PPR | Fiz mais 2 PPR (PPR ETF e CGD Arrojado) – Como funcionam?

Escrito por Pedro Andersson

08.01.24

}
7 min de leitura

Publicidade

O que posso aprender com 10 PPR diferentes?

Neste momento, tenho 10 PPR diferentes. Com mais estes dois novos PPR (um da CGD e mais um da Golden SGF), tenho já uma visão bastante alargada da oferta de fundos PPR em Portugal. Mesmo assim, ainda farei mais alguns não só porque têm rentabilidades históricas muito atraentes, mas porque a minha curiosidade sobre o tema é imensa.

Não o aconselho de todo a fazer o mesmo que eu. Por favor, compreenda que ter 10 PPR ou mais é um absoluto exagero. Faço isto por razões profissionais e curiosidade pessoal. O ideal é ter 2: um para benefícios fiscais todos os anos e outro (ambos muito bem escolhidos) como investimento. E reforçar os dois com a regularidade possível.

O meu objetivo ao ter tantos PPR e fazer mensalmente o balanço de cada um é para seu benefício (caso queira ter a amabilidade de acompanhar esta minha aventura financeira). Não conheço comparadores de PPR em tempo real, por isso decidi avançar com esta experiência de literacia financeira, mesmo correndo o risco de me prejudicar financeiramente e de cometer alguns erros pelo caminho.

Como sabe, optei por subscrever apenas Fundos PPR e alguns são dos mais arriscados que encontrei. NENHUM TEM CAPITAL GARANTIDO. Isto quer dizer que, e isso aconteceu em 2022, olhei para eles e tinha lá menos 20% do que lá coloquei. Faz parte. É mesmo assim. Em 2023, já praticamente todos recuperaram e no conjunto deles já voltei a ter “lucro”.

Ao ler estes meus artigos deve entender que não é um conselho para escolher os mesmos que eu, até porque alguns poderão vir a ser escolhas erradas. Todas as suas escolhas devem deixá-lo confortável com o seu perfil de risco e conhecimento do produto que está a subscrever. Não decida pela cabeça dos outros (e isso inclui o que escrevo).

Dito isto, neste artigo quero explicar-lhe algumas das características dos dois novos PPR que subscrevi no final de 2023.

Recordo que até agora tinha estes PPR:

  • Alves Ribeiro (Banco Invest)
  • Smart Invest (Banco Invest)
  • PPR STOIK (Golden SGF)
  • PPR Doutor Finanças (Golden SGF)
  • PPR Optimize Agressivo (Optimize)
  • Save & Grow (Casa de Investimentos)
  • Mega TT (Bankinter)
  • NB PPR (Activobank)

Tem aqui um exemplo do balanço mensal que faço. Este está desatualizado, mas já estou a escrever o balanço de Novembro e Dezembro.

PPR | Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Setembro de 2023)

Em dezembro, subscrevi mais 2 de que vos falarei a seguir.

Caixa Arrojado PPR (CGD)

Subscrevi este PPR por iniciativa da minha gestora de conta da Caixa Geral de Depósitos que me ligou a sugerir este PPR (ela sabe que ando a fazer este “campeonato”) e convenceu-me que era uma boa opção nesta altura porque estava em “saldos”. É um PPR recente (nasceu em 2019) e historicamente tem tido uma boa rentabilidade. Cresceu cerca de 7% em 2020, 7% em 2021 e teve uma queda brutal em 2022 (-17%) tal como quase todos os outros. Em 2023 já recuperou dessa queda e na média até ao momento está nos cerca de 4,5% de valorização. 

Como sabe, o segredo dos PPR (se confiar no produto) não é resgatar quando está a perder. Pelo contrário, deve é colocar mais, se puder. 

O fundo Caixa Arrojado PPR/OICVM é um Fundo que apresenta um elevado nível de exposição a ações. Logo, tem uma elevada volatilidade (sobe e desce muito rapidamente). Isso faz com que também tenha boas rendibilidades potenciais.

O mínimo de subscrição é 100 € e pode definir entregas periódicas ao longo do ano.

NOTA: Nenhuma informação nesta página é publicidade ou é pago algum valor, ou comissão por aquilo que escrevo.

Tem aqui a informação da CGD sobre o produto:

https://www.cgd.pt/particulares/poupanca-investimento/fundos-de-investimento/pages/caixaarrojadoppr_oicvm.aspx

PPR Golden SGF ETF

No meu livro “Ganhar dinheiro”, expliquei que seria muito interessante tentar cruzar o melhor de dois mundos – as vantagens fiscais do PPR, com o rendimento e faixas comissões dos ETF. Quando o livro foi lançado (em setembro de 2023) ainda não havia nenhum. Agora já há. 

Chama-se PPR ETF (basta pesquisar no Google). E tem todas as vantagens fiscais de um PPR e é composto por ETF de ações e ETF de obrigações. Isso faz com que as comissões deste PPR sejam mais reduzidas do que os PPR concorrentes (pelo menos é o que anunciam). Verificarei se é verdade. Como fiquei curioso e o conceito interessa-me particularmente, subscrevi em Dezembro 1.500 euros (o mínimo inicial).

Em todo o caso, para a comparação ter leitura com os outros 9 PPR, o cálculo apresentado será com base no valor de 1.000 €. 

Quem investe neste tipo de PPR tem de ter resistência ao risco e assumir que é um valor para manter (ou reforçar) no mínimo durante 5 anos.

O PPR Golden SGF ETF tem cerca de 75% do investimento feito em ações de empresas e mercados desenvolvidos e emergentes. E cerca de 22,5% é em ETF de obrigações e semelhantes. 

Remunerações e Comissões

  • Comissão de Gestão: no máximo de 1% ao ano, calculada diariamente sobre o valor ilíquido do Fundo.
  • Comissão de Subscrição: 0%.
  • Comissão de Reembolso: no máximo de 1%, aplicada ao valor das Unidades de Participação reembolsadas no primeiro ano do contrato.
  • Comissão de Transferência: 0%.

Sobre as comissões cobradas incidirão impostos, de acordo com a legislação em vigor.

Nota: Quem subscreveu o PPR ETF até ao dia 30 de novembro, beneficiou de uma comissão de gestão de 0,75% durante todo o contrato. Aproveitei essa oportunidade. Uma comissão de gestão de 0,75% num Fundo PPR é muito boa.

Montantes mínimos de subscrição:

Para as subscrições iniciais existe um valor mínimo de 1.500 €, salvo quando o Participante for menor, situação em que o valor mínimo será de 500 €. Posteriores subscrições terão um valor mínimo de 500 €, salvo quando efetuadas por SDD (Sistema de Débito Direto), situação em que o valor mínimo será de 50 €.

Estas breves descrições dos meus dois novos PPR não são exaustivas. Se estiver interessado em algum deles (ou em qualquer outro) deve consultar a documentação de cada uma das entidades e tirar com eles todas as dúvidas que tiver. Não estou a “vender” PPR.

O meu objetivo é puramente didático e não é uma sugestão de investimento. Nenhum dos meus PPR tem capital garantido e todos têm risco de perda. Os valores que lhe apresento são calculados com base em dinheiro real (meu). Não são teoria, nem simulações.

As contas dos primeiros 2 meses

O PR CGD Arrojado cresceu 0,75% em cerca de 1 mês. Os 1.000 € investidos representam, decorrido 1 mês, (se os resgatasse hoje) 1.007,34 € brutos.

O PPR SGF Golden ETF, em poucas semanas, já cresceu 1,6%, para 1.016,04 € brutos. Estou mesmo muito curioso com o desempenho deste PPR. É uma novidade em termos de conceito e terei a vantagem de o seguir praticamente desde o primeiro dia. 

Passarei a incluir estes dois PPR nos meus balanços mensais sobre quanto estou a ganhar ou a perder com os meus 10 PPR. Espero que estes artigos o ajudem a perceber como funcionam estas ferramentas financeiras que podem fazer a diferença na sua vida e na dos seus filhos. Sempre com conhecimento dos riscos e das vantagens que têm.

Recordo-lhe este episódio do Podcast para perceber melhor do que estou a falar.

PODCAST | #110 – O meu PPR está negativo. É normal?


5 passos simples que vão mudar a sua vida

Finalmente, um livro que ensina tudo o que a Escola, o Estado e as famílias não ensinam sobre Dinheiro. Em apenas 5 passos, tem o caminho com a estratégia mais eficaz para criar riqueza com o seu salário, e não com o salário dos outros ou com o que gostava de ter.

https://bit.ly/GanharDinheiro_ComoCriarRiquezaComUmSalárioNormal


OS OUTROS 4 LIVROS (Links para encomendar)

Contas-poupança – Como superar a inflação e ganhar com a crise

Contas-poupança – Vença a crise com inteligência

Contas-poupança – Poupe ainda mais, Invista melhor

Contas-poupança – Viva melhor com o mesmo dinheiro

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três e seis meses, mas sobem a 12

Euribor desce a três e seis meses, mas aumenta no prazo de 12 meses Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (26 de fevereiro a 03 de março)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

PODCAST | #218 – Vamos a contas | Tenho de declarar os Certificados de Aforro (e outros) no IRS?

Os Certificados de Aforro continuam a suscitar muitas dúvidas. Uma delas é se somos obrigados a declará-los no IRS e como se faz. Essa dúvida é também muito comum quando alguém começa a pensar em investir em produtos relacionados com as bolsas, como Fundos PPR, Fundos...

ÚLTIMO DIA | Prazo para validar faturas para IRS 2023 termina hoje

Já validou TODAS as suas faturas e do seu agregado familiar? Os contribuintes têm até ao final do dia de hoje (quarta-feira, dia 28 de fevereiro) para validar e confirmar as faturas relevantes para o IRS de 2023, após o Ministério das Finanças ter decidido prolongar o...

Arrendamentos | Burlas estão a aumentar. Conheça os sinais e como evitar

Burlas com falsos arrendamentos têm estado a aumentar nos últimos dois anos Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes De acordo com a PSP, as burlas com falsos arrendamentos têm vindo a agravar-se desde 2022, quer nos arrendamentos de casas de férias, quer no...

ÚLTIMA HORA | Prazo para validar faturas de 2023 prolongado até quarta-feira

Faturas pendentes - Prazo prolongado até quarta-feira A Autoridade Tributária (AT) prolongou por dois dias, até quarta-feira, o prazo para a validação de faturas relativas a 2023 no portal e-fatura, depois de constrangimentos no último dia do prazo inicial. Em...

Quer inscrever-se no regime do Residente não Habitual? Pode fazê-lo até 2025

Autoridade Tributária informou que os contribuintes elegíveis podem inscrever-se até 31 de março de 2025 Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Se está interessado em inscrever-se no regime do Residente não Habitual (RNH), que permite aos seus beneficiários...

EURIBOR HOJE | Taxa a três meses mantém-se, mas sobe a seis e 12 meses

Euribor mantém-se a três meses, mas aumenta nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

ELETRICIDADE | O indexado em Fevereiro vai baixar bastante – Vale a pena mudar?

O preço da eletricidade no OMIE está quase de graça É impressionante o que está a acontecer nesta última semana. O preço da eletricidade no mercado grossista está praticamente a zero. Os valores a que a eletricidade vai ser vendida e comprada amanhã, pelas empresas...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a três meses e descem a seis e 12 meses

Euribor sobe a três meses, mas desce nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

Publicidade

Artigos relacionados

14 Comentários

  1. Ivan

    No caso do PPR Golden SGF ETF, as comissões dos ETF`s que compõem o PPR, estão incluídas na comissão de gestão do próprio PPR ou acresce a essa mesma comissão de gestão?
    Qual é a vantagem entre subscrever este PPR pagando uma comissão de gestão mais alta e ir a uma corretora lowcost (Degiro, por exemplo), escolher os mesmos ETF`s e pagar as comissões destes, muitos mais baixas?

    Responder
    • Andre

      Assim de repente, e muito por alto, as vantagens são os benefícios fiscais à entrada e à saída do capital.

      Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Os benefícios fiscais à entrada e à saída. Sobretudo à saída.

      Responder
  2. Bruno Ferreira

    SR. Pedro Anderson, vou dar uma sugestão, VEJA POR FAVOR, OBRIGADO.

    Subscreva por favor o PPR INVEST TEDÊNCIAS GLOBAIS, do Banco Invest , para o comparar com o PPR SAVE & GROW da Casa de Investimentos , investem ambos em 100% em ações, e são de risco 6.

    Eu tinha o PPR AGRESSIVO da Optimize Investment Partners, e em Dezembro de 2023, que só foi concluído em Janeiro de 2024, fiz transferência de PPR, para o PPR SAVE & GROW, porque gosto mais da estratégia e a transparência de Investimento da Casa de Investimentos , e o PPR da Optimize Investment Partners é de risco 5, e eu tenho 36 anos, optei pelo PPR SAVE & GROW de risco 6, porque ainda me falta muita para a reforma.

    E o PPR AGRESSIVO, ainda consegui trazer uma rentabilidade do que tinha investido de 7%, graças as quedas de 2022 e o ter reforçado com extra, o que foi tudo investido no PPR SAVE & GROW, os 7% FIZERAM DE JUROS COMPOSTOS 😃 😃 .

    Obrigado pela literacia financeira, em Portugal, é o melhor, é MÁQUINA, SR. PEDRO ANDERSON.

    ADORO 😉 de ver, a sua aventura nos PPR e em tudo OBRIGADO DE CORAÇÃO .

    Grande abraço campeão 😉

    Responder
  3. carolina campos

    Bom dia!
    colocar no OPEN BANK a 3,75% brutos a 1 anos, é uma hipótese Valida?
    è um Banco espanhol, paga brutos, não líquidos.
    Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Onde é que leu que paga brutos e não líquidos? Pode colocar o link?

      Responder
  4. Miguel

    Qual o significado de SGF?

    Responder
  5. Antunes

    O que diferencia o PPR SGF Stoik do PPR GOLDEN SGF ETF?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Do que leu nas fichas dos dois produtos a que conclusões chegou?

      Responder
      • Ana Sebastião

        Olá, encontro-me com a mesma dúvida, mas sei que a culpa é minha por falta de conhecimento na área. Do que percebi ambos têm o mesmo grau de risco 5, o etf investe um valor superior em acções e um valor ligeiramente inferior em Obrigações quando comparados, sendo que também não investe em imobiliário. Ainda assim queria optar por um dos dois e continuo sem saber por onde escolher. Se tivesse de optar por um deles, em qual recaía a sua escolha?
        Muito obrigada

        Responder
  6. Fernando Ribeiro

    Bom dia!

    Há uns fundos interessantes da Optimize em parceria com a LFO, nomeadamente o PPR Leopardo.
    Parece-me uma boa alternativa para resumir daqui a ˜20 anos com esses que já tem em carteira…
    Obrigado pelo seu trabalho na literacia financeira.

    Responder
  7. Pedro

    Olá,

    Antes de mais, muito obrigado por toda a sua partilha de experiência pessoal e conhecimento. É louvável, e um verdadeiro serviço público.

    Tenho uma dúvida que talvez me consiga esclarecer: se eu fizer 2 PPR, um com 1750€ anuais (que para a minha idade, significa o tecto para atingir os benefícios fiscais de 350€/ano) e um segundo, com outro montante qualquer, no caso de resgatar mais tarde apenas este segundo, também teria de devolver os benefícios fiscais obtidos anteriormente, ou mantendo o primeiro é suficiente?

    Muito obrigado!

    Responder
    • Manuel

      Não teria que devolver, pois aquando da realização do IRS você decide qual pretende usufruir dos benefícios fiscais.
      Eu todos os anos aplico em varios PPR ,mas só 1 é menciono no IRS e adequado à minha idade.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.