A partir de hoje já pode subscrever CERTIFICADOS DE AFORRO num banco privado (BIG)

Escrito por Pedro Andersson

14.03.24

}
4 min de leitura

Publicidade

Já pode subscrever Certificados de Aforro exclusivamente online

É um momento histórico. É a primeira vez em décadas, que é quebrado o “monopólio” dos CTT para a subscrição de Certificados de Aforro (CA) e do Tesouro. Até hoje, quem queria subscrever os produtos de poupança do Estado tinha de ir obrigatoriamente presencialmente a uma estação de Correios para abrir uma conta Aforro. Não é uma conta bancária, nem é no banco CTT. São coisas diferentes. Virão a seguir mais bancos? Espero que sim!

É emprestar dinheiro ao Estado e o Estado paga juros aos cidadãos, de acordo com as regras fixas e simples de cada uma das séries (atualmente estamos na série F).

O banco BIG é o primeiro a aderir à rede de distribuição de Certificados do Estado

Os aforradores portugueses têm a partir de hoje acesso aos produtos de aforro do Estado através de mais uma entidade de distribuição e de novos canais digitais. O Banco de Investimento Global (BiG), um banco especializado em poupança e investimento, é a primeira instituição financeira a juntar-se aos CTT, aos Espaços Cidadão e à plataforma digital do Estado – Aforro Net – na distribuição de certificados de aforro. 

Este é mais um passo na estratégia de alargamento da rede de colocação dos produtos de aforro do Estado e de melhoria da experiência dos aforristas, que permite subscrever estes produtos de poupança de forma 100% digital. 

A grande novidade é que até agora, quando subscrevia CA pela primeira vez tinha de ir pessoalmente a um balcão dos Correios. No banco BIG pode abrir uma conta Aforro à distância, o que é uma excelente notícia para quem não tem tempo ou saúde para fazer essa deslocação e também para todos os emigrantes portugueses espalhados pelo mundo que querem subscrever Certificados de Aforro, mas não têm disponibilidade para vir a Portugal.

Como se subscrevem os Certificados no banco BIG

Vistas as vantagens, vamos às “complicações”. 

Tem de ser cliente do banco BIG

Primeiro tem de abrir conta no banco BIG. Para subscrever os Certificados, só o pode fazer através do homebanking ou aplicação do banco BIG. Para isso tem de ser cliente. Para abrir conta tem de o fazer com um mínimo de 2.000 euros. A boa notícia é que não paga comissões de manutenção de conta. Se quiser ter um cartão multibanco, no primeiro ano está isento, mas a partir do segundo ano paga 14 euros de anuidade mais 4% de imposto de selo (14,20 €). No meu caso, sou cliente e recusei o cartão, pelo que não pago nenhuma comissão. 

Depois de entrar no seu homebanking, e tendo saldo disponível à ordem, basta seguir os passos de abertura de conta aforro ou de subscrição do valor que quiser em Certificados de Aforro. O mínimo são 100 euros.

A partir do momento em que os subscrever eles aparecem na sua “conta bancária” como se fosse outro qualquer produto de poupança, mas deve compreender que esse valor NÃO ESTÁ NO BANCO BIG, só aparece lá. Esse seu dinheiro está no Aforro net, do IGCP. O banco BIG só é um intermediário.

Porque não há mais bancos a “vender” Certificados de Aforro

Desde o ano passado que todas as instituições financeiras (bancos e não só) ou de pagamento inscritas no Banco de Portugal podem juntar-se à rede de distribuição, num modelo de adesão voluntário e aberto. Porque só aderiu o banco BIG até agora?

A minha interpretação é que a maior parte dos bancos não quer ter disponível um produto financeiro que é ou pode ser “melhor” do que os próprios produtos que têm em comercialização. Seria uma concorrência estranha.

De acordo com o IGCP, a expansão da rede física e o alargamento das plataformas digitais permitirá, para os cerca de um milhão de atuais aforristas, uma melhoria substancial da experiência de abertura de conta e de subscrição, da consulta integrada e do resgate dos seus produtos de aforro, bem como da gestão das suas carteiras. Ao mesmo tempo, esta medida potencia o acesso a estes produtos por novos aforristas, nomeadamente pela diáspora portuguesa. 

A expansão da rede física e o alargamento das plataformas digitais insere-se na estratégia da transformação digital do IGCP iniciada em 2023, direcionada para uma maior aproximação e melhoria dos serviços entre o Estado e os Cidadãos.

Se é emigrante, esta é uma boa oportunidade de poder ter acesso a esta ferramenta de poupança a partir do estrangeiro. Para quem está no país e não se importa de abrir digitalmente uma conta num banco para ter acesso a este produto, também é uma boa notícia.

Se não tem problemas em ir pela primeira vez a uma estação dos Correios para abrir uma conta Aforro net, depois pode fazer tudo online (reforçar e resgatar) através da página aforronet.igcp.pt, sem precisar de abrir conta em mais um banco.


5 livros que vão mudar a sua vida financeira

Livros que ensinam tudo o que a Escola, o Estado e as famílias não ensinam sobre Dinheiro.

   

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PODCAST | #233 – Quanto é que vou poupar com os novos escalões do IRS?

Conheça a nova tabela dos escalões do IRS O Conselho de Ministros da passada sexta-feira decidiu reduzir as taxas de todos os escalões de rendimento até ao 8.º escalão. Só o 9.º escalão (quem ganha mais de 81 mil euros por ano) fica de fora. Quanto é que isso vai...

Acrescente uma linha no IRS e receba mais 10% de dedução em educação (Interior e ilhas)

SABIA QUE se vive no interior do país (ou ilhas) tem mais 10% de dedução nas suas despesas de Educação? Isto é muito importante para TODAS as famílias com filhos na escola, nos distritos do interior e nos Açores e na Madeira. Eu não sabia disto. Quando menos...

PodTEXT Vamos a contas | Fiz retenção na fonte, mas tenho de pagar IRS. Porquê?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

O Governo vai baixar o IRS – O que muda no meu salário?

O meu salário vai subir quanto? O Governo aprovou hoje o famoso “alívio fiscal” de que tanto se tem falado nas últimas semanas. Vou tentar traduzir para “dinheirês” o que acaba de ser decidido. Conheça a nova tabela dos escalões do IRS O Conselho de Ministros desta...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três meses e sobem a seis e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (22 a 28 de abril)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

Se quiser investir é melhor um PPR ou um ETF? (Mês #31- Março 24)

PPR vs. ETF: Qual é melhor para investir a longo prazo? Nos últimos anos, com o aumento da literacia financeira (e aqui no Contas-poupança orgulhamo-nos de fazer paret desse percurso), milhares de portugueses descobriram que os PPR podiam servir para ganhar dinheiro e...

PodTEXT| Como vai usar de forma (mais) inteligente o seu reembolso do IRS?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

VÍDEO | Como funciona o IRS Jovem e quem tem direito?

Aproveita o IRS Jovem Os jovens que acabaram os estudos e começaram a trabalhar desde 2020, têm direito a descontos muito grandes no IRS. Na reportagem esta semana do Contas-poupança explicámos-lhe quem tem direito ao IRS Jovem e como funciona. Quem tem direito Se...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

3 Comentários

  1. Joana Silva

    Boa tarde,

    Relativamente há pouco tempo, o site tinha um campo para aderir à newsletter. Nunca consegui aderir, tanto no telemóvel como no computador, não conseguia clicar no botão para efetivar o pedido. Hoje decidi voltar a tentar, mas agora nem encontro menção a nenhuma newsletter, já não existe?

    Muito obrigada.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Estamos com problemas técnicos com a newsletter. Ela vai ser retomada 🙂

      Responder
      • Paula Almeida

        Ola é realmente uma boa opção, mas 2000€ p abrir conta é difícil!

        Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *