7 dicas para começar a poupar já (#2)

O dinheiro não chega ao fim do mês?

Vou dar-lhe esta semana 7 dicas (uma por dia, de Segunda a Domingo) que considero as mais úteis e urgentes para quem quiser colocar a sua vida financeira em ordem. Aplicam-se a quem ganha 500 € e a quem ganha 5.000 €.

#1 – Faça um Orçamento mensal

#2 – Crie um Fundo de Emergência

A estratégia inteligente para quem quer ter uma vida financeira saudável é ter um Fundo de Emergência. Se não tem 1.000 € numa conta à parte para qualquer eventualidade que surja, tem um problema grave. Digo 1.000 € só para não assustar muito logo no princípio. É óbvio que não chega. Tem de ter no mínimo 6 meses a 1 ano do seu salário ou do conjunto de todas as despesas normais de sua casa. O cenário é pensar assim: “Se eu ou os dois ficarmos desempregados, temos o suficiente para nos mantermos durante 1 ano à procura de novo emprego sem termos de pedir emprestado a alguém ou a um banco?”.

Porque é tão importante?

Porque se a máquina de lavar avariar e não tiver dinheiro para pagar esse imprevisto vai ter de recorrer a uma financeira ou ao cartão de Crédito. Com juros altos. A reparação, em vez de ficar por 150€ vai custar-lhe 250 ou 300 por causa dos juros. Já está a perder dinheiro que não tem. Se o carro avariar e a despesa for de 1.500 € tem esse dinheiro? Se o tiver no Fundo de Emergência já está a ganhar dinheiro. E dorme muito mais descansado. Este deve ser o seu primeiro objetivo financeiro, caso não o tenha atingido já.

Uma técnica para conseguir atingir este objetivo é nos próximos meses “obrigar-se” a transferir automaticamente 5 ou 10% do seu ordenado assim que o recebe para uma conta-poupança ou uma conta noutro banco. Pode abrir uma conta num banco que não cobra comissões nenhumas. Faça isso assim que recebe o ordenado.

Outra sugestão é retirar parte do reembolso do IRS, do subsídio de Férias e do subsídio de Natal para isso. Pode também decidir que qualquer dinheiro que lhe surja sem estar à espera vai prioritariamente para esse fim. Também pode reservar todo o dinheiro que ganhar com rendimentos extras se vender alguma coisa que produza como artesanato, comida ou hobbies (pintura, bijuteria, etc). Também pode aproveitar para vender coisas que já não precisa na internet.

Se esperar pelo fim do mês não vai ter nada para tirar para o Fundo de Emergência. Tem de tirar assim que recebe. Se conseguir fazer isto é um bom hábito de poupança que fica para a vida. É o que diz a experiência. Não arranje desculpas. Faça!

Acompanhe-nos AQUI

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança. Assim não perde nenhuma dica.

YouTube 

Facebook do Contas-poupança

 Pergunte no Grupo “Contas-poupança – As suas dúvidas”

Instagram

Twitter  

Se quiser um resumo muito claro e prático das dicas que demos nestes anos todos, pode adquirir o livro “Contas-poupança”. Escrevi-o com esse propósito.

É só clicar AQUI abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *