Aceito os termos e condições.

Email Marketing by E-goi

JUNHO – Tarifa indexada de eletricidade continua acima do mercado regulado

Escrito por Pedro Andersson

16.06.21

}
4 min de leitura

Este mês é MAU para aderir à tarifa indexada de eletricidade

Este mês de junho está a ser o mês mais caro dos últimos 3 anos no mercado OMIE (onde as empresas vão comprar a eletricidade para lhe vender a si). É, portanto, um mau mês para começar um contrato de tarifa indexada de eletricidade.

Nesta reportagem do Contas-poupança expliquei-lhe com detalhe como funciona este tarifário que lhe pode trazer poupanças excelentes se estiver disponível para arriscar um pouco.

De uma forma resumida, em vez de pagar o mesmo valor de kWh durante 12 meses (que é o normal), passa a pagar exatamente o mesmo que as empresas pagam quando vão comprar eletricidade ao mercado ibérico de eletricidade (OMIE) mais uma comissão fixa que costuma ser de meio cêntimo. A este valor acrescem os valores fixos que todas as empresas fornecedoras têm de pagar. Assim, paga sempre o preço “justo” e nunca se sentirá enganado.

Por exemplo, os preços no mercado regulado vão aumentar 3% no mês que vem justamente por causa dos preços terem disparado nos primeiros meses do ano no OMIE. Tem AQUI essa informação.

Os preços do OMIE em junho

Nos dois anos anteriores (desde 2019), que este tarifário tem representado poupanças muito significativas. Vários meses chegaram aos 20% de desconto em relação ao mercado regulado, às vezes até mais. Acontece que nunca sabe qual vai ser o preço do mês seguinte.

Como sei que muitos de vocês gostam de um bom desafio de poupança, mas precisam de informação para decidir, assumi o compromisso de todos os meses vos dizer qual vai ser o preço do mês seguinte (com base na média diária do mês anterior).

Esta informação está disponível na página da OMIE, mas é de muito difícil leitura. Não consegui fazer as contas de uma forma que considero exata, por isso pedi ajuda à Luzboa (onde fiz a reportagem).

Em junho, o preço do kWh no mercado regulado e no indexado rondam ou ultrapassam os 15 cêntimos(mais IVA). Compare com os preços que tem.

Como sabem, faço muita questão de ser completamente transparente e isento nas informações que partilho convosco. Não tenho qualquer relação com nenhuma empresa ou instituição. Não recebo comissões de ninguém, nem tenho nenhum interesse particular.

Por isso quero deixar aqui claro que esta informação é fornecida pela Luzboa, que é uma das empresas que tem o tarifário indexado, e que me garantiu que me dará todos os meses esta informação com “preço final”, seja bom seja mau (para eles). Os preços do gráfico são sem IVA, tal como os que tem na sua fatura. Assim pode comparar melhor.

Naturalmente que se os preços no OMIE forem muito altos, não farão tantos contratos, mas o que me disseram é que não querem clientes que se sintam enganados. O melhor cliente é o cliente informado e satisfeito. Quando baixar o preço no OMIE, será uma boa altura para aderir a este tarifário (se for melhor do que aquele que tem neste momento). Esta empresa, tal ocmo as outras também tem tarifários “normais” com o preço fixo diurante um ano. Mas isso é você quem decide, pensando pela sua própria cabeça e escolhendo a empresa que entender.

Por exemplo, este mês de junho será  o pior mê sd esempre para entrar neste tarifário. Continua mais caro do que no mercado regulado. Mas haverá meses no futuro em que compensará. Com esta indicação mensal, poderá aproveitar este tarifário indexado nos meses em que compensar e sair nos meses em que não compensar. Também pode assumir este tarifário e saberá sempre que na média terá os melhores meses de sempre e os piores meses de sempre. Se estes preços no OMIE continuarem altos assim, prevejo que os tarifáiros das empresas no mercado liberalizado vão aumentar bastante os preços em 2022 para compensar as perdas de lucro este ano.

É uma grande ginástica? É. Mas compensa. Obviamente, já prevejo que esta sugestão será só para uma minoria, dentro da minoria que está disposta a mudar de comercializador de eletricidade pelo menos uma vez por ano. São uma espécie de heróis. A maior parte das pessoas não quer saber se está a perder dinheiro…

No momento em que fiz a reportagem, havia 3 empresas que tinham o tarifário indexado: A Luzboa, a Audax e a Luzigás. Entretanto podem ter surgido mais ou estas terem desistido. Isso já é trabalho que você terá de ter. Escolha a que quiser, quando quiser.

Mas aqui fica, em resumo, a informação: a eletricidade no OMIE este mês está muito cara.

Em julho, direi como está o preço da eletricidade no mercado indexado para uma nova avaliação.


Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

Prazo para pós-pagamento das portagens das ex-SCUT passa para 15 dias

Prazo para pós-pagamento de portagens eletrónicas alargado de 5 para 15 dias O Governo alargou o prazo de pós-pagamento de portagens eletrónicas dos atuais 5 para 15 dias úteis, de forma a facilitar “a realização atempada dos pagamentos pelos utentes”, segundo uma...

Reformas que baixaram com os aumentos vão ser corrigidas com retroativos

As tabelas de retenção na fonte foram corrigidas As tabelas de retenção na fonte do IRS vão ser retificadas para salvaguardar que a atualização das pensões, que começou a ser processada em janeiro, não é absorvida pelo imposto, garantindo um aumento líquido do...

PODCAST | #90 – Como ajudar alguém a gerir melhor o dinheiro? (Pergunta da Paula)

- "Quero ajudar os meus amigos a gerir melhor o dinheiro, mas eles não querem saber..." O que pode fazer se algum amigo ou familiar seu está sempre a queixar-se de que não tem dinheiro, tenta ajudá-lo mas eles não só recusam a sua ajuda como ainda pensam que está a...

A resposta do Banco CTT à minha reclamação sobre a app id.gov.pt

A resposta do Banco CTT à minha reclamação Como expliquei neste artigo (é só clicar AQUI), encerrei a minha conta no banco CTT porque não é do meu interesse (financeiro) pagar comissões de manutenção de conta sem necessidade. Recordo que quem já paga a anuidade do...

PPR | Mês #15 – Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Janeiro 2022)

Vale a pena fazer um PPR como investimento? Janeiro está a ser um mês péssimo para os meus PPR. Num deles, o que desvalorizou só nas primeiras 3 semanas deste ano, fê-lo regressar aos valores de abril do ano passado.  Apesar disso, ainda mantenho um lucro razoável....

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (24 a 30 de janeiro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

A minha aventura com o fecho da conta do Banco CTT

Banco CTT - Capítulo encerrado (com pena minha) Como expliquei neste artigo AQUI, o banco CTT decidiu deixar de ser um banco ZERO e vai começar a cobrar comissões de manutenção de conta a partir de março. Há exceções, mas apenas para quem pagar de outra maneira (por...

O que acontece à minha prestação se a Euribor subir 1%? (Simulação)

Muitas famílias vão ficar aflitas se a Euribor subir 1% Eu sei que provavelmente só pensa nisto lá muito ao longe, mas convém estar preparado para a subida da Euribor daqui a algum tempo. Não será para já, mas é importante saber o que o espera porque não é uma questão...

PODCAST | #89 – Como posso combater a inflação em 2022? (Pergunta II do André)

Como posso evitar que a inflação "coma" o meu orçamento mensal e as minhas poupanças? A inflação está a 5% na europa e atingiu os 1,3% em Portugal. É um avanço galopante e que está a gerar uma enorme preocupação. Há várias razões para o crescimento da inflação, mas o...

Banco CTT vai passar a cobrar comissão de manutenção de conta 

Banco CTT vai passar a cobrar comissão de manutenção de conta - O fim do banco ZERO E assim acabou mais uma boa ideia.  Foi bom enquanto durou. Quando o Banco CTT surgiu, foi uma lufada de ar fresco na banca nacional. Prometia ser um banco  ZERO (nenhuma comissão). Um...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Publicidade

Artigos relacionados

4 Comentários

  1. Armando Gonçalves

    Boa tarde Pedro, foi com grande interesse que li o seu trabalho sobre o mercado indexado e concretamente sobre a Luzboa. Devo dizer que faz precisamente um ano que sou cliente Luzboa e desde aí tenho assistido a uma subida desenfreada do preço da energia no mercado indexado. Assim, desde o ano passado por esta altura e até agora, o preço no mercado ibérico indexado subiu quase que triplicou. A título de exemplo em 17/6/2020 o preço do MWh foi de 34,26 Euros e em 17/6/2021 foi de 93,00 Euros. Se isto acontece neste período do ano, faço ideia do que será quando o consumo de energia disparar nos meses de Inverno. Moral da história, fugi a sete pés do mercado indexado e gostaria imenso de ter uma explicação sobre estes preços, coisa que a Luzboa não faz. Obrigado pela sua reportagem, mas tenho dúvidas a curto/médio prazo dos preços praticados no mercado indexado.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá Armando. Obrigado pelo feedback. Não compreendi exatamente qual é a sua dúvida. Pode ser mais específico?

      Responder
      • Armando Gonçalves

        Olá Pedro, não se trata de uma dúvida, mas uma opinião de que o mercado indexado pode ser uma boa opção, mas foi uma desilusão para mim durante este último ano. Acrescentaria ainda, que não é fácil tomar decisões para mudar de fornecedor com base no preço da energia no site da omie, porque ao ver a média do valor da energia no mês de Julho, o mesmo não lhe vai servir de referência para o mês de Agosto, ou seja sabe mais ou menos o que vai pagar no mês de Julho, mas não tem nenhuma garantia do preço para o mês seguinte, é caso para dizer que estamos sempre atrasados sobre a realidade e não temos forma de tomar decisões para o futuro. Abraço.

        Responder
        • Pedro Andersson

          Sim, confirmo e tenho a mesma opinião. Mas se considerar a média do ano passado, mesmo assim teve uma poupança considerável. Essa é a vantagem deste tarifário. A longo prazo vai sempre compensar, acho eu. Porque no ano seguinte os preços fixos vão aumentar para compensar as “perdas” do ano anterior.

          Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1. Em Espanha, o IVA da eletricidade vai baixar para os pequenos consumidores - […] JUNHO – Tarifa indexada de eletricidade continua acima do mercado regulado […]

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.