VÍDEO – Se o seu vôo atrasar pode ter a viagem paga

O vôo atrasou 3 horas? Pode ter a viagem paga.

Se viajou de avião nos últimos 3 anos, se vai viajar nestas férias ou se um filho seu ou neto vai viajar de avião nos próximos tempos, leia este artigo e veja a reportagem do Contas-poupança desta semana com muita atenção.

Pode reclamar 3 anos depois

Se tem memória (mesmo que vaga) de um vôo que se atrasou mais de 3 horas nos últimos 3 anos pode ter direito a uma indemnização que vai dos 250 aos 600 euros, conforme a distância do destino.

Falo também do que deve ter em atenção caso seja “vítima” de overbooking para não aceitar a primeira proposta que lhe fizerem.

 

Há empresas que reclamam por si

Recordo que há várias empresas que tratam destes pedidos de indemnização por si: a AirHelp, a Gate28, a AireClaim e a Reclamador. São as que encontrei. Se conhecerem mais digam. E falem das vossas experiências com elas para que outros beneficiem da vossa experiência. Cobram normalmente 25% mas só se receber a compensação, Portanto, nunca tem de pagar nada antecipadamente,

Conheça os direitos dos passageiros de avião

Mas pode e deve – digo eu – tentar fazer a reclamação sozinho (assim não tem de pagar comissões). Basta preencher o formulário no site da ANAC e depois anexar essa queixa na companhia aérea que se atrasou. Tem de anexar também os bilhetes do vôo.

Quanto melhor conhecermos os nossos direitos, melhor nos podemos defender.

Recordo que na reportagem cito um caso de uma família que viajou no ano passado para Cuba em férias. Chegou ao destino com mais de 3 horas de atraso e que pôde escolher entre receber 2.800 € em viagens ou 2.400 em dinheiro. Mas só os passageiros que reclamaram…

Quem passar por estas situações e não reclamar não leva nada. Por preguiça, inércia ou desconhecimento.

Pelo menos, quem vê o Contas-poupança não pode dar a desculpa do desconhecimento. As outras desculpas, infelizmente, continuam a ser muito comuns. Vamos mudar isso?

Pode ver ou rever a reportagem neste link abaixo.

http://sicnoticias.sapo.pt/programas/contaspoupanca/2017-05-31-Voos-atrasados–Explicamos-como-pedir-uma-indemnizacao



8 comentários em “VÍDEO – Se o seu vôo atrasar pode ter a viagem paga

  1. António Reply

    Mais uma excelente reportagem! E é verdade que isto acontece. O problema é pagarem… estão sempre com desculpas. Quem me “salvou” foi uma empresa portuguesa, a air flight claim https://www.facebook.com/AirFlightClaim/. Também cobraram comissão, mas pelo menos recebi pelo atraso.

  2. Susana Nilha Guerreiro Reply

    Em Dezembro de 2016, fiz uma viagem a Cuba, em que o voo atrasou 6 horas ou mais, pelo que perdi o voo de ligação Madrid-Havana, a companhia air europa, deu vouchers para a alimentação e explicou que o atraso se deveu às condições climatéricas, nevoeiro em Madrid. Como perdi o voo de ligação, pagaram a estadia de uma noite em Madrid de forma a poder apanhar o voo do dia seguinte. Reclamei na seguradora, e até hoje, passados 6 meses, não obtive qualquer resposta. Enviei os bilhetes e o comprovativo da reserva e encontro me ainda a aguardar resposta.

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Se foi mesmo​ mau tempo não tem direito.

  3. David Silva Reply

    Em 2015 fui indemnizado em 300€ (400€ – os 25% de comissão). Tive de recorrer aos serviços da flight-delayed.co.uk, porque a Air Berlin só me queria dar um voucher de 250€ para usar numa próxima viagem com eles. Quando contra-propus querer ser reembolsado, começaram a responder aos emails a dizer que o processo ainda estava em análise. A flight-delayed.co.uk foi a minha “salvação”.

  4. Cristina Freire Reply

    Em Abril fui a Praga com o meu marido na vinda disseram que não tinhamos lugar no avião e nos davam 200 euros cada para irmos noutra companhia ….sem perceber de nada começei a reclamar e já nos ofereceram 400euros cada.Sem solução à vista tivemos de aceitar e ao ler os papéis que só nos foram dados à posterior é q vimos que esta era a quantia que tinhamos direito.

  5. Lídia Reply

    Parabéns pelo excelente programa! Tive oportunidade de ver ontem o Contas-Poupança e surgiu-me uma dúvida. Em 2015 fiz uma viagem à República Dominicana e no regresso a Lisboa o avião teve uma avaria que obrigou, depois de muito tempo de espera no aeroporto, a que todos os passageiros tivessem de pernoitar mais uma noite no hotel, tendo a viagem de regresso ocorrido apenas no dia seguinte. A companhia aérea providenciou o alojamento e respetivas refeições. A questão é a seguinte: a viagem foi comprada através de uma agência, num pacote que incluía voos, alojamento e tranferes e não diretamente à companhia aérea. Neste caso também é possível pedir indemnização? Eu já não tenho os bilhetes, ainda posso reclamar?
    Obrigada

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Se já não tem os bilhetes não. Consegue uma cópia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *