Valem a pena os serviços adicionais da fatura da luz e do gás?

Escrito por Pedro Andersson

11.11.19

}
4 min de leitura

Publicidade

Fez as contas antes de subscrever planos de assistência e seguros?

Fui surpreendido na semana passada por uma informação da ERSE (Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos). Então não é que os contratos com serviços adicionais na luz e gás cresceram 500% nos últimos 4 anos? Isto quer dizer que 1 milhão e 800 mil contratos de luz e gás têm associados serviços do tipo assistência técnica e/ou seguros de saúde ou de proteção de pagamento.

Isto tem alguma coisa de mal? Não! Não, desde que os queira mesmo. Tem mesmo a certeza de que precisa e quer esses serviços? Ou só os tem porque os impingiram e nem deu por isso? Está mesmo a pensar usá-los? Não encontra preços melhores para esses seguros de equipamentos ou de saúde? Não tem já esse seguro no seguro do recheio da casa? Não tem já um seguro de saúde? Precisa de outro sendo que só pode usar um de cada vez? E tem a certeza de que não foi burlado e que esses serviços estão a ser cobrados sem a sua autorização? Estou a receber inúmeros relatos de idosos que têm esses serviços sem fazerem ideia do que contrataram e nunca os vão usar. A minha sogra, por exemplo, esteve a pagar o serviço “Funciona” durante meses e nem fazia ideia do que isso era.

Estes foram os serviços que encontrei nas várias empresas. Nada disto é ilegal. Até podem ser bons preços se quiser mesmo algum destes serviços. Mas veja se compensa mesmo gastar por exemplo 100 euros ou mais por ano para ter um desconto de 4 ou 8% na fatura da luz. Se nunca usar esses serviços vai estar a pagar mais de eletricidade do que em qualquer outra empresa do mercado. É só um alerta.

Veja a fatura mais recente dos seus pais e avós. E já agora a sua.

É que 1,8 milhões de contratos com serviços adicionais, muito sinceramente, parece-me bom demais. Quereria dizer que quase 2 milhões de portugueses fizeram as contas e concluiram que aqueles serviços são exatamente aquilo que precisam e que escolheram aqueles especificamente porque eram os melhores preços do mercado para os produtos e seguros que estão mesmo a precisar este ano. Seria uma notícia extraordinária e quereria dizer que o trabalho do Contas-poupança estaria completo e terminado.

Mas a minha experiência nestes últimos 10 anos diz-me que o mais provável (é apenas intuição) é que 85% destes contratos são só uma despesa acessória completamente desnecessária para as pessoas que os têm e que quando os tentarem utilizar não vai ser exatamente como os venderam e nem sequer leram as letras miudinhas do que contrataram. Digo eu.

Em Portugal, existem cerca de seis milhões de contratos de eletricidade (entre mercado regulado e livre) e 1,2 milhões no gás natural, o que significa que atualmente cerca de um em cada sete clientes tem contratados estes serviços, que abrangem assistência técnica, manutenção de equipamentos e seguros.

Se contratou estes serviços sabendo exatamente o que contratou e fê-lo consciente dos benefícios que vai ter e só aceitou depois de comparar os mesmos serviços fora do contrato da luz e gás, os meus parabéns. Está no caminho certo!



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três e seis meses, mas sobem a 12

Euribor desce a três e seis meses, mas aumenta no prazo de 12 meses Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (26 de fevereiro a 03 de março)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

PODCAST | #218 – Vamos a contas | Tenho de declarar os Certificados de Aforro (e outros) no IRS?

Os Certificados de Aforro continuam a suscitar muitas dúvidas. Uma delas é se somos obrigados a declará-los no IRS e como se faz. Essa dúvida é também muito comum quando alguém começa a pensar em investir em produtos relacionados com as bolsas, como Fundos PPR, Fundos...

ÚLTIMO DIA | Prazo para validar faturas para IRS 2023 termina hoje

Já validou TODAS as suas faturas e do seu agregado familiar? Os contribuintes têm até ao final do dia de hoje (quarta-feira, dia 28 de fevereiro) para validar e confirmar as faturas relevantes para o IRS de 2023, após o Ministério das Finanças ter decidido prolongar o...

Arrendamentos | Burlas estão a aumentar. Conheça os sinais e como evitar

Burlas com falsos arrendamentos têm estado a aumentar nos últimos dois anos Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes De acordo com a PSP, as burlas com falsos arrendamentos têm vindo a agravar-se desde 2022, quer nos arrendamentos de casas de férias, quer no...

ÚLTIMA HORA | Prazo para validar faturas de 2023 prolongado até quarta-feira

Faturas pendentes - Prazo prolongado até quarta-feira A Autoridade Tributária (AT) prolongou por dois dias, até quarta-feira, o prazo para a validação de faturas relativas a 2023 no portal e-fatura, depois de constrangimentos no último dia do prazo inicial. Em...

Quer inscrever-se no regime do Residente não Habitual? Pode fazê-lo até 2025

Autoridade Tributária informou que os contribuintes elegíveis podem inscrever-se até 31 de março de 2025 Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Se está interessado em inscrever-se no regime do Residente não Habitual (RNH), que permite aos seus beneficiários...

EURIBOR HOJE | Taxa a três meses mantém-se, mas sobe a seis e 12 meses

Euribor mantém-se a três meses, mas aumenta nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

ELETRICIDADE | O indexado em Fevereiro vai baixar bastante – Vale a pena mudar?

O preço da eletricidade no OMIE está quase de graça É impressionante o que está a acontecer nesta última semana. O preço da eletricidade no mercado grossista está praticamente a zero. Os valores a que a eletricidade vai ser vendida e comprada amanhã, pelas empresas...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a três meses e descem a seis e 12 meses

Euribor sobe a três meses, mas desce nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

7 Comentários

  1. Nuno 4

    Viva Pedro. Parece me mais uma maneira das empresas item buscar mais uns milhares quase de forma mascarada…. agora até seguros de saúde algumas destas empresas comercializam como se a factura da electricidade não fosse já estupidamente cara!
    Convenhamos quantas avarias de facto ocorrem que justifique a contratação destes serviços? A maioria de nos em caso de avaria liga e para a marca e pede assistência.

    Já agora uma dica. Para evitarem estimativas nas leituras de electricidade podem pedir gratuitamente a troca do contador por um inteligente que comunica as leituras automaticamente.

    Fica a dica.

    Responder
  2. Joana Alves

    Infelizmente paguei durante vários meses esses seguros extras porque nem sabia que os tinha solicitado. Porque a verdade é que nunca os solicitei. Colocaram isso no meu contrato, sem me informar, e só me apercebi disso quando comecei a achar que andava a pagar muito por mês em luz e gás. Fui completamente enganada!!! Tentei pedir a devolução do dinheiro mas dizem que como assinei o contrato, aceitei os termos. Mas fui enganada! Se souber uma forma de resolver esta situação, diga-me. Já cancelei todos os extras mas o dinheiro que me tiraram faz muita falta.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Se assinou sem ler não há nada a fazer. Pode sempre avançar para um centro de arbitragem para ver p que dá. Se conseguisse seria um excelente exemplo para outros na mesma situação.

      Responder
      • Joana Alves

        Pedro Andersson,
        É com enorme alegria que lhe conto que consegui recuperar o dinheiro que me foi cobrado em excesso ao longo de um ano, por me estarem a ser cobradas taxas extras que não tinha conhecimento nem tinha solicitado. Reclamei com a empresa, neste caso a IBERDROLA, mais de 10 vezes e diziam sempre que não iriam devolver o dinheiro. Contactei a DECO mas não conseguiram resolver a situação. Até que entrei em contacto com o Centro de Arbitragem, tal como recomendou aqui nos comentários, e eis que de repente a Iberdrola devolveu-me 41,78 euros! Depois de meses de luta e contactos sem sucesso, consegui que os meus direitos fossem ouvidos! Muito, muito obrigada pelas suas excelentes dicas e por nos ensinar que nunca devemos deixar de lutar pelos nossos direitos. Obrigada mais uma vez.

        Responder
  3. Jorge de Castro

    Falando de factura de electricidade gostava de colocar a seguinte questão:
    Os contadores digitais que a EDP está a instalar têm um display para apresentar a informação sobre o consumo de electricidade e esse display precisa de ser alimentado para desempenhar essa função, a pergunta que se coloca é quem alimenta esse display é o cliente ou é a EDP? eu sei que o consumo desse display é pequeno mas é 24h sobre 24 h e 365 dia por ano, certamente vai ter algum peso na factura do cliente, e para a EDP será um grande negocio pois por pouco que seja multiplicado por milhões de clientes serão alguns milhões de euros.
    Gostava de saber como funcionam esses contadores e se o display é alimentado pela rede do cliente ou se é alimentado pela EDP ou se tem pilhas para alimentado o display , é que eu vejo tanto interesse da EDP em me instalar esse contador digital que já insistiram por mais de 5 vezes para agendar a instalação, uma das quais eu coloquei a questão do consumo do display quando marcaram a instalação e a pessoa informou-me que o contador tem uma pilha para alimentar o display e quando o técnico veio instalar pedi para me deixar ver o contador antes de instalar e não vi nenhum sitio onde esteja a pilha, só se essa estiver embebida no contador o que não me parece, pelo que como o contador não correspondia à informação que me tinham dado não deixei instalar o contador, apesar disso, já agendaram novamente a instalação do contador digital.

    Responder
    • Emanuel46

      Pergunta pertinente !
      Já somos dois a fazer a mesma pergunta.
      A EDP nada esclarece, claro.

      Responder
  4. Joana Alves

    Pedro Andersson,
    É com enorme alegria que lhe conto que consegui recuperar o dinheiro que me foi cobrado em excesso ao longo de um ano, por me estarem a ser cobradas taxas extras que não tinha conhecimento nem tinha solicitado. Reclamei com a empresa, neste caso a IBERDROLA, mais de 10 vezes e diziam sempre que não iriam devolver o dinheiro. Contactei a DECO mas não conseguiram resolver a situação. Até que entrei em contacto com o Centro de Arbitragem, tal como recomendou aqui nos comentários, e eis que de repente a Iberdrola devolveu-me 41,78 euros! Depois de meses de luta e contactos sem sucesso, consegui que os meus direitos fossem ouvidos! Muito, muito obrigada pelas suas excelentes dicas e por nos ensinar que nunca devemos deixar de lutar pelos nossos direitos. Obrigada mais uma vez.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.