Não compre relatórios de carros usados desnecessariamente

Escrito por Pedro Andersson

28.11.17

}
2 min de leitura

Publicidade

“Paguei para nada…”

Vários espectadores/leitores (não muitos, mas alguns) contactaram-me algo chateados porque depois de terem visto a reportagem do Contas-poupança sobre como descobrir fraudes nos Conta-quilómetros (Podem revê-la AQUI), compraram os relatórios das páginas europeias que permitem saber quantos quilómetros os carros tinham antes de virem para Portugal.

Ficaram aborrecidos porque depois de pagarem (cerca de 12 euros), leram o relatório e verificaram que não havia dados sobre os kms do carro. E acharam um desperdício de dinheiro terem pago por um documento que afinal não tinha o que lhes interessava mais.

Leiam tudo antes de comprar o que quer que seja

Meus amigos, antes do pagamento, os sites informam os dados que têm disponíveis. Ou seja, só compram se tiverem a certeza de que a base de dados deles têm a informação que querem sobre o vosso carro (ou que querem comprar).

Fiz um print screen para ajudar. Colocam o VIN (o número do quadro) e a primeira página que aparece diz isto (entre outras coisas):

Se colocar o rato sobre o detalhe de cada categoria de informação fica a saber os dados que estão disponíveis.

Portanto, se na linha “Vehicle history” diz que tem zero, é escusado comprar porque só terá informações genéricas sobre o modelo do veículo. E não é isso que nós queremos. Escusa de comprar o relatório. Evita perder 12 euros.

O relatório é fiável?

Já me disseram também que estes sites não são fiáveis, porque investigaram o veículo e a cor era diferente ou havia dados que não correspondiam.

Há erros que podem partir de si, ou seja, ter trocado uma letra ou número do VIN ou também pode haver erro da base de dados deles. Não se esqueçam que os dados são inseridos pelos funcionários dos Centros de inspeção dos vários países. Estes sites só “vasculham” as bases de dados disponíveis legalmente nesses países e disponibilizam os resultados num relatório. Também podem enganar-se lá como cá. Portanto, verifiquem todos os detalhes para conferir que estão mesmo a receber o relatório do vosso carro e que não tem valores estranhos que coloquem em causa a credibilidade do documento.

Só recebi uma mensagem de um caso em que o senhor relatou que o carro não correspondia ao carro do VIN que colocou. Todos os outros (muitas dezenas) confirmaram que o relatório correspondia ao VIN e que o carro tinha sido de facto “martelado” ou pelo contrário, que estava tudo bem e ficaram descansados. Não sei o que terá acontecido nesse caso.

Mas não comprem os relatórios sem necessidade. Se não tem os dados, não vale a pena comprar o relatório.

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (26 de fevereiro a 03 de março)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

PODCAST | #218 – Vamos a contas | Tenho de declarar os Certificados de Aforro (e outros) no IRS?

Os Certificados de Aforro continuam a suscitar muitas dúvidas. Uma delas é se somos obrigados a declará-los no IRS e como se faz. Essa dúvida é também muito comum quando alguém começa a pensar em investir em produtos relacionados com as bolsas, como Fundos PPR, Fundos...

ÚLTIMO DIA | Prazo para validar faturas para IRS 2023 termina hoje

Já validou TODAS as suas faturas e do seu agregado familiar? Os contribuintes têm até ao final do dia de hoje (quarta-feira, dia 28 de fevereiro) para validar e confirmar as faturas relevantes para o IRS de 2023, após o Ministério das Finanças ter decidido prolongar o...

Arrendamentos | Burlas estão a aumentar. Conheça os sinais e como evitar

Burlas com falsos arrendamentos têm estado a aumentar nos últimos dois anos Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes De acordo com a PSP, as burlas com falsos arrendamentos têm vindo a agravar-se desde 2022, quer nos arrendamentos de casas de férias, quer no...

ÚLTIMA HORA | Prazo para validar faturas de 2023 prolongado até quarta-feira

Faturas pendentes - Prazo prolongado até quarta-feira A Autoridade Tributária (AT) prolongou por dois dias, até quarta-feira, o prazo para a validação de faturas relativas a 2023 no portal e-fatura, depois de constrangimentos no último dia do prazo inicial. Em...

Quer inscrever-se no regime do Residente não Habitual? Pode fazê-lo até 2025

Autoridade Tributária informou que os contribuintes elegíveis podem inscrever-se até 31 de março de 2025 Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Se está interessado em inscrever-se no regime do Residente não Habitual (RNH), que permite aos seus beneficiários...

EURIBOR HOJE | Taxa a três meses mantém-se, mas sobe a seis e 12 meses

Euribor mantém-se a três meses, mas aumenta nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

ELETRICIDADE | O indexado em Fevereiro vai baixar bastante – Vale a pena mudar?

O preço da eletricidade no OMIE está quase de graça É impressionante o que está a acontecer nesta última semana. O preço da eletricidade no mercado grossista está praticamente a zero. Os valores a que a eletricidade vai ser vendida e comprada amanhã, pelas empresas...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a três meses e descem a seis e 12 meses

Euribor sobe a três meses, mas desce nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

PODCAST | #217 – Qual é a forma mais simples de poupar na eletricidade?

A ouvinte Ana nunca mudou de empresa de eletricidade em toda a sua vida. Faz-lhe confusão mudar e acha que dá muito trabalho e sente que as outras empresas não lhe inspiram confiança. Este é um perfil muito típico dos consumidores portugueses. No episódio desta...

Publicidade

Artigos relacionados

12 Comentários

  1. Marco Lopes

    Estes tipos de serviços (e qualquer outro!) devem ser adquiridos sempre com PAYPAL. Hoje em dia, qualquer loja que recuse este meio de pagamento é de evitar. O PAYPAL dá uma protecção ao comprador, em caso de fraude, do serviço não ser o esperado, etc, e serve de mediador para resolver o problema, estando quase sempre do lado do comprador.

    Responder
    • Celso

      Marco, verdade mas neste caso nao foi culpa da entidade que fornece os dados. Está bem explicado. Mas ainda assim, não me importo de perder o amor aos 12€ e saber um pouco mais sobre o histórico do carro, mesmo que não diga nada sobre os quilómetros. Vale mais prevenir que remediar.

      Responder
  2. Pedro

    Ok, vi a reportagem, fui a um dos sites, e lá constatei que de facto fui enganado, o meu carro tem menos kilómetros do que o último registo que consta no “report”.
    E agora? É que quem ainda não comprou, tem a opção de não efectuar a compra… e quem já comprou e constata agora que foi enganado? O que é que pode fazer?

    Responder
  3. Deolinda Costa

    Caro Pedro,
    Antes de mais agradeço toda a informação transmitida, assim como os excelentes artigos publicados.
    Gostaria de relatar a seguinte situação que pode ajudar outras pessoas e simultaneamente solicitar a sua ajuda para ver se cheguei à conclusão certa.
    Estou em vias de comprar um carro usado que foi importado da Alemanha com 2 anos. Consultei o site autodna e verifiquei que existia um registo no histórico do veículo. Resolvi comprar o relatório e o mesmo descreve no item “Damage History” um registo de “Vehicle loss claim”, tendo tido nessa data uma leitura de Km. Esta informação leva a crer que o carro foi acidentado, tendo posteriormente sido inspecionado e daí a leitura de kms. Será que é mesmo assim? Normalmente nos primeiros 2 anos não existem inspeções.
    Será que pode dar a sua opinião?
    Muito obrigada,

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá Deolinda. Sim, pelo que descreve o carro sofreu um acidente e alguém reclamou perda total. Se a seguradora aceitou ou não não sei. Terá de pedir uma informação mais especializada a um mediador. Mas que sofreu um acidente, sofreu.

      Responder
    • Ricardo Mota

      Boa noite!
      Alguém pode informar se nos relatórios do site AUTODNA aparecem os registos do carros em Portugal após a importação e a legalização do mesmo?
      No relatório que pesquisei aparece “Vehicle loss claim” Amount 2000€-2500€ “quer dizer que o carro foi dado como perda total e foi reclamado pelo dono o valor atrás descrito? Será que alguém me pode ajudar?

      Responder
  4. Melanie Joana dos Santos

    Boa tarde Pedro, muito obrigado pelas informações. Ia confirmar agora no site autodna se o carro tinha sido “martelado” nos km mas apareceu me como explicou com zero dados, significa que no site não tem registo mas quer dizer que não houve alterações ou deveria ir à marca confirmar na mesma? Muito obrigado
    MELANIE

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Tente na marca. Não precisa é comprar o relatório.

      Responder
  5. Roberto Nuno Rodrigues de Sousa Rodrigues

    Caro Pedro,

    Estava em vias de chegar a acordo com um stand nacional para aquisição de um veículo importado da Bélgica, mas já em território nacional. Vi a viatura presencialmente, livro de revisões, e tudo me pareceu fiável. No entanto, acabo de comprar o relatório com histórico no autodna, e noto que a última quilometragem de que há registo é em cerca de 2.000 kms inferior à atual, e que é anunciada pelo stand. Também vi algumas fotos que demonstram que a viatura antes de ser posta à venda, estava algo maltratada ao nível de chapa e interiores. Manda a prudência que “fuja” deste negócio?

    Grato pela atenção dispensada.
    Nuno Rodrigues

    Responder
    • Roberto Nuno Rodrigues de Sousa Rodrigues

      Peço desculpa… quilometragem superior à atual, obviamente…sendo que o registo é de há 9 meses a esta parte…

      Nuno Rodrigues

      Responder
    • Pedro Andersson

      Manda a prudência e tudo o resto. Quem lhe garante que são só 2.000? Se mudaram 1 km que seja é de fugir 🙂

      Responder
  6. Luis Teixeira

    Bom dia,
    Não confiem no stand ou supostas “revisões” na marca à chegada para os importados.
    Peçam este relatório, e levem o carro a um chapeiro! e mecânico! de confiança.

    Estava quase para fechar negócio e felizmente, após uma breve pesquisa encontrei este site autoDNA. Decidi pagar os 20 euros do relatório.
    Fiquei incrédulo com o que acabei por descobrir com base no relatório. Viatura era proveniente de salvados/acidentados na Bélgica, onde teve um acidente brutal, carro totalmente destruído!!! – no relatório da autoDNA tinha 70 fotografias! Foi posteriormente recuperada em Portugal, e realmente a viatura estava aparentemente como nova. No test drive não me apercebi de nada, mas pelas fotos esta viatura teve de ter uma grande intervenção.

    PS: O stand diz também que foi “apanhado de surpresa”, e retirou a viatura do site imediatamente. como é possível?!

    Recomendo vivamente este relatório. Livrou-me de grandes chatices.
    Boa sorte.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.