VÍDEO | Pode pagar metade pelo seu Seguro de Vida do crédito à habitação?

Escrito por Pedro Andersson

05.10.23

}
6 min de leitura

Publicidade

Seguro de Vida | Há quanto tempo não o renegoceia?

Centenas de milhares de portugueses estão a pagar demais pelo seguro de vida associado ao crédito à habitação. Muito provavelmente pode pagar metade do que está a pagar pelas mesmas coberturas ou até melhores. Na reportagem desta semana do Contas-poupança expliquei-lhe o que pode fazer para garantir que tem o melhor seguro de vida ao preço mais baixo. As poupanças podem chegar às dezenas de milhares de euros.

Tal como milhares de outros portugueses, para ter um spread um pouco mais baixo no crédito à habitação, Agostinho António fez o seguro de vida na seguradora sugerida pelo banco. Como já tinha mais de 50 anos, o seguro de vida era caro: cerca de 280 euros por mês.

Depois de algumas conversas com amigos, percebeu que talvez fosse possível pagar menos. Decidiu meter pés ao caminho e pedir simulações noutras seguradoras. Descobriu que fora do banco conseguia as mesmas coberturas – ou melhores – por metade do preço.

Quando confrontou o banco, a resposta foi a que estava à espera. Ameaçaram com o aumento do spread. Mas Agostinho já tinha feito as contas. Por isso não foi na conversa. Perguntou quanto aumentava a prestação, com um agravamento de 0,25 no spread, e verificou que a poupança no seguro de vida era muito superior ao que ia “perder” com o aumento do spread. Com essa decisão poupou mais de 100 euros por mês desde então. E já passaram alguns anos. Já poupou muitos milhares de euros.

Esta é a primeira grande lição. Os clientes bancários têm de perder o medo da conversa do aumento do spread. O que interessa é se no final do mês vai ficar a pagar menos na soma da prestação com o seguro de vida. 

Muitos portugueses só pensam na prestação do crédito à habitação e esquecem-se de que o seguro de vida é um dos custos mensais mais elevados a seguir ao crédito. A ideia é sempre reduzir os dois, ao longo do tempo que dura o crédito.

Atenção às simulações que lhe derem. Normalmente fazem um preço especial no primeiro ano, mas depois aumentam muito mais a partir do segundo ou terceiro ano. Veja é o valor total a pagar até ao fim do contrato.

Se o senhor do banco lhe dizer que lhe aumentam o spread se mudar para outra seguradora, peça uma simulação de quanto vai subir a prestação se mudar o seguro de vida para outra seguradora. Tanto pode não compensar, como pode compensar e muito. O que acontece muitas vezes é que o funcionário mete medo ao cliente ainda antes de saber se o spread vai mesmo aumentar ou não.  Há muitas apólices em que nem sequer está previsto qualquer aumento.

Sobretudo os contratos mais antigos não têm qualquer referência ao seguro de vida. Tem de ler o seu documento complementar da escritura. Tanto pode ler sozinho, como pode pedir ajuda a um mediador de seguros da sua localidade. Eles ajudam gratuitamente.

Pegue na sua apólice atual, no seu documento complementar da escritura, no valor em dívida, quantos meses faltam pagar, e peça a um mediador de seguros para analisar o seu caso. O resultado pode surpreendê-lo.

Veja estes casos reais.

Um banco apresentou ao cliente uma proposta de seguro de vida de 852,35 € por ano para um crédito de 160 mil euros. Com os mesmos dados, um mediador de seguros conseguiu uma proposta para os mesmos valores e coberturas de 158,59 €. Uma poupança de 693,85 €, ou menos 57,82 € por mês. 

Noutro caso, para um capital de 294.000 € e duas pessoas na casa dos 50 anos, o seguro de vida no banco ficaria em 2.763,60 € por ano, mas trocando para outra seguradora, com as mesmas condições, o prémio baixaria para 1.814,76 €, uma poupança de 948,84 €, isto é, menos 79,07 € por mês. 

Pode pedir simulações a mediadores da sua cidade ou através de simuladores na internet. Mas mexa-se. Se está a espera que o banco voluntariamente lhe baixe o seguro de vida, bem pode esperar sentado. O não está sempre certo.

Há casos em que o próprio banco aceita baixar o seguro de vida, mesmo não saindo para outra seguradora. As poupanças médias, dizem os mediadores de seguros independentes, são de 300 ou 400 euros por ano.

IAD OU ITP?

E não se esqueça que há dois tipos de seguro de vida: o IAD (Incapacidade Absoluta e definitiva), em que a seguradora só paga a casa ao banco se ficar em estado quase vegetativo, e o ITP (Incapacidade Total e Permanente) em que com 55%, 60%, ou 65% de incapacidade, ou perto disso, já fica com a casa paga. Veja qual é que tem e mude para ITP se tiver o IAD. Veja isto COM MUITA URGÊNCIA. Troque, mesmo que fique a pagar mais.

Prepare-se para preencher questionários médicos e talvez fazer até exames médicos. Se já tiver doenças graves ou idade mais avançada pode não ser vantajoso mudar de seguradora. Fica com exclusões ou agravamentos. Mas avalie sempre as alternativas.

Seguro de Vida – Já pediu o seu Plano de amortização?

A proposta dos mediadores para não ser penalizado com a mudança

A Associação nacional dos mediadores e corretores de seguros propôs ao governo que – pelo menos temporariamente – seja suspenso o aumento do spread se qualquer cliente mudar de seguradora. Seria uma poupança muito grande para as famílias portuguesas e evitava muitos conflitos com os bancos.

Embora sejam parte interessada nesta guerra comercial porque conseguiriam mais clientes, os mediadores acreditam que isso ia fazer baixar os preços praticados pelas seguradoras dos bancos. A poupança pode ser muito grande.

Há exemplos na legislação recente. Por exemplo, há uns anos o governo limitou a 0,5% a penalização quando alguém amortizar o crédito ou fizer uma transferência de crédito. E mesmo essa acaba de ser suspensa durante dois anos. Só querem o mesmo no setor dos seguros…

Em resumo, pegue nos seus dados, consulte vários mediadores de seguros e veja se consegue poupar mudando de seguradora, mesmo que isso implique um aumento de spread. É que mesmo que a poupança agora não seja muita, assim que fizer 50 anos, a diferença pode ser de centenas de euros por mês com a mudança que fizer hoje. Eu poupei com esta mudança mais de 37 mil euros. Já baixei o meu seguro de vida 3 vezes.

Pode ver ou rever aqui a reportagem em vídeo na página da SIC Notícias:


5 passos simples que vão mudar a sua vida

Finalmente, um livro que ensina tudo o que a Escola, o Estado e as famílias não ensinam sobre Dinheiro.

Em apenas 5 passos, tem o caminho com a estratégia mais eficaz para criar riqueza com o seu salário.

https://bit.ly/GanharDinheiro_ComoCriarRiquezaComUmSalárioNormal

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PodTEXT Vamos a Contas | Amortizar o Crédito à habitação faz baixar o IRS?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

Isenção de IMT e Imposto de Selo para jovens oficialmente aprovada

Medida para ajudar jovens a comprar casa vai avançar Há cerca de três semanas, o Governo aprovou em Conselho de Ministros diversas medidas para facilitar a compra de habitação aos jovens até aos 35 anos. Entre elas, além da garantia pública de até 15% do valor do...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (17 a 23 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PodTEXT | Como perder o medo de investir e começar a ganhar dinheiro?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

Apanhei um Uber… e o motorista “ganhou” 4.797 euros

Uma viagem que deu lucro... Apresento-vos o José Silva. É condutor de Uber. O meu carro (um GOLF IV que tem 22 anos e está aí para as curvas) foi pintado todo de uma ponta à outra e ficou pronto hoje. Chamei um Uber para o ir buscar à oficina. Assim que entro no Uber,...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #248 – Amortizar o Crédito à habitação faz baixar o IRS? (A pergunta do João Paulo)

Amortizar o Crédito à habitação faz baixar o IRS? O João Paulo este ano quase que pagou IRS em vez de receber reembolso. Ele está preocupado com o ano que vem, porque tem feito muitas horas extraordinárias. Uma das possíveis estratégias dele é amortizar o crédito à...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (10 a 16 de junho)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de retalho de cerca de 10% para as...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

9 Comentários

  1. Nuno M

    Boa tarde,
    Penso que existe uma lei que impede os bancos de aumentar spread se mudarmos o seguro de vida ou até mesmo o seguro da casa. Em 2019, anulei e deixei de ter seguro de vida associado ao meu empréstimo e não me aumentaram nada, mudei também o banco de onde me faziam o débito da prestação nesse ano. Em 2021 mudei o seguro da casa para outra companhia e tudo na mesma. Os funcionários da “UCI” disseram que estas mudanças não podiam implicar no spread devido a uma lei. Este ano em abril decidi amortizar totalmente o que devia ao banco e não me cobraram nada. As finanças é que me cobraram 50 euros pelo documento a garantir que a casa já era totalmente minha e sem hipoteca. Quando falo em banco refiro me à UCI, que era a empresa à qual me emprestou o dinheiro.

    Responder
    • Angelina Veloso

      Boa noite Sr Pedro Anderson, estando eu no estrangeiro e não avendo aqui uma secursal Millennium BCP como posso trabalhar do seguro de vida e o apoio habitação que dá início a 2 de novembro??
      Estou sem seguro de vida e morte a desde 2015.
      Já pedi simulação a uma seguradora já tenho o orçamento do seguro de vida, mas ainda não consegui assinatura digital, dizem que não fazem chamadas para fora da Europa.
      Obrigada
      Um bem haja
      Aguardo resposta.
      Atenciosamente
      Não me encontro a trabalhar no momento derivado a problemas de saúde

      Responder
  2. Catarina M.

    Caro Pedro,

    E a mudança de seguro só pode ser feita quando o mesmo renova, ou seja, neste caso anualmente? O seguro é pago mensalmente, mas o banco confrontou-me com essa informação.

    Obrigada!

    Responder
  3. Sofia Silva

    Tenho uma dúvida, ao amortizar parte do crédito deve-se contactar o seguro de vida para ter em conta o novo valor que se encontra em dívida?

    Responder
  4. Antonio

    Relativamente ao seguro de vida credito eu pedi ajuda nas contas e comprei diretamente em http://www.mudey.pt.
    Muitos prestaveis e mais barato pois compararam todo as ofertas das seguradoras.

    Responder
  5. Pedro

    Relativamente ao seguro de vida credito eu pedi ajuda nas contas e comprei diretamente em http://www.mudey.pt.
    Muitos prestaveis e mais barato pois compararam todo as ofertas das seguradoras.

    Responder
  6. Nuno China

    Bom dia Sr. Pedro , pode por favor indicar se existe alguma entidade /contato que possa fazer a análise do contrato de credito habitação para que possa saber se vale a pena a troca /substituição dos seguros se a penalização no spred compensa se for o caso?
    Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. O primeiro passo é contactar um mediador de seguros e ver se consegue uma proposta melhor do que o que tem atualmente. E se o aceitam como cliente (pode ter doenças pré-existentes) ou se lhe interessa a si a proposta deles. Depois de ter isso garantido é que fala com o banco.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.