe apetece, acho que é uma excelente pergunta para fazer ao banco que fez a simulação. Também gostava de saber.

      Responder
      • Ruben

        Após muito procurar e comparar simulações acho que cheguei a uma conclusão.
        Penso que quando aparece o valor MTIC o calculo é feito com o spread base. No quadro de reembolso o total é calculado tendo em conta o spread contratado.
        Se assim for o importante em principio não será o MTIC, mas sim o valor no quadro de reembolso. A maioria das pessoas deverá querer comparar o montante a reembolsar usando o spread contratado e não o spread base.
        Penso que algumas despesas iniciais não estão incluídas no total a reembolsar que aparece no quadro de reembolso.

        Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1. VÍDEO – As melhores dicas de poupança de 2018 | avengers - […] O que é o MTIC e a TAEG? […]
  2. VÍDEO - Poupe milhares de euros transferindo o seu crédito à habitação - […] Se tem um spread igual ou superior a 2% está mais que na altura de avaliar se vale a…

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.