Comissões na CGD – Aproveitei a onda e vou poupar ainda mais

Escrito por Pedro Andersson

26.07.17

}
3 min de leitura

Publicidade

As minhas contas na CGD

Vamos então a contas. Cada um tem de fazer as suas. Há casos em que os clientes têm tantos cartões e fazem transferências e usam tantos serviços pagando comissões individuais sobre cada uma delas, que compensa claramente o novo tipo de contas da CGD (a S, a M ou a L).

Só posso falar do meu caso.
A Conta S, custa 30 € por ano, mas não inclui cartão de crédito. Como preciso ter um Cartão de Crédito por causa do spread do Crédito à habitação só posso ter a M (que custa 48 € por ano).

Atualmente, tenho um cartão de crédito (o SOMA) que me custa anualmente 26 €. Tenho também um cartão de débito (Multibanco) com uma anuidade de 18,72 €. Dá um total de 44,72 €.

Como as transferências online na CGD têm uma comissão (na M oferecem 3 por mês), faço há muitos anos todas as transferências e pagamentos mensais através do Multibanco (que por enquanto são grátis). Portanto, sai-me mais barato anualmente usar o cartão de crédito de 3 em 3 meses e continuo isento das comissões de manutenção de conta que vão começar em Setembro.

Mas tudo mudou quando liguei para o Call Center da CGD

Pedi mais informações sobre o novo preçário e se há Cartões de Crédito mais baratos (já que sou obrigado a ter pelo menos um). Informaram-me que entraram em vigor a 15 de Julho (coisa que não sabia/não dei por isso) novos preços. Por exemplo, se quiser um segundo cartão SOMA (para um segundo titular) até então custava 10 €. Na próxima anuidade (em Janeiro) vai subir para 26 euros também. Um aumento de 160% nesta parcela específica. Se em casa têm 2 cartões, refaçam as contas.

Como pago 26 euros do Cartão de Crédito perguntei se havia um com uma anuidade mais barata. Sim, há. De 12 euros por ano, com um plafond de 500 €. Para mim chega (é o que tenho no mais caro).

Portanto, em resumo, vou anular o cartão de crédito atual que me custa 26 euros e passo para o Caixa IN que custa 12 € por ano. 12€ do Cartão de Crédito + 18,72 € do Multibanco passa a 30,72 € de anuidades de cartões em vez dos 48 € da conta M.
Poupo 17,28 €. Se é muito ou pouco, cada um decide. Na “moeda” do Contas-poupança são 38 litros de leite.

E depois, o que vai acontecer?

Simples, as anuidades vão continuar a aumentar até me “compensar” aderir à conta S, M ou L. Um dia isso vai acontecer. Cá estaremos.

Não pensem que isto é uma perseguição à CGD. Os outros bancos estão a fazer igual ou pior. Estas situações são óptimas para abrirmos os olhos, porque muitas vezes andamos a gastar dinheiro em anuidades e comissões sem necessidade e nem damos por nada e pode haver alternativas muito boas financeiramente noutros bancos ou mesmo dentro do próprio banco. Mas temos de ser nós a agir. Ninguém nos vai ligar para o telemóvel a promover custos mais baixos, certo?

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

ÚLTIMO AVISO | Já só tem 1 dia para validar as suas faturas para o IRS!

Já validou as faturas pendentes de TODO o seu agregado familiar? Já só tem até amanhã (meia-noite de segunda-feira, dia 26 de fevereiro de 2024), para validar as suas faturas pendentes do portal e-fatura. É muito importante que o faça. Quando fui ver o e-fatura dos...

CRIPTOMOEDAS | Estou a ganhar ou a perder dinheiro? (Mês #26 – Fevereiro 2024)

O meu investimento em Criptomoedas - Balanço de Fevereiro de 2024 Cá estou eu para fazer mais um balanço do meu "investimento" em criptomoedas. Tenho algum dinheiro em Ethereum, que comprei através da plataforma Binance. Quero antes de mais relembrar que está em ampla...

Prémio Salarial | Formulário para fazer pedido já está disponível

Jovens têm até 31 de Maio para fazer o pedido de devolução de propinas, mas tempo de espera é elevado Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes No final do ano passado, o Governo anunciou uma medida que previa a devolução de propinas aos jovens que tivessem entrado...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três meses, mas sobem a seis e 12 meses

Euribor desce a três meses, mas sobe nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (26 de fevereiro a 03 de março)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três e seis meses, mas sobem a 12

Euribor Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um...

Cheque + Digital | A Lista das entidades que têm cursos de formação digital “grátis” (até 750 €)

A lista das entidades certificadas elegíveis para o apoio dos 750 € Antes que comecem a chover as críticas, relembro que coloquei "grátis" entre aspas porque vai ter de pagar primeiro o curso, ou cursos, do seu próprio bolso, mas depois esse dinheiro é devolvido pelo...

Painel solar fotovoltaico – Balanço Janeiro de 2024 (Mês #86)

Balanço de Janeiro de 2024 Janeiro foi um mês anormalmente baixo. No que diz respeito à produção de eletricidade, os primeiros meses do ano já são de recuperação e de aumento progressivo até atingir novamente o pico no Verão. Enfim, houve apenas uma maior sucessão de...

PODCAST | #216 – Vamos a contas | Quase não fiz descontos para a Segurança Social, qual vai ser a minha reforma?

Esta ouvinte do podcast (que quer ficar anónima) tem apenas 29 anos de descontos para a Segurança Social. Trabalha muito e recebe o seu salário, mas os "patrões" recusam-se a fazer descontos para a Segurança Social. Ela tem 64 anos e está muito preocupada com a...

Arrendamento | Rendas acessíveis alargadas a quem tem rendimentos mais altos

Limite de rendimentos máximos anuais para aceder a apoios ao arrendamento foi alargado para abranger mais cidadãos O valor máximo de rendimento anual para aceder ao Programa de Apoio ao Arrendamento foi aumentado, de acordo com uma portaria publicada em Diário da...

Publicidade

Artigos relacionados

37 Comentários

  1. LP

    Foi exatamente o estudo que fiz relativamente a minha situação. No entanto, eu desloquei me a CGD para ter a certeza da minha interpretação relativamente a isenção de comissões e por incrível que pareça, a senhora que me atendeu desconhecia esta isenção, ou seja, estava ali para “vender o produto”, neste caso as contas S, M e L. Esta atitude da senhora, apenas me demosntrou que tenho mesmo de andar de olhos bem abertos.

    Responder
  2. Maria João

    Penso que há (pelo menos havia) forma de não pagar a anuidade do Caixa IN…Fazendo um X valor por ano em compras com o cartão de crédito (vou pagando estes valores um ou dois dias depois no Caixa directa, de modo a não pagar juros). Nada como confirmar a ver se compensa! Aqui por casa é o que fazemos…São mais 12€ ao fim do ano!

    Responder
  3. Nuno Vieira

    Se o cartão de crédito cumprir com as normas da SIBS pode o usar para levantamentos nos ATM’s. Eu fiz isso no Santander. Entreguei o cartão de débito aquando da subida bruta da anuidade e só tenho o de crédito por causa de cumprir com as cláusulas do crédito á habitação e agora antes de ir ao supermercado, por exemplo, levanto o dinheiro da conta á ordem num ATM com o cartão de crédito e faço as minhas compras.
    Pago menos uma anuidade, movimento a minha conta á Ordem normalmente numa caixa multibanco e estou isento da anuidade do cartão de crédito porque o uso.

    Responder
    • Afonso

      a isenção da anuidade do cartao de crédito é porque usa o cartao de credito apenas para fazer levantamentos? isso é uma funcionalidade para ficar-se isento da anuidade?

      Responder
  4. Francisco Gouveia

    Numa so frase, BANCO CTT, continua a ser o BANCO que é TUDO ISENTO, mesmo…
    E ver e comprovar…

    Responder
    • Vitor

      nao será tudo… as transações interbancarias devem ter custos nas ATMs porque não vi em lado nenhum a dizer que não tinham.. assim como os demais usos nas ATMs..consultas, depositos, pagamentos?

      Responder
    • Vitor

      Nao será tudo… as transações interbancarias devem ter custos nas ATMs porque não vi em lado nenhum a dizer que não tinham.. assim como os demais usos nas ATMs..consultas, depositos, pagamentos?

      “A contratação de Cartões de Débito adicionais ou a efetivação de transferências fora das condições acima indicadas ficará sujeita à cobrança autónoma das respetivas Comissões e Despesas, de acordo com o estabelecido no Preçário do Banco.”
      ..nao encontro o preçário..
      linha de apoio ao cliente com número: 707..

      Responder
  5. Paulo Rodrigues

    Boa tarde
    Vai poupar ainda mais, pois as contas S, M e L isentam os cartões de debito e crédito de anuidade, está tudo nos pormenores da adesão à conta cada uma com as suas especificações.
    É só escolher a indicada a cada caso.
    Cumprimentos

    Responder
  6. Maria Sameiro Jesus. A. Fernandes

    Sou reformada, como tal isenta de comissões até 01/09. Só tinha cartão de débito., não preciso do cartão de crédito. Hoje fui a um balcão da CGD e soube da existência do cartão de crédito de 12,00 que vou ter de usar de 3/3 meses. A outra proposta era ficar a pagar 4,90+ IVA /mensal da manutenção de conta.
    Optei pela primeira hipótese, passo a pagar 12 Eu/ ano e compro uma pastilha elástica de 1 Eu de 3/3 meses com o cartão de crédito!!

    Responder
  7. Pedro Borges

    Ainda bem que me deparei com o seu site. Tenho os 2 cartões (crédito e débito) e estou a pagar as comissões de manutenção (talvez devido a não usar um deles). Vou certificar-me de usar os 2 para ver se realmente deixo de pagar as ditas comissões.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Mas olhe que estas regras só começam a partir de Setembro. Se já está a pagar e não devia, deve ser outra situação. Ligue para o Banco a perguntar o que se passa.

      Responder
  8. Gloria

    No ActivoBank não há comissões, cartões não se pagam…

    Responder
  9. Reis

    A do Nuno Vieira é de mestre, …mas qualquer dia próximo dão-lhe a volta!
    O que eu fiz foi devolver o meu cartão de crédito à caixa e fui buscar um em outro banco que não cobra anuidades.
    Agora vou tentar passar a uma conta de serviços mínimos se não der porque sou 2 titular de duas contas à ordem, para não pagar comissões, fico com a conta S e qualquer dia faço um buraco no chão do quintal bem fundo por causa dos fogos, …!
    Mais, há dois anos atrás as criaturas da caixa davam uma saída ás pessoas que as isentava de comissões se juntamente com a conta à ordem tivessem uma aplicação financeira. Agora findo o prazo da aplicação e na data do vencimento em vez de porem o dinheiro à ordem como antigamente, eles tomaram a liberdade de serem eles a fazerem nova aplicação sem me darem conhecimento, isto é que foi uma coisa fantástica, ….mas isto não vai ficar assim!
    Com estas e outras decisões vindas das cabeças inteligentes dos gestores é que cada vez mais há fuga de capitais e por mais injecções de capital que lhes façam continuam cada vez mais descapitalizados e afundam-se em prejuízos, ….mas falta-lhes a coragem de acabarem com os offshores

    Responder
  10. Anuchka

    E agora uma pergunta, sabe o porquê da diferença das anuidades? Vai na volta não fez uma poupança assim tão vantajosa.

    Responder
  11. XKGRILO

    A opção de gestão da CGD, na versão atual, penaliza os seus clientes, que, diga-se mantinham a confiança e fidelidade que agora se desperdiça. A gestão do banco vai perder, necessariamente o seu melhor capital: a dos seus clientes. Há boas opções no mercado! Optei por encerrar a minha conta da CGD, que mantinha há 28 anos… Optei pelos CTT. Não me cobram qualquer comissão, na conta ordenado: levantamentos (até quatro ao balcão), transferências, cartão de crédito e de débito (um titular), domiciliação de pagamentos; etc… Há ainda boas opções no mercado. Façamos as contas e optem…

    Responder
  12. Isabel Fernandes

    Atenção que as comissões anuais a aplicar às contas S, M e L variam consoante há ou não domiciliação de rendimentos, ou património igual ou superior a 5.000 € . Assim as comissões para as contas S vão dos 30 aos 48 €, para as contas M a variação é entre 48 e 72 € e para as contas L de 84 a 108€.

    Mas o que é que se entende por domiciliação de rendimentos?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Se recebe nessa conta o seu salário ou pensão.

      Responder
  13. Luís Gomes

    Também é possível poupar 6€ com o cartão de débito, a maioria dos clientes possuem o cartão de débito Caixautomática Eletron (VISA) e Caixautomática Maestro (Maestro) onde em comum tem a anuidade de 18€ +IS, mas se trocar-mos estes dois cartões pelo Caixa Essencial (Mastercard), a anuidade é de 12€ +IS, conforme o preçário do banco.
    Solução mais barata? Mudar de banco.

    Responder
  14. Teresa

    E podemos mudar do Visa Classic para o Caixa Inn?
    Não temos de pagar emissão de novo cartão e sai ainda mais caro?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Tem de esperar pelo fim do prazo do outro. Atenção às datas.

      Responder
  15. DC

    Não sou propriamente um iletrado nestas questões, mas confesso que estou baralhado.
    Vejamos,
    Tenho uma conta conjunta com a minha mulher (Caixa Azul), onde ambos recebemos as reformas ( de valor superior aos mínimos para isenção), não temos nenhum crédito nem cartões de crédito e, na situação presente, estamos isentos de comissões de manutenção da conta e de anuidades dos cartões de débito (multibanco).
    Temos património financeiro superior a 5000 euros, mas em D.O., pelo que não contam como tal.
    Pela análise da informação conhecida, parecia ter apenas duas alternativas:
    1.Não fazer nada e a partir de 1 de Setembro, passaria a pagar uma comissão de 4,95 +IS, pressupondo que se manteriam as isenções das anuidades dos cartões de débito (do que já não estou certo);
    2.Aderir à Conta Caixa M, que incluiria os cartões de débito e teria de obter cartões de crédito (com a tal utilização mínima de 1x em cada 3 meses), não havendo lugar a mais nenhum custo, por 4 euros/mês.
    Isto está correto?
    Agradeço a sua ajuda sobre qual a melhor opção a tomar.

    Responder
  16. joao

    ISso do caixa IN é bom mas já nao existe isenção de comissão de anuidade se feito um determinado
    valor de compras ….

    Responder
  17. Nuno Covas

    Activobank. ZERO comissões nem custos todos cartões. Pode-se usar máquinas do BCP para depósitos.

    Responder
  18. Elsa Machado

    Bom dia,
    Hoje desloquei-me à CGD e disseram-me para fazer uma compra com o cartão de crédito em Agosto para não pagar a comissão em Setembro.

    A situação é nova, os próprios funcionários têm dúvidas na informação que prestam aos clientes. Foi a ideia com que fiquei.

    Responder
  19. Paulo Matos

    eu estou bastante satisfeito com o activo banco. não leva comissões, posso utilizar as dependências do milenium, posso fazer depósitos em numerário ao fim de semana que fica logo na conta, etc um banco 5 estrelas

    Responder
  20. João Almeida

    Esse senhor jornalista no mínimo a aconselhar o 2.º Cartão SOMA como uma óptima ideia… não consigo perceber tanta GENIALIDADE… dado que o Cartão SOMA tem uma TAN de 24%… das mais altas do mercado …. e muito acim adas Taxas máximas fixadas trimestralmente pelo BANCO DE PORTUGAL! Ou anda distraído…….. ou na boa… anda a fazer publicidade aos excelentes produtos da CGD ,,,, neste caso o famigerado cartão de crédito SOMA….. de certeza na pool position… dos cartões de crédito mais altos do mercado……Há Bancos com 11,6% para montantes crédito idênticos e a próxima CGD tem o Caixa Classic (s/programa de lealdade) com TAN de 12,10% e Caixa Gold (s/programa de lealdade) com taxa de 11,90%…….. .Portanto senhor jornalista Porquê tanto afam no cartão SOMA? …………Informação precisa-se….mas não se tente tapar o SOL com a Peneira!

    Responder
    • Pedro Andersson

      Caro JOão. Não percebi onde foi buscar essa ideia de que estou a promover o Cartão SOMA. Eu não pago juros de qualquer cartão porque pago sempre a 100%. Portanto, todos os meus cartões de crédito (na prática) são a 0% de juros. Eu não quero um segundo cartão. Sou é obrigado a ter este por causa do spread do crédito à habitação. Por mim, este cartão (ou qualquer com anuidade) ia de viagem para o espaço e já não voltava.

      Responder
  21. RM

    Boa tarde,

    Obrigada pelo bom trabalho.
    Tenho apenas uma questão – que compreendo possa parecer bastante aberta mas existem bancos que não cobrem estas comissões? Estava isenta até os 25 e de repente parece que comecei a pagar pelo que tenho e pelo que não tenho…

    Obrigada

    Responder
  22. Helder Sousa

    Bom preciso dum cartão de crédito, somente para ter o cartão físico, coisa que cada vez pedem mais nos hotéis, companhias aéreas, etc. Portanto o que utilizar é para pagar a 100% dentro dos prazos. Atualmente tenho a conta de Serviços Minímos na CGD, que não me permite ter cartão de crédito, vou ter então que mudar. Dúvida, a conta S da CGD não incluí cartão de crédito, mas posso pedi-lo á parte e ter assim Conta S mais cartão de crédito? Ou em alternativa conta S na CGD, mais cartão de crédito de outra entidade bancária? Ultrapassava assim o facto de não poder ter cartão de crédito na Conta S. Alguma alternativa melhor para quem quer apenas possuir o cartão físico devido a viagens?

    Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá Helder. Quem disse que com conta de serviços mínimos não pode ter cartão de crédito?! Claro que pode. Nada impede. Mas porque não arranja um tipo wizink que é gratuito e associa-o ao seu IBAN da conta de serviços mínimos…

      Responder
      • Helder

        Disseram-me na CGD. Antes de lá ir já tinha visto online nas descrições do que temos direito neste tipo de conta, que o cartão de crédito não aparecia como opção, no entanto só para confirmar fui á CGD. Disseram-me que teria que mudar para uma conta caixa por exemplo.

        Responder
        • Pedro Andersson

          Errado. Insista. Mas se é para esse efeito opte por um cartão de crédito grátis.

          Responder
      • Martim lopes

        Só uma pergunta. Quanto dinheiro tem aquele cartao que tu apresentas?

        Responder
  23. CreditoVictoria

    Obrigado por um artigo tão maravilhoso. Você é um bom jornalista. Muito profissional. De facto, com excepção da CGD, não há mais nada a escolher e nada. Bem, estou errado? E como a comissão foi grande e permanece. Nós, por sua vez, só podemos inventar como podemos nos livrar dela. Uma espécie de solução alternativa. Sim, é muito triste. Agora me pergunto por que os bancos dobram essa comissão para sacar dinheiro de outros caixas eletrônicos. O que não pode ser acordado? Desejo a todos boa sorte e gastem menos dinheiro com a comissão.

    Responder
  24. Martim lopes

    Só uma pergunta. Quanto dinheiro tem aquele cartao que tu apresentas?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.