ÚLTIMA HORA IRS – Página das deduções COMPLETA já está online


Já está online!

Agora sim, já pode verificar se está TUDO bem. Como avisei em vários artigos ao longo dos últimos meses, todas as faturas que faltavam no e-fatura iriam (se estiver tudo bem) surgir numa página que só iria aparecer em março. Pois bem, já está online. Tal como no ano passado. E há 2 anos.

Neste momento já pode consultar se todas as suas deduções estão nas categorias certas, independentemente dos “erros” de categorias no e-fatura. ESTAS É QUE CONTAM, porque são as mais representativas em termos de deduções (saúde, educação, rendas, etc).

Não se esqueçam que têm de ir ao Portal das Finanças com a senha de cada um dos elementos do agregado familiar. Primeiro têm de ver as vossas deduções, depois do cônjuge, e depois de cada um dos filhos. Não aparece tudo junto na mesma página. Mas antes de ir já a correr para lá leia isto primeiro:

Passo-a-passo

Vai ao Portal das Finanças e clica aqui.

Depois aqui no motor de pesquisa escreva “deduções”:

Depois nestes resultados escolhe a opção “Deduções à coleta” (no meu Portal é a primeira opção):

E agora SIM, tem aqui TODAS as despesas que fez em Saúde, Educação, Bancos, Seguradoras. No privado e no público. Taxas moderadoras, consultas no Centro de Saúde, despesas de educação nas escolas, etc. O que não estiver aqui é que é grave. Terá de acrescentar quando preencher o IRS. Não é aqui que altera. Aqui é só o que a AT sabe sobre si e os seus.

Carrega em detalhes para ver tudo ao pormenor.

Aqui nesta página aparecem todos os valores que as várias entidades transmitiram à Autoridade Tributária com o vosso NIF (e de cada membro da família) durante 2018.

No caso da Educação, é nos detalhes que vão aparecer as propinas, as mensalidades, a alimentação (se aplicável), os manuais escolares, etc. O mesmo com os juros do banco (se comprou casa até 2011) e as rendas de casa.

Agora é que tem de ver se está tudo no IRS

Em resumo, a partir deste momento, têm TODOS os dados disponíveis para verificarem se todas as faturas que esperam encontrar estão MESMO lá. É com estes valores que o vosso IRS vai ser pré-preenchido.

Agora sim, se notarem por alguma ausência de faturas importantes ou erros nos valores, é altura de tomar nota e guardar bem guardadas essas faturas originais na vossa posse.

Atenção aos prazos de reclamação

MUITO IMPORTANTE: se quer corrigir alguma fatura das Despesas Gerais Familiares e dos 15% de IVA (Restaurantes, Hotéis, Oficinas, Cabeleireiros e Veterinários) deve fazê-lo até 31 de Março. Depois no IRS não pode.

Se descobrir erros nas outras categorias (Saúde, Educação, Lares, Imóveis) não vai corrigir nada previamente. Vai ter de colocar os valores corretos nas linhas correspondentes apenas quando preencher o Modelo 3 do IRS entre 1 de abril e 31 de Maio. A AT confia nos valores que lá colocar, desde que guarde as faturas durante 4 anos, caso seja chamado a uma inspeção.

Posto isto, vamos lá aumentar ao máximo o nosso reembolso do IRS ou pagar o menos possível.

Olhem que isto é sério. Há casos em que estamos a falar de centenas ou milhares de euros.

No Contas-poupança vamos acompanhar todo o processo ao detalhe, como fizemos no ano passado. Conto convosco para não deixar escapar nenhuma falha. E no que puder ajudar (dentro do meu conhecimento – sou jornalista, não contabilista), cá estamos.

A entrega do IRS este ano começa a 1 de Abril e vai até ao último dia de Junho (tem 3 meses).

Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.

Se quiser um resumo claro e prático das dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI abaixo.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

 



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.


58 comentários em “ÚLTIMA HORA IRS – Página das deduções COMPLETA já está online

  1. Avatar
    Marco Reply

    Boa noite sr Pedro recebo o salário mínimo nacional e estou a estudar e a trabalhar e mesmo assim no IRS eletrónico deu me que iria ter que pagar 600euros o meu rendimento ultrapassou os 9100 euros a simulação está certa ou convém que eu simule com o modelo três o que posso fazer para não ter que pagar este ano irs, se não tiver outra opção posso entregar esse valor a uma instituição, sou solteiro. No e fatura as despesas de educação foram de 500euros, a de saúde 385 e de despesas familiares 190.A quem puderei pedir aconselhamento, agradeço a atenção

  2. Avatar
    Cristina Neves Reply

    Bom dia,
    O valor das propinas aparece na rubrica Educação, mas colocado “importâncias suportadas com prestações e aquisição de bens…” em vez de “importâncias suportadas com propinas e demais encargos….” faz alguma diferença, como devo proceder?

  3. Avatar
    Ana Sofia Barreiros Reply

    Olá bom dia..
    Estive a verificar as deduções à coleta da minha tia e reparei que as rendas não estão inseridas.
    Acontece que a casa da minha tia é da câmara e fico na dúvida se posso colocar manualmente uma vez que o contribuinte que vem na factura/recibo diz que não pertence a um senhorio..
    Consegue ajudar-me,por favor?
    Não sei se ajuda a minha tia e uma senhora reformada e a renda que paga são 150€..

  4. Avatar
    rnf Reply

    Boa noite.

    Fui consultar a página das deduções e reparei que na categoria “Encargos com imóveis” está a zero. Apesar de não ser a minha morada fiscal, tenho no portal e-arrendamento os recibos eletrónicos passados pelo senhorio. O que devo fazer?
    Agradeço desde já os esclarecimentos.

  5. Avatar
    Cláudia Silva Reply

    Bom dia,

    Parabéns desde já pelo seu excelente trabalho.

    Como menciona, deve-se proceder à correção de faturas das Despesas Gerais Familiares e restaurantes, hotéis, oficinas, etc… até 31 de Março. Mas e nos casos em que o portal não permite corrigir uma vez que a entidade da fatura não tem associado o CAE à respetiva categoria, como resolver a questão?

    Agradeço a sua ajuda e possível esclarecimento.

  6. Avatar
    Sérgio Reply

    Ao consultar as “despesas para deduções à colecta”, do meu pai e reparei que não tem valores em “Encargos com Imóveis”, apesar ter uma casa e passar recibos manuais, e de ter entregue o modelo de rendimentos nas finanças
    Porque não me aparece ?
    . tenho de inserir manualmente os recibos manuais no momento ?

    agradeço ajuda.

  7. Avatar
    Sérgio Reply

    Boa noite

    Vi o seu programa e estive a verificar Ao consultar as “despesas para deduções à colecta”, do meu pai e reparei que não tem valores em “Encargos com Imóveis”, apesar ter uma casa e passar recibos manuais, e de ter entregue o modelo de rendimentos nas finanças
    Porque não me aparece ?
    . tenho de inserir manualmente os recibos manuais no momento ?

    agradeço sua opinião e ajuda.

  8. Avatar
    Patricia Lopes Reply

    bom dia,
    Parabéns pelo seu trabalho.
    Tive um espaço comercial alugado no ano passado, e tenho recibos de renda eletrônicos, pelo que estão registados nas finanças.
    Mas não consigo ver onde estão esses valores nas minhas deduções, nem nas particulares nem das da atividade profissional, como devo fazer?
    Obrigada pela sua atenção,

  9. Avatar
    Inês Polónio Reply

    Caro Pedro Andersson,
    Antes de mais, muitos parabéns pelo trabalho e esforço que tem desenvolvido no âmbito de nos tornar a todos um pouco mais poupados e alertas financeiramente (e não só).
    Gostaria de lhe colocar uma questão relativamente às deduções à coleta que aparecem no site do Portal das Finanças.
    A Tranquilidade (Seguradoras Unidas S.A.) adquiriu, no ano passado, uma série de empresas de seguros, entre as quais a que detinha o meu seguro de saúde – Açoreana.
    Verifiquei que o valor declarado no Portal das Finanças, apenas se referia aos ultimos 3 meses do ano passado. Questionei a Tranquilidade por telefone, ao qual me foi informado que em Outubro de 2018, foi o mês de transição das antigas apólices para as novas e que por isso não havia sido declarado esse valor. Asseguraram-me que me enviariam uma declaração para casa, com o valor total do ano de 2018, como prova para efeitos de IRS.
    Essa declaração chegou sim, mas infelizmente com o valor errado… Os mesmo 3 meses declarados no Portal das Finanças.
    Curiosamente no site e-fatura, a Seguradoras Unidade S.A., registou cada uma das faturas/recibos correspondentes a cada mês do ano passado, com o valor correto, na categoria “Outros” (nunca me foram facultadas essas faturas/recibos em papel ou email).
    A minha pergunta é, se poderei alterar o valor pré-preenchido respeitante aos Prémios de Saúde na Declaração do IRS, com o valor correto, tendo como prova o registo destas faturas no site do e-fatura (se por alguma eventualidade a Tranquilidade não me enviar a declaração correta entretanto).
    Muito obrigada, e ficarei a aguardar a sua resposta.

  10. Avatar
    Armando Silva Alvoeiro da Costa Reply

    Sr. Pedro Andersson

    A página da A.T. dá-nos a possibilidade de consignar parte do IRS/IVA a entidades beneficiárias à nossa escolha, no entanto, ao preenchermos os dados com o NIF e nome da entidade escolhida não existe um campo para definir se é consignado o IRS, o IVA ou ambos, ao submeter a declaração não sabemos o que foi consignado, mesmo no comprovativo obtido não fica esclarecida a opção, apenas o cabeçalho do documento tem escrito “Entidade a Consignar IRS/IVA”.
    Caso se venha a confirmar que a declaração submetida consignou ambas as doações é possível alterar e consignar apenas o IRS?
    Muito grato pelo esclarecimento.
    Armando Costa

  11. Avatar
    Sónia Reply

    Boa tarde sr.Pedro estive a ver melhor em todo o sitio e realmente não aparece faturas da agua e alimentação do filho o restante aparece procurei em todo lado!
    O que posso fazer?
    obrigada

  12. Avatar
    Sónia Calado Reply

    Bom dia, reparei que as despesas de água, luz e despesas de alimentação do filho não entraram terei de colocar à mão?
    Atenciosamente Sónia Calado

  13. Avatar
    Vanessa Cruz Reply

    Boa noite Pedro, obrigada pelas reportagens que tem feito, têm sido bastante úteis! Vi a vossa reportagem sobre as deduções à coleta e fiquei com uma dúvida, então quem comprou casa depois de 31 de Dezembro de 2011, que foi o meu caso que comprei casa em 2017 não entram os juros do empréstimo do imóvel. Então não irei precisar de preencher no IRS o quadro 7 do anexo H?

  14. Avatar
    Sergio Gabriel Reply

    Boa noite

    Vi o seu programa e estive a verificar Ao consultar as “despesas para deduções à colecta”, do meu pai e reparei que não tem valores em “Encargos com Imóveis”, apesar ter uma casa e passar recibos manuais, e de ter entregue o modelo de rendimentos nas finanças
    Porque não me aparece ?
    . tenho de inserir manualmente os recibos manuais no momento ?

    agradeço sua opinião e ajuda.

  15. Avatar
    Francisco Reply

    Boa noite Pedro,

    os valores dos PPR não aparecem nas despesas à coleta.
    Elas irão aparecer ou é necessário inseri-las manualmente? Posso fazer o IRS de forma automática?

    Obrigada.

  16. Avatar
    B.Marques Reply

    Olá Pedro,
    Parabéns pelo excelente trabalho, e em prol dos outros.

    Ao consultar as “despesas para deduções à colecta”, reparo que não tenho valores em “Encargos com Imóveis”, apesar ter cred. habitação e respectivos juros.
    Porque não me aparece ?
    . tenho de inserir no momento de registar o IRS 2018 ?
    . será por ter spread que anula a euribor, e consecutivamente pouco pago de juros ?

    agradeço sua opinião e ajuda.

  17. Avatar
    Manuel Dionisio Reply

    Bom dia.
    Os meus cumprimentos.
    Sou beneficiário dos SAMS do Sindicato dos Bancários.
    Fui ao portal das Finanças para ver as deduções de saúde e não consta nada.
    Fiz as validações todas. Os Sams dizem que as despesas de saúde são enviadas automaticamente para as Finanças.
    Estou apreensivo sem saber se vão constar, ou não das deduções do meu IRS.
    Pode-me elucidar sobre isto.
    Fico agradecido.

  18. Avatar
    Alex Almeida Reply

    Boa tarde. Muito interessante o artigo e me esclareceu algumas dúvidas à respeito do IRS. Porém ainda me restam cá duas.
    1° como pago renda do apartamento e os recibos são eletrónicos, uma vez que já possui conhecimento destes dados informaticamente e os mesmos já se encontram no portal, preciso preencher na mesma o anexo referente às rendas quando entregar a declaração?
    2° Posso submeter a declaração na opção “IRS automático” ou devido a questão anterior tem mesmo de ser submetida de modo normal?

  19. Avatar
    Acácio Reply

    Olá, por causa desta informação fui verificar e encontrei um erro importante !!

    Ao contrário de 2017 em que está tudo correcto. Este ano (IRS de 2018) o maior montante das despesas de educação do meu filho foram colocadas erradamente como despesas de deslocação o que implica que a dedução só está considerada com 300€ de limite o que baixa a dedução desta categoria de 800€ para 521€.

    A Escola é a mesma e classifiquei do mesmo modo, é estranha a mudança !

    Li o artigo todo e penso que será para corrigir apenas no momento da declaração. Estou Certo ?

    Convém alertar pois deverão estar mais pessoas nesta situação !!

  20. Avatar
    Antonio Saramago Reply

    Boa noite Pedro.
    Se possível, gostaria de saber se, a semelhanca da consulta das despesas, há forma de consultar os rendimentos. Há vários anos que ajuda alguns amigos com a entrega do IRS e já aconteceu haver disparidade entre o montante que consta na Declaracao de Rendimentos entregue pela entidade patronal e o valor inacrito na AT. Penso que seria util essa possibilidade.

  21. Avatar
    Carlos Espanhol Reply

    Boas.
    Comprei casa em Abril de 2018, a minha duvida é se a compra da casa aparece em “Despesas Gerais Familiares” ou em “Encargos com Imóveis” , é que a minha está em “Despesas Gerais Familiares” .
    Obrigado

  22. Avatar
    A Martins Reply

    Boa tarde Pedro,
    Desde já obrigada por todas as dicas e pelo excelente trabalho.
    Estive a ver as despesas da Escola, onde entregam o modelo 46 e o valor é muito inferior ao que paguei em 2018. Já contactei a escola. Eles ainda podem alterar ou terei que ser quando entregar o IRS?

    Outro assunto. Após várias tentativas de contacto com o banco onde tinha um crédito e onde o paguei antecipadamente, finalmente recebi o estorno do seguro. Muito obrigada por esta dica, que me fez “arrecadar” 183 eur!

    Continuação do excelente trabalho.
    Cumprimentos,
    A. Martins

  23. Avatar
    Filipe Melo Reply

    Boa tarde,

    Realizei essa consulta e o seguro da Medicare não aparece nos seguros de saúde, como posso resolver?

    Obrigado

  24. Avatar
    Ines Reply

    Boa tarde Pedro. Mais uma vez é uma ajuda preciosa!
    No ano passado vivi em casa alugada até Março, altura em que adquiri casa própria e mudei apenas nessa altura a morada fiscal. No entanto, e apesar de ter os recibos da casa alugada de Janeiro e Fevereiro no portal das finanças, estes valores não aparecem nas deduções à coleta. Terei que os colocar posteriormente?
    obrigada!

  25. Avatar
    Paulo Reply

    Boa tatde
    Os valores postos em PPRs ainda os temos que introduzir à mão este ano?

  26. Avatar
    Joel Dias Reply

    Bom dia Pedro,

    Uma dúvida: passei a viver numa casa alugada junto com a minha esposa, sendo que eu apenas actualizei a morada em fevereiro e ela em junho. Está-me a aparecer apenas 06 meses de renda no site das Finanças. Sendo o recibo passado pelo senhorio com os nossos dois NIF, significa isso que apenas teremos direito a 06 meses de renda dedutivel? Não sei se me expliquei bem.

    Obrigado e continuação do excelente trabalho.

  27. Avatar
    José Castelar Reply

    Sou inquilino de uma casa da IHRU e as rendas nunca aparecem, se souber porquê gostava de saber.
    Obrigado Sr. Pedro Andersson pelas suas dicas é o que se pode chamar de serviço público não remunerado.
    MUITO OBRIGADO

  28. Avatar
    Paula Camacho Reply

    Estou com uma dúvida, o meu filho aínda não está no meu agregado por erro do meu contabilista anterior . Agora já passou a data. Como corr

  29. Avatar
    Fancisco Reply

    Boa noite. Tenho um crédito habitação, e os valores que paguei não aparecem, pago também um seguro de vida mensal para esse mesmo crédito habitação e os valores não me aparecem…

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. Se comprou casa depois de 2011 nada disso deve aparecer. Não é dedutível. O seguro de vida em nenhum caso ligado ao crédito.

  30. Avatar
    Andre Silva Reply

    Já deveria aparecer o valor das rendas? Se sim, não estão a aparecer no meu caso.

  31. Avatar
    Mário Reply

    Viva !
    Fiquei com a questão… não é considerado uma Dedução a coleta os “Passes Mensais” ?

    Se sim, qual o motivo de não aparece nesta página do portal das finanças ?

  32. Avatar
    Ruben Reply

    Bom dia, bom fim de semana,

    Desde já um especial agradecimento pelo redigir do texto, apesar de ser jornalista, tem de adequar a linguagem a todos os contribuintes e detalhar a info que detem de forma clara.

    Grato pela atenção

    • Avatar
      Rui Marques Reply

      Boa tarde,
      A meu ver, o texto redigido já está bastante claro e a mensagem que o Sr. Pedro quer transmitir também está.
      Penso é que as pessoas deveriam dedicar-se um pouco mais sobre estes assuntos.
      Grato ao Pedro pelas ajudas que nos tem transmitido.

  33. Avatar
    Jorge Reply

    Boa noite, Pedro

    Sabe como funcionam as questões de valores relativos a Sindicatos (de trabalhadores)? Foi-me dito que boa parte seria dedutível no IRS mas nada apareceu entretanto, e pelo que tinha percebido seria nesta fase que seriam adicionados, como por exemplo os juros de crédito habitação.
    Está errado? Fui mal informado? Calculo que seja um dos tais casos de mau sinal, portanto… ou então a coisa não se processa desse modo.
    É dificil descobrir resposta clara e directa a essa questão, online

    Um obrigado.

  34. Avatar
    Maria Alzira pinto Esteves Borges Reply

    É muito bom estarmos informados e obter todas informações , para o bem estar das famílias .
    E saber onde se pode poupar mais .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *