Apoios GRÁTIS da Segurança Social para quem tem 60% de incapacidade


Direitos desconhecidos?

Antes de pensar que isto não é nada consigo, devemos todos lembrar-nos que não sabemos o dia de amanhã. E esta informação – que para mim foi uma novidade – imagino que possa ser útil a dezenas de milhares de portugueses. Ainda por cima os portugueses que mais precisam.

Não é só para quem ganha pouco

Esta para mim foi a parte mais surpreendente. Até há menos de um ano nunca me preocupei (felizmente) a procurar informação a nível pessoal sobre apoios a pessoas com incapacidade. Mas um familiar meu está nessa situação e ando mesmo à procura deste tipo de apoios. E descobri coisas importantíssimas. Pedi entrevistas à Segurança Social e fomos à procura de casos práticos.

Sabia por exemplo que a Segurança Social paga a 100% carros, motociclos, elevadores em casa, cadeiras de rodas, bengalas, andarilhos, canadianas, computadores, impressoras, máquinas de escrever, óculos, dentaduras, cabeleiras, tabuleiros de comida, talheres copos, camas articuladas, e centenas de outros produtos? Estão numa lista que vamos mostrar mais logo no Contas-poupança, no Jornal da Noite na SIC.

Alguns desses equipamentos custam milhares de euros e há de certeza pessoas a quem estão a fazer falta mas não os têm porque não têm possibilidades financeiras ou estão a comprá-los com muito esforço quando os podiam ter de graça.

Eu sei que este tema pode interessar a menos pessoas do que outros temas mais financeiros, mas acredito que é talvez dos temas mais importantes que já abordamos no Contas-poupança. Porque pode estar a precisar já, ou pode vir a precisar no futuro. E estamos a falar da sua qualidade de vida e dos seus familiares. Estas infelicidades tanto podem acontecer por doença como por acidente.

Estão a dar informações erradas?

O problema que identifiquei é que as pessoas (e alguns funcionários da Segurança Social também e até Assistentes Sociais) confundem os apoios financeiros da Segurança Social que são só para quem ganha menos do que certos valores (na maior parte dos casos o salário mínimo) com este de que vou falar, que é PARA TODOS, quer ganhe 500, quer ganhe 5.000 €. O único critério é ter 60% de incapacidade.

E depois também há a questão de que muitos cidadãos não conseguem explicar exatamente o que querem. E perante respostas confusas ou incompletas desistem dos seus direitos. Explico tudo mais logo no Contas-popança.

O que lhe peço que avise todos os seus familiares e amigos que têm alguma incapacidade ou que cuidam de alguém nessas condições. É uma reportagem que de facto pode fazer MUITA diferença na vida dessas pessoas e da nossa, no futuro, quem sabe?

Até logo, no Jornal da Noite, na SIC.

Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Tem também o livro de 2016 ( dicas com terapia de choque para as suas finanças).

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.


73 comentários em “Apoios GRÁTIS da Segurança Social para quem tem 60% de incapacidade

  1. Avatar
    José Neves Reply

    A minha mãe tem 88% de incapacidade permanente. pelo seu programa apercebi-me que o custo de fraldas era suportado. Fui à Seg. Social e a informação que obtive é que o assunto era tratado no centro de saúde. Lá fui ao centro de saúde e a informação é que a minha mãe não tinha direito, pois para ser apoiada carecia de incapacidade financeira o que não é o caso. Contudo no seu artigo sobre esta matéria diz precisamente o contrário, que essa situação não se coloca.
    Por favor pode-me esclarecer sobre este assunto.
    Obrigado

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. A situação entretanto mudou. A informação que me deram na altura da reportagem estava desatualizada. Tem de ter atualmente carência economica.

  2. Avatar
    Ana Oliveira Reply

    Boa tarde Dr. Pedro Andersson
    O meu relato q lhe env p si a 14/08/2019 (salvo erro), acabei d env agr p o tal facebbok Contas Poupança, q o Dr. Pedro Andersson m aconselhou. Agr qd é q vou obter 1 resposta positiva e onde posso ver essa resposta? Tb lhes env o meu contacto.

  3. Avatar
    Zulmira Almeida Reply

    Tenho atestado de incapacidade aos 59 anos. Não consigo saber com os meus 60% se tenho direito a desconto como se tivesse a pensão de velhice. Cinemas, transportes etc. Na comparticipação dos medicamentos. Tenho uma filha menor comigo.
    As finanças dizem que tenho e entregar o Atestado Multiusos na Direcção de Serviços e Registo do Contribuinte, para ter as benesses fiscais a que tenho direito.
    Onde obtenho esse documento ? Só tenho uma carta a comunicar que passei a ser pensionista e mais coisas que ,para mim, não é um atestado Multiusos.
    Em concreto que benefícios tenho direito no publico e no particular? Como água,Luz,Gás, bilhetes de cinema ou teatro, transporte públicos e privados? se me pedirem para provar como faço? Nao é por idade? Tenho prioridade de atendimento como os deficientes, gravidas , terceira idade etc????
    Aguardo ansiosa a vossa resposta.
    ATTE
    Zulmira

  4. Avatar
    Catia Reply

    Tenho 33 anos sou portadora de esclerose mulipla, recebo pensao de invalidez de 281€
    Tenho uma filha de6 anos
    Dizem-me que nao tenho direito a receber mais nada
    Preciso muito de ajuda nao consigo viver assim
    Digam-me o que tenho direito por favor
    Obrigada

  5. Avatar
    Liliana Reply

    A minha mãe tem 64% incapacidade por causa da surdez absoluta não tendo incapacidade motora dá para beneficiar compra carro ?

  6. Avatar
    MARIA JOSE TEIXEIRA ALMEIDA Reply

    Ola tenho a minha mãe que tem 85% de incapacidade porque na altura ainda não tinha dado o avc mas minha pergunta e o seguinte o marido faleceu e ja me diserão me que ela ia perder o direito do apoio das fraldas e agora depois de ver o seu programa vou pedir as seringas para lhe dar a alimentação gostava se fosse possivel me dar alguma dica obrigado comprimentos M.JOSE.

  7. Avatar
    Rita Reply

    Caro Pedro,

    Muito obrigada pelos seus artigos e partilhas, têm sido muito relevantes.
    Quanto aos apoios da Segurança Social para quem tem 60% de incapacidade, estes também se aplicam a quem recebe pensão de sobrevivência atribuída pela morte do marido pela Caixa Geral de Aposentações?…na Segurança Social não souberam responder.

    Obrigada,

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. Tem de ler o guia. Se não for suficiente terá de ler a legislação (está no guia). Se não há informações sobre isso, faça o pedido e aguarde a resposta.

  8. Avatar
    Luís Teixeira Reply

    Muito bom dia a todos, em especial ao Sr Pedro por estas magníficas reportagens, que ajuda muita gente em termos de esclarecimento, porque depois na prática e ridículo a falta de informação ou até mesmo a incompetencia, de fazerem chegar às leis aos seus devidos lugares, ora passo e contar a minha experiência.

    Tenho o meu pai com 80% de incapacidade atestada multiusos depois de ter tido um AVC, comprei cadeira rodas, cama articulada fiz obras na casa de banho, fiz rampas,comprei cadeira para banho etc, etc, etc, quando vi esta reportagem fiquei parvo, porquê não avisam, ou melhor não informam o que os doentes têm direito depois de uma fatalidade desta, enfim.
    Então meti os pés ao caminho, centro de saúde, lá consegui a receita para fraldas, foi fácil a médica sim senhor aqui está a receita mas o pior está para vir, isto três meses atrás desde aí não consigo que me digam onde posso levantar as ditas fraldas ando centro de saúde, já marquei no balcão de inclusão foi ridículo basicamente me disseram que não podiam fazer nada nem explicar nada que era com a assistente social, e mais disseram me de caras no centro de saúde, se tem direito a isso tudo traga me a lei porque vê só para rendimentos baixos, este país e demais, nem mesmo com a sua reportagem com a doutora Maria João , serviu de nada.
    Os meus grandes cumpts, e do exelente trabalho realizado.

    Só uma NOTA: AJUDA ONDE ESTA A AJUDA

  9. Avatar
    Luís Teixeira Reply

    Muito bom dia a todos, em especial ao Sr Pedro por estas magníficas reportagens, que ajuda muita gente em termos de esclarecimento, porque depois na prática e ridículo a falta de informação ou até mesmo a incompetencia, de fazerem chegar às leis aos seus devidos lugares, ora passo e contar a minha experiência.

    Tenho o meu pai com 80% de incapacidade atestada multiusos depois de ter tido um AVC, comprei cadeira rodas, cama articulada fiz obras na casa de banho, fiz rampas,comprei cadeira para banho etc, etc, etc, quando vi esta reportagem fiquei parvo, porquê não avisam, ou melhor não informam o que os doentes têm direito depois de uma fatalidade desta, enfim.
    Então meti os pés ao caminho, centro de saúde, lá consegui a receita para fraldas, foi fácil a médica sim senhor aqui está a receita mas o pior está para vir, isto três meses atrás desde aí ando centro de saúde, já marquei no balcão de inclusão foi ridículo basicamente me disseram que não podiam fazer nada nem explicar nada que era com a assistente social, e mais disseram me de caras no centro de saúde, se tem direito a isso tudo traga me a lei porque vê só para rendimentos baixos, este país e demais, nem mesmo com a sua reportagem com a doutora Maria João , serviu de nada.
    Os meus grandes cumpts, e do exelente trabalho realizado

  10. Avatar
    Cândida barrigas Reply

    Boa tarde exmo senhores minha esposa é invisual de 74% e infelizmente não tem apoio da parte da segurança social e da assistente social de chaves, vive sem condições nenhumas não há luz exterior nem saneamento nem água potável e a rua está cheio de buracos e de terra e ninguém faz nada. O meu carro pequeno avariou os amortecedores pifaram mais a direção e o ponteiro e o valor é mt elevado para reparar, não sei o que tenho direito ninguem me ajude , preciso de compor os meus dentes uma placa nova, nas termas de chaves dizem o só tenho direito a 90 euros por ano. Afinal nao vejo ajudas é so conversa. Precisava da vossa ajuda obg. Cumprimentos

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Cara Cândida, aconselho que marque uma consulta no balcão da inclusão da segurança social e pergunte por todos os apoios a que tem direito.

  11. Avatar
    Margarida Reply

    Tenho6 60% de incapacidade e uma das benesses que costumava ter quando ia a uma exposição ou alguns museu era ficar isenta de pagamento eu e o meu acompanhante, mas ultimamente no museu da marionete e na Gulbenkian, disseram- me que a lei tinha mudado e que agora só o acompanhante fica isento de pagamento e a pessoa com incapacidade fica obrigada pagar o bilhete. Gostaria de saber se é verdade porque parece não fazer nenhum sentido. Onde me posso informar?

  12. Avatar
    Maria jose Paulino Reply

    Boa noite tenho 75 por cento de incapacidade atestado multiusos sou isenta de taxas moderadoras. E nada mais .como não ouvi o programa pesso mais informações por favor.tenho 470 euros de reforma .mas com 58 anos já tinha 41 anos de descontos. Aguardo mIs informações por favor Obrigada boa noite

  13. Avatar
    Bruna Lopes Reply

    Boa noite .
    Ha dois anos que tento apoio para fraldas , ambulância , cadeira de rodas , cama articulada . A minha avó esta acamada e tem um grau de incapacidade de 95%. Sempre me foi dito que a minha avó não tinha direito a nada porque não tinha insuficiência econômica.
    Contudo , na vossa reportagem , dizem que estes produtos são dados a todos, independentemente do IRS. Fui consultar a lei , sobre os produtos que a segurança social dá a quem tem grau de incapacidade superior a 60% e lá também não refere nada sobre a insuficiência económica. Desta forma , fui ao Centro de Saúde, pois foi lá que me disseram sempre que a minha avó não tinha direito a nada devido aos seus rendimentos e que este assunto era da responsabilidade do ministério da saúde e não da segurança social; e apresentaram a seguinte normativa: N.28/2017/DPS/ACSS de 11-11-2017
    1. No caso de produtos de apoio usados no corpo para absorção de urina e fezes (código ISO 09 30 04 – fraldas), apenas devem ser reembolsados os pedidos de utentes incontinentes que apresentem Atestado Médico Multiusos que ateste uma incapacidade igual ou superior a 60% e que reúnam, cumulativamente, os requisitos de isenção do pagamento de taxa moderadora por motivo de insuficiência económica.

    Esta normativa contradiz toda a reportagem .
    Será que me conseguem esclarecer ? Ou então me ajudarem a contrapor e obter a ajuda para a minha avó ?
    Obrigada pela atenção .

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. Isso é em relação só as fraldas. Os outros apoios é diferente. Marque uma consulta num balcão da inclusão.

  14. Avatar
    Maria Salete Vaz Reply

    Boa Tarde Sr. Pedro!
    Agradeço de coração todo o seu esclarecimento.
    Tive uma lesão medular, Mielopatia Cervical. Atualmente, sim, pois é tudo muito recente, estou com diagnostico de Tetraparesia Espástica Incompleta. Já fiz a cirurgia, com próteses c5,c6,c7, mas continuo com dificuldades. Já tenho o atestado Multiuso, com 90% de Incapacidade. Os seus esclarecimentos foram muito úteis. Vou marcar consulta no Balcão de Inclusão. Necessito de cadeira de rodas eléctrica e adaptação a casa de banho. Um abraço. Maria Salete Vaz

  15. Avatar
    Maria Almeida Reply

    A minha mãe tem 92% de incapacidade, tem o atestado multiuso que demorou um ano a ser entregue, após ida a Junta Médica. Aquando da consulta, foi pedido o subsidio de dependência de terceira pessoa, no entanto, já passou um ano e a minha mãe ainda não recebeu qualquer ajuda/pensão.
    Considero que a Segurança Social é muito burocrática e não respeita os direitos dos utentes/ doentes, deixando -os completamente desprotegidos.
    O meu pai faleceu há dezasseis meses e desde então ainda não recebeu qualquer pensão., uma vez que ela dependia financeiramente do marido, por nunca ter descontado quando era nova. Se não fosse o esforço financeiro dos filhos para suportar as suas despesas ( cerca de dois mil euros por mês) não sei o que seria, já que a Segurança Social é cada vez mais lenta não fazendo chegar as pensões a tempo e horas dos seus beneficiários.
    É uma vergonha tanta lentidão na resolução dos puocesdos das pensões.
    Deveria ser mais célere na atribuição das pensões a que os beneficia têm direito por lei.

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. Faca reclamação por escrito no provedor de justiça, segurança social e grupos parlamentares. Não resolve imediatamente mas ficam a saber que há problemas. graves

  16. Avatar
    FILOMENA LARANJO Reply

    ONDE ESTA ESSE DECRETO LEI POIS DESLOCAMO-NOS A SEGURANÇA SOCIAL E NÃO HÁ NADA????? DELE SER BLEFE POIS NÃO É VERDADE

  17. Avatar
    Judite Leyva Reply

    Boa tarde. Tenho 60% de incapacidade por doença oncológica e já tenho o atestado. Pretendia saber, se possivel, se tenho alguma ajuda financeira. Obrigada

  18. Avatar
    Nuno Alexandre Vieira Da Luz Gonçalves Reply

    Boa tarde, tenho uma pensão de invalidez com um grau de incapacidade de 60%, Distrofia Muscular, gostaria de saber se esses apoios é só para pessoas portadores de deficiência ou igualmente quem tem pensão de invalidez, obrigado

  19. Avatar
    Nuno Alexandre Vieira Da Luz Gonçalves Reply

    Boa tarde, tenho o Atestado de incapacidade multiusos com uma incapacidade de 60% , mas tenho uma pensão de invalidez por doença, Distrofia Muscular, será que eu tenho direito a estes apoios ou é só para pessoas portadores de deficiência? Obrigado

  20. Avatar
    Celeste ramos Reply

    Cuido da minha mãe com 89 anos vive comigo na minha casa precisa de fraldas e cremes ,será que tenho direito de pedir !!

  21. Avatar
    Ana Ferreira Reply

    Boa tarde Sr. Pedro!
    Agradeço que me ajude se for oportuno, sobre o seguinte:
    Aquando do preenchimento do meu IRS, fiz a simulação e a informação que me foi transmitida, foi que o valor a receber era de 2.245,38€!
    Entretanto fui acompanhado pela Internet o estado da minha declaração, acontece que do detalhe da declaração, verifico que o que vem indicado é o valor de 1.987,73€
    Face ao exposto, agradeço que na medida do possível me possa dizer o que devo fazer, ou não, sobre esta matéria!
    Sou viúva, e a diferença de 258,00€, faz muita falta no orçamento de uma casa de família, vivo com o meu filho que tem 5 filhos, e não tem, infelizmente, qualquer remuneração, sem a reforma de meu marido, que também não era muito grande, mas fazia jeito.
    Por outro lado tenho Atestado Médico de Multiuso, onde me foi atribuída uma incapacidade de 60%, a prestação da casa pago mensalmente cerca de 458,05€, seguro cerca de 147,37€!
    Não querendo, ocupar muito mais do seu tempo, agradecendo mais uma vez que me esclareça se face à incapacidade atribuída, tenho algum desconto na prestação da casa e no seguro de vida, porque além deste seguro, tenho outro que é anual, também da casa cerca de 100€, para além de outras despesas, obviamente!!!
    Vou confessar uma coisa Sr. Pedro, desde que vejo o seu programa, aprendo sempre muita coisa, até que chegou o programa que me ajudou a perceber que tinha um atestado desde 2016, e nunca usufrui de nada considerando aquela lista imensa de coisas. Estou isenta de taxas moderadoras, exames, cirurgias, no que toca à Saúde, o que é muito bom!
    Muito obrigada pela atenção dispensada.
    Bem Haja

  22. Avatar
    Ana Cristina Aldeagas Reply

    Ola boa tarde,a minha mae teve um avc de segundo grau ficando paralisada do lado esquerdo(totalmente)nao fala e come por sonda nasal.Tem uma reforma minima por viuvez a um ano,gostaria que me informassem melhor onde me poderei dirigir para ela ter cuidados continuados sem custar demasiado e tambem como fazer para ter direito a fraldas,resguardos e muitas coisas mais baseadas na higiene dela

  23. Avatar
    Victor Manuel Brás Neves Teodoro Reply

    Boa tarde,
    Sou empregado Bancário na reforma, a minha reforma é paga pelo Fundo de Pensões do Banco onde trabalhava, tenho o SAMS, em 2015, foi-me dado 80% de incapacidade, pela junta médica pelo prazo de 7 anos.
    Tenho os mesmos direitos que as pessoas que recebem a reforma pela Segurança Social?
    Aguardo uma informação sobre o acima exposto.
    Cumprimentos,
    Victor Teodoro

  24. Avatar
    Filipa Reply

    Bom dia,
    O meu pai está numa clinica de cuidados continuados em reabilitação em que irá estar durante 3 meses.
    Ele tem o atestado de incapacidade, existe algum apoio para o pagamento da mensalidade que temos de pagar na clínica?
    Obrigada

  25. Avatar
    Deolinda Conceição Marques Costa Reply

    Boa tarde, tenho um irmão com um atestado de incapacidade multiusos, pessoa com deficiência intelectual ou perturbação do espetro do autismo, de 60%. Foi atropelado e ainda está pelo seguro. Que direitos pode ter?
    Obrigada.

  26. Avatar
    Ana Maria Sequeira Reply

    Boa tarde meu nome é Ana Sequeira! Tenho uma pessoa numa situação muito delicada e vai precisar de cuidados continuados durante pelo menos três meses. Essa pessoa é o meu padrasto (pai) que se encontra internado a mais de um mês no hospital Beatriz Ângelo em Loures. Foi receitado pelo médico uns aparelhos para os pés os quais a minha mãe teve que comprar ! Agora quando sair só hospital tem que ir para os cuidados continuados para realização. E já foi dito que se tem que pagar a volta de 600€ mensais! Agora pergunto se me souberam esclarecer , onde me devo dirigir para que ele tenha direito a ser tratado com dignidade e respeito sem ter que pagar ? Ele tem 82 anos e a minha mãe 73 ambos reformados! Mas como as reformas São pequenas a minha mãe é obrigada a continuar a trabalhar ! Ela é doente tem um psmeiquer foi operada a coluna e vários outros problemas , mas se não trabalhar não tem como pagar renda de 300€ luz e medicação! Agora como ela trabalha não tem direito a nada nem inserção. Por favor se alguém me puder ajudar eu agradeço.

  27. Avatar
    Sónia Reply

    Bom dia

    Meu pai tem incapacidade de 83% mas no multiusos tem 25%, so em Portugal, é um doente oncológico.
    Está com reforma por invalidez
    Não tem direito a isso pois não??
    Também tem cartão doença profissional do ouvido
    Q direitos tem?? Ele não sabe .
    Obrigada

  28. Avatar
    Maria Helena Reply

    Boa noite,toda esta informação é muito útil para mim,a que serviço me hei-de dirigir para mais informações ,vivo no Porto ,

  29. Avatar
    Pedro Martins Reply

    Boas, tenho 60% de incapacidade devido a ser um doente oncológico e ter feito dois transplantes de medula, a minha esposa também é doente oncológica, somos pais de uma menina de 14 anos, eu estou reformado por invalidez com uma reforma de 380€, a minha esposa não oufer qualquer tipo de ordenado, nem desemprego ou até rendimento mínimo, eu fiz o pedido complemento do idoso, ( apesar de ter só 43 anos) até esse me foi recusado.
    Pedia por favor a vossa ajuda para que me encaminhassem corretamente.
    Obrigado

  30. Avatar
    António José Reply

    Tenho deficiência motora(62%) com elevada dificuldade de locomoção na via pública sem auxílio de outrem ou recurso a meios de compensação…uma pensão de quase 300 euros,tenho direito a canadianas gratuitas?…como fazer ?..terei mais benefícios?..poderei ser esclarecido?…obrigado

  31. Avatar
    Fátima Silva Reply

    Obrigada pelas suas explicações muito úteis, então esta é uma bomba.

  32. Avatar
    Daniela Reply

    Qual o decreto lei onde refere esta situação dos apoios com 60% incapacidade?

    • Avatar
      Paula Neves Reply

      Bom dia. Eu tenho conhecimento disso. Mas deveriam era demonstrar o tempo util de entrega. Eu estou à 15 meses à espera de uma prótese transtibilial pr andar. Dizem q estao à espera de concurso publico…por isso eu sou meramente uma coisa. Do SNS ou seg social é mm coisa. Mais diria mas …. Obg

  33. Avatar
    Maria Santos Reply

    Boa noite, gostaria de saber qual é o decreto lei onde consta a lista dos equipamentos e produtos pagos pela Segurança sovial

    • Avatar
      José Germano Silva lucas Reply

      Boa tarde tenho 62% de incapacidade há 23 . Recebo uma pensao do seguro de 350 € .A seguraca social reteu-me a pensao sera que fazem isso a todas as pessoas . agradecia que me responde-se obrigado.

  34. Avatar
    João Ventura Reply

    O acesso a carros, motociclos, etc, etc é só para quem tem no certificado multiusos incapacidade motora. No meu caso, com 95% de incapacidade não motora, não se aplica essa ajuda.

  35. Avatar
    Pedro Reply

    Gostaria que por ex: atraves do facebok mostrassem essa reportagem pois é uma hora que poycos podem ver!
    Ou entao duzerem algum site onde pidessemos ir ver….
    Obrigado

  36. Avatar
    Ana Reply

    Boa noite tenho 67% de incapacidade, 34 anos e já reformada por Invalidez, e não tinha conhecimento disso fico muito grata por ajudar pois estou a necessitar de umas canadianas com amortecedor.. É ver se vejo hoje para me poder mexer.. Grata

  37. Avatar
    Anónimo Reply

    Nunca mas NUNCA escreva em local público, informações que são pessoais e confidenciais. Pode pôr a questão mas sem se expor!

  38. Avatar
    Margarida Sousa Reply

    Obrigada por esclarecer, pois a informação muitas vezes não é facultada. Porque será?
    Quem está nestes serviços deveria dar informações corretas!
    E não ocultalas, pois a burocracia é tanta que quem não tiver ajuda nunca chega a usufruir dos seus direitos.

  39. Avatar
    Lucília Gomes Reply

    Boa tarde
    Acima está escrito que a Segurança Social paga carros? Não vi isso em lado nenhum, o que sei é que na compra de um carro novo a pessoa com dificuldades motoras acima de 60%, não paga impostos, IVA + IRS

  40. Avatar
    Paula Reply

    Tenho alguém muito próximo nesta situação – todos os seus artigos são fabulosos, e este, em particular, pode ajudar muita, mesmo MUITA gente que devido à incapacidade são forçados a enormes esforços físicos para poderem ter rendimentos para viver… obrigada, de coração. Esta será muito importante para mim.

  41. Avatar
    Anabela Queijo Reply

    Olá bom dia. Muito obrigada pelo facto de ir esclarecer uma informação tão importante. A minha mãe tem 80% de incapacidade e uma doença degenerativa e não consigo apoios nem o selo para estacionamento consegui porque a médica dá uma informação no IMTT outra assim como na segurança social e não sabemos como esclarecer as dúvidas nem onde … Andamos completamente peedidas e a verdade é que a minha e se encontra “presa” em casa por falta de ajuda.

  42. Avatar
    Aníbal Reply

    Um programa destes tão importante para todos e dar às quintas feiras das 15 às 16 horas e um absurdo. Há horas que dão os paineleiros, que não tem interesse nenhum, só gritam uns com os outros, não era para dar o seu programa, mas com mais meia hora. Porque 1 hora passa a correr e não dá para toda a gente intervir. Obrigado e bom programa.

  43. Avatar
    Maria José Castanheta Reply

    Boa tarde, eu tenho 80% de incapacidade e fui ao IMTT fazer o pedido de Cartão de Estacionamento para Pessoas com deficiência e foi-me concedido.

  44. Avatar
    João Marques Reply

    Tenho 85% de incapacidade e dizem que não tenho direito a ajudas, pedi o selo de defeciente para o carro também me foi recusado porque a declaração médica não diz que a minha incapacidade também é para a rua. Se me puderem esclarecer agradeço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *