Se tiver mais de 55 anos (e crianças também) pode voltar a pedir a Prestação Social para a Inclusão


Mais pessoas podem pedir a Prestação Social para a Inclusão (PSI)

As regras mudaram no dia 1 de Outubro de 2019. Desde o início do mês que pessoas que não podiam pedir a PSI (Prestação Social para a Inclusão) já o podem fazer. Isto é uma boa notícia para quem tentou pedi-la no passado e foi recusado. DEVEM VOLTAR A PEDIR se preenchem os novos requisitos.

Quem mais pode pedir agora?

Primeiro ponto: tem obrigatoriamente de já ter o Atestado Médico de Incapacidade Multiuso (é passado no Centro de Saúde, não por seguradoras ou Segurança Social). Pode ver AQUI a reportagem sobre como deve fazer.

E tem de ter no mínimo 60% de incapacidade para ter esta prestação que é de cerca de 270 euros por mês. Em alguns casos, pode ter direito à PSI mas por causa dos rendimentos atuais o valor a receber pode ser zero. Mas deve pedir na mesma. No futuro a situação pode alterar-se.

Já lhe vou falar de como ficaram os adultos com mais de 55 anos. Há novidades. Comecemos pelos mais novos. Desde 1 de Outubro, as crianças e jovens dos 0 aos 17 anos também já têm acesso à PSI. Qualquer pessoa residente em Portugal com um grau de incapacidade de 60% ou mais, pode agora pedir a PSI. Se tiver uma pensão de invalidez, também tem direito mas é exigido que o grau de incapacidade seja igual ou superior a 80%. Tem de pedir. Ela não aparece sozinha. Deve haver centenas, para não dizer milhares de portugueses, que têm direito e não fazem ideia. Partilhem esta informação com eles.

Tem mais de 55 anos?

Vamos então a quem tem 55 anos. Até 1 de Outubro, tinha de ter o Atestado de Incapacidade Multiuso requerido ou obtido antes dos 55 anos. Muitas pessoas nasceram com uma incapacidade ou tiveram uma doenças grave antes dos 55 anos mas nunca pediram por inércia ou desconhecimento o Atestado Multiuso. Há pessoas que pediram o atestado 1 dia depois de fazerem 55 anos e perderam o direito. Agora já têm.

A partir deste momento se tiver documentação que comprove que a incapacidade surgiu ou foi adquirida antes dos 55 anos já pode pedir a PSI. Mesmo que só tivesse pedido o Atestado depois dos 55. Se pediu a prestação e o seu pedido foi recusado, DEVE voltar a pedir.

Quanto recebe?

Até aos 18 anos o valor não depende dos rendimentos. Se o pedido for aceite passam a receber por mês 136 euros e 70 cêntimos. Recebem mais 35% (47,85 €) se o agregado familiar for monoparental. Tem todos os detalhes sobre esta prestação neste Guia atualizado da Segurança Social.

Não pode acumular com a Bonificação por Deficiência, mas a Segurança Social garante que faz as contas (se clicar na cruzinha do formulário) para ficar sempre com a melhor opção. nunca será prejudicado se pedir a PSI.

Quem já recebia o subsídio por assistência de terceira pessoa continua a recebê-lo. Mas quem pedir a PSI a partir de agora, se ficar dependente só pode pedir o Complemento por Dependência. Os adultos recebem 273 euros por mês de componente base. Em situação específicas ainda podem pedir outro complemento para além da componente base. Informe-se.

Tem AQUI a reportagem da minha colega Catarina Coutinho, que faz parte da equipa do Contas-poupança e que entrevistou um dos responsáveis por esta área na Segurança Social, que explicou com detalhe as principais mudanças nesta prestação.

Mais uma vez a PSI não é atribuída de forma automática. Tem de a pedir. Pode fazê-lo na página da Segurança Social Direta. Em alternativa, pode prencher este formulário, que pode descarregar através do site ou pedir nos serviços de atendimento, e entregá-lo, com a documentação pedida, na segurança social, ou enviar tudo por correio.

Se precisar de ajuda, pode ir a um Balcão da Inclusão da Segurança Social. Marque uma reunião. Não vá a um balcão normal. Pode ainda contactar a linha de apoio da Segurança Social para obter mais informações.

Como sabemos que há muitas dúvidas sobre as prestações da Segurança Social, fizemos um programa de 1 hora só com dúvidas dos espectadores sobre estas alterações. Se for um assunto do seu interesse, veja este programa que deu em direto na SIC Notícias. (todas as quintas-feiras falamos de um assunto diferente). Tem AQUI o link. Esperamos que seja útil para milhares de pessoas. E se um dia vier a precisar (o imprevisto pode acontecer a todos) já sabe que pode encontrar aqui respostas ou aconselhar a alguém que precise.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

 

 

 



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.


14 comentários em “Se tiver mais de 55 anos (e crianças também) pode voltar a pedir a Prestação Social para a Inclusão

  1. Avatar
    Isabel Reply

    Nos balcões dizem que não dá porque para elas a lei não mudou…
    O meu pai tem uma deficiência de 95% só que pediu o atestado no ano passado e já tem 64 anos mas a invalidez dele já é desde muitos anos que ele está reformado por invalidez por falta de visão, isto será fácil provar a deficiência!!! Mas nada feito eles dizem k não dá e nós temos k nos calar!!!
    Agradecia que volta se a abordar este tema ou que me pudesse ajudar com mais informação sobre esta nova lei e como fazer. Obrigada e grata pelo seu trabalho

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. Tem de se calar porquê? É só fazer o pedido, preencher os formulários e aguardar a resposta! Já fez isso? Era o que faltava!

  2. Avatar
    Fernando Silva Reply

    Boa noite,
    Coloco uma questão prática: a minha mãe tem um AMIM atribuído em 2008, embora cite “incapacidade permanente global de 80% desde 2007 (renovado em 2019 com 82%). Ora, em 2007, por sorte ou por azar, a minha mãe tinha 55 anos até à data do seu aniversário em junho. Infelizmente, já não tenho forma de provar a requisição prévia aos 56 anos do dito AMIM, mas gostaria de perceber se para efeitos de atribuição da PSI este aspeto 55 anos versus 56 é levado em linha de conta e ela poderá ter direito à prestação, ou se, para todos os efeitos, é como se a minha mãe tivesse 56 anos a partir de 1 de janeiro de 2007. Espero ter conseguido transmitir a minha questão. Agradeço a ajuda.

  3. Avatar
    Joaquim Silva Reply

    Tenho uma incapacidade de 84% quando preenchi os documentos para pedir a inclusão enganei-me e pôs 60% que me foi dada na última junta médica, agora a segurança social não assume a de 84% que é definitiva, o delegado de saúde disse que para a segurança social prevalece sempre a que da mais vantagens ao doente, agradeço aue me ajudem obrigado

  4. Avatar
    Maria de Fatima Costa Fernandes Pereira Reply

    Olá boa tarde, gostaria de saber e terei direito ao PSI, uma vez que já fiz o pedido no ano anterior e não tive direito. Tenho 66 anos 60% de incapacidade, foi-me diagnosticada a minha incapacidade há cerca de 3 anos, recebo uma reforma de 160 e poucos euros depois de ter trabalhado 31 anos, e a mesma ser pedida aos 55 anos, é lamentável mas é verdade…. gostaria que me informasse se possivel se terei ou não esse direito. Muito obrigado

  5. Avatar
    maria silva Reply

    Telefonei várias vezes para a Segurança Social fui pessoalmente e nenhuma funcionaria tinha
    conhecimento da noticia da PSI depois dos 55 anos, além de não compreender que documentos tenho que apresentar para requer novamente a PSI nesta alteração da Lei.

  6. Avatar
    Bárbara Tavares Gomes Reply

    Tenho um filho de 13anos com paralisia cerebral . Ja teve um atestado de incapacidade multiuso com incapacidade igual ou superior a 60%. No atestelado diz que teria que ser feito uma nova avaliação as 10 anos mas não fiz. Como posso fazer agora? Onde me devo dirigir? Obrigado.

  7. Avatar
    Maria Jesus Reply

    65 anos 85% de incapacidade atestado multiusos aos 50 com 60% e aos 58 deram 85% pensionista desde os 47 anos. Incapacidade por doença rara progressiva. A receber pensão de 408€ e completamento por dependência de 107€ total. 515€ tenho direito aos 273€ Obrigada

        • Pedro Andersson
          Pedro Andersson Post authorReply

          A lei mudou a 1 de outubro. Pode haver exceções por causa das acumulações. Não sei de cabeça. O que sei é que pode receber a psi com a pensão se a incapacidade for superior a 80%. Insista junto de um balcão da inclusão. Não num balcão normal. Garanta que não tem mesmo direito com as novas regras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *