VÍDEO – Se o seu vôo atrasar pode ter a viagem paga

Escrito por Pedro Andersson

31.05.17

}
2 min de leitura

Publicidade

O vôo atrasou 3 horas? Pode ter a viagem paga.

Se viajou de avião nos últimos 3 anos, se vai viajar nestas férias ou se um filho seu ou neto vai viajar de avião nos próximos tempos, leia este artigo e veja a reportagem do Contas-poupança desta semana com muita atenção.

Pode reclamar 3 anos depois

Se tem memória (mesmo que vaga) de um vôo que se atrasou mais de 3 horas nos últimos 3 anos pode ter direito a uma indemnização que vai dos 250 aos 600 euros, conforme a distância do destino.

Falo também do que deve ter em atenção caso seja “vítima” de overbooking para não aceitar a primeira proposta que lhe fizerem.

 

Há empresas que reclamam por si

Recordo que há várias empresas que tratam destes pedidos de indemnização por si: a AirHelp, a Gate28, a AireClaim e a Reclamador. São as que encontrei. Se conhecerem mais digam. E falem das vossas experiências com elas para que outros beneficiem da vossa experiência. Cobram normalmente 25% mas só se receber a compensação, Portanto, nunca tem de pagar nada antecipadamente,

Conheça os direitos dos passageiros de avião

Mas pode e deve – digo eu – tentar fazer a reclamação sozinho (assim não tem de pagar comissões). Basta preencher o formulário no site da ANAC e depois anexar essa queixa na companhia aérea que se atrasou. Tem de anexar também os bilhetes do vôo.

Quanto melhor conhecermos os nossos direitos, melhor nos podemos defender.

Recordo que na reportagem cito um caso de uma família que viajou no ano passado para Cuba em férias. Chegou ao destino com mais de 3 horas de atraso e que pôde escolher entre receber 2.800 € em viagens ou 2.400 em dinheiro. Mas só os passageiros que reclamaram…

Quem passar por estas situações e não reclamar não leva nada. Por preguiça, inércia ou desconhecimento.

Pelo menos, quem vê o Contas-poupança não pode dar a desculpa do desconhecimento. As outras desculpas, infelizmente, continuam a ser muito comuns. Vamos mudar isso?

Pode ver ou rever a reportagem neste link abaixo.

http://sicnoticias.sapo.pt/programas/contaspoupanca/2017-05-31-Voos-atrasados–Explicamos-como-pedir-uma-indemnizacao

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

ÚLTIMO AVISO | Já só tem 1 dia para validar as suas faturas para o IRS!

Já validou as faturas pendentes de TODO o seu agregado familiar? Já só tem até amanhã (meia-noite de segunda-feira, dia 26 de fevereiro de 2024), para validar as suas faturas pendentes do portal e-fatura. É muito importante que o faça. Quando fui ver o e-fatura dos...

CRIPTOMOEDAS | Estou a ganhar ou a perder dinheiro? (Mês #26 – Fevereiro 2024)

O meu investimento em Criptomoedas - Balanço de Fevereiro de 2024 Cá estou eu para fazer mais um balanço do meu "investimento" em criptomoedas. Tenho algum dinheiro em Ethereum, que comprei através da plataforma Binance. Quero antes de mais relembrar que está em ampla...

Prémio Salarial | Formulário para fazer pedido já está disponível

Jovens têm até 31 de Maio para fazer o pedido de devolução de propinas, mas tempo de espera é elevado Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes No final do ano passado, o Governo anunciou uma medida que previa a devolução de propinas aos jovens que tivessem entrado...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três meses, mas sobem a seis e 12 meses

Euribor desce a três meses, mas sobe nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (26 de fevereiro a 03 de março)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três e seis meses, mas sobem a 12

Euribor Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um...

Cheque + Digital | A Lista das entidades que têm cursos de formação digital “grátis” (até 750 €)

A lista das entidades certificadas elegíveis para o apoio dos 750 € Antes que comecem a chover as críticas, relembro que coloquei "grátis" entre aspas porque vai ter de pagar primeiro o curso, ou cursos, do seu próprio bolso, mas depois esse dinheiro é devolvido pelo...

Painel solar fotovoltaico – Balanço Janeiro de 2024 (Mês #86)

Balanço de Janeiro de 2024 Janeiro foi um mês anormalmente baixo. No que diz respeito à produção de eletricidade, os primeiros meses do ano já são de recuperação e de aumento progressivo até atingir novamente o pico no Verão. Enfim, houve apenas uma maior sucessão de...

PODCAST | #216 – Vamos a contas | Quase não fiz descontos para a Segurança Social, qual vai ser a minha reforma?

Esta ouvinte do podcast (que quer ficar anónima) tem apenas 29 anos de descontos para a Segurança Social. Trabalha muito e recebe o seu salário, mas os "patrões" recusam-se a fazer descontos para a Segurança Social. Ela tem 64 anos e está muito preocupada com a...

Arrendamento | Rendas acessíveis alargadas a quem tem rendimentos mais altos

Limite de rendimentos máximos anuais para aceder a apoios ao arrendamento foi alargado para abranger mais cidadãos O valor máximo de rendimento anual para aceder ao Programa de Apoio ao Arrendamento foi aumentado, de acordo com uma portaria publicada em Diário da...

Publicidade

Artigos relacionados

16 Comentários

  1. Lídia

    Parabéns pelo excelente programa! Tive oportunidade de ver ontem o Contas-Poupança e surgiu-me uma dúvida. Em 2015 fiz uma viagem à República Dominicana e no regresso a Lisboa o avião teve uma avaria que obrigou, depois de muito tempo de espera no aeroporto, a que todos os passageiros tivessem de pernoitar mais uma noite no hotel, tendo a viagem de regresso ocorrido apenas no dia seguinte. A companhia aérea providenciou o alojamento e respetivas refeições. A questão é a seguinte: a viagem foi comprada através de uma agência, num pacote que incluía voos, alojamento e tranferes e não diretamente à companhia aérea. Neste caso também é possível pedir indemnização? Eu já não tenho os bilhetes, ainda posso reclamar?
    Obrigada

    Responder
    • Pedro Andersson

      Se já não tem os bilhetes não. Consegue uma cópia?

      Responder
      • José

        Nestes casos (compra de um pacote com viagem e estadia ) o direito à indemnização é nominal, ou seja, cada um dos passageiros incluídos na reserva (no meu caso 4 pessoas) tem direito a reclamar?

        Responder
        • Pedro Andersson

          Olá. Sim. É nominal.

          Responder
          • José

            Olá e obrigado pela ajuda. Feita a reclamação à companhia aérea, neste caso a EVELOP, esta confirmou o atraso (cerca de 24h) e o motivo (avaria do avião). No entanto informou-me que a reclamação teria de ser efetuada junto do operador turístico. A minha questão é se esse será mesmo o procedimento correto. Pela pesquisa que efetuei parece-me que a reclamação deve ser sempre efetuada pelo passageiro e dirigida diretamente à companhia aérea. Ainda por cima verifiquei que a taxa de resposta da agência em causa no portal da queixa é 0%…Qual a sua opinião?

  2. Cristina Freire

    Em Abril fui a Praga com o meu marido na vinda disseram que não tinhamos lugar no avião e nos davam 200 euros cada para irmos noutra companhia ….sem perceber de nada começei a reclamar e já nos ofereceram 400euros cada.Sem solução à vista tivemos de aceitar e ao ler os papéis que só nos foram dados à posterior é q vimos que esta era a quantia que tinhamos direito.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Pois.

      Responder
  3. David Silva

    Em 2015 fui indemnizado em 300€ (400€ – os 25% de comissão). Tive de recorrer aos serviços da flight-delayed.co.uk, porque a Air Berlin só me queria dar um voucher de 250€ para usar numa próxima viagem com eles. Quando contra-propus querer ser reembolsado, começaram a responder aos emails a dizer que o processo ainda estava em análise. A flight-delayed.co.uk foi a minha “salvação”.

    Responder
  4. Susana Nilha Guerreiro

    Em Dezembro de 2016, fiz uma viagem a Cuba, em que o voo atrasou 6 horas ou mais, pelo que perdi o voo de ligação Madrid-Havana, a companhia air europa, deu vouchers para a alimentação e explicou que o atraso se deveu às condições climatéricas, nevoeiro em Madrid. Como perdi o voo de ligação, pagaram a estadia de uma noite em Madrid de forma a poder apanhar o voo do dia seguinte. Reclamei na seguradora, e até hoje, passados 6 meses, não obtive qualquer resposta. Enviei os bilhetes e o comprovativo da reserva e encontro me ainda a aguardar resposta.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Se foi mesmo​ mau tempo não tem direito.

      Responder
  5. António

    Mais uma excelente reportagem! E é verdade que isto acontece. O problema é pagarem… estão sempre com desculpas. Quem me “salvou” foi uma empresa portuguesa, a air flight claim https://www.facebook.com/AirFlightClaim/. Também cobraram comissão, mas pelo menos recebi pelo atraso.

    Responder
  6. Mario Dias

    O passageiro é quem tem direito á compensacao.
    Segundo a Lei, pode-se fazer representar por quem lhe apetecer, a não ser que seja maluquinho ou menor.
    A Aireclaim.com é uma empresa Portuguesa muito eficiente nisso. As empresas aereas já a conhecem e não fazem as cenas e negas que fazem aos particulares pois sabem q eles não desistirão nem q vao para tribunal.
    Graças a eles recebi 1200 euros que a Air France antes me recusou 2 vezes
    MD

    Responder
  7. Mario Dias

    O passageiro é quem tem direito á compensacao.
    Segundo a Lei, pode-se fazer representar por quem lhe apetecer, a não ser que seja maluquinho ou menor.
    A http://www.aireclaim.com é uma empresa Portuguesa muito eficiente nisso. As empresas aereas já a conhecem e não fazem as cenas e negas que fazem aos particulares pois sabem q eles não desistirão nem q vao para tribunal.
    Graças a eles recebi 1200 euros que a Air France antes me recusou 2 vezes
    MD

    Responder
  8. Pedro

    Bom dia,

    Fiz uma simulação no airclaim mas a resposta/justificação não vai de encontro ao informado pela companhia aérea nem encontro informação que sustente a mesma:
    ” De acordo com os nossos registos de voo, a perturbação do seu voo deveu-se a uma greve de funcionários. As companhias aéreas não são obrigadas a pagar uma compensação por perturbações causadas por circunstâncias extraordinárias que estejam fora do seu controlo, como é o caso das greves de funcionários. ” ( Airclaim )

    O motivo dado pela operadora foi de atraso e que tiveram que recorrer a novo avião.
    Há alguma razão lógica para a simulação ter dado esta justificação?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Estas empresas têm acesso aos registos de todos os voos. Apresente pessoalmente a sua reclamação e espere pelo resultado. Nao perde nada.

      Responder
  9. Bruno

    Eu tive um problema de overbooking e quem me ajudou foi a empresa https://www.indenizar.com/
    Eles conseguiram uma indenização de 700 Euros.
    Mas tiver que entrar com o pedido no Brasil, pois eu moro no Brasil e a cia aérea também era brasileira, assim como meu voo saiu do Brasil e terminou no Brasil.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.