Aceito os termos e condições.

Email Marketing by E-goi

VÍDEO | Os contadores de eletricidade inteligentes obrigam a aumentar a potência contratada?

Escrito por Pedro Andersson

22.07.21

}
5 min de leitura

Até 2024 todos os contadores de eletricidade vão ser inteligentes

Em Portugal, há 6,2 milhões de clientes em BTN (Baixa Tensão Normal), ou seja, são clientes domésticos como você e eu. Destes todos, 3,5 milhões já têm os novos contadores inteligentes instalados. Mas destes, só 2,6 milhões já estão a dar as contagens automaticamente à e-Redes para que esta a envie para a respectiva empresa de eletricidade. E ainda destes 2,6 milhões, só 60% já dão outro nível de informação mais detalhada que pode vir a ser útil para os consumidores. Este foi o ponto da situação que me foi dado pela e-Redes (antiga EDP Distribuição).

O ponto de partida para a reportagem desta semana do Contas-poupança foi a pergunta que muitos fazem: Os novos contadores inteligentes são bons ou maus para o consumidor? Esta pergunta faz sentido porque há consumidores que têm algumas queixas depois da alteração. Vamos ver se há razões para preocupação e como ainda pode poupar algumas dezenas de euros por ano.

Precisa aumentar a potência contratada?

Fomos entrevistar Paulo Barreto, que fez obras em casa e comprou eletrodomésticos novos. O quadro começou a ir abaixo e decidiu aumentar a potência contratada. Tinha ainda um daqueles contadores de eletricidade antigos com a roda de metal sempre a girar. Quando o técnico veio a casa aproveitou e mudou o contador para um dos chamados “inteligentes”. No princípio parecia ser uma boa ideia, o problema foi depois.

Teve de subir dois escalões, ou seja, ficou a pagar mais todos os meses. Quem tem uma potência contratada de 3.45 kVA paga cerca de 7 euros por mês. Se por causa da mudança de contador tivesse de aumentar para 5.75 como teve de fazer Paulo Barreto, passaria a pagar 10,60 € por mês. Ou seja, quase mais 4 euros por mês, mais 43 euros por ano. Paulo Barreto não foi o único a ter esta má experiência. Aliás, esta é uma das razões para muitos portugueses passarem a ter medo da mudança do contador. Não querem e até dificultam o processo quando podem.

Fomos à e-Redes (é o novo nome da antiga EDP Distribuição) tentar perceber se é verdade ou não que os novos contadores “obrigam” a aumentar a potência contratada. A primeira informação importante é que isso já foi verdade, mas agora a e-redes garante que o problema já está resolvido. Tentarei perceber pelas vossas reações à reportagem se isso corresponde à verdade.

Nos contadores antigos, o sistema que cortava a energia era mecânico. Simplificando muito, havia uma fita de metal que aquecia quando ligava aparelhos a mais e demorava ainda alguns segundos até disparar. Em muitas situações nunca chegava a acontecer. Ao mudar para contadores digitais absolutamente rigorosos, assim que o limite era ultrapassado, o sistema cortava logo a eletricidade.

Tente voltar à potência contratada que tinha antes da mudança de contador

Esta é uma boa notícia para quem teve de aumentar a potência contratada no passado por causa dos novos contadores. Esta alteração recente da tolerância dos novos equipamentos quer dizer que pode experimentar novamente baixar para a potência contratada que tinha com os contadores antigos.

Basta ligar para o seu comercializador e pedir. É grátis e em alguns casos até já pode ser feito à distância. No exemplo de Paulo Barreto, se voltasse aos 3,45 kVa, passaria a poupar 43 euros por ano.

Agora uma dica muito importante. Muitas pessoas queixam-se de que com os novos contadores inteligentes, quando o quadro vai abaixo, são obrigados a ir à rua ou fora de casa para rearmar o contador, carregando no botão verde durante alguns segundos. Isso afinal não é necessário. Basta desligar o quadro dentro de casa durante alguns segundos, voltar a ligar, e a eletricidade regressa. Experimente.

Mas afinal não dão a contagem automaticamente?

Vamos agora à desilusão que muitos sentem em relação aos contadores inteligentes. Uma das promessas dos novos contadores era que as contagens iam ser dadas automaticamente para a empresa fornecedora de energia e que assim acabavam as tristemente famosas estimativas que dão cabo do orçamento de muitas famílias.

Por exemplo, apesar de ter um contador dito inteligente, Paulo Barreto tem de filmar o contador todos os meses para tirar depois os dados para enviar as contagens.

A e-redes explica que apesar de já estarem instalados 3 milhões e meio de contadores inteligentes, há cerca de 1 milhão que ainda estão ligados a estações intermédias que não estão preparadas para receber esses dados. Ou seja, os contadores enviam os dados, mas ainda não está ninguém na central intermédia para os receber. Logo, a sua empresa de eletricidade não recebe as contagens que o contador está a fazer. Perdem-se pelo caminho. Até 2024 deve estar tudo a funcionar. Entretanto tem de continuar a enviar as contagens manualmente para evitar as estimativas.

A e-Redes garante que os novos contadores são de confiança, certificados e gratuitos. Os clientes não têm de pagar nada, a menos que sejam pedidos pelos próprios, por exemplo porque instalaram painéis solares e ainda não estão na lista de substituição gratuita.

Pelas vossas reações no Facebook à reportagem, já percebi que há diferentes situações (e algumas são graves). Há pessoas que estão a ter as contagens automáticas e que o quadro não vai abaixo. Há pessoas a quem as contagens não são feitas e que o quadro continua a ir abaixo mais vezes do que antes e pessoas que até precisam fazer obras muito dispendiosas para poder subir a potência contratada porque têm de alterar as instalações elétricas (antes dos contadores inteligentes não era necessário).

Aos casos mais graves, sugiro que apresentem queixa na Provedoria de Justiça, uma vez que se trata de um bem essencial e num Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo, solicitando que seja a e-Redes a suportar os custos das alterações necessárias. Não terão uma solução rápida, mas pelo menos é uma forma de pressão para que alguma coisa mude.

Tem aqui o link para a reportagem em vídeo na página da SIC Notícias: https://sicnoticias.pt/programas/contaspoupanca/2021-07-21-Deve-ter-cuidado-com-os-contadores-de-eletricidade-inteligentes–53ef78f7


leituras-verao-billboard

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PODCAST | #65 – Para que serve o Atestado de Incapacidade Multiuso?

O que é o Atestado Multiuso e para que serve? Termos mais dinheiro ao fim do mês não é só poupar ou gastar melhor, também é por aumentar as nossas fontes de rendimento por conhecermos os nossos direitos enquanto cidadãos. Ao longo destes 10 anos, verifiquei com...

BURLA | Cuidado com e-mails falsos dos CTT para desalfandegar encomendas

"Há um problema com a sua encomenda..." A minha mulher acabou de receber um e-mail que por alguns instantes me deixou confuso. De vez em quando encomendamos algumas coisas pela internet e sabemos que desde 1 de julho os CTT (ou outros operadores) vão enviar uma...

Se quiser investir é melhor um PPR ou um ETF? (Mês #1)

PPR vs. ETF: Qual é melhor para investir a longo prazo? (Mês #1) Já li muitos estudos e muitos artigos sobre as vantagens e desvantagens dos PPR e dos ETF para quem quer investir a muito longo prazo: Uns acham acham que é o PPR por causa das vantagens fiscais à saída...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (26 de julho a 1 de agosto)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

COMBUSTÍVEIS | Gasolina desceria 9 cêntimos e gasóleo 1 cêntimo com limitação das margens

Gasolina desceria 9 cêntimos e gasóleo 1 cêntimo com limitação das margens A aplicação do diploma aprovado hoje em Conselho de Ministros para limitar as margens na comercialização de combustíveis levaria a uma redução do preço da gasolina em nove cêntimos e do gasóleo...

VÍDEO | Os contadores de eletricidade inteligentes obrigam a aumentar a potência contratada?

Até 2024 todos os contadores de eletricidade vão ser inteligentes Em Portugal, há 6,2 milhões de clientes em BTN (Baixa Tensão Normal), ou seja, são clientes domésticos como você e eu. Destes todos, 3,5 milhões já têm os novos contadores inteligentes instalados. Mas...

Devo ter cuidado com os contadores de eletricidade inteligentes?

Deve ter cuidado com os contadores inteligentes? Ninguém vai escapar à mudança. Até 2024, todos os contadores de eletricidade em Portugal vão ser inteligentes. Os novos equipamentos prometem enviar as contagens automaticamente e acabar com as estimativas e fazer tudo...

PPR | Mês #9 – Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (julho 2021)

Fazer PPR como investimento? Muitas pessoas, ao longo de décadas, sempre pensaram que os PPR eram apenas para a reforma e que servia para ir buscar entre 300 ou 400 euros ao IRS pela dedução fiscal, ou para baixar o spread do crédito à habitação. Foi só há cerca de 2...

PODCAST | #64 – Qual é a diferença entre Educação Financeira e Inteligência Financeira?

Você tem inteligência financeira? A questão é que eu posso até ter alguns conhecimentos financeiros mas se não os utilizar é como se não soubesse nada, certo? Vou dar-lhe alguns exemplos de como pode (e deve) passar do "saber" ao "fazer" para começar de uma vez por...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (19 a 25 de julho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Publicidade

Artigos relacionados

3 Comentários

  1. Helder Loureiro

    Continuo com a dúvida se com estes novos contadores podemos ou não ligar um daqueles painéis solares, com ligação direta numa tomada elétrica, sem a preocupação, de o comunicar à E-redes, e de a energia injetada na rede ser contabilizada como consumo faturado ao cliente.

    Responder
  2. Elisabete Cecília Nunes mendes

    Olá Sr Pedro, gostaria de dizer lhe que tenho aprendido imenso consigo e tem me ajudado a poupar muito dinheiro espero que continue com outros temas porque ajuda muito.

    Responder
  3. Joana Sousa

    Eu tive um problema aquando da mudança de contador. Mudaram em março. Entretanto recebi uma conta de mais de 300€ (costumo pagar cerva de 40€). Analisei a fatura com atenção e vi que os números que lá estão indicados têm de estar mal. É impossível que estejam bem. Reclamei. Disseram que era preciso analisar as fotografias que foram tiradas aquando da mudança. Ao fim de várias semanas recebo a resposta deles dizendo que o contador estava avariado. Então se estava avariado, com que base apresentaram aqueles valores? Estou a aguardar resposta da nova reclamação.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.