Suspensão do crédito à habitação para segundas casas e emigrantes (e crédito pessoal)




Moratória alargada ao crédito pessoal, segundas habitações e para emigrantes

Neste momento ainda não há detalhes, mas achei importante partilhar convosco o que ouvi ontem na RTP 3 ao presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB), Faria de Oliveira.

O representante de todos os bancos em Portugal disse claramente que nos próximos dias (ainda esta semana?) os bancos vão anunciar uma posição conjunta com as respectivas condições para que mais portugueses possam ter acesso a moratórias (adiamentos) durante 6 meses das prestações dos créditos pessoais e das casas de segunda habitação e das casas de emigrantes que estão a pagar casa ao banco em Portugal. Como sabem, até agora, as moratórias só estavam acessíveis a residentes em território nacional.

Quando escrevi esses artigos vários emigrantes alertaram logo que nos países deles estão igualmente com dificuldades económicas e por isso também teriam dificuldade em pagar essas prestações no seu país. Há, portanto, agora uma janela de esperança para eles também.

Ficará também “resolvida” a situação de muitos portugueses que (tendo possibilidades para isso) estavam a pagar um crédito à habitação de uma casa de férias ou uma casa na “terra”. Será uma questão de dias.

Será também uma ajuda para as famílias que contraíram créditos pessoais pelos mais variados motivos. Também poderão pedir a moratória durante 6 meses.

Curiosamente, o presidente da APB não falou dos créditos automóvel. Não sei se por esquecimento ou se de facto não estão abrangidos. Fui rever a entrevista toda (andei com a box para trás) mas ele não referiu especificamente esse crédito. Só falou destas 3 situações (segundas habitações, de cidadãos com morada em Portugal e de emigrantes, e créditos pessoais). Assim que houver novidades direi.

Não é a solução do Estado

Atenção que isto que ele falou não é a moratória do Estado, em que basta fazer o pedido no formulário do banco e eles são obrigados a aceitar em 5 dias. Sem discussão.

Faria de Oliveira disse várias vezes que o ideal era o Governo acrescentar estas 3 situações na moratória legal, mas essa sugestão ainda não foi aceite. Portanto, serão os bancos a avançar voluntariamente para estas 3 situações (ou 4 se acrescentarem o crédito automóvel). Será com as regras de cada banco (espero que se entendam e façam todos da mesma maneira). E só aceitam fazer isso se quiserem (caso não esteja em incumprimento, por exemplo). E não há prazo legal para a resposta.

Seja como for, o objetivo deste artigo é que, em primeiro lugar, fique um pouco mais aliviado com a perspectiva de uma solução e, em segundo lugar, que fique atento e de orelhas em pé para, nos próximos dias, avançar assim que for possível, se esta for uma boa opção para si.

Mais uma vez, recordo-lhe que pedir moratórias NUNCA é uma solução financeiramente boa para si. É mesmo só para quem precisa. Pode ver ou rever este vídeo que fiz a explicar esse assunto.

Isto vai passar, mas vai levar tempo. Coragem. O Ministro Mário Centeno disse ontem na TVI que vai levar pelo menos 2 anos até que voltemos à situação em que estávamos em 2019. Tome decisões com calma, nada de pânico. Não se precipite em nada.

Pergunte e fale com muitas pessoas antes de decidir o que quer que seja. Estaremos aqui para ajudar no que for possível com informação clara, específica e útil. Mas quem decide o que fazer é você. Sempre. Veja o que é melhor para si perante todas as opções que tiver a cada momento.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

6 comentários em “Suspensão do crédito à habitação para segundas casas e emigrantes (e crédito pessoal)

  1. Avatar
    Vanessa Brogueira Reply

    Boa tarde Dr.Pedro, venho solicitar os seus conselhos financeiros!Pode aconselhar quais os melhores bancos para pedir empréstimo habitação principal por 40 anos e se devo escolher com taxa fixa e não a taxa variável dado a conjuntura atual e que se avizinha ??Questiono se é mais benéfico fazer seguro vida com o banco que empresta e mais tarde retirar (Será possível transferir mais tarde para uma seguradora à minha escolha sem ser lesada ?)ou se é benéfico fazer o seguro de vida onde quero ?Aconselha a pedir empréstimos nesta fase que durará pelo menos uns 2 anos??Ou é preferível alugar para ir viver? Será boa altura para investir em casa própria?Somos um casal jovem (27 anos)a querer partilhar vida !!

  2. Avatar
    Leiliane silva Reply

    Olá fiz um empréstimo, por volta de um ano queria saber se posso amortizar?

  3. Avatar
    Pedro Rodrigues Reply

    O crédito pessoal (para estudo – educação) e a aplicação de uma moratória por parte do banco também é aplicável em situação de incumprimento prévio (antes da decisão de moratória)?

  4. Avatar
    Jorge Gonçalves Reply

    Boa tarde. As moratórias são para cartões de crédito no WIZINK e créditos pessoais no CREDIBOM ou COFIDIS ou outros que não sejam BANCOS?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *