Já vou em 5 copos GRÁTIS no Continente… and counting


Já vão 5…

Como expliquei AQUI neste artigo, pretendo trazer um copo (ou outra coisa qualquer) grátis por dia do Continente.

A ideia é aproveitar as promoções de Marketing dos Cartões de Fidelização e de Crédito para nosso benefício. Em resumo, sempre que pagar uma compra de no mínimo 1 euro com o Cartão Universo usando o Contactless (só encostar ao Multibanco e já está) o Cartão dá-me 1 euro em Cartão Continente.  Portanto, como moro ao lado de um Continente, passo por lá a caminho de casa e trago um copo que custa 1 euro e pago desta forma. E quando é que me creditam o dinheiro?

Eu disse no artigo anterior que o dinheiro só seria creditado no final do mês quando o Cartão fosse buscar o dinheiro ao banco. Afinal, alertado por uma espectadora, esse crédito no cartão Continente é praticamente imediato. Fui à aplicação do Cartão no telemóvel e tive a agradável surpresa de ver que os 5 copos que já comprei até ao momento já lá têm o reembolso em cartão Continente disponível para gastar.

O meu objetivo é fazer um conjunto de 10 copos que preciso. Se me podem sair de graça, porquê gastar dinheiro? Se depois de os ter, ainda me der jeito voltar ao hipermercado aproveitarei para comprar mais coisas a 1 euro que precise. Até pode ser alimentação: fruta, leite, açúcar, iogurte, o que quiser. Tudo o que comprar terá 1 euro de desconto!

Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA”

34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018.

É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

Se quiser um resumo claro e prático das dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”.

É só clicar AQUI abaixo.

 

 



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.


5 comentários em “Já vou em 5 copos GRÁTIS no Continente… and counting

  1. Avatar
    liliana freitas Reply

    eu não tenho o continente a porta portanto só deu para aproveitar ainda duas vezes, mas numa delas não me creditaram o €. acho que é por ser Continente modelo, e por isso talvez não acumule.

  2. Avatar
    Diogo Manuel Costa Veloso de Oliveira Reply

    Obrigado pela partilha.
    Acho interessante a lógica embora eu seja um pouco crítico, ou talvez excessivamente idealista, no que respeita a compras grátis, mais baratas e promoções.
    Explicando um pouco a minha visão, que respeito que muitos poderão discordar, eu atribuo muita importância a dimensão “tempo” nas minhas decisões para ponderar sempre o custo de oportunidade. Por exemplo, se levo 10 minutos a ir e vir do continente, mais 5 ou 10 minutos nas compras para ter o desconto de 1€, sai-me caro se comparar como o tempo que levo para ganhar esse €. Quanto mais cada um de nós ganhar por hora menor será a vantagem e na prática podemos estar a perder dinheiro se juntarmos ainda gastos em deslocação.

    Em resumo, se de facto tenho o continente a 5 min e nos próximos 30 minutos não tenho nada para fazer, é efectivamente uma poupança. Agora se tenho que alterar uma rotina, ou fazer uma viagem maior, ou deixar de fazer outra coisa em detrimento desta compra, eu abdico muito facilmente do €.

    É igualmente válido quando estamos a comparar preços de artigos. Por exemplo, o leite está a 0,50€/litro no supermercado “A” e 0,45€/litro no supermercado “B”. Isto pode levar-nos a fazer compras em 3 supermercados diferentes porque há artigos que compensam mais num supermercado que noutro. Assim em vez de levar 1h nas compras no supermercado, levo a manhã toda, 3h.
    Basta-me pensar que levo 2h a mais e a fazer o cálculo do quanto recebo por hora a trabalhar. Se for 3€, perto do ordenado mínimo, então no mínimo tenho que poupar 6€ nestas voltas já que despendo mais 2h, fora o gasto em transporte. Se ganhar mais por cada hora, então a poupança cada vez tem que ser maior. Isto tudo sendo trabalhador dependente, se for independente então o caso muda de figura pois será muito raro compensar fazer essas voltas porque é possível fazer mais dinheiro estando a trabalhar nessas 2 horas.

    Enfim, fica só a minha reflexão para salientar que é importante colocar tudo em perspectiva.
    Ainda assim em nada invalida que a estratégia que o Pedro partilha é muito interessante e sem dúvida pode compensar para algumas pessoas. Especialmente porque o artigo foca-se em poupança e não em “fazer dinheiro” e desse ponto de vista muitos parabéns Pedro.

    Abraço e bom fim de semana.

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Totalmente de acordo. É isso mesmo. Fazer contas e decidir é o “segredo”. Isso e os custos da deslocação e do estacionamento, eventualmente.

  3. Avatar
    Júlio Reply

    No meu caso, comecei no domingo, até agora ainda não me creditaram nem 1 euro dos 5 a que tenho direito… apesar de ter recebido hoje uma sms a informar que tinha sido atribuido o valor de 3 euros.

    Mas na verdade… nada, tambem não tenho pressa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *