Cupões de hipermercado – Um caso prático

Usar dois cupões na mesma ida ao hiper

No seguimento do artigo que publiquei na terça feira (está ao fundo da página) a explicar porque tenho 4 cartões de fidelização do Continente (e dois do Pingo Doce e assim sucessivamente – os que me interessarem) fiz esta compra ontem.

Quem tiver só um cartão para a família toda só recebe um cupão ou de 5 € ou de 10%. No meu caso, para esta semana tenho um de cada (recebi pelo correio um de 5 € e 3 de 10%).

 

5 € em 20 = 25% de desconto

Um pormenor importante  é perceberem que um cupão de 5 € numa compra de 20 € equivale a 25% de desconto numa compra de qualquer produto. Logo, se comprar um produto que tenha 50% de desconto soma mais 25%. Se forem ambos em cartão fica com um desconto de 75%. Se for direto, o desconto de 25% é sobre o valor final a pagar.

Adiante: se fizer compras acima de 20 € o desconto de 25% começa a esfumar-se e a quase desaparecer. Se fizer uma compra acima de 50 €  mais vale usar um de 10%.

Como tenho ambos (um de cada) pedi à senhora da caixa que parasse quando o valor chegasse exatamente aos 20 € (para maximizar o desconto). E a seguir o resto das compras fiz com o cartão e cupão dos 10 %.

Portanto, como podem ver na foto abaixo numa compra de 60 € – que teria de fazer de qualqer maneira aqui ou noutro hiper – fiquei com 9 € em cartão (5 € + 4 €).

 

9 € não é pouco

Se acha que 9 euros é pouco, relembro que dá para 20 litros de leite ou 24 quilos de farinha. Avaliem.

Tem aqui mais casos de acumulações que tenho feito. Acreditem que funciona. Ao fim do ano é uma grande poupança se perceberem como funciona e se se derem ao trabalho.

E como ainda tenho mais 2 cupões de 10% para esta semana se tiver de ir lá novamente serão sempre compras com desconto também.

Já só volto a comprar detergentes em 2018

Para quê tantos cartões de hipermercado?



2 comentários em “Cupões de hipermercado – Um caso prático

  1. Jose Ferreira Reply

    O desconto de 5€ na compra de 20€, 25% não é bem assim, como os 5€ vão para o cartão é necessário “gastar” mais 5€ para se ter direito a eles.
    Portanto é preciso “gastar” 25€ para se ter realmente o desconto de 5€, ou seja passa para 20%.
    O mesmo critério se aplica a descontos de 50% em cartão que na realidade dá no máximo 34%…

  2. Rui Marques Reply

    Sr. Pedro,
    Faz exactamente como eu. E o que acumulo no Cartão é apenas gasto em artigos importantes para a nossa familia, ou seja não o vou gastando aos pouco. Já comprei cadeira de refeição para bébé, cadeira de bebé auto e ainda um apoio para por na cadeira da mesa de refeições.
    Tudo isto comprado com o que fui acumulando no cartão.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *