Prepare-se para a greve dos camionistas de combustíveis


Governo prepara rede de abastecimento de emergência de combustíveis

Todos nós nos lembramos da greve “surpresa” – em Abril passado – dos camionistas de transporte de matérias perigosas. Pelos vistos, vamos ter de nos preparar para outra semelhante ou pior (se não for desconvocada entretanto) a partir do dia 12 de Agosto e sem fim definido. Neste artigo vou recordar-lhe o que esteve previsto como plano de emergência em Abril e a lista dos postos de abastecimento que deve ter “debaixo de olho” se a greve vier a acontecer.

Prepare-se também

Mas antes de vos falar dos planos do governo quero partilhar convosco a reflexão que fiz na altura junto dos subscritores da Newsletter “Contas-poupança” (já a subscreveu?) e que acho que vai voltar a ser atual.

Esta dica não tem diretamente a ver com poupança, mas sim com organização e gestão dos nossos recursos. Contudo, isso também se reflete em termos financeiros.

Com a crise dos combustíveis em Abril aprendi uma grande lição. E sim, sou daqueles que por vezes anda com o combustível na reserva. De vez em quando, por preguiça de fazer um desvio, arrisco um bocadinho e só vou abastecer no dia seguinte ou mais logo à tarde porque ainda dá para chegar ao trabalho e mais uns quilómetros.

Se também se reconhece neste retrato, sabe que provavelmente apanhou um grande susto nessa crise. Quem ouviu as notícias à hora de almoço daquela segunda-feira de Abril e foi a correr para um posto de combustível com o ponteiro no vermelho e chegou ao posto e tinha o cartaz de “esgotado” ficou muito preocupado. “E como é que amanhã vou para o trabalho?”

Estava no centro do país quando ouvi a notícia. Fui ao centro de Tondela para abastecer e regressar a Lisboa. Estava tudo esgotado. Pensei: E agora, como volto para casa? Por sorte, lembrei-me de um posto numa aldeia perto que poucos conhecem. E sabem que mais? Paguei muito mais por litro e nem me preocupei com isso. Quis lá saber dos descontos. Queria era abastecer…

A lição que tirei é: Se acontecer uma emergência (terramoto, incêndio, ciclone, um desastre qualquer, uma greve completamente inesperada, um possível aumento de preços “colossal”), seja lá o que for, convém estarmos preparados de alguma maneira. Uma das dicas de preparação para emergências (para além do Kit de emergência) é ter SEMPRE o depósito a meio. Sempre. Mesmo nos dias “normais”.

Ou seja, o meio do depósito deve ser o nosso “vermelho”. Se estiver no emprego e precisar de “fugir” de Lisboa (ou Porto, ou outra cidade qualquer), tenho de ter sempre combustível no depósito disponível para passar pela escola dos miúdos e sair imediatamente em direção a um local seguro (normalmente casa de familiares ou amigos, que pode estar a centenas de quilómetros). Isto sem ter de parar num posto para abastecer, porque as filas serão imensas e as bombas podem até nem estar a funcionar (no caso de um terramoto, por exemplo). É tempo precioso que vai perder e é uma ansiedade desnecessária, se não souber dos seus.

No caso das botijas de gás, a mesma coisa. Não espere por acabar uma para encomendar a seguinte. Tenha sempre uma de reserva. Naquela greve, o abastecimento de botijas de gás também esteve em causa. E nesta de Agosto vai voltar a acontecer. Prepare-se já, com calma (sem alarmismos, OK?). Compre já uma botija suplementar, não vá a outra acabar a meio de Agosto.

Pode achar estes cuidados exagerados ou despropositados. Porém, em situações assim só é preciso ter razão uma vez, certo? Se acho que vai ligar alguma coisa ao que estou a escrever? Acho que não. Mas pensei muito nisto. Se o fizer pensar um minuto também, já fico contente.

Os preparativos do governo para Agosto

Em entrevista ao Dinheiro Vivo e à TSF, o secretário de Estado da Energia diz que está a ser preparada “uma rede de abastecimento de emergência” de combustíveis caso a greve dos camionistas a 12 de Agosto aconteça e não sejam cumpridos os serviços mínimos.

João Galamba disse que “já está também preparada uma ‘task force’ especial da Entidade Nacional para o Setor Energético (ENSE), com procedimentos internos por parte da sua própria rede de emergência de postos de abastecimento (REPA), que depois se articula com as forças de segurança para a operacionalização da rede alternativa”.

Esta é a lista atualizada de postos de combustível prioritários na próxima greve.

Em Agosto, os postos podem ser estes ou outros, mas já fica com uma ideia do que pode esperar.

O pré-aviso de greve dos sindicatos Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) e Independente dos Motoristas de Mercadorias propõe serviços mínimos de 25% em todo o território nacional, enquanto na greve de abril eram de 40 apenas em Lisboa e Porto.

Previna-se, sem alarmismos

Em resumo, se a greve vier mesmo a acontecer lembre-se de que na semana anterior vão formar-se filas imensas em vários postos de combustível. Se segue o Contas-poupança saberá que o “segredo” está em planear a sua vida com calma e sem stress. Eu não ficaria surpreendido (nada tenho que aponte para qualquer suspeita) que os preços dos combustíveis subissem na semana anterior à greve por razões de puro marketing que nada tenham a ver com os mercados globais. Se eu vendesse combustíveis era o que faria.

Abasteça nestas duas semanas o carro aos melhores preços que conseguir. Sim, faltam 3 semanas. Entretanto vai gastar o combustível que comprou (depende dos quilómetros que faz por semana), mas sempre que passar pelo “seu” posto de combustível e tiver tempo, encha o depósito para andar com ele o mais cheio possível antes de começar a “corrida” aos combustíveis. Faça o planeamento que entender.

Mas e se a greve for desconvocada? Vale a pena andar a stressar com isto que acabei de escrever? Não sei. Não me preocupo com isso. O que sei que é o “tuga” acha sempre que não vai acontecer nada e quando acontece é apanhado com as “calças na mão”. O que é que perde? Vai gastar o combustível na mesma, e é menos uma preocupação que tem quando faltarem poucos dias para a greve. Se for desconvocada, melhor.

O que não lhe “admito” é que depois de ler este texto agora (quando faltam 3 semanas), se a greve acontecer, o vir numa fila de 200 metros 4 horas à espera para abastecer 15 litros.


Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

 



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.


6 comentários em “Prepare-se para a greve dos camionistas de combustíveis

  1. Avatar
    MARTA Reply

    Tem toda a razão, eu já sou assim por natureza. Tenho sempre bastante combustível no carro (não faço ideia se a luz de reserva funciona). Tenho duas botija de gás e a de reserva está sempre cheia. Tenho sempre despensa cheia, quando vou buscar algum produto para a cozinha já aponto na lista de compras para não esquecer, papel higiênico também nunca acaba . Já era assim em casa da minha mãe e continuo assim na minha casa.

  2. Avatar
    Pedro Cabral Reply

    Prezado Pedro, já efetuou algum estudo sobre se compensa viatura eléctrica para quem faz cerca de 250 a 300 kms/dia? Viajo em viatura a diesel que consome cerca de 7 l/100. Obrigado e bem haja.

  3. Avatar
    Carlos Gonçalo Reply

    É sem dúvida o melhor a fazer… Pelo que já aconteceu, e por não se saber o que irá acontecer agora, mais vale prevenir…
    Obrigado pela sua ajuda/informação,.. Pedro Andersson
    Cumprimentos,
    Carlos Gonçalo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *