Quanto custa carregar o telemóvel?

Vale a pena retirar o carregador de telemóvel da tomada quando a carga está completa?

Ora aqui está um artigo que não interessa a 99% das pessoas que seguem este blogue. É daqueles só mesmo para “maluquinhos” da poupança, ou nem isso.

É que mesmo que se possa fazer alguma coisa para poupar neste aspecto diário das nossas vidas será sempre uma poupança tão ridícula que não estou a ver ninguém sequer a preocupar-se com isso.

Espera! Eu lembrei-me. Aliás, tenho essa curiosidade há bastante tempo. Portanto, mesmo que isto não vos interesse rigorosamente nada, quero partilhar com o eventual “António” de Vila Real ou a “Francisca” do Paúl quanto custa REALMENTE carregar o telemóvel todos os dias.

Medi o carregamento minuto a minuto durante 1 mês

Como já vos disse várias vezes, tenho um aparelho em casa que mede todos os consumos de eletricidade minuto a minuto e em tempo real. Depois, na internet posso ver o gráfico do comportamento da eletricidade de minha casa (tipo eletrocardiograma). Ando a fazer isto aparelho a aparelho. Sim, há quem colecione selos ou restaure automóveis, eu divirto-me com estas coisas :).

Quanto custa carregar o telemóvel?

Durante um mês registei o consumo do carregamento dos telemóveis numa determinada tomada. Por vezes só está a carregar 1 telemóvel, às vezes 2 e noutras situações também está a carregar um pequeno tablet. Portanto, estes dados referem-se – nos picos –  ao carregamento de 3 aparelhos. Este é o “eletrocardiograma” desses carregamentos. Em muitas situações – diria a maior parte do tempo – só estão os carregadores na tomada sem carregar nada. Não me dou ao trabalho de os retirar (há quem o faça).

Portanto, como podem ver, quando carregamos os telemóveis o consumo de eletricidade é tudo menos estável. Por exemplo, usar o telemóvel enquanto carrega consome obviamente mais. Eu sei que é óbvio, mas eu avisei que este artigo é para viciados nestas coisas. Se acha que isto é uma perda de tempo pode saltar já do comboio. Há mais artigos (muito mais interessantes) para ler no blogue.

Quanto gasta por dia por carregar o telemóvel?

Posto isto, o máximo diário que o carregamento de 3 aparelhos teve ao longo dos últimos 30 dias (como podem ver no gráfico abaixo) foi de 0,084 kWh.

Multiplicando esse consumo por 0,20 € (o valor com IVA do kWh que pagamos em média na fatura da luz) dá a fantástica quantia de 0,0168 €. Ou seja, não chega – no máximo – a 2 cêntimos por dia. Dá menos de 50 cêntimos por mês.

Este é o gráfico do consumo em euros por dia, ainda sem IVA.

Portanto, em resumo: Desligar o carregador da parede ou da tomada parece-me uma poupança negligenciável. Ou seja, pode fazê-lo, mas o consumo de carregar o telemóvel é tão pequeno que diria que não dá para o esforço de o retirar da tomada cada vez que o carregamento fica completo.

Se fizer questão de o fazer por razões ambientais ou outras, tudo bem. Mas do ponto de vista puramente financeiro, não é relevante.

E pronto, assim tirei uma dúvida a mim mesmo. E se tirei esta dúvida a mais um ou 2 fico contente. Aos outros, obrigado pela paciência :).

Registe-se para receber a Newsletter do Contas-poupança e não perder nenhuma dica!



38 comentários em “Quanto custa carregar o telemóvel?

  1. Maria Emanuel Melo de Almeida Reply

    Obrigada por todo o trabalho que realiza e partilha em prol da poupança.
    Eu sou uma das pessoas que procuro seguir o melhor possível os seus conselhos e tenho-me dado bem.
    Uma coisa que queria perguntar-lhe, é se já ouviu falar de um aparelho que se coloca numa tomada próxima do contador e que tem como objectivo diminuir o consumo de eletricidade.
    Será verdade o que dizem ou é algo que serve apenas para nos enganar e obterem o pouco dinheiro que temos?
    Grata por toda a atenção
    Cordialmente
    Maria Emanuel Almeida

  2. Sónia Costa Pereira Reply

    Olá Pedro, obrigada por todos estes “vícios” que tem. São óptimos para esclarecer quem não tem tanta paciência para fazer estas experiências!
    Li aqui http://www.pt.technoweek.info/v2/s45f9b/ , um artigo sobre um aparelho que permite uma poupança grande na fatura da luz. Conhece? Queria uma opinião sobre isto. Obrigada.

  3. Rui Carvalho Reply

    Ainda bem que alguém se lembra destas “coisitas”,
    por mim retiro sempre o carregador da tomada não só pelo assunto em causa (que já de nada serve continuar) mas por receio de picos de energia que possam danificar os carregadores ou outros aparelhos que fiquem ligados.
    Parabéns pela Paciência.

  4. Manuel Peñascoso Reply

    Outra forma de análise!
    O tempo útil de vida dos carregadores diminui quando ligados permanentemente!

  5. Manuel Dionisio Reply

    Boa Tarde.
    Sim, pode ser pouco. E o aspecto da segurança?
    Já ouvi dizer que há carregadores que ardem se estiverem muito tempo ligados.
    Verdade, mentira???
    De qualquer maneira, mais uma vez, muito obrigado pela informação.
    Cumprimentos.
    Manuel Dionisio

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Ola. Isso vai ter de avaliar por si. Um carregador de fraca qualidade ou com defeito até se incendeia a carregar. Há carregadores de qualidade e carregadores de muito má qualidade. Não dá para fazer essa avaliação assim…Se eu visse que um carregador aquecia deitava-o fora no minuto seguinte. Nem para carregar servia…

  6. Paulo Rosa Reply

    Obrigado pela analise. Para mim também foi útil.
    Também me vem outra questão a mente. Comprei umas tomadas comandadas remotamente e tem uma funcionalidade de protecção de carga (só funciona com telemóveis android) que permite desligar a carga automaticamente quando o telemóvel fica carregado.
    Tenho usado uma delas exclusivamente para carregamento de telemóveis.
    A diferença que noto é que o telemóvel depois de uma noitada a carregar já não está totalmente carregado a 100% (uns 90 e picos %) o que demonstra a meu ver a utilidade desta funcionalidade.
    Será que poupa realmente a bateria? Vale a a pena a funcionalidade? É mesmo útil? Não sei se já existem testes que comparem baterias que foram poupadas com este sistema comparando com outras a carga durante toda uma noite durante vários dias/meses. Era interessante essa comparação. Poder saber se a bateria aguentava mais tempo antes de ficar viciada e ser necessário a troca do telemóvel/bateria. Sobre o teste de consumo que fez era também capaz de originar ainda mais alguma poupança. 😉

  7. Patricia Fonseca Reply

    Obrigado por este artigo. Vou deixar de chatear a cabeça aos miúdos por deixarem os telemoveis a carregar a noite inteira. Já sigo o seu trabalho há vários anos e é sempre com muito prazer que leio as suas sugestões.
    Obrigado e continuação de bom trabalho.

  8. António Reply

    Sim é verdade que é barato deixar carregadores, aparelhos em espera, etc, mas depois a conta ao fim do mês é altíssima e essa parte é difícil de explicar.

    O consumo no dia maior é de 84 W o que é equivalente a ter uma lâmpada de 18 W ligada quase 5 horas.

    Gostava de saber quando paga por mês em energia eléctrica o autor do estudo, que aposto que é elevado, e como ele explica esse consumo todo.

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. Os meus 3 carregadores gastam no máximo por dia 84 W (0,084 kWh). 1 kWh (1000 W) custa cerca de 20 cêntimos na maior parte das distribuidoras. Como explico no texto isso dá menos de 2 cêntimos por dia. Tudo o resto pago conforme o que consumo. Não percebi a sua dúvida. Se gastar muito no resto dos aparelhos claro que terei de pagar. Os ooutros standby é que são um sorvedouro de consumo. Os telemóveis não.

  9. Joao Reply

    Caro Pedro, meta-me na lista dos que agradece a análise. Obrigado pela curiosidade que foi satisfeita! Toda a força para continuar porque eu agradeço-lhe todos os posts. Saúde para si e para as carteiras 🙂

  10. Diogo Tavares Reply

    Uma curiosidade que também era minha,agora, graças a si já não.muito bom é muito obrigado. Excelente trabalho e óptima ideia criar esta pagina,programa…tudo.ajuda muita gente!continue assim,isto sim é jornalismo de informação e de ajuda ao próximo!

  11. Bejamim Franquelim Reply

    Qual quê. É muito importante saber estas coisa. Mas pode crer que haverá sempre alguém a criticar. Para esses: olhe “temos pena” e que saltem do comboio para outro artigo que lhe interesse no blog. Bom . . . Saltem mas ao menos deixem o comboio parar . . . Já agora aproveito para contar o seguinte: tive uma colega que me criticava por ser honesto. O pior foi quando a falta de honestidade de outros lhe causou prejuízos. Outra colega criticava-me porque eu me dava ao trabalho de conferir o extrato bancário . . . Enfim. Caro amigo parabéns pelo seu valioso, profissional e dedicado trabalho. Por fim se me permite, acho que quem não quiser ler um artigo seu pode sempre ir dar banho ao cão . . .

  12. Dulce Reply

    Mas se deixar a noite toda? 3 ou 4 telemóveis? Já que tem essa paciência!

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá Dulce, com os meus cálculos (obviamente com os meus equipamentos) num dia em que carreguei 3 aparelhos ao mesmo tempo toda a noite gastei menos de 2 cêntimos (mais os carregadores na tomada vazios todas as restantes horas). É só multiplicar pelos aparelhos que entender…

  13. Vitor Reply

    Actualmente os transformadores de tlm desligam-se quando o carregamento do tlm está completo, mesmo que o cabo do carregador ainda esteje ligado ao tlm. E quando estão apenas ligados à tomada e sem estarem ligados ao tlm, tb não têm consumos/desperdicios, devido à electronica e forma como estes “transformadores”/carregadores de tlm sao feitos. Mas isto falando dos carregadores de marca ou das marcas que se preocupam em produzir produtos com alguma qualidade, porque se se usar um carregador barato, comprado na loja dos “300” ou nos nossos amigo do oriente, que nao é mais que um transformador, só pelo facto de estarem ligados sem estarem a carregar ou com tlm ligado, os mesmos produzem consumos porque sao autenticos transformadores sem qualquer electronica. É preciso ver de que carregadores/transformadores estamos a falar. Logo cada “carregador ou transformador AC-DC” ou aparelho deve ser analisado individualmente, porque nem todos são feitos com tecnologia que evite consumos em vazio.

    Carro Endersson, faça o mesmo teste mas com transformadores de outros aparelhos como de impressoras/multifunções ou de pequenos electrodomesticos/aparelhos com mais de 10anos. È capaz de obter algumas surpresas com a impressora ou com aqueles aparelhos que tem na banca da cozinha e estao sempre ligados às tomada. É que nem todos os transformadores dos aparelhos têm a electrónica para evitar os consumos em vazio.

    Claro que se torna chato estar sempre a ligar e a desligar as fichas/extensoes às tomadas o ideal era a coloção de tomadas com interruptores, ha situações que não convem mesmo nada desligar os aparelho pela tomada, como nos modens porque deixamos de ter o telefone activo para receber chamadas.. e normalmente nessa tomada, ligamos a box e a tv (que às vezes ficam apenas em standby porque esquecemo-nos ou deu perguiça de desligar no botão), o video gravador, a playstation, o computador.. mas as tomadas com interruptor também têm uma luzinha para indicar que a tomada está comutada ou não e essa também acaba por fazer consumos… grande dilema! LOL

    • Celso Reply

      Sr vitor, para o router, proponho um temporizador, como eu uso. Das 1:30 às 6:00 da manha e das 9h às 16 fica desligado, pois das 1:30 as 6h estou a dormir e das 9h as 16 estou a trabalhar. Faço o mesmo para outros aparelhos em standby.

  14. André Simões Reply

    Olá! Penso que a maioria dos carregadores actuais não tendo nada ligado já faz um corte de energia automático (sem carga não há corrente, logo não há energia). Pode eventualmente haver perdas nos elementos do carregador (estas são quase imensuráveis e deve ser isto que mede). Já com os portáteis a coisa pode ser diferente.

  15. Nuno Nogueira Reply

    A mim foi bastante esclarecedor quanto ao custo. Nós somos 4 lá em casa mas apenas 3 carregam aparelhos eletrônicos. A minha esposa deixá sempre o carregador ligado e eu vou lá desligar (Ela deixa 2 carregadores constantemente ligados ). Já percebi que o custo é irrisório e vou tentar relaxar mais quanto a isso.
    Já agora, o consumo do carregador ligado à corrente mas sem estar a carregar nada a não ser o ar, gasta o mesmo que quando está a carregar?
    Obrigado e um abraço do Nuno da Maia.

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá Nuno. Como poderá ver no gráfico, nos momentos mais próximos do zero, os 3 carregadores gastam em simultâneo cerca de 3 ou 4 W. O que quer dizer que sem estarem a carregar gasta cada um 1 W ou quase nada. A estes valores há sempre uma margem de erro. O que pretendi mostrar é que quase não gastam nada. Mesmo a carregar.

  16. Anita Reply

    Sou a tal tolinha que tinha exatamenete a mesma dúvida porque estou sempre a ralhar com as pessoas por deixarem o carregador na tomada a ‘gastar’… posso ralhar menos, afinal.

  17. Ana Peres Reply

    Também tinha esta curiosidade 🙂
    Obrigada pela partilha do post. E já agora por preguiça raramente desligo o carregador da tomada 🙂

  18. João Barros Reply

    Na verdade não fazia a menor ideia que carregar esses aparelhos tivesse um custo tão baixo.
    Obrigado por ter esse trabalho que também é um dos seus obis e partilha lo com toda esta comunidade.
    Muito obrigado.
    João Barros

  19. Gonçalo Reply

    Tb tinha essa dúvida e fiquei esclarecido, entretanto outras duvidas do mesmo genero existem por exemplo o relógio do micro-ondas, as tomadas com o botao luminoso, o standby das televisões qual será tb o valor da importância k estes equipamentos tem em uma factura mensal?

  20. Rita Bravo Reply

    Obrigada Pedro, era uma dúvida que eu tinha, pese embora eu ter sempre o cuidado de tirar as fichas da tomadas durante a noite.

  21. Pedro Cotta Reply

    Tudo o que seja poupar interessa, mesmo nas mais pequenas coisas. Já tinha a ideia de que o custo de carregamento de um telemóvel não deveria ser extraordinário. Agora fiquei muito mais elucidado.

  22. Pedro Vieira Reply

    Acabou de me fazer perder uma discussão de anos Pedro 😛

    Mas obrigado pelo estudo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *