CRÉDITO À HABITAÇÃO | 2024 – Vem aí o alívio nas prestações da casa ao banco?

Escrito por Pedro Andersson

14.12.23

}
4 min de leitura

Publicidade

Analistas acreditam que novo ano pode trazer ligeiro alívio nas prestações da casa ao banco

Há uma pequena luz ao fundo do túnel, mas não é para todos. Vou tentar explicar isto com calma.

Os analistas consultados pela LUSA acreditam que as prestações do crédito à habitação poderão aliviar ligeiramente no próximo ano.
Depois do aperto da política monetária para controlar a inflação, que levou o BCE a subir as taxas de juro e as prestações dos créditos à habitação a taxa variável a dispararem, os analistas esperam que a instituição liderada por Christine Lagarde mantenha para já as taxas de referência, mas ao longo de 2024 avance mesmo com uma descida. Não é garantido, mas é provável face ao cenário atual.

“Se este corte das taxas de juro de referência do BCE se concretizar, as taxas Euribor também deverão começar a aliviar, o que se traduzirá numa redução das prestações a pagar pelo crédito da taxa variável, como por exemplo o das hipotecas para a compra de casa”, refere o diretor executivo da corretora ActivTrades Europe, Ricardo Evangelista, em declarações à Lusa.

Esta é uma possibilidade também admitida pelo analista da corretora XTB Henrique Tomé. Num cenário em que os juros não deverão subir mais e manter-se-ão aos níveis atuais durante alguns meses, “as taxas de juro de referência no crédito à habitação, as Euribor, podem recuar ligeiramente numa primeira fase, tal como se regista atualmente momento”, disse.

No entanto, se o BCE avançar com o corte das taxas de juro esperado pelo mercado, o economista do Banco Carregosa, Paulo Rosa, acredita que “a partir da primavera do próximo ano, à medida que os créditos à habitação indexados à Euribor vão são atualizados a taxas de juro mais baixas, o peso da prestação mensal vai aliviando os orçamentos das famílias”.

O economista aponta como exemplo um crédito à habitação indexado à Euribor a 12 meses que renovou em novembro passado, à volta dos 4%, “terá que esperar por novembro do próximo para beneficiar destas potenciais quedas das taxas de juro”.
“Atualmente, e de acordo com as perspetivas do mercado monetário, esse crédito à habitação pode ter uma queda da taxa de juro indexada para quase 2,5%”, aponta.

A taxa Euribor está atualmente abaixo de 4% nos três prazos.

Ponto da situação

A acontecer esta manutenção e descida da Euribor nos próximos meses, isso significa que quem aderiu às taxas fixas durante dois ou 3 anos poderá agora ter de “aguentar” essas prestações um pouco mais altas durante esses dois anos. Isso não tem nada de mal, uma vez que é uma prestação confortável que aceitou.

O que quero alertar é que agora, com prestação fixa, é muito mais difícil negociar a transferência de crédito para outros bancos. Para o melhor e para o pior, agora vai ter de assumir essa prestação durante 24 meses. Até pode ter sido uma boa opção, nunca sabemos antecipadamente.

A vantagem de termos as nossas finanças pessoais organizadas e um fundo de emergência é que nos permite ter mais opções quando somos obrigados a tomar decisões difíceis. No meu caso, optei por manter o meu crédito à habitação variável a 3 meses, também porque tenho um spread muito baixo e (porque tinha dinheiro disponível) amortizar o máximo que pude o meu crédito à habitação em 2023 e vou prosseguir essa estratégia em 2004.

Assim que as taxas Euribor baixarem, voltarei a investir o dinheiro que tiver disponível para o fazer crescer, com o objetivo de voltar a amortizar quando as taxas Euribor voltarem a subir. Temos de dançar conforme a música.

A boa notícia é que aparentemente atingimos o pico da Euribor (nos 4%) e é provável que nos próximos meses a sua prestação pare de subir e até comece a descer (3, 6 e 12 meses). 

Antes de fixar a sua prestação, tente primeiro renegociar e transferir o seu crédito para outro banco. Só depois disso é que pense nessa hipótese. O “truque” é fixar a sua prestação quando a Euribor está baixa e não quando está alta, como foi o caso. É aqui que entra a literacia financeira como carta de trunfo. Agora que aprendeu a lição, use-a na próxima crise. Estamos sempre a aprender.


5 passos simples para GANHAR DINHEIRO

Finalmente, um livro que ensina tudo o que a Escola, o Estado e as famílias não ensinam sobre Dinheiro. Em apenas 5 passos, tem o caminho com a estratégia mais eficaz para criar riqueza com o seu salário, e não com o salário dos outros ou com o que gostava de ter. Pode comprar aqui o livro que vai mudar a sua vida financeira (Já na 4ª Edição):

https://bit.ly/GanharDinheiro_ComoCriarRiquezaComUmSalárioNormal

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (17 a 23 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PodTEXT | Como perder o medo de investir e começar a ganhar dinheiro?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

Apanhei um Uber… e o motorista “ganhou” 4.797 euros

Uma viagem que deu lucro... Apresento-vos o José Silva. É condutor de Uber. O meu carro (um GOLF IV que tem 22 anos e está aí para as curvas) foi pintado todo de uma ponta à outra e ficou pronto hoje. Chamei um Uber para o ir buscar à oficina. Assim que entro no Uber,...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #248 – Amortizar o Crédito à habitação faz baixar o IRS? (A pergunta do João Paulo)

Amortizar o Crédito à habitação faz baixar o IRS? O João Paulo este ano quase que pagou IRS em vez de receber reembolso. Ele está preocupado com o ano que vem, porque tem feito muitas horas extraordinárias. Uma das possíveis estratégias dele é amortizar o crédito à...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (10 a 16 de junho)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de retalho de cerca de 10% para as...

Nova versão do Cartão de Cidadão já está disponível

Cartão de Cidadão é agora mais tecnológico e seguro A nova versão do Cartão de Cidadão, anunciada em março ainda pelo anterior governo, está oficialmente disponível a partir desta terça-feira. As alterações estão em linha com a mais recente legislação europeia e com...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a 3 meses e sobem a 6 e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

6 Comentários

  1. Pereira Augusto

    Olá da Suíça eu tanho um credito abitação de 105.000 € no banco CÁ agrícola e tou a pagar 660€ por mês e 112€ seguro por mês a 300 meses total será que tá bem?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Qual é o spread que tem? E o seguro de vida é para quantas pessoas e qual é o prazo.

      Responder
    • Joana

      Olá Pedro, quando no artigo escreve que “(…), e de acordo com as perspetivas do mercado monetário, esse crédito à habitação pode ter uma queda da taxa de juro indexada para quase 2,5%”, estes 2,5% ainda terá de ser somada o spread contratado?

      Responder
  2. Karolina Bodrug

    Boa noite, eu pedi uma fixação de credito para 2 anos o meu banco mais fech uma regonizaçao com banco onde me disseram que não vai me prejudicar o meu contacto, baxarao o spred e logo baixo a prestação, sera que fez bem????

    Responder
  3. Olivia Pereira

    Boa noite,
    Gostaria de saber se já fez alguma reportagem sobre as vantagens e as desvantagens da compra de um terreno e de uma casa modular ou pré-fabricada em vez de comprar casa ou apartamento. Tem algum conhecimento de empresas sérias que entregam as casas modulares “chave na mão” e que tratam das licenças na câmara?
    Segundo as minhas pesquisas é muito vantajoso, mas gostaria de conhecer a sua opinião. Agradeço a sua disponibilidade.
    Cordiais cumprimentos
    Olívia

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.