Podcast #4 – Como faço para pôr as minhas contas em ordem?




Por onde começo?

Se eu quiser pôr as minhas contas em ordem por onde é que eu começo? Pelo Fundo de emergência. O que é isso? Como é que eu o alcanço? Qual deve ser a estratégia? De que valores estamos a falar? Esta dica é muito importante para quem até ganha mais ou menos bem mas a quem só sobram 50 ou 100 euros ao fim de cada mês. Subscreva o Podcast. Ganhe muito ou pouco isto é fundamental.

Já está disponível no Spotify, iTunes, Soundcloud, Podcast Republic, etc.

Publicarei uma nova “boleia” financeira todas as segundas-feiras (ou no Domingo à noite) para o ouvir a caminho do trabalho e começar bem a sua semana de trabalho.

É como se fosse ao meu lado no carro, no lugar do pendura. Sei que não pode falar comigo e responder-me, mas pode comentar na plataforma em que me estiver a ouvir. Dê-me a sua opinião e partilhe o Podcast com os seus amigos, colegas e família. É só clicar aqui e ouvir. No trânsito (se ligar o bluetooth do telemóvel ao carro pode ouvir no rádio), enquanto trabalha no computador, enquanto corre ou faz qualquer outra coisa.

Diga o que acha e proponha temas.

 



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

2 comentários em “Podcast #4 – Como faço para pôr as minhas contas em ordem?

  1. Avatar
    Luís Barroso Rodrigues Reply

    Olá Pedro,

    Obrigado pela Dica. De facto os fundos de emergência sao uma bolsa ao qual poderemos recorrer quando nos sentimos apertados. Obrigado pela dica.

    No entanto, e de forma a capitalizar o fundo de emergencia (dado que os depositos a prazo não rendem nada, e pagamos mais em comissões do que recebemos de juros) coloquei os valores do meu fundo de emergência num PPR antigo que tinnha e tenho (há cerca de 5 anos), que não declarei no IRS. Assim, de forma a capitalizar um pouco o meu fundo de emergência, optei por reforçar este meu PPR com esse valor. Caso seja necessário recorrer a este fundo, posso efectuar um resgate de 500€ ou 1000€ sem ser penalizado, uma vez que já passaram 5 anos desde que abri o PPR.

    Fica a dica, para quem tem PPR’s nao declarados e abertos há mais de 5 anos.

    Muito obrigado pela dica, e bom ano para si e para os seus.

    Abraço,
    Luís.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *