COVID-19: As 10 regras da DGS para as épocas festivas para evitar os contágios

Escrito por Pedro Andersson

15.12.20

}
2 min de leitura

Publicidade

DGS: Podem juntar-se… mas sigam estas 10 regras

O subdiretor-geral da Saúde, Rui Portugal, apresentou esta terça-feira dez regras de ouro para um menor risco de propagação de Covid-19 nos encontros da época festiva, no caso das famílias que decidam juntar-se. Claro que isto aplica-se a qualquer ajuntamento em qualquer circunstância com muitas pessoas.

“Devemos planear com cuidado, junto dos nossos, para melhor sabermos as condições de cada um, das regiões em que habitamos e das especificidades daqueles que nós mais amamos”, sublinhou.

Rui Portugal apelou esta tarde em conferência de imprensa, a que os portugueses limitem os contactos familiares aos coabitantes, ou no máximo a quatro ou cinco pessoas foram da “bolha” familiar durante as festas de Natal e Ano Novo.

Os 10 “mandamentos” anti-covid

O responsável pela DGS alerta que as cozinhas são, nesta altura de encontros, “locais de alto risco”.

1 – Cumprir todas as regras que estejam em vigor relativamente ao nosso concelho, região ou país;

2 – Se estiver doente, se conhecer alguém com sintomas ou a quem tenha sido determinado isolamento profilático, têm de cumprir as regras. Os que lhe estão próximos têm o dever de lhes prestar assistência, porque o afastamento físico não significa afastamento familiar ou social”

3 – Reduzir os contactos antes e durante da época festiva. Quatro ou cinco pessoas além dos coabitantes;

4 – Em todos os contactos, reduzir todo o tempo de exposição. Em vez de estarmos reunidos cinco ou seis horas, reduzir para uma ou duas. Saber usar os espaços exteriores;

5 – Reduzir os contactos familiares. Família deve ser considerada os coabitantes;

6 – Devemos limitar os contactos com visitas rápidas no quintal ou no patamar das escadas. Preferencialmente, devemos limitar todas as celebrações e contactos nesta quadra festiva ao agregado familiar com quem se habita, tendo contacto com os outros membros, tanto quanto possível, por meios digitais, telefonemas, visitas rápidas em espaços exteriores, privilegiando sempre o distanciamento físico;

7 – Distanciamento físico em todas as ocasiões. As cozinhas serão nesta altura locais de alto risco. “As cozinhas, nesta altura, serão locais de alto risco visto que são grandes espaços de convívio entre pessoas e familiares. Devemos evitar também os cumprimentos habituais”

8 – Espaços arejados e maiores são de maior proteção, mas não são isentos de risco;

9 – Lavar e desinfetar as mãos frequentemente, cumprir a etiqueta respiratória, utilização da máscara de forma adequada em espaços fechados ou no exterior se não for garantido o distanciamento;

10 – Objetos comuns: atenção à partilha de talheres e copos. Utilização moderada de todo o tipo de substância que possam trazer maior afetividade.

Desde a chegada da pandemia ao país estão confirmados um total de 5.733 óbitos e 353.576 casos do novo coronavírus.

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #251 – Qual é a diferença entre os PPR normais e os Fundos PPR?

Há PPR "normais" e "não normais"? Os PPR são o tema que mais entusiasma os ouvintes deste podcast. Parece que alguém descobriu uma "pólvora" financeira, mas os PPR existem há mais de 20 anos. Porquê só agora este interesse? Porque são uma excelente ferramenta para...

Como compro lombos de salmão mais baratos do que fiambre

Como comprar lombos de salmão com 65% de "desconto" As saudades que eu tinha de escrever um artigo sobre as minhas poupanças diárias… Como sabem, a minha estratégia de poupança é ter sempre o melhor possível pelo preço mais baixo. Nunca é a poupança dos “coitadinhos”....

ATENÇÃO – Já só tem uma semana para entregar o IRS (ou para o corrigir)

Prazo acaba a 30 de junho - Evite as multas O prazo para entrega do IRS termina no dia 30 de junho. Falta uma semana. De acordo com o Portal das Finanças, até este domingo já foram entregues cerca de 5 milhões e 600 mil declarações (5 615 814). Em comparação com o...

Oficial – Parlamento aprovou o fim de portagens nas ex-SCUT

Abolição das portagens nas ex-SCUT a 1 de janeiro de 2025 É oficial. O Parlamento aprovou em votação final global a proposta do PS para eliminar as portagens nas ex-SCUT e nos troços "onde não existam vias alternativas que permitam um uso em qualidade e segurança". O...

PodTEXT Vamos a Contas | Onde devo investir se já estou perto da reforma?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

PodTEXT | O que é o movimento FIRE – É possível refomar-se mais cedo?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a 3 meses e sobem a 6 e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (24 a 30 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

Isenção de IMT e Imposto de selo para jovens até aos 35 anos – O que já se sabe?

Lei já foi publicada em Diário da República Foi publicada esta quinta-feira em Diário da República a Lei (está aqui) que autoriza o Governo a avançar com a isenção do IMT e do respetivo Imposto de selo para jovens com idade igual ou inferior a 35 anos, na compra da...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.