EDP Comercial vai permitir que pague a eletricidade em prestações




Prepare-se para faturas gigantes de eletricidade

Sei que esta não é a sua principal preocupação neste momento, mas como já ando nisto há uns anos, quero avisá-lo para mais uma dificuldade que vai enfrentar nas próximas semanas e meses.

Com filhos em casa 24 horas por dia é inevitável que os seus consumos de eletricidade, água e gás disparem. Prepare-se para uma fatura de 100, 200 ou 300 euros de eletricidade nos próximos meses.

Então quem tiver tarifa bi-horária deve preparar-se para uma verdadeira tragédia. Se vai ficar semanas com os filhos em casa mude já o seu tarifário de bi-horário para tarifa simples. Só com esta dica simples vai conseguir baixar um pouco a sua fatura da luz. Caso contrário vai pagar o dobro durante o dia.

Mas não se livrará de um aumento substancial dos consumos. Não se admire nem ache que estão a ser uns “gatunos” e que há algum engano. Será perfeitamente normal. Seja prudente e dê a contagem nos dias certos nos próximos 2 meses para evitar estimativas ainda mais espatafúrdias.

Se conseguir limitar (poupar) na eletricidade desligando as luzes e alguns equipamentos será o ideal, mas com crianças em casa temo o pior.

Tenho os dois filhos em casa e estou a ver por mim. Pelos meus aparelhos de medição de consumos, estou a gastar 4 euros de eletricidade por dia. Ou seja, dará pelo menos 120 euros de eletricidade, fora as taxas e o IVA. A próxima fatura deverá chegar aos 200 euros. Prepare-se. O mesmo em gás e água. Com os banhos reforçados e o gás das refeições, já está a ver o filme.

A EDP Comercial vai facilitar

Não sei o que as outras fornecedores de eletricidade vão fazer, mas a EDP Comercial emitiu hoje um comunicado onde diz que decidiu:

suspender todos os cortes agendados para esta semana, sendo esta uma medida que deverá ser mantida no decurso das próximas semanas. Em paralelo, e desde o início da semana passada, a edp comercial tem vindo a comunicar aos seus Clientes a possibilidade de flexibilizar o prazo e modo de pagamento das faturas, sempre que seja manifestada essa necessidade.

 

A EDP Comercial está a incentivar os clientes a tratarem de tudo pelo telefone e pela internet. Não vá às lojas. A iniciativa de pedir ajuda para pagar terá de partir de si.

Em Itália já estão a suspender o pagamento da luz, da água, do gás e da prestação da casa. Em Portugal lá chegaremos. Ainda estamos a ver como param as coisas. A situação vai ficar complicada para muitas famílias.

2 avisos sérios

Quero deixar 2 avisos a quem segue o blogue. Avisos muito sérios.

  1. Se acha que não vai conseguir pagar alguma conta (seja de bens essenciais, seja do banco) AVISE JÁ a empresa ou o banco. Não deixe de pagar NENHUMA prestação. É o pior que pode fazer. Peça ajuda antes. Há mecanismos legais que o podem ajudar, mas tem de os acionar antes de falhar uma prestação.
  2. NUNCA faça créditos para pagar dívidas. Pagar juros exorbitantes para pagar outras dívidas é uma bola de neve que só vai cavar um buraco mais fundo. Não caia nessa armadilha.

Não julgue estou a ser pessimista. Tenho falado com muitas pessoas que com um corte de 33% no salário já este mês vão ter dificuldades em pagar as suas contas porque não têm um fundo de emergência para 6 meses, como ando a falar convosco há vários anos.

Mas estamos cá para ajudar, à medida que as coisas forem acontecendo. Para já o importante é não entrar em pânico. Mantenha-se calmo. Não faça é asneiras financeiras que piorem a situação.

Peça ajuda o quanto antes, admita que tem um problema financeiro. É o primeiro passo. Neste caso específico, se é cliente da EDP Comercial e acha que vai ter dificuldades em pagar as próximas faturas peça já para flexibilizarem o pagamento.

Se é cliente de outras empresas, tome você a iniciativa. Eles terão de ir atrás de si. Já estou a ver o filme todo. Mas vai correr tudo bem. Mas seja prudente.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

11 comentários em “EDP Comercial vai permitir que pague a eletricidade em prestações

  1. Avatar
    Filipa Durães Reply

    Bom dia Pedro,
    Eu tenho factura segura e, no meu caso, felizmente o meu posto de trabalho está garantido apenas com alguns cortes.
    Questão: será que neste caso podemos na mesma accionar a “factura segura”?

  2. Avatar
    teresa sofia ribeiro da silva Reply

    Boa tarde no meu caso eu tenho a fatura segura porque estou desempregada e pelas minhas contas falta 4 meses para acabar de debitar nas faturas devido ao seguro de 1,40 a mais em cada fatura,por isso não deve valer a pena pedir para pagar em prestações porque neste momento não pago,certo ou não.Adoro ver o contas-poupanças e não perco 1 programa só que devido a esta situação toda não tem dado no telejornal.Com os melhores cumprimentos.

  3. Avatar
    Igor Coutinho Reply

    Já falo em baixar uma percentagem pelo menos.

    Acho que devia baixar os valores, afinal EDP, ganha milhões em lucros. Pois é algo que sempre vamos necessitar.

    Perdem hoje, ganham amanhã.

  4. Avatar
    Ana Moreira Reply

    Bom dia, tenho um caso com a endesa, todos os meses até Fevereiro deste ano dei a contagem, do contador da casa da minha mãe, por esquecimento não dei a contagem que deveria ser no inicio de Março.. Normalmente não ultrapassa os 97 euros, desta vez chegou a fatura de 336.euros..ligamos a perguntar que valor era aquele, responderam que não tinha dado a contegem.. E o valor era de Novembro até Fevereiro.. Uma pensionista de 400 não tem como pagar este erro deles.. Pode ajudar?

  5. Avatar
    João Ferreira Reply

    Grato pelo artigo!
    Em relação às rendas de casa, os inquilinos vão ter alguma ‘facilidade’ a fazer face aos seu pagamento?

      • Avatar
        Ana Moreira Reply

        Bom dia, tenho um caso com a endesa, todos os meses até Fevereiro deste ano dei a contagem, do contador da casa da minha mãe, por esquecimento não dei a contagem que deveria ser no inicio de Março.. Normalmente não ultrapassa os 97 euros, desta vez chegou a fatura de 336.euros..ligamos a perguntar que valor era aquele, responderam que não tinha dado a contegem.. E o valor era de Novembro até Fevereiro.. Uma pensionista de 400 não tem como pagar este erro deles.. Pode ajudar?

  6. Avatar
    Ondina Calado Reply

    Bom dia vejo sempre o que publica não é só agora sempre vi e agradeço.
    Mas e as Empresas de ssegurança como a Cops falo por essa que no início do mês não pagaram as horas e que sem avisar passaram para dia 15 mas que até agora nada?
    E porque é que o estado por exemplo não adianta aos reformados o subsídio de Férias visto alguns recceberem tão pouco que se calhar agora dava jeito receberem mais cedo pois esses de certeza que se não faziam férias antes agora tb não as vão fazer.
    Eu por exemplo estou nas 2 situações o meu marido segurança da Cops e eu reformada com 287€.
    Deixo aqui o meu desabafo estamos bem aflitos para comprar bens essenciais maas ele tem que continuar a trabalhar.

  7. Avatar
    Antonieta Reply

    Sim e verdade, o IMI está aí à porta, imposto circulação do carro…e os seguros agregados aos créditos, carro ….enfim se não se ganha vai ser muito difícil cumprir.

  8. Avatar
    Carlos Morgao Reply

    Não digo para o Estado oferecer a conta da água e da eletricidade como a Madeira vai oferecer. Mas devia abdicar dos impostos, taxa e taxinhas que existem em cada conta que pagamos mensalmente. Já era uma ajuda neste período difícil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *