Portugueses com a maior taxa de poupança de sempre – INE

Escrito por Pedro Andersson

24.06.21

}
3 min de leitura

Publicidade

Poupança das famílias atinge máximo de 14,2% do rendimento disponível no 1.º trimestre – INE

A taxa de poupança das famílias aumentou para 14,2% do rendimento disponível no primeiro trimestre, período de confinamento devido à covid-19, atingindo o valor mais alto das séries das contas nacionais do INE, divulgou hoje o instituto.

Ou seja, em contas simples, as famílias portuguesas pouparam (não conseguiram gastar) 140 euros por cada 1.000 euros que ganharam mensalmente. Se ambos no casal ganharam 1.000 euros cada um, conseguiram em média, reservar 280 euros por mês nos primeiros 3 meses do ano.

Naturalmente, são médias e aplica-se a imagem recorrente do frango para duas pessoas: se um comer o frango inteiro e o outro nada, em média cada um comeu meio frango. A realidade é diferente. É o problema das estatísticas.

Mas, por outro lado, permite-nos perceber tendências. E eu tenho a ideia de que realmente, os portugueses (em geral) nunca pouparam tanto como nestes dois anos. Não é uma poupança consciente, é porque foram mesmo obrigados pelas circunstâncias.

Quem me dera que tivesse sido consciente. Teríamos avançado 5 ou 10 anos em literacia financeira, como avançámos em literacia digital 5 ou 10 anos nestes meses de confinamento. Será que aprendemos a lição? Hummm… Uns sim, outros não.

Este blogue é para os que aprenderam alguma coisa ou que querem vir a aprender. Os outros continuarão alegres (ou tristes) a sua vida com a satisfação imediata do gastar tudo o que têm ou a queixarem-se interminavelmente até ao fim da vida de que o dinheiro nunca chega para nada.

Aprendeu alguma lição com a crise?

Esta situação permite tornar claro que é possível poupar, com maior ou menor sacrifício, é certo. E que é possível poupar 14% do que os portugueses ganham todos os meses. Eu sugiro 10% no mínimo. Consegue? Já tentou fazer planos para isso, em vez de pensar que não dá e desiste logo?

A anterior taxa de poupança era 12,8% no trimestre anterior(outubro, novembro e dezembro de 2020), atingindo-se agora o valor máximo nas atuais séries de Contas Nacionais, indica o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os dados refletem sobretudo a redução do consumo privado durante os primeiros três meses do ano, em que foi decretado confinamento devido à pandemia.

A taxa de poupança das famílias de 14,2% do rendimento disponível “foi consequência da redução de 1,7% da despesa de consumo”. Por outras palavras, de uma forma simples, a poupança dos portugueses deveu-se a gastar menos. Só isso.

Pode aproveitar esta oportunidade na sua vida para estabelecer prioridades de consumo na sua vida e na sua família? Pode definir um objetivo de poupança todos os meses daqui para a frente? Não precisa ser 14%. Comece por 5%, e depois avance para os 10%.

VÍDEO | Qual é a poupança com capital garantido que rende mais no mercado português?

Vai ser que o que custa é começar. O seu “eu do futuro” vai agradecer.



Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (19 a 25 de fevereiro)

Qual deveria ser o preço "certo"? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

EURIBOR | Taxas Euribor sobem em todos os prazos

Euribor subiram hoje a três, seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua...

Segurança Social | Atribuição do Abono de Família já é automática

Segurança Social passa a atribuir automaticamente o Abono de Família, logo após registo do bebé na maternidade Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Desde a passada sexta-feira, 16 de Fevereiro, o Abono de Família passou a ser atribuído automaticamente pela...

BURLAS | Não atenda telefonemas do “Banco de Portugal”

Banco de Portugal alerta para telefonemas fraudulentos que imitam o seu número telefónico O Banco de Portugal emitiu um alerta sobre chamadas telefónicas feitas por indivíduos que dizem ser seus colaboradores, usando um sistema que imita o número de telefone do BdP,...

Remuneração | Aumento real dos salários em 2023 foi de 2,3%

Salários subiram 6,6% em 2023, mas os ganhos reais para os trabalhadores foram apenas de mais 2,3% Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes O Instituto Nacional de Estatística (INE), revelou recentemente que o valor dos salários em 2023 aumentou 6,6% em termos...

EURIBOR | Taxas Euribor descem a três meses e sobem nos prazos de seis e 12

Euribor desceu hoje a três meses, mas subiram a seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto...

PODCAST | #215 – Como receber 750 € “grátis” para fazer um curso de formação na área digital

Qualquer trabalhador em Portugal pode receber 750 euros para fazer um curso de formação na área do digital. E se fizer a candidatura já, pode repetir mais 750 € no ano que vem. Chama-se Cheque Formação + Digital e no episódio desta semana explico-lhe quem tem direito,...

SENHORIOS | Tribunal decide que caução de rendas não paga IRS

Tribunal decide que caução de rendas deve estar isenta de IRS. Estará aberto um precedente? Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes O Tribunal Arbitral, a propósito de um processo que estava em curso no Centro de Arbitragem Administrativa (CAAD), decidiu, em...

EURIBOR | Taxas Euribor sobem a três meses e descem nos prazos de seis e 12

Euribor subiram hoje a três meses, mas desceram a seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (19 a 25 de fevereiro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

1 Comentário

  1. Isabel

    Obrigada, Pedro. Gosto dos seus textos simples e motivadores. Fiz o meu primeiro orçamento (muito básico) quando comecei a trabalhar e fui aperfeiçoando consoante as necessidades. Não gosto de viver no fio da navalha, por isso acho que nunca mais conseguiria viver sem orçamento. Concordo tanto com o que diz e acho que realmente as pessoas podiam aprender alguma coisa com este tempo que passamos sem poder gastar, logo, a poupar. Poupe-se (nem que seja) pouco, mas poupe-se sempre, é esse o meu lema também!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.