PODCAST | #227 – Não entregue o seu IRS sem ouvir este episódio antes

Escrito por Pedro Andersson

01.04.24

}
2 min de leitura

Publicidade

Começou a entrega do IRS relativo a 2023. O prazo vai desde 1 de Abril até 30 de Junho. Mas garanta que vai receber MESMO o máximo reembolso possível ou que vai pagar o menos possível de IRS.

Neste episódio, recordo-lhe as principais dicas para fazer tudo bem à primeira. Não se esqueça de que o IRS Automático nem sempre é bom para si e que tem muitos anexos, benefícios, deduções e englobamentos que lhe podem fazer render centenas ou até milhares de euros.

Não entregue o seu IRS sem ouvir primeiro este episódio.

ENVIE A SUA PERGUNTA EM ÁUDIO PELO WHATSAPP 927753737

Ao deixar a sua pergunta está a autorizar que ela seja utilizada publicamente. O objetivo é que a resposta seja útil não apenas para si, mas para todos os outros que nos escutam.

O que é um podcast?

Aproveite a minha boleia financeira (gravo em áudio uma “conversa” no carro enquanto faço as minhas viagens e faço de conta que você vai ali ao meu lado) e veja como pode aumentar-se a si próprio. São uma espécie de programas de rádio para escutar enquanto faz outras coisas. Subscreva o podcast na plataforma em que estiver a ouvir para ser avisado sempre que houver um episódio novo. Não estranhe ouvir o motor do carro, buzinadelas e o pisca-pisca. Faz parte da viagem.

Aprenda a gerir melhor o seu dinheiro

Boa viagem e boas poupanças!


Um livro com 5 passos simples que vão mudar a sua vida

Finalmente, um livro que ensina tudo o que a Escola, o Estado e as famílias não ensinam sobre Dinheiro. Em apenas 5 passos, tem o caminho com a estratégia mais eficaz para criar riqueza com o seu salário.

   

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

Autoridade Tributária volta a alertar para e-mails fraudulentos

Contribuintes recebem e-mails falsos sobre "divergências" no IRS A Autoridade Tributária (AT) voltou a alertar os contribuintes para a circulação de um e-mail falso que indica "divergências" na declaração de IRS. Outras mensagens fraudulentas que parecem ter sido...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #234 – Vamos a contas | Devo investir o meu Fundo de Emergência?

Um ouvinte do podcast começou a pôr as suas contas em ordem e já tem completo o seu fundo de emergência. Mas custa-lhe ver o dinheiro parado sem render nada. A pergunta dele é se não seria inteligente pegar nesse dinheiro e investi-lo. Esta é uma pergunta muito comum....

TOP 10 dos COMBUSTÍVEIS | Quem subiu e quem desceu (semana 22 a 28 abril)

Qual a marca de combustíveis mais barata esta semana? Enquanto consumidor, um dos meus maiores desafios é encontrar uma fórmula eficaz para poupar nos combustíveis. É difícil porque os preços mudam todas as semanas (ou várias vezes por semana), cada posto faz os seus...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (22 a 28 de abril)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

COMBUSTÍVEIS | Qual a marca mais barata esta semana?

Qual a marca de combustíveis mais barata esta semana? Há anos que ando para fazer este comparativo. Hoje foi o dia. Enquanto consumidor, um dos meus maiores desafios é encontrar uma fórmula eficaz para poupar nos combustíveis. É difícil porque os preços mudam todas as...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três meses e sobem a seis e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #233 – Quanto é que vou poupar com os novos escalões do IRS?

Conheça a nova tabela dos escalões do IRS O Conselho de Ministros da passada sexta-feira decidiu reduzir as taxas de todos os escalões de rendimento até ao 8.º escalão. Só o 9.º escalão (quem ganha mais de 81 mil euros por ano) fica de fora. Quanto é que isso vai...

Acrescente uma linha no IRS e receba mais 10% de dedução em educação (Interior e ilhas)

SABIA QUE se vive no interior do país (ou ilhas) tem mais 10% de dedução nas suas despesas de Educação? Isto é muito importante para TODAS as famílias com filhos na escola, nos distritos do interior e nos Açores e na Madeira. Eu não sabia disto. Quando menos...

Publicidade

Artigos relacionados

17 Comentários

  1. Filipa Araújo

    Muito obrigada, muito útil como sempre. Tenho uma questão relativamente a quem tem atestado Multiusos. Graças a este podcast descobri que deveria colocar as despesas de saúde no quadro 6B. Se percebi bem, tenho que colocar o valor gasto e o NIF da entidade respetiva, o que me leva a colocar várias linhas com o código de benefício 606. Tenho um seguro de saúde de reembolso que me comparticipa despesas de saúde. Onde coloco este valor que recebi? Muito obrigada

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Isso já é demasiado detalhado para os meus conhecimentos 🙂 Ligue 217206707 das finanças. As melhoras.

      Responder
    • Maria Sousa

      Boa tarde,

      conseguiu a resposta a esta pergunta?
      tenho axactamente esta situação.
      obrigada

      Responder
  2. Miguel Monteiro

    Boa tarde. Fiz agora a simulação do IRS automático da mãe que é viúva e o resultado é que tem a pagar 1020,26€. O rendimento das duas pensões ( a dela e a pensão de sobrevivência) é 12801,67€ e a taxa efetiva de tributação é 12,09%. O que queria saber se me pode ajudar é saber se está taxa está correta. Como pode uma pensionista ter que pagar de reembolso 1.020,26€?
    Obrigado

    Responder
    • Paulo Silva

      Isso pode acontecer quando uma das pensões tem um valor baixo e que por isso mesmo não tem retenção na fonte. Ao considerar as duas pensões na declaração de IRS, há um valor de IRS a pagar mais elevado do que a retenção na fonte efectuada sobre a pensão mais elevada. Infelizmente é uma situação recorrente em contribuintes viúvos e que gera muito descontentamento pois é-lhes difícil entender estes assuntos.

      Responder
      • Miguel Monteiro

        Obrigado pela sua resposta. O curioso é que ambas as pensões não tem retenção na fonte. Uma é 506,24€ (pensão) e a outra (pensão de sobrevivência) é de 479€

        Responder
        • Paulo Silva

          Lá está. Cada pensão em separado não tem retenção na fonte, mas se se recebesse apenas uma pensão com o valor da soma das duas pensões, teria retenção na fonte, no caso cerca de 78 euros. Como não reteve, tem de compensar o Estado ao fazer a declaração de IRS. As minhas contas dão um pagamento de 1198 euros para o valor total anual que refere.

          Responder
    • Paulo Silva

      E também é claro que não se pode fiar no IRS automático.

      Responder
  3. Carlos Alberto Trindade Albuquerque

    Tenho certificado de aforro, série E.
    Não resgatei.
    Será viável, compensatório, pedir na loja CTT, certidão de juros, para efeitos de IRS?
    Atenciosamente
    Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Claro que deve simular. Pode compensar ou não.

      Responder
      • Anabela Simoes

        Quando escolho irs automático, onde posso verificar tudo isso de que falou?

        Responder
    • Isabel Matos

      Boa tarde
      Sabe se houve alguma alteração na comunicação por parte dos bancos relativamente à venda de ações. Isto pelo seguinte. O meu marido já vendeu e comprou várias vezes ações e sempre que foram declaradas apreciam apenas no seu IRS. Este ano aparece no IRS da mãe dele o anexo G pré preenchido com as referidas ações apenas porque a mesma é titular juntamente com ele na conta de onde vendeu as ações. Mas isto nunca aconteceu antes. Não sei se pode ajudar. Entretanto iremos falar com o banco a pedir a substituição desta informação junto das finanças.

      Responder
  4. luis Valadas

    Boa tarde, desde ja agradeco o seu excelente trabalho na ajuda que presta
    Bom a minha duvida e que no ano passado 2023 fiz uma escritura de partilhas em foi devido tornas por parte de um herdeiro que ficou com o imovel, foi pago o IMT e tive despesas para manter este
    Agora ouvi que as mais valias estavam isentas este ano, tambem nao sei como posso declarar e qual o efeito no meu irs
    Grato pela atençao, peço ajuda

    Responder
  5. Júlio Branco

    Boa noite Pedro,
    Desculpe-me lá esta pergunta, não tem a ver diretamente com o irs, mas ando com esta curiosidade e não sei se hei-de acreditar ou não, é o seguinte:
    Aparece em alguns jornais, nomeadamente o CM o Pedro a fazer publicidade e aconselhar em se investir no bitcoin, dizendo que é a melhor opção de investimento. O que diz no CM como publicidade é verdade?
    Muito obrigado por uma eventual resposta e mais uma vez as minhas desculpas por este atrevimento, é que não sei como lhe fazer chegar esta dúvida que me anda a atormentar esta publicidade , verdadeiro ou falso que é o Sr. a fazer esta publicidade?
    Júlio Branco

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Isso é uma burla que usa o meu nome para enganar as pessoas. Falo em criptomoedas, tenho criptomoedas e não tenho nada contra mas não faço publicidade a nenhuma moeda ou plataforma. Muito cuidado. Já fiz queixa contra desconhecidos, mas nada muda. É uma praga.

      Responder
  6. Ana Martins

    Olá!

    Quem fez uma subscrição de certificado de aforro no final de 2023 (com os juros a só serem capitalizados 3 meses depois, já em 2024), deve na mesma declarar tal subscrição? Mesmo que ainda não tenha rendimentos dela, ou só faz sentido para o ano?
    Obrigada 🙂

    Responder
  7. Ana Martins

    Olá outra vez!

    No caso de alguém com incapacidade acima de 60%, que não pague IRS (pelo menos mensalmente) é expectável que também não recebe nada, certo? (pois ninguém pode receber mais do que o que paga) – nesse caso não compensa fazer englobamentos, a menos que se faça IRS conjunto com o conjuge? E o contrário pode acontecer? Ter que pagar IRS estando isenta do mesmo? (falo no caso de IRS individual).
    Obrigada 🙂

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.