Comissões na CGD – Aproveitei a onda e vou poupar ainda mais

As minhas contas na CGD

Vamos então a contas. Cada um tem de fazer as suas. Há casos em que os clientes têm tantos cartões e fazem transferências e usam tantos serviços pagando comissões individuais sobre cada uma delas, que compensa claramente o novo tipo de contas da CGD (a S, a M ou a L).

Só posso falar do meu caso.
A Conta S, custa 30 € por ano, mas não inclui cartão de crédito. Como preciso ter um Cartão de Crédito por causa do spread do Crédito à habitação só posso ter a M (que custa 48 € por ano).

Atualmente, tenho um cartão de crédito (o SOMA) que me custa anualmente 26 €. Tenho também um cartão de débito (Multibanco) com uma anuidade de 18,72 €. Dá um total de 44,72 €.

Como as transferências online na CGD têm uma comissão (na M oferecem 3 por mês), faço há muitos anos todas as transferências e pagamentos mensais através do Multibanco (que por enquanto são grátis). Portanto, sai-me mais barato anualmente usar o cartão de crédito de 3 em 3 meses e continuo isento das comissões de manutenção de conta que vão começar em Setembro.

Mas tudo mudou quando liguei para o Call Center da CGD

Pedi mais informações sobre o novo preçário e se há Cartões de Crédito mais baratos (já que sou obrigado a ter pelo menos um). Informaram-me que entraram em vigor a 15 de Julho (coisa que não sabia/não dei por isso) novos preços. Por exemplo, se quiser um segundo cartão SOMA (para um segundo titular) até então custava 10 €. Na próxima anuidade (em Janeiro) vai subir para 26 euros também. Um aumento de 160% nesta parcela específica. Se em casa têm 2 cartões, refaçam as contas.

Como pago 26 euros do Cartão de Crédito perguntei se havia um com uma anuidade mais barata. Sim, há. De 12 euros por ano, com um plafond de 500 €. Para mim chega (é o que tenho no mais caro).

Portanto, em resumo, vou anular o cartão de crédito atual que me custa 26 euros e passo para o Caixa IN que custa 12 € por ano. 12€ do Cartão de Crédito + 18,72 € do Multibanco passa a 30,72 € de anuidades de cartões em vez dos 48 € da conta M.
Poupo 17,28 €. Se é muito ou pouco, cada um decide. Na “moeda” do Contas-poupança são 38 litros de leite.

E depois, o que vai acontecer?

Simples, as anuidades vão continuar a aumentar até me “compensar” aderir à conta S, M ou L. Um dia isso vai acontecer. Cá estaremos.

Não pensem que isto é uma perseguição à CGD. Os outros bancos estão a fazer igual ou pior. Estas situações são óptimas para abrirmos os olhos, porque muitas vezes andamos a gastar dinheiro em anuidades e comissões sem necessidade e nem damos por nada e pode haver alternativas muito boas financeiramente noutros bancos ou mesmo dentro do próprio banco. Mas temos de ser nós a agir. Ninguém nos vai ligar para o telemóvel a promover custos mais baixos, certo?



28 comentários em “Comissões na CGD – Aproveitei a onda e vou poupar ainda mais

  1. João Almeida Reply

    Esse senhor jornalista no mínimo a aconselhar o 2.º Cartão SOMA como uma óptima ideia… não consigo perceber tanta GENIALIDADE… dado que o Cartão SOMA tem uma TAN de 24%… das mais altas do mercado …. e muito acim adas Taxas máximas fixadas trimestralmente pelo BANCO DE PORTUGAL! Ou anda distraído…….. ou na boa… anda a fazer publicidade aos excelentes produtos da CGD ,,,, neste caso o famigerado cartão de crédito SOMA….. de certeza na pool position… dos cartões de crédito mais altos do mercado……Há Bancos com 11,6% para montantes crédito idênticos e a próxima CGD tem o Caixa Classic (s/programa de lealdade) com TAN de 12,10% e Caixa Gold (s/programa de lealdade) com taxa de 11,90%…….. .Portanto senhor jornalista Porquê tanto afam no cartão SOMA? …………Informação precisa-se….mas não se tente tapar o SOL com a Peneira!

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Caro JOão. Não percebi onde foi buscar essa ideia de que estou a promover o Cartão SOMA. Eu não pago juros de qualquer cartão porque pago sempre a 100%. Portanto, todos os meus cartões de crédito (na prática) são a 0% de juros. Eu não quero um segundo cartão. Sou é obrigado a ter este por causa do spread do crédito à habitação. Por mim, este cartão (ou qualquer com anuidade) ia de viagem para o espaço e já não voltava.

  2. Paulo Matos Reply

    eu estou bastante satisfeito com o activo banco. não leva comissões, posso utilizar as dependências do milenium, posso fazer depósitos em numerário ao fim de semana que fica logo na conta, etc um banco 5 estrelas

  3. Elsa Machado Reply

    Bom dia,
    Hoje desloquei-me à CGD e disseram-me para fazer uma compra com o cartão de crédito em Agosto para não pagar a comissão em Setembro.

    A situação é nova, os próprios funcionários têm dúvidas na informação que prestam aos clientes. Foi a ideia com que fiquei.

  4. Nuno Covas Reply

    Activobank. ZERO comissões nem custos todos cartões. Pode-se usar máquinas do BCP para depósitos.

  5. joao Reply

    ISso do caixa IN é bom mas já nao existe isenção de comissão de anuidade se feito um determinado
    valor de compras ….

  6. DC Reply

    Não sou propriamente um iletrado nestas questões, mas confesso que estou baralhado.
    Vejamos,
    Tenho uma conta conjunta com a minha mulher (Caixa Azul), onde ambos recebemos as reformas ( de valor superior aos mínimos para isenção), não temos nenhum crédito nem cartões de crédito e, na situação presente, estamos isentos de comissões de manutenção da conta e de anuidades dos cartões de débito (multibanco).
    Temos património financeiro superior a 5000 euros, mas em D.O., pelo que não contam como tal.
    Pela análise da informação conhecida, parecia ter apenas duas alternativas:
    1.Não fazer nada e a partir de 1 de Setembro, passaria a pagar uma comissão de 4,95 +IS, pressupondo que se manteriam as isenções das anuidades dos cartões de débito (do que já não estou certo);
    2.Aderir à Conta Caixa M, que incluiria os cartões de débito e teria de obter cartões de crédito (com a tal utilização mínima de 1x em cada 3 meses), não havendo lugar a mais nenhum custo, por 4 euros/mês.
    Isto está correto?
    Agradeço a sua ajuda sobre qual a melhor opção a tomar.

  7. Teresa Reply

    E podemos mudar do Visa Classic para o Caixa Inn?
    Não temos de pagar emissão de novo cartão e sai ainda mais caro?

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Tem de esperar pelo fim do prazo do outro. Atenção às datas.

  8. Luís Gomes Reply

    Também é possível poupar 6€ com o cartão de débito, a maioria dos clientes possuem o cartão de débito Caixautomática Eletron (VISA) e Caixautomática Maestro (Maestro) onde em comum tem a anuidade de 18€ +IS, mas se trocar-mos estes dois cartões pelo Caixa Essencial (Mastercard), a anuidade é de 12€ +IS, conforme o preçário do banco.
    Solução mais barata? Mudar de banco.

  9. Isabel Fernandes Reply

    Atenção que as comissões anuais a aplicar às contas S, M e L variam consoante há ou não domiciliação de rendimentos, ou património igual ou superior a 5.000 € . Assim as comissões para as contas S vão dos 30 aos 48 €, para as contas M a variação é entre 48 e 72 € e para as contas L de 84 a 108€.

    Mas o que é que se entende por domiciliação de rendimentos?

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Se recebe nessa conta o seu salário ou pensão.

  10. XKGRILO Reply

    A opção de gestão da CGD, na versão atual, penaliza os seus clientes, que, diga-se mantinham a confiança e fidelidade que agora se desperdiça. A gestão do banco vai perder, necessariamente o seu melhor capital: a dos seus clientes. Há boas opções no mercado! Optei por encerrar a minha conta da CGD, que mantinha há 28 anos… Optei pelos CTT. Não me cobram qualquer comissão, na conta ordenado: levantamentos (até quatro ao balcão), transferências, cartão de crédito e de débito (um titular), domiciliação de pagamentos; etc… Há ainda boas opções no mercado. Façamos as contas e optem…

  11. Anuchka Reply

    E agora uma pergunta, sabe o porquê da diferença das anuidades? Vai na volta não fez uma poupança assim tão vantajosa.

  12. Reis Reply

    A do Nuno Vieira é de mestre, …mas qualquer dia próximo dão-lhe a volta!
    O que eu fiz foi devolver o meu cartão de crédito à caixa e fui buscar um em outro banco que não cobra anuidades.
    Agora vou tentar passar a uma conta de serviços mínimos se não der porque sou 2 titular de duas contas à ordem, para não pagar comissões, fico com a conta S e qualquer dia faço um buraco no chão do quintal bem fundo por causa dos fogos, …!
    Mais, há dois anos atrás as criaturas da caixa davam uma saída ás pessoas que as isentava de comissões se juntamente com a conta à ordem tivessem uma aplicação financeira. Agora findo o prazo da aplicação e na data do vencimento em vez de porem o dinheiro à ordem como antigamente, eles tomaram a liberdade de serem eles a fazerem nova aplicação sem me darem conhecimento, isto é que foi uma coisa fantástica, ….mas isto não vai ficar assim!
    Com estas e outras decisões vindas das cabeças inteligentes dos gestores é que cada vez mais há fuga de capitais e por mais injecções de capital que lhes façam continuam cada vez mais descapitalizados e afundam-se em prejuízos, ….mas falta-lhes a coragem de acabarem com os offshores

  13. Pedro Borges Reply

    Ainda bem que me deparei com o seu site. Tenho os 2 cartões (crédito e débito) e estou a pagar as comissões de manutenção (talvez devido a não usar um deles). Vou certificar-me de usar os 2 para ver se realmente deixo de pagar as ditas comissões.

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Mas olhe que estas regras só começam a partir de Setembro. Se já está a pagar e não devia, deve ser outra situação. Ligue para o Banco a perguntar o que se passa.

  14. Maria Sameiro Jesus. A. Fernandes Reply

    Sou reformada, como tal isenta de comissões até 01/09. Só tinha cartão de débito., não preciso do cartão de crédito. Hoje fui a um balcão da CGD e soube da existência do cartão de crédito de 12,00 que vou ter de usar de 3/3 meses. A outra proposta era ficar a pagar 4,90+ IVA /mensal da manutenção de conta.
    Optei pela primeira hipótese, passo a pagar 12 Eu/ ano e compro uma pastilha elástica de 1 Eu de 3/3 meses com o cartão de crédito!!

  15. Paulo Rodrigues Reply

    Boa tarde
    Vai poupar ainda mais, pois as contas S, M e L isentam os cartões de debito e crédito de anuidade, está tudo nos pormenores da adesão à conta cada uma com as suas especificações.
    É só escolher a indicada a cada caso.
    Cumprimentos

    • Vitor Reply

      nao será tudo… as transações interbancarias devem ter custos nas ATMs porque não vi em lado nenhum a dizer que não tinham.. assim como os demais usos nas ATMs..consultas, depositos, pagamentos?

    • Vitor Reply

      Nao será tudo… as transações interbancarias devem ter custos nas ATMs porque não vi em lado nenhum a dizer que não tinham.. assim como os demais usos nas ATMs..consultas, depositos, pagamentos?

      “A contratação de Cartões de Débito adicionais ou a efetivação de transferências fora das condições acima indicadas ficará sujeita à cobrança autónoma das respetivas Comissões e Despesas, de acordo com o estabelecido no Preçário do Banco.”
      ..nao encontro o preçário..
      linha de apoio ao cliente com número: 707..

  16. Nuno Vieira Reply

    Se o cartão de crédito cumprir com as normas da SIBS pode o usar para levantamentos nos ATM’s. Eu fiz isso no Santander. Entreguei o cartão de débito aquando da subida bruta da anuidade e só tenho o de crédito por causa de cumprir com as cláusulas do crédito á habitação e agora antes de ir ao supermercado, por exemplo, levanto o dinheiro da conta á ordem num ATM com o cartão de crédito e faço as minhas compras.
    Pago menos uma anuidade, movimento a minha conta á Ordem normalmente numa caixa multibanco e estou isento da anuidade do cartão de crédito porque o uso.

    • Afonso Reply

      a isenção da anuidade do cartao de crédito é porque usa o cartao de credito apenas para fazer levantamentos? isso é uma funcionalidade para ficar-se isento da anuidade?

  17. Maria João Reply

    Penso que há (pelo menos havia) forma de não pagar a anuidade do Caixa IN…Fazendo um X valor por ano em compras com o cartão de crédito (vou pagando estes valores um ou dois dias depois no Caixa directa, de modo a não pagar juros). Nada como confirmar a ver se compensa! Aqui por casa é o que fazemos…São mais 12€ ao fim do ano!

  18. LP Reply

    Foi exatamente o estudo que fiz relativamente a minha situação. No entanto, eu desloquei me a CGD para ter a certeza da minha interpretação relativamente a isenção de comissões e por incrível que pareça, a senhora que me atendeu desconhecia esta isenção, ou seja, estava ali para “vender o produto”, neste caso as contas S, M e L. Esta atitude da senhora, apenas me demosntrou que tenho mesmo de andar de olhos bem abertos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *