PODCAST | #201 – Sabe como não ser burlado na internet? (O meu caso)

Escrito por Pedro Andersson

25.12.23

}
2 min de leitura

Publicidade

MANDE A SUA MENSAGEM DE ÁUDIO/VÍDEO POR WHATSAPP PARA 927 753 737. Brevemente começo a responder.

Milhares de pessoas são burladas todos os dias na internet. Acham que estão a fazer excelentes negócios ou que estão a investir em produtos seguros e que vão ficar ricos rapidamente e depois acabam por perceber que foram enganados e que perderam centenas ou até milhares de euros.

Acredite que é mais fácil cair do que imagina, porque os burlões estão a ficar cada vez mais espertos e profissionais.

Uma das burlas que está a decorrer neste momento está a usar o meu nome de uma forma criminosa e abusiva. Neste episódio, dou-lhe algumas dicas sobre como pode identificar a léguas este tipo de burlas e como pode recuperar o dinheiro se for muito rápido a perceber que caiu na armadilha.

Partilhe este podcast com os seus amigos. Juntos, vamos conseguir vencer mais esta crise.

O que é um podcast?

Aproveite a minha boleia financeira (gravo em áudio uma “conversa” no carro enquanto faço as minhas viagens e faço de conta que você vai ali ao meu lado) e veja como pode aumentar-se a si próprio. São uma espécie de programas de rádio para escutar enquanto faz outras coisas. Subscreva o podcast na plataforma em que estiver a ouvir para ser avisado sempre que houver um episódio novo. Não estranhe ouvir o motor do carro, buzinadelas e o pisca-pisca. Faz parte da viagem.

Aprenda a gerir melhor o seu dinheiro

Boa viagem e boas poupanças!


GANHAR DINHEIRO – O livro que ensina tudo o que a escola não ensina

Em apenas 5 passos, tem o caminho com a estratégia mais eficaz para criar riqueza com o seu salário.

https://bit.ly/GanharDinheiro_ComoCriarRiquezaComUmSalárioNormal


OS OUTROS 4 LIVROS (Já os leu?)

Contas-poupança – Como superar a inflação e ganhar com a crise

Contas-poupança – Vença a crise com inteligência

Contas-poupança – Poupe ainda mais, Invista melhor

Contas-poupança – Viva melhor com o mesmo dinheiro

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (17 a 23 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PodTEXT | Como perder o medo de investir e começar a ganhar dinheiro?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

Apanhei um Uber… e o motorista “ganhou” 4.797 euros

Uma viagem que deu lucro... Apresento-vos o José Silva. É condutor de Uber. O meu carro (um GOLF IV que tem 22 anos e está aí para as curvas) foi pintado todo de uma ponta à outra e ficou pronto hoje. Chamei um Uber para o ir buscar à oficina. Assim que entro no Uber,...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #248 – Amortizar o Crédito à habitação faz baixar o IRS? (A pergunta do João Paulo)

Amortizar o Crédito à habitação faz baixar o IRS? O João Paulo este ano quase que pagou IRS em vez de receber reembolso. Ele está preocupado com o ano que vem, porque tem feito muitas horas extraordinárias. Uma das possíveis estratégias dele é amortizar o crédito à...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (10 a 16 de junho)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de retalho de cerca de 10% para as...

Nova versão do Cartão de Cidadão já está disponível

Cartão de Cidadão é agora mais tecnológico e seguro A nova versão do Cartão de Cidadão, anunciada em março ainda pelo anterior governo, está oficialmente disponível a partir desta terça-feira. As alterações estão em linha com a mais recente legislação europeia e com...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a 3 meses e sobem a 6 e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Nuno Silva e Moura

    Caro Pedro Anderson,
    Obrigado pelo artigo. Coloco-lhe o meu caso, que me parece ser totalmente impar. Fui burlado com uma compra com cartão de débito de criptomoeda Binance num valor considerável, num telefonema e mensagem de texto que vem identificado com o número do banco (CGD). Supostamente era o banco a contactar-me para bloquear a conta (não sei como tinham as minhas credenciais de ebanking e a s minhas informações, mas tinham), devido a um ataque informático e precisavam do código que me iam enviar por SMS.
    Acontece que usaram esse código para fazer 1 compra. Logo após a compra com o cartão verifiquei que tinha sido uma burla, e ainda consegui ir à agencia onde consegui falar com o gerente que anulou o movimento de compra (que estava programa sair da conta 3 dias uteis depois) e disse-me para ficar descansado que estava tudo cancelado e não havia possibilidade de a burla ser concretizada. Fiquei descansado, mas por questão de segurança fiz um bloqueio completo da conta do e-banking e deixei a conta a zero, transferindo o € todo para outra conta.
    Uma semana depois recebo 1 telefonema da agencia da CGD a dizer que afinal não conseguiram travar a burla, pois quando são compras com cartão de débito não podem anular o movimento… e colocaram o montante da compra na conta a negativo.
    Contactei o gerente do Banco que me disse que confundiu a compra com cartão com uma transferência e afinal a burla, por ser uma compra com cartão Multibanco não era cancelável e assim, mesmo ele tendo anulado o movimento no sistema naquele dia, o dinheiro tem de ser debitado na minha conta porque “já estava do outro lado” e não havia forma de cancelar a transação.
    Fiquei incrédulo, apresentei queixa na Polícia, ao Banco e ao banco de Portugal (BdP).
    Nem a CGD nem o BdP me deram razão e a CGD apenas lamentou a falsa ilusão criada pelo gerente na tentativa de ajudar, mas na realidade nada poderiam fazer para cancelar o movimento de compra com cartão. Nem uma palavra sobre a incompetência técnica do gerente da agência…
    Colocaram a conta com o valor a negativo e com juros diários e ainda com ameaça de denuncia ao Banco de Portugal para integração na lista negra, se não liquidasse o montante a descoberto rápidamente.
    Sempre duvidei da posição do banco e continuo a duvidar, porque acho demasiada incompetência e até hoje não consigo entender como é que uma compra que está prevista ser debitada 3 dias depois, após provar ser burla, o banco não consegue anular esse movimento.
    Pode-me dar o seu ponto de vista sobre o assunto?
    Cumprimentos e Obrigado.
    Nuno S. Moura

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá Nuno, gostava, mas sou apenas jornalista. A minha opinião é irrelevante. Terá de consultar um advogado. Já estive numa situação semelhante e acabei por dar o dinheiro por perdido, infelizmnente. Uma parte reavi, outra perdi.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.