Como tenho conta em 7 bancos e não pago comissões em nenhum

Mas não é um exagero?

Foi logo a primeira crítica que recebi assim que publiquei este vídeo. Perfeitamente justificada, admito. Fica já o aviso: só faz isto quem quer. Nem sequer é uma sugestão. É só para provar que é possível ter contas e não pagar Comissões de manutenção de conta. Dá algum trabalho, mas é possível.

Como explico no vídeo abaixo (se tiverem a paciência de o ver), há sempre o caso da conta onde temos o crédito à habitação em que é dificílimo fugir às comissões sobretudo se tivermos um spread que queremos manter.

As comissões dos bancos estão sempre a subir

Já ninguém se surpreende quando o banco aumenta outra vez a comissão de manutenção de conta. Como o nome indica, é um valor que pagamos mensal ou trimestralmente só por termos uma conta aberta. Do ponto de vista dos bancos, é justo porque têm de ter muito trabalho e custos para manter tudo a funcionar. Até percebo o argumento. O que me faz confusão é a proporcionalidade do que pagamos para o serviço que é prestado. As subidas têm sido tão grandes que roçam o exagero (em alguns casos até o ultrapassam).

Um casal que tenha duas contas bancárias chega a pagar 200 euros por ano só por ter as contas abertas. Para ter uma ideia, neste momento para receber esse valor “limpo” em juros num ano nas condições atuais teriam de ter uma conta a prazo com 100.000 euros (juro de 0,3%). É um bocadinho desproporcionado, não?

Explico neste vídeo como faço para ter várias contas e não pagar comissão de manutenção em nenhuma.

Tem sempre a Conta de Serviços Mínimos

Portanto, como vêem, não é nada do outro mundo ter várias contas em vários bancos e não pagar comissões de manutenção de conta em nenhum. É preciso é conhecê-los e saber para que fim precisamos deles. Ter uma conta aberta só porque sim também não faz sentido. Se só uma conta para si basta pode até pedir que a transformar numa Conta de serviços Mínimos Bancários e fica a pagar nada (seja qual for o banco) ou no máximo 4,28 € por ano pela conta e pelo cartão multibanco. Pode saber quanto e em que bancos, consultando o novo “Comparador de Comissões” do Banco de Portugal.

Em resumo, só pagamos estes 100 ou 200 euros por ano se quisermos. Faça as suas contas e dê-se a algum trabalho para se aumentar a si próprio sem perder nenhuma qualidade de vida. Deitar dinheiro pela janela, porquê?

Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA”

34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018.

É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

Se quiser um resumo claro e prático das dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”.

É só clicar AQUI abaixo.

 

 

 

8 comentários em “Como tenho conta em 7 bancos e não pago comissões em nenhum

  1. Matias Reply

    Tenho conta ordenado no banco Santander e tenho dois cartões multibanco associados a essa conta até agora era cobrada a anuidade dos cartões uma vez por ano a partir deste ano passou a ser todos os meses . Falei com o gestor de conta e ele disse me que o banco avisou pronto pode cobrar. E mesmo assim?

  2. sónia Costa Reply

    Fechei a conta na CGD ( não estava contente com a qualidade do serviço e das comissões praticadas) e abri no Santander, conhece o produto Santander 123? Abrimos com a ideia de criar histórico para depois pedir crédito. Mas não acho graça nenhuma as comissões que cobram ou o que no obrigam para reavermos essa comissão. Temos forma de negociar com o banco?

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá Sónia. Já perguntou no banco o mínimo que pode pagar? O que lhe responderam? A conta de serviços mínimos bancários seria opção para si?

  3. Miguel Reply

    Olá,
    Obrigado. Pena é que os bancos cobrem comissões em contas de, por exemplo, associações de pais. Conhece solução?

  4. Leonel Reply

    Boa tarde,
    Obrigado mais uma vez pelas preciosas dicas.
    Tenho uma questão: existe alguns requisitos necessários para converter uma conta dita “normal” em Conta de serviços Mínimos Bancários?
    E essas Conta de serviços Mínimos Bancários permite-nos ter acesso a homebanking e a fazer gratuitamente as operações mas básicas?
    Obg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *