VÍDEO – Não seja enganado pelo spread

O spread barato pode sair caro

Durante anos e anos andamos todos à procura do spread mais barato como critério fundamental para a escolha do Crédito à Habitação. Como os bancos sabem disso, fazem “guerra” para nos oferecer o spread mais baixo. Mas (quase) ninguém dá nada a ninguém: muitos baixam o spread mas ganham em todos os outros produtos que nos impingem, para o spread ser mais baixo.

Ter os olhos abertos

A partir de agora olhe bem para 4 letras que aparecem nas FIN (Fichas de Informação Normalizada) – a TAER. A Cláudia Santos referida na reportagem poupou mais de 6 mil euros ao escolher um spread de 1,7 em vez de 1,25.

O que é a TAER?

Esse é o valor que traduz tudo o que lhe vão cobrar em parcelas mais ou menos escondidas. O spread pode ser baixo, mas se a taxa TAER for alta é porque estão a “tirar-lhe” o dinheiro que está a “poupar” nos seguro de vida e no multirriscos e nas aberturas de dossier, e nas comissões de processamento da comissão, e no Cartão de Crédito e, e, e, e…

Compare a TAER entre simulações de Crédito e não seja enganado

Veja ou reveja a reportagem desta semana do Contas-poupança sobre o que é a TAE e a TAER. Não se assuste com os termos técnicos. O importante é que perceba o raciocínio e que nunca mais se deixe enganar. Eu sabia lá disto quando fiz o meu empréstimo. Fiquei todo contente com o spread e não me importei de aderir a vários produtos para que ficasse ainda mais baixo. Mesmo assim não me posso queixar… Mas foi só porque tive sorte. Esta informação é muito importante para quem procura comprar casa a partir de agora.

Não se esqueça de se registar na Newsletter do Contas-poupança AQUI. É só colocar o e-mail e recebe todas as semanas um resumo das dicas da semana e mais algumas exclusivas.

E pode também aderir ao Grupo de Facebook “Contas-poupança – As suas dúvidas”. Pode fazê-lo AQUI. Neste grupo pode colocar as suas dúvidas 24h por dia e há uma comunidade de quase 7 mil pessoas disponíveis para ajudar e contribuir com sugestões (para além de mim, claro).

Pode ver AQUI a reportagem.

A TAER vai mudar de nome

A partir de Janeiro de 2018, a TAER vai passar a chamar-se TAEG (como no Crédito Pessoal ou Automóvel). Mas o conceito continuará a ser exatamente igual.

A TAER ou TAEG é a soma de todas as taxas e taxinhas que vai pagar pelo seu empréstimo ao banco. Não se fie só no spread!



9 comentários em “VÍDEO – Não seja enganado pelo spread

  1. Carla Sá Reply

    Boa Noite, permita-me uma questão. Entre que valores deverá se situar a TAER para ser considerada aceitável?
    Ainda só contactei um banco para um empréstimo de 135000€ a 444 prestações com um spread de 1.4% indexado à Euribor 12 meses com uma TAER mínima de 2.821% e TAER máxima de 2.853%.
    Será uma boa opção?
    Obrigada

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Ola Carla. A TAER só funciona quando compara os mesmos valores e prazos. Quando tiver 5 simulações compara as várias taxas e decide.

  2. Tânia Mendes Reply

    Boa tarde,

    Tenho uma simulação de um credito habitação de 125.000€ em 444 meses com um spread 1.99 e uma TAER 3.6585%.Queria saber se posso considerar uma boa taxa?
    Obrigado, por todas as informações.
    Tânia Mendes

  3. Rui Vasco Reply

    No meu extracto não aparece essa referência, somente aparece: Indexante -0,329% + Spread 1,200% = TAN 0,871%.
    Devo reclamar?

  4. IC Reply

    Não ficou muito claro. Afinal ignoramos o spread e escolhemos apenas com base na TAER mais baixa? Como calculam os bancos a TAER? É deveras confuso e este é o primeiro artigo que encontro com informação objectiva – obrigada por isso.

  5. José Leal Reply

    Bom dia,

    Depois de ter sido alertado por esta reportagem foi avaliar a minha TAER, verifiquei que tenho um empréstimo habitação com uma taxa contratada de 2,273%. . Será que poderá ser negociada no próprio banco ou melhor é tentar com outros bancos…
    Grato pelos comentários pertinentes,

    José Leal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *