7 dicas para começar a poupar já (#6) – Invista parte da poupança

O dinheiro não chega ao fim do mês?

Vou dar-lhe esta semana 7 dicas (uma por dia, de Segunda a Domingo) que considero as mais úteis e urgentes para quem quiser colocar a sua vida financeira em ordem. Veja se se aplicam ao seu caso.

#1 – Faça um Orçamento mensal

#2 – Crie um Fundo de Emergência

#3 – Como ganhar dinheiro extra

#4 – Liquide todas as dívidas com juros altos

#5 – Como reduzir as despesas

#6 – Invista parte da sua poupança

Defina um objetivo pelo qual vale a pena lutar. Se poupar sem saber para quê, não vale a pena. Se for só para juntar dinheiro, rapidamente vai verificar que perde a motivação. Pode ser pagar a casa mais cedo, deixar de trabalhar aos 50 anos, viajar pelo mundo, pagar a Universidade dos filhos, sei lá. Mas tenha um objetivo grande. E planeie em quanto tempo o pretende atingir.
Veja quanto precisa colocar de lado por mês para atingir o seu objetivo. Com esta dica, pode atingir esse o seu objetivo mais cedo.
E não tem mal se mudar de objetivos ao longo do tempo. A vida é mesmo assim. Não tem de ficar agarrado ao passado nem ao presente.

O truque dos especialistas e das pessoas que se reformaram aos 40 ou aos 50 anos é investir o que poupam. O português tem muito o hábito de gastar em qualquer coisa o que poupou porque é uma forma de compensar o esforço que fez. Se gastar o que poupar, é uma perda de tempo e um esforço inútil.

Pegue em tudo o que poupar (que não lhe faça falta para o essencial) e invista. Investir não é juntar ao Fundo de Emergência. Esse deve esquecê-lo. A partir daqui deve avançar por patamares. O que sobrar todos os meses deve investir em produtos que rendem mais. Tem os Certificados do Tesouro Poupança Crescimento que têm a garantia do Estado. Pode colocar aí algum dinheiro, mas a 2 ou 3% ao ano não vai ficar rico. E têm um “problema”: É que os juros semestrais vão para a conta à ordem. Ora, se vão para a conta à ordem o que é que é mais provável que aconteça? Pois, vai gastá-los sem se aperceber disso. Se calhar nem vai perceber que recebeu juros. Assim que os receber reinvista-os. Esse é o segredo da boa gestão financeira.

Devo investir em produtos de maior risco?

Depois de ter alguma poupança garantida, pondere começar a investir algum dinheiro (pouco no começo) em produtos de maior risco, mas com mais rentabilidade. Mas tenha consciência de que é dinheiro que pode dar-se ao “luxo” de perder. Se esses investimentos correrem bem, use o juro que ganhou nesses investimentos mais arriscados em investimentos ainda mais arriscados mas com maior retorno ainda. Mas tendo garantida sempre a sua poupança “normal”. Arrisque só o que for ganhando “sem estar à espera”. Assim pode ganhar muito e não se sentir culpado se algum investimento correr mal. Tem produtos que rendem 5, 7, 10 ou 11%. E tem investimentos que chegam a render mais de 20%. Não diga já que não. Pesquise muito na internet e fale com amigos que investem nestes produtos. Mas não entre de cabeça sem perceber no que se está a meter.

Estou a falar de Fundos de Investimento, de Ações, de variadíssimas plataformas de crowdfunding e crowdlending na internet (já vos falei da Raize, por exemplo), de fundos imobiliários, seguros de capitalização, etc, etc.

Obviamente, não deve investir em produtos que não conhece. O segredo é informar-se bem antes de colocar o seu dinheiro nas mãos de outros. Esta dica do investimento por patamares é a que praticamente todos os “gurus” aconselham. Juntar tudo num porquinho mealheiro não é a melhor estratégia se quiser chegar a algum lado. É bom, mas não vai mudar a sua vida. O segredo da independência financeira está em investir.

Acompanhe-nos AQUI

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança. Assim não perde nenhuma dica.

YouTube 

Facebook do Contas-poupança

 Pergunte no Grupo “Contas-poupança – As suas dúvidas”

Instagram

Twitter  

No livro “Contas-poupança” tem as melhores dicas de poupança reunidas ao longo dos últimos anos de reportagens na televisão e aqui no blogue. É uma verdadeiro manual prático de finanças pessoais que o vai ajudar a colocar as suas finanças no caminho certo. É só clicar AQUI abaixo.

Um comentário em “7 dicas para começar a poupar já (#6) – Invista parte da poupança

  1. Jota Reply

    “… crowdfunding e crowdlending…” Eu não recomendo a ninguem, qualquer dia vão-se dar mal.

    Mais vale investirem em acções (não no PSI20), nas bolsas americanas por exemplo. Claro que antes disso convem aprenderem algumas coisas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *