Painel solar fotovoltaico – Balanço Dezembro de 2019 (mês 37)


Balanço do mês de Dezembro de 2019

Tal como tem acontecido ao longo dos últimos 3 anos, a partir de Dezembro o painel solar começa a produzir progressivamente mais outra vez até chegar o Verão.

Dezembro produziu um bocadinho mais de eletricidade do que no mês anterior. Nada de extraordinário, como vão ver, mas um bocadinho mais. Mesmo assim foi um mês mau. Muitos dias chuvosos e, pela primeira vez da história do meu painel tive um dia em que produziu praticamente zero. Nada de nada. Deve ter sido um dia mesmo muito cinzento.

Os números de Dezembro de 2019

O painel solar fotovoltaico de 250 W (só tenho 1 porque até agora considero que basta para os consumos que tenho durante o dia, porque habitualmente a casa está vazia) produziu em Dezembro 18,645 kWh. Só para terem um termo de comparação em Agosto, produz sempre 44 kWh. Tem aqui o gráfico dos meses.

Como podem ver neste gráfico os anos são mesmo assim: uma montanha russa. Sobe a produção até Agosto, atinge o pico e vai descendo até Dezembro até que volta a subir novamente.

As contas

O que o painel fotovoltaico de 250 W produziu em Dezembro representou 3,43 € de poupança na minha fatura da luz, se tivesse consumido tudo o que o painel produziu no mês passado. O preço do meu kWh atualmente é tarifa simples de 0,1839 (com IVA). Ou seja, teoricamente poupei mais 10 cêntimos do que em Novembro.

Devo sublinhar (como faço sempre em todos os artigos) que tem de compreender que tudo o que eu não consumir no exato momento em que o painel produz a eletricidade, tudo o que “sobra” é oferecido à rede elétrica nacional a custo zero. Por isso é que é tão importante que não compre uma quantidade de painéis que produzam mais eletricidade do que aquela que consome durante as horas de sol. Se não tem ninguém em casa a essas horas ter mais do que um painel pode ser um desperdício absoluto.

Pode ver ou rever a reportagem que fiz sobre como deve fazer as contas AQUI. Tem muita informação útil.

Se tivesse consumido tudo o que o painel produziu teria já poupado até agora 243,95 €. Gastei 620 euros no painel e instalação em 2016. O retorno do investimento está neste momento em cerca de 8 anos. Agora já consegue o mesmo ou melhor por cerca de 500 euros. Como não gasto tudo o que produzo, estimo uma perda para a rede de 25%. Portanto, no meu caso o retorno do meu investimento será em cerca de 10 anos.

 

Na minha opinião – que vale o que vale –  todos os portugueses com um telhado virado a sul deveriam ter 1 painel solar. Se depois vale a pena ter 2, 3 ou 6, ou 20 é outra conversa, como explico na reportagem. Faça muitas perguntas num instalador perto de si e informe-se. Não é tão complicado como pensa.

Aproveito para lhe mostrar como é um dia bom de produção solar com a quantidade de watts que o painel produz desde as 8 da manhã até às 6 da tarde.

E aqui tem um exemplo de um dia mau, cheio de nuvens.

É isto que deve esperar se decidir comprar um painel solar e começar esta aventura de autoconsumo de energia solar. Até agora não estou nada arrependido. Mas tem de fazer as contas ao seu caso.

Aproveito ainda para fechar as contas do ano de 2019. Até agora foi o segundo melhor ano, mas também só passaram 3. A ideia com que fico é que será sempre assim. Uma média de no mínimo 400 kWh por ano por painel solar.

400 kWh por ano, para ter uma ideia, equivale a 1 mês de eletricidade de “borla” no meu caso. Será uma fatura de luz de cerca de 70 euros por mês. Sem fazer rigorosamente nada e que acumula com todos os descontos que consigo no mercado de eletricidade. Para mim é relevante. É verdade que gastei os tais 620 euros em 2016, mas não me estariam a render nada se os tivesse numa conta a prazo ou à ordem. Ainda os gastava numa coisa qualquer que não me renderia nada ou que só me daria despesa. Pense e avalie por si.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.


6 comentários em “Painel solar fotovoltaico – Balanço Dezembro de 2019 (mês 37)

  1. Avatar
    António Reply

    Boa noite a todos,
    Pedro Andersson, gosto muito de ver o seu programa, e tem um leque de temas bastante vasto que muito me apraz ver e com eles aprender.
    Gostaria de colocar aqui uma questão. Tem falado do seu sistema do tipo Grid-Tie, i.e. ligado à rede nacional, contudo existem também no mercado sistemas Off-Grid, i.e. que não se ligam à rede da EDP e congéneres.
    A questão que gostaria de colocar a si e ao painel de pessoas que consultam esta página é:
    1. A nova lei contempla e permite sistemas Off-Grid?
    1.1. Até que potência total?

    Esta informação é útil e.g. para pessoas que têm uma casa de férias e que dessa forma evitariam ter de pagar pelo contador durante os 11 meses restantes do ano que não utilizam a electricidade.
    Mais uma vez, muito obrigado pelo programa e desde já, pela resposta a esta minha questão, cuja temática tem estado omissa.
    Atenciosamente

  2. Avatar
    Gonçalo Reply

    Boa noite,
    no contador, caso tenha uma ebox(contador com telecontagem) consegue saber qual a energia produzida
    que não consumiu(injetada na rede)
    cumprimentos,

  3. Avatar
    Antão Oliveira Reply

    Boa tarde,
    Li que tinha aderido ao EDP READY. Tem alguma coisa a dizer sobre a App deles?
    E acha que vale aquilo que se aprende com ela? Pois eu tenho a 1 mês a trabalhar(apos de 4 meses de espera para ligarem),e confesso que a data de hoje já me foi útil no caso de saber que programei mal algo no cilindro e que tive um consumo de 400% superior naquelas horas que não é habito programar e estar ligado.
    Mas como ando a “brincar” com as tomadas que foram oferecidas também ainda não tive uma resposta certa da App.
    Mas por exemplo, já deu para perceber quanto gasta o frigorifico mensalmente, e este fim de semana testei nas tomadas da TV/BOX e desligar essa tomada durante as horas em que estou a dormir ou fora de casa em trabalho.
    Mas gostava de saber mais coisas sobre outros casos.

  4. Avatar
    Pedro Rómulo Jesus de Carvalho Reply

    Bom dia. Muito obrigado pelo seu trabalho e sua restante equipa. Tenho um sistema em tudo semelhante ao seu , um painel no telhado. Contudo desde os primeiros dias reparei que o valor de produção eléctrica nunca chega a zero mesmo de noite. A empresa que me vendeu o sistema diz ser energia reactiva! E que não “conta” ,logo comecei a não contabilizar está e os valores são assim muito menores. No seu gráfico acontece o mesmo, estariam os valores fora da realidade??. Obrigado e bom dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *