ELETRICIDADE | Qual é o preço médio do mercado indexado este mês? (1 a 24 de Abril)

Escrito por Pedro Andersson

23.04.23

}
5 min de leitura

Publicidade

A forma mais simples de baixar a fatura de eletricidade

Há milhares de clientes a receber faturas de eletricidade de 10, 15 ou 20 euros por mês quando estavam habituados a pagar 70, 80 ou mais de 100 euros. Como é que isso é possível? Este post no Facebook já foi lido por cerca de 300 mil pessoas. Muitos não conseguem acreditar e comentam que é mentira, fake news e que é “banha da cobra”. Não. É apenas literacia financeira.

Todos os domingos, faço um artigo com a média do mês até ao momento para que saiba quando sair e assim aproveitar ao máximo esta poupança. Haverá, obviamente, um dia em que este tarifário deixará de compensar. Se perceber quando deve sair, estará a aproveitar ao máximo todas as poupanças disponíveis. Há pessoas que em poucos meses já pouparam mais de 400 euros. Tem os dados desta semana mais abaixo.

Sei que isto lhe pode fazer muita confusão, mas neste momento (nos primeiros meses de 2023) a maior poupança está nas empresas mais baratas do mercado que têm tarifários indexados.  As poupanças podem chegar aos 70 ou 80%. Pergunte a quem segue esta página e as redes sociais quando estão a pagar depois de terem mudado e se estão arrependidos. Mas atenção, esta poupança é só para quem está atento ao preço da eletricidade no mercado OMIE (no mercado grossista) para sair quando já não compensar. Neste momento, compensa e não é pouco.

Para quem não sabe, os tarifários de eletricidade indexados são aqueles em que você paga a eletricidade a “preço de fábrica” (na origem – chama-se OMIE – onde todos os fornecedores a compram para a vender a si) e paga uma pequena margem de lucro fixa a esse fornecedor.

Qual é o risco que corre? É que se a eletricidade subir repentinamente de preço na origem, nesse mês você vai pagar muito; mas se a eletricidade baixar muito você vai também poupar muito. É o que está a acontecer neste momento em que escrevo este artigo. A eletricidade está praticamente de graça. Em Março, o preço do kWh foi de 2 cêntimos. No mercado regulado está a cerca de 16 cêntimos. Vê a diferença? Neste momento, está negativa, como verá.

Como sei que isto é um bicho de 7 cabeças para muitos de vocês, vou dar uma ajuda. Todas as semanas vou fazer as minhas contas e vou publicar aqui (idealmente todos os domingos) o preço médio do kWh que pagariam se estivessem no mercado indexado.

Este acompanhamento semanal vai permitir-vos avaliar quando estará na altura de começarem a ponderar sair do tarifário indexado para um tarifário fixo que seja melhor do que o indexado nessa altura. Este detalhe é importante porque sair de uma empresa e entrar noutra ainda pode demorar 15 dias ou mais. Assim, com esta informação que lhe darei semanalmente, não será apanhado desprevenido com uma fatura anormalmente alta porque não se apercebeu deste movimento no mercado da eletricidade. Espero que seja uma informação útil para si.

O limite que traçarei é a média de 200 euros por MegaWatt/hora (o equivalente a 15 cêntimos por kWh, que é o valor do mercado regulado). 

Pode ver ou rever essa reportagem neste link, para perceber como funcionam os tarifários indexados:

VÍDEO | Poupança de 50% na eletricidade com os tarifários indexados

Média do mercado indexado de eletricidade – 1 a 24 de abril

Como é que pode ir acompanhando o preço da eletricidade? Basta ir www.omie.es e ir vendo de vez em quando se o preço da eletricidade no tal OMIE começa a superar os 200 €/MWh. Se a média mensal chegar a esse valor é só voltar para a sua empresa antiga. Até que isso aconteça estará a poupar dezenas e dezenas de euros por mês. Como pode ver abaixo, nas primeiras 3 semanas de abril a média é de 72,05 MWh.

Em Abril, houve muitos dias com valor zero. Sim, eletricidade de graça que depois vendem a si a 10, 14, ou 16 cêntimos o kWh, se tiver um tarifário fixo.

Assim, pelos meus cálculos, este valor – aplicando um cálculo APROXIMADO – se o mês completo fosse apenas esta média até ao momento, faria com que o valor a pagar no próximo mês relativamente aos seus consumos fosse negativo. Sei que é estranho e surpreendente, mas é mesmo assim. Ninguém está a tentar enganar ninguém.

O mecanismo de ajuste MIBEL (que soma a este preço) também está a zero há vários meses. Portanto, o risco dessas subidas neste momento é reduzido.

O kilowatt/hora, para quem não sabe, é cada conjunto de 1.000 watts/hora que você consome. Por exemplo, se usar um aspirador que tem uma potência de 1.000 W, se aspirar durante uma hora, vai gastar 1 kWh. Aspira na mesma, mas se for cliente de uma empresa vai pagar 4 ou 5 cêntimos, se for cliente de outra vai pagar – pelo mesmo consumo – mais do dobro ou o triplo. É por isto que é tão importante mexer-se e estar atento aos preços da eletricidade no mercado e mudar sempre que encontrar mais barato. 

A maioria dos portugueses gosta de saber com o que conta e detesta surpresas, por isso normalmente prefere pagar mais mas ter a garantia de saber o que vai acontecer. O importante, nesta fase de inflação altíssima, é não desperdiçar 1 euro que seja. Se pode pagar 30, porque é que prefere pagar 80? Não fica fidelizado. Assim que o preço subir, sai e regressa aos que forem melhores nessa altura.

Se poupar 60 euros por mês durante 10 meses são 600 euros que ficam no seu bolso que o podem ajudar a suportar, por exemplo, o aumento de 100 euros na sua prestação da casa durante meio ano.  

Para encontrar as empresas que têm tarifários indexados use o simulador da ERSE ou pesquise no google “tarifários eletricidade indexado”, contacte as empresas e compare o preço do kWh que está a pagar com os preços que lhe oferecerem. 

O ponto a fixar é que se quiser poupar, tem de estar atento e ser uma pessoa informada. Como as pessoas que estão atentas ao boletim meteorológico. Vai encontrar aqui essa informação.


pnl-970x250-billboard

 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

CRIPTOMOEDAS | Estou a ganhar ou a perder dinheiro? (Mês #26 – Fevereiro 2024)

O meu investimento em Criptomoedas - Balanço de Fevereiro de 2024 Cá estou eu para fazer mais um balanço do meu "investimento" em criptomoedas. Tenho algum dinheiro em Ethereum, que comprei através da plataforma Binance. Quero antes de mais relembrar que está em ampla...

Prémio Salarial | Formulário para fazer pedido já está disponível

Jovens têm até 31 de Maio para fazer o pedido de devolução de propinas, mas tempo de espera é elevado Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes No final do ano passado, o Governo anunciou uma medida que previa a devolução de propinas aos jovens que tivessem entrado...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três meses, mas sobem a seis e 12 meses

Euribor desce a três meses, mas sobe nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (26 de fevereiro a 03 de março)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três e seis meses, mas sobem a 12

Euribor Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um...

Cheque + Digital | A Lista das entidades que têm cursos de formação digital “grátis” (até 750 €)

A lista das entidades certificadas elegíveis para o apoio dos 750 € Antes que comecem a chover as críticas, relembro que coloquei "grátis" entre aspas porque vai ter de pagar primeiro o curso, ou cursos, do seu próprio bolso, mas depois esse dinheiro é devolvido pelo...

Painel solar fotovoltaico – Balanço Janeiro de 2024 (Mês #86)

Balanço de Janeiro de 2024 Janeiro foi um mês anormalmente baixo. No que diz respeito à produção de eletricidade, os primeiros meses do ano já são de recuperação e de aumento progressivo até atingir novamente o pico no Verão. Enfim, houve apenas uma maior sucessão de...

PODCAST | #216 – Vamos a contas | Quase não fiz descontos para a Segurança Social, qual vai ser a minha reforma?

Esta ouvinte do podcast (que quer ficar anónima) tem apenas 29 anos de descontos para a Segurança Social. Trabalha muito e recebe o seu salário, mas os "patrões" recusam-se a fazer descontos para a Segurança Social. Ela tem 64 anos e está muito preocupada com a...

Arrendamento | Rendas acessíveis alargadas a quem tem rendimentos mais altos

Limite de rendimentos máximos anuais para aceder a apoios ao arrendamento foi alargado para abranger mais cidadãos O valor máximo de rendimento anual para aceder ao Programa de Apoio ao Arrendamento foi aumentado, de acordo com uma portaria publicada em Diário da...

EURIBOR | Taxas sobem a três e 12 meses, mas baixam a seis

Euribor subiram hoje a três e 12 meses, mas recuaram no prazo de seis meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

Publicidade

Artigos relacionados

43 Comentários

  1. Patrícia Pereira

    Olá, esta alteração para outra empresa também contempla que está com o desconto de tarifa social na EDP? Quando se simula na ERSE o valor a colocar é com ou sem esse desconto? Obrigada

    Responder
    • .Maria Santos

      Afinal qual a émpresa mais barata????
      E como faço para mudar

      Responder
      • Pedro Sousa

        Maria Santos, neste momento a empresa mais barata é a luzboa com o tarifário indexado ao mercado spot, mas neste tipo de tarifário, varia hora a hora, só sabe o valor que irá pagar quando receber a sua fatura. Se não quer ter esta variação de preço pode escolher uma empresa que pratica preço fixo como a galp & continente, endesa, etc. Para ter uma ideia da diferença de preço para 300KWh no indexado a fatura seria cerca de 26€ e no fixo cerca de 45 a 50€, se tiver tarifa social seria cerca de 4€ indexado e 23 a 28€ no fixo. Para mudar pode ser por telefone ou no site da empresa, verifique no site da erse
        https://simulador.precos.erse.pt/eletricidade/

        Responder
        • Óscar

          Apesar do preço grossista variar de hora a hora, o que conta para o preço final de cada fatura é a média mensal.
          Esse preço grossista pode ser consultado aqui: https://www.omie.es/pt/spot-hoy
          Como exemplo, neste mês de abril, de dia 1 a 25, o preço está em 73,01€/MWh, o que se traduz num preço de 0,0003€/kWh na Luzboa.
          O melhor tarifário fixo sem fidelização ao dia de hoje para novos clientes é provavelmente o da Repsol, onde se consegue 0,0895€/kWh para uma potência contratada até 6,9kVA ou 0,0854€/kWh para uma potência superior.
          Para que o tarifário da Luzboa deixe de compensar é necessário que o preço grossista atinja cerca de 150€/MWh.
          No entanto este cenário não é muito provável nos próximos meses, pelo menos segundo o mercado de futuros.
          Ao dia de hoje, até outubro, o valor mensal máximo que se antecipa é de 132€/MWh precisamente em outubro.
          O valor dos futuros pode ser consultado aqui:
          https://www.omip.pt/pt

          Responder
        • Alberto Ribeiro

          Mudei para a LUZBOA aguardo pela emissão da primeira factura. Mas tenho já uma reclamação a fazer da mesma ninguém atende no telefone fixo. E a sede da empresa é em Viseu mas trata-se de uma loja sem visibilidade e que trata de outros assuntos. Alguém tem mais informação sobre a empresa?

          Responder
    • Óscar

      1. O desconto da tarifa social é independente da comercializadora de energia. Em particular, na Luzboa usufrui-se dela à mesma e deve-se ter o cuidado de mencioná-lo no formulário de adesão. Curiosamente, os valores que a Luzboa tem no site estão desatualizados e não são os que praticam. Os valores corretos são estes:
      Potência contratada (kVA) EUR/dia
      Tarifa simples, bi-horária e tri-horária
      1,15 0,0299
      2,3 0,0599
      3,45 0,0898
      4,6 0,1198
      5,7 0,1497
      6,9 0,1797
      Energia ativa 0,0476 EUR/kWh
      2. Quando se simula na ERSE creio que não existe opção para colocar a tarifa social. Este desconto é aplicado aos valores indicados no simulador.

      Responder
  2. HPS

    Bom dia!
    Sigo as suas dicas de poupança e em resultado fiz Certificados de Aforro e mudei para o mercado indexado de eletricidade a 1 de março!
    Na app da OMIE parametrizei o telefone a emitir um aviso automático quando o preço chegar a 200 EUR, desta forma sinto-me mais descansado porque serei avisado quando o preço atingir valor preocupante.
    Obrigado pelo seu trabalho e atenção.
    Cump, HPS

    Responder
    • JRM

      Sabe se é possível colocar este alerta atraves do site (sem ser pela app). Não estou a encontrar. Mt obrigada

      Responder
  3. Óscar

    Apesar do preço grossista variar de hora a hora, o que conta para o preço final de cada fatura é a média mensal.
    Como exemplo, neste mês de abril, de dia 1 a 25, o preço está em 73,01€/MWh, o que se traduz num preço de 0,0003€/kWh na Luzboa.
    O melhor tarifário fixo sem fidelização ao dia de hoje para novos clientes é provavelmente o da Repsol, onde se consegue 0,0895€/kWh para uma potência contratada até 6,9kVA ou 0,0854€/kWh para uma potência superior.
    Para que o tarifário da Luzboa deixe de compensar é necessário que o preço grossista atinja cerca de 150€/MWh.
    No entanto este cenário não é muito provável nos próximos meses, pelo menos segundo o mercado de futuros.
    Ao dia de hoje, até outubro, o valor mensal máximo que se antecipa é de 132€/MWh precisamente em outubro.

    Responder
    • Susana Megre

      Boa tarde,

      Deixa de compensar aos 150 Eur/KWH ou aos 200 Eur/KWH, é que aqui no site é referido como limite os 200 Eur, daí a minha dúvida.

      Obrigada

      Responder
      • Pedro Andersson

        Ola. Os 200 é em relacao ao prec6no regulado. Ha empresas msis baratas. Se consegue menos dec15 centimos por kWh, o indexado deixa de compensar abtes dos 200…

        Responder
  4. Sara cepa

    Boa tarde
    Na aplicação OMI que instalei não surgem os dados como no print apresentado em cima .
    Haverá mais do que uma aplicação?
    Grata pelo esclarecimento

    Responder
  5. H3r

    Bom dia,

    Com o seu alerta para os preços disponíveis no mercado, já mudei para um comercializador no mercado indexado. Estou agora a aguardar pelo fim do mês para confirmar as poupanças.

    Tenho uma dúvida. Quando se refere:
    O limite que traçarei é a média de 200 euros por MegaWatt/hora (o equivalente a 15 cêntimos por kWh, que é o valor do mercado regulado).

    Porque é que 200€ por MWh equivale a 15 cêntimos por Kwh?
    A 15 cêntimos não deveria ser mais próximo de 240€ (retirando os -9.5 cêntimos das tarifas de acesso às redes e o 0.5 cêntimos de margem do comercializador)?
    É possível partilhar o Excel das contas numa spreadsheet google para se perceber todas as componente do preço? Não consegui perceber se as perdas se referem a cada MWh ou KWh, p. ex, não permitindo reconstruir a formula usada.

    Obrigado e continuação de bom trabalho de ajuda aos consumidores atentos.

    Responder
    • JRJordao

      (200/1000+0.004)*1,16*1.02+0.005-0.0958 = ~0,15

      Responder
  6. António Barros

    Mas existe algum tarifário indexo que não obrigue a fidelização de um ano? Eu pelo que vi não encontrei.
    Alguém consegue ajudar?
    Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Todos? Ja ligou para a empresa que lhe interessa? Nao tem fidelização.

      Responder
    • Daniel Pais

      o que provavelmente diz lá é que o contracto é de um ano. Mas isso não implica fidelização

      Responder
  7. Divv

    Estou tão contente por ter aprendido sobre estas tarifas indexadas… poupando muito desde finais de Janeiro.
    Por alguma razão, a minha conta está a chegar atrasada este mês. Não estou preocupado, porque sei que o montante será razoável, mas pergunto-me se sou o único que não a recebeu?

    Responder
  8. Susana Megre

    Boa tarde,

    Como funciona o mercado indexado relativamente á tarifa bi-horária? Isso deixa de existir? Deixam de interessar os consumos no vazio e fora do vazio? Por ex, eu actualmente estou no mercado regulado e pago 0.1034 Eur no vazio e 0.1898 fora do vazio.

    Obrigada

    Responder
    • Karim Shamsherally

      Boa tarde, tenho o contrato da eletricidade na Coopérnico e tenho o tarifário bi-horário. Em Fevereiro paguei cerca de 3.5 cêntimos e 1.5 cêntimos o kwh. São valores aproximados porque não tenho a fatura aqui
      Espero ter ajudado.

      Responder
    • Óscar

      A título de exemplo, o preço na Luzboa para o tarifário bi-horário em ciclo semanal de 27/3 a 26/4 é de 0,0168€/kWh fora do vazio e de -0,0309€/kWh no vazio, de acordo com o simulador da Luzboa.
      O cálculo da tarifa em vazio e fora do vazio é obtido tendo em conta 3 diferentes parâmetros que as distinguem:
      1. Média dos preços horários referentes aos períodos em vazio e fora de vazio respetivamente, durante o período a faturar;
      2. Média dos fatores de ajustamento para perdas referentes aos períodos em vazio e fora de vazio respetivamente, durante o período a faturar;
      3. Tarifa de acesso às redes (TAR)que é de -0,0842 fora do vazio e -0,1185 no vazio.
      Nas últimas semanas o preço de mercado no vazio tem estado mais alto do que fora do vazio mas graças à TAR o preço no vazio acaba por ficar ligeiramente mais baixo. No entanto, de uma forma geral, o mais normal é haver uma diferença pelo menos igual à das TAR.
      Para uma referência aproximada do preço, o melhor é consultar o simulador da Luzboa para o efeito:
      https://luzboa.pt/simulador-precos-indexados/
      Em “Sobrecustos e Desvios REN (€/MWh)” deve-se preencher com 4, que é o valor correto. Os outros estão bem.
      Depois pode-se selecionar Bi-Horário tanto em simples como semanal.
      O valor que é apresentado é antes de TAR.

      Responder
  9. José Luis Dias Pires

    preciso que me ajudem a mudar para uma empresa indexada, para a qual é que devo mudar. obrigado, [email protected]

    Responder
  10. Bárbara

    Para quem tem painéis solares EDP e a aplicação EDP Solar pode mudar para um fornecedor com tarifas indexadas? Se sim, qual a aplicação a usar para controlar os painéis e os consumos? Obrigada

    Responder
  11. Filipe Ferreira

    Bom dia,
    Estou a pensar mudar para o indexado Luzboa, a minha dúvida é… quando sei que devo sair deste indexado? Ou seja, através do site omie, qual o valor máximo aceitável para que se possa pensar em sair e mudar para os restantes tarifários (EDP, etc?) De modo a que possa controlar, sempre que há um enorme risco de num momento rápido aumente, e o período de tempo entre mudar ou não, podemos perder dinheiro.

    Responder
    • JRJordao

      O Pedro tem atualmente a fronteira dos 200€/MWh, que correspondem a 0,15€/kWh (preço do mercado regulado).
      Se no futuro, quando o indexado encarecer, houver uma alternativa a cobrar por exemplo 0,10€/kWh, poder-se-à ajustar a fronteira para esse preço.
      Para já, preocupa-te com o dinheiro perdido todos os meses por NÃO estares no indexado. 🙂

      Responder
      • Filipe Ferreira

        O Problema é que pode aumentar muito e depois ninguém aceita a mudança

        Responder
        • JRJordao

          O regulado, por lei, tem de aceitar.
          E achas que as outras empresas (EDP, Endesa, etc) não querem novos clientes? 🙂

          Responder
  12. J Cunha

    Na minha opinião bastará acompanhar os preços semana a semana, já que o custo do kWh ao ser determinado com base na média mensal, não são meia dúzia de dias que alteram a média ao ponto aumentar brutalmente a factura. Uma outra possibilidade é ter uma folha de cálculo e ir registando os valores diários e ter uma célula com a média…

    Responder
    • Filipe Ferreira

      Agradeço a informação, já aderir, agora não sei o tempo que poderá demorar a ficar ativo, se calhar são vários dias. Vou controlando o valor diário, tinha 0,15€ + Iva cada Kwh, vamos ver se compensa.

      Responder
      • JRJordao

        Se foi a Luzboa, vai monitorizando a pasta “Spam” pois por vezes os emails vão lá parar. A meio da próxima semana já deves ter o novo comercializador ativo. E até ao final dessa semana deves receber os dados de acesso ao balcão digital.
        Se não tens leituras automáticas, envia anda hoje a leitura para a empresa atual, de forma a evitar estimativas na fatura final.

        Responder
      • J Cunha

        Pela minha experiência, que não tenho leituras automáticas apesar de ter contador digital, se não tiveres leituras automáticas deves registar-te na E-Redes e enviar as leituras para esta. A Luzboa referiu-me que só considera as leituras que a E-Redes lhe envia.

        Responder
  13. Ricardo Dias

    Boa tarde a todos.
    So cliente EDP há cerca de 5 meses, por ter instalados paineis solares. Equipamento que estou a pagar em prestações, diluido na fatura mensal.
    Será que posso mudar para o mercado/tarifário indexado?
    Já tive para lhes ligar mas, queria recolher aqui algumas opiniões, ou factos, se possível.
    Obrigado.

    Responder
    • Messias Pires

      Boa tarde.
      Tenho exatamente a mesma dúvida. Será que alguém pode esclarecer?
      Obrigado

      Responder
  14. Nuno

    Bom dia,

    Alguém me pode indicar por favor como se chega ao valor de 1,1581 ou onde o posso obter/calcular?

    Obrigado

    Responder
  15. Luis Figueiredo

    Bom dia caro Pedro Andersson.

    Efectivamente é como diz não há cá banha da cobra, é mesmo verdade ! Mudei-me para o mercado indexado e para já no 1º mês obtive uma poupança de 75% face à minha anterior factura.

    Sou leitor e ouvinte assíduo dos seus podcasts. Dou-lhe os meus parabéns por toda a informação útil que partilha connosco, e que ajuda milhares de Portugueses a poupar uns bons euros!

    Cumprimentos.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Certo. Mas nos outros também. Precisamos ver os números primeiro. Em todo o caso se nao compebsar, é sair 🙂

      Responder
  16. Carla

    Olá,

    vou mudar para a LuzBoa, só gostava de saber se há fidelização? Obrigada

    Responder
    • J Cunha

      Olá, não há fidelização, pelo menos no tarifário indexado…

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.